Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mercado 17/Oct/2013 às 16:54
10
Comentários

Publicidade com crianças em poses "adultizadas" gera revolta

Campanha exibe crianças "adultizadas" e gera revolta no Facebook. Imagens mostram crianças apenas de fralda com as pernas semi abertas, maquiagem e joias em excesso e calçados de couro muito acima do seu número

A ideia era mostrar o interesse das filhas pelos acessórios utilizados pela mãe — como joias, sapatos e maquiagem. Mas o efeito que uma campanha para o mês das crianças da varejista cearense Couro Fino gerou em seus consumidores não foi o esperado: nas redes sociais, as imagens da campanha sofrem uma forte rejeição por conta do que as pessoas consideram “adultização” e “erotização” das crianças.

Uma imagem registrada por uma fotógrafa amadora mostra um cartaz em frente a uma das lojas da marca: a publicidade mostra uma criança apenas de fralda com as pernas semi abertas, maquiagem e joias em excesso e calçados de couro muito acima do seu número.

campanha crianças erótica ceará
Reprodução da campanha da empresa Couro Fino, lançada para o Dia das Crianças, em Fortaleza. (Foto: Couro Fino / Reprodução)

“É certo que menininhas calçam os sapatos das mães. E isso é uma gracinha mesmo! Mas, para falar disso, é necessário maquiar, de forma carregada, e colocá-la de pernas abertas? A menininha com as sandálias da mãe poderia ser mostrada, sem nenhuma conotação sensual”, afirma Hermínia Lima, autora da fotografia, na descrição da imagem — que, até agora, conta com pouco mais de 280 compartilhamentos e 31 comentários. (Atualização: a imagem foi apagada)

Leia também

Na fanpage da marca, onde estão publicadas as fotografias oficiais da campanha — incluindo na imagem de capa –, as reações são semelhantes: mais comentários reprovando as imagens da campanha do que reações positivas. Algumas pessoas afirmam já ter denunciado a publicidade ao Conselho de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

Sou consumidor… Tenho uma filha de 5 anos, ela brinca com as roupas e sapatos da mãe, ela tem prazer em se vestir como a mãe, mas infelizmente vocês deturparam a inocência de uma criança, exageraram na comparação e inseriram uma personalidade “erótica” a uma criança… Meus pêsames por esta campanha agressiva”, escreveu o consumidor Marcos Lima.

A publicidade infantil é um tema que está se tornando cada vez mais sensível. Embora as crianças representem um vasto público consumidor, com forte apelo de compra, a publicidade agressiva direcionada para elas — ou que as utilizam em determinadas situações — não é bem vista.

Administradores e NE10

Recomendados para você

Comentários

  1. renato Postado em 17/Oct/2013 às 17:45

    Isto tem que acabar...

  2. Thiago Teixeira Postado em 17/Oct/2013 às 18:51

    Desnecessário.

  3. Vinicius Morais Postado em 18/Oct/2013 às 06:50

    Estranho... Agora os defensores do aborto estão defendendo as crianças... Quer dizer, matar tudo bem, mas "adultizar" já é vandalismo. Estranho...

    • Lu Gomes Postado em 18/Oct/2013 às 19:31

      Mais triste q a ignorância é a manipulação cínica de vcs. :X

      • Amanda Postado em 21/Oct/2013 às 17:14

        Lu, 1 ponto.

  4. Juniperos Postado em 18/Oct/2013 às 07:25

    Isso é obvia falta de talento, recorrendo a exposição dessa forma. Certos artistas no desespero de não serem notados são capazes de expor crianças nas mais absurdas formas para chamar a atenção. Não é primeira vez que isso acontece. Uma marca famosa de perfume fez isso nos anos oitenta. Desnecessário e vulgar. Um destrato com as crianças. Espero que ao menos haja um boicote para demonstrar o repudio.

  5. Alexandre Lopes Postado em 18/Oct/2013 às 08:48

    Ao atribuir uma conotação sensual e uma ideologia consumista a um ser absolutamente ingênuo , o capitalismo ultrapassa os limites da decência e prova, cabalmente , mediante propagandas apelativas e abjetas , que o seu propósito sempre foi selvagem . O neoliberalismo nada mais é que um contorno eufemístico dos princípios selvagens do liberalismo do século XIX . Portanto , é triste dizer isso , mas chegamos a uma decadência total de valores .

    • Juniperos Postado em 18/Oct/2013 às 16:00

      Regressão? Talvez não, pior: involução, retrocesso. Estão mostrando apenas que para vender um produto, se necessário vendem a inocência de uma criança. Estavam mesmo esperando que as pessoas gostassem disso?

  6. luiz carlos ubaldo Postado em 31/Oct/2013 às 16:36

    Essa criança tem pai e mâe?

  7. SOSO Postado em 14/Aug/2014 às 11:11

    Sem moralismo mas essa foto ta parecendo de capa d revista masculina a menina ta com a perna aberta toda maquiada fazendo biquinho sexi d salto ..sinceramente olhando esta foto vejo uma mulher se oferecendo aos machos,isso atiça os pefofilos q vao ver uma foto dessas e vao procurar a primeira crianca q tiver o alcance pra estuorar transar ou coisa parecida ,pois essa crianca passa a imagem d uma mulher tentrando atrair homens e nao d uma crianca