Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 24/Oct/2013 às 21:48
7
Comentários

Novo Ibope: Dilma vence em todos os cenários

A presidente Dilma Rousseff venceria as eleições de 2014 em primeiro turno nos quatro cenários pesquisados pelo Ibope. Confira a pesquisa divulgada hoje

dilma pesquisa ibope
Dilma Rousseff venceria em primeiro turno em todos os cenários da nova pesquisa Ibope (Reprodução)

A presidente Dilma Rousseff ganharia as eleições do dia 5 de outubro de 2014 com folga no primeiro turno contra qualquer rival em caso de aspirar a sua reeleição, segundo pesquisa de intenções de voto realizada pelo Ibope e divulgada nesta quinta-feira. Dilma receberia entre 39% e 41% dos votos, mais do que a soma das preferências pelos adversários.

Esta é a primeira pesquisa realizada pelo Ibope desde que a ex-senadora e ex-ministra Marina Silva anunciou sua filiação ao PSB. A legenda ainda não decidiu se lançará Marina ou seu presidente, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Segundo a pesquisa, Campos receberia 10% dos votos, enquanto Marina Silva, terceira candidata mais votada nas eleições presidenciais de 2010, ficaria 21% dos votos.

O senador Aécio Neves, candidato quase certo do PSDB, a maior força da oposição, receberia entre 13% e 14% dos votos.

Em qualquer caso, Dilma derrotaria qualquer adversário em um hipotético segundo turno. A atual presidente seria reeleita com margens de entre 42% e 47% dos votos, e a rival melhor posicionada seria Marina Silva, que seria a favorita de 29% dos eleitores em um hipotético segundo turno.

A pesquisa tem uma margem de erro de dois pontos percentuais e foi feita entre os dias 17 e 21 de outubro, com perguntas a 2.002 eleitores em 143 municípios de todo o País.

Cenário A:

Dilma Rousseff 41%
Aécio Neves 14%
Eduardo Campos 10%
Dilma 41% – Adversários 24%

Cenário B

Dilma Rousseff 39%
Marina Silva 21%
Aécio Neves 13%
Dilma 39% – Adversários 34%

Cenário C

Dilma Rousseff 40%
José Serra 18%
Eduardo Campos 10%
Dilma 40% – Adversários 28%

Cenário D

Dilma Rousseff 39%
Marina Silva 21%
José Serra 16%
Dilma 39% – Adversários 37%

EFE

Recomendados para você

Comentários

  1. wanderley kuruzu rossi jr Postado em 24/Oct/2013 às 22:30

    JN não divulga pesquisa.kkk Globo esconde Globop kkk E olha que foi feita antes dos impactos positivos da sanção do Mais Médicos e de Libras !

  2. renato Postado em 24/Oct/2013 às 22:34

    Pois bem, estou começando a ler alguns comentários que dizem que não existe mais a direita ou esquerda na Politica. Ora estas posições são o pensamento politico de uma nação, é por eles que chegamos a Democracia. E ela só ocorrerá enquanto existirem estas posições. Penso eu! Portanto eu tenho uma duvida; estes novos comentários, são os comentários da Rede, aquela que não tem posição.

  3. Thiago Teixeira Postado em 25/Oct/2013 às 09:02

    Bom, temos a seguinte conclusão: Campos e Aécio, sem condições de disputa e Dilma ganharia no primeiro Turno. Serra e Marina Silva tem seus eleitores simpatizantes em peso e daria segundo turno. Se eu fosse querer tirar o PT do poder, faria o seguinte: PSDB (Serra presidente, Aécio vice) chapa puro sangue com o DEM e PPS na coligação. PSB (Marina presidente e Campos vice e Ciro Gomes no palanque). Segundo turno: Aliança Marina e Serra batendo na alternativa de um novo governo com qualidade no serviço público, e não quantidade. Isso daria uma margem para uma tentativa mais eficaz em 2018.

  4. Deborah Postado em 25/Oct/2013 às 09:52

    Será que só eu tenho dúvidas quanto a manipulação dos números?

    • Thiago Teixeira Postado em 25/Oct/2013 às 15:55

      Deborah, Ibope é Globo que é Anti-PT. Na minha opinião a Dilma deve estar com 45%. Historicamente os votos do PT no IBOPE são sempre baixos em relação ao VOX Populi e Data Folha.

      • Deborah Postado em 25/Oct/2013 às 19:27

        Tenho dúvidas quanto a isso Thiago, pelo que venho assistindo na TV comparado ao que vejo/ leio na internet. Um exemplo posso dar usando os movimentos feitos nas ruas - que não consigo imaginar ser apolítico como alguns pregam, tendo em vista que a política está em todos os lugares, sendo sua função a de negociação em prol de um interesse maior - que vem, por natureza, minando principalmente o governo federal, não excluindo os movimentos estaduais e municipais, mas a sensação que me passou é de que o principal alvo era sim o Governo Federal,acredito que seja porque aos olhos do povo quem "manda" é a Dilma. Enfim, posso até estar misturando alhos com bugalhos, mas não consigo ver os fatos isoladamente. Acho que a Globo - assim como todas as outras emissoras, jornais, enfim, veículos responsáveis pela mídia - fez muito em omitir e abafar todos os ocorridos, dando ênfase apenas para a violência sem sublinhar em nenhum minuto os motivos reais por trás do grito das pessoas presentes, negligenciando-as, omitindo-as. Sei disso, pois ainda tenho a sorte de ver as mídias independentes na internet. Agora, isto posto, como posso não comparar uma coisa com a outra? A impressão que me dá é que todas as mídias sempre estão a favor do Governo, seja ele qual for - bom exemplo é o que está acontecendo no Rio e a mídia só prega a arruaça e não o desabafo de um povo cansado - e só irão "virar a casaca" se a eles convier. O mesmo digo para os órgãos responsáveis pelos números no país. Sinto informar, mas não confio no IBOPE, ele também pode ser usado como ferramenta pra pender a balança para o lado que quiser. Acredito que estamos em uma séria crise política em que não temos mais em quem confiar, sejam direitistas ou esquerdistas. E acho que as pessoas sabem que necessitam de política para vivermos em uma sociedade saudável porém o sistema político hoje já não supre mais as necessidades do povo. Acho mesmo que os números foram manipulados e serão para qualquer político que esteja preso à este sistema.

    • Thiago Teixeira Postado em 25/Oct/2013 às 21:42

      Certíssimo a sua percepção. Mas temos que observar que a mídia é escrita e falada por pessoas, que tem opinião formada e podem ser parciais. Agora, eu tenho lembranças do governo Itamar e FHC. Era muito diferente a cobertura dos fatos (na minha opinião). Mostrava o FHC sempre sorrindo, os jornalistas (todos) com o sorriso estampado no rosto, inclusive o (a) ancora quando retomava sua imagem. Lula? Meu deus, toda vez que ele era entrevistado eu observava ao redor, todos querendo trucidar o cara, buscando uma gafe ou fazendo críticas. A Fátima Bernardes aparecia com a aquele beicinho de indignada e séria. Mais uma, eles sempre descarregam um monte de notícias ruins, e no final do jornal aparecia Lula subindo num avião e dando tchauzinho ... pra quê? Para passar a imagem tipo "Olha, tanto problema e o cara viajando", pura manipulação sem palavras, com jogo de imagens. Com Dilma não está diferente. Eu moro em São Paulo, é totalmente diferente o tratamento, na minha opinião, PT x PSDB. Alquimim está aparece inaugurando alguma coisa, ou sentado assinando ordem de serviço, tipo "Olhem, está trabalhando". Sei lá, pode ser a visão de alguém simpatizante do PT como eu. Os protestos? Pra mim quem organizou e agitou foi a própria imprensa para atingir o governo FEDERAL, e a prefeitura de São Paulo principalmente. Mas legal saber que tem pessoas com outra visão, vou refletir sobre a sua percepção da mídia que confesso nunca enxerguei neste lado.