Redação Pragmatismo
Compartilhar
Saúde 10/Sep/2013 às 16:30
5
Comentários
Portal Terra

Médicos estrangeiros são apoiados por 73,9% dos brasileiros

Pesquisa divulgada nesta terça-feira mostra que maioria dos brasileiros apoia a vinda de médicos estrangeiros para atuar no País

médicos estrangeiros brasil
Pesquisa: 73,9% dos brasileiros apoiam vinda de médicos estrangeiros (Divulgação)

Pesquisa do Instituto MDA encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada nesta terça-feira mostra que 73,9% dos entrevistados apoiam a vinda de médicos estrangeiros para atuar no País. A medida faz parte do programa Mais Médicos, lançado pelo governo federal em julho e que pretende atrair médicos para atuar nas periferias e no interior do Brasil.

Leia também

A pesquisa, realizada entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro, ouviu 2.002 pessoas. As entrevistas foram realizadas em 135 municípios de 21 unidades da federação nas cinco regiões. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Para 49,6% dos entrevistados, o Mais Médicos “solucionará” os problemas graves de saúde no País. Dentre o universo pesquisado, 62,4% utilizam o serviço público de saúde, 20,8% utilizam o privado e 16,5% fazem uso dos dois serviços.

Dentre os que utilizam o serviço público, 37,4% consideram o atendimento regular. Para 18%, a avaliação é boa e, para 18,6%, ruim. 22,9% consideram o serviço público de saúde péssimo. Já o sistema privado é considerado bom para 45% dos entrevistados que fazem uso dele. Para 34,5%, o atendimento é regular e, para 4%, ruim. 13% consideram o serviço privado de saúde ótimo.

Recomendados para você

Comentários

  1. Diego Santos Postado em 10/Sep/2013 às 16:53

    É tão lindo ler reportagens nessa mídia de hoje. Não fui da época onde as emissoras apoiavam a ditadura e manipulavam a população com temas "tão belos", mas me sinto como se estivesse vivendo a mesma ditadura de anos passados onde vitoriosamente "vencemos".!? Gostava de ver escritores como vocês do pragmatismo político antes da fama e como tantos outros que eram imparciais e honestos com a verdade. Falam hoje que o médico é playboy, racista e "xenofóbico"; que os professores precisam ensinar por amor e não por um salário digno; que a polícia, não pode bater e nem promover represaria aos baderneiros, e precisa acariciar os bandidos ("graças aos direitos humanos"). Contudo, o "pragmatismo", que significa Doutrina filosófica que adota como critério da verdade a utilidade prática, identificando o verdadeiro como útil; porém, o que vemos é um nível absurdo de tendenciosidade, manipulação de informações e apoio político por parte da mídia que ao invés de lutar pela verdade e pela verdade mudar o nosso país, age como mais uma pá ou na verdade uma escavadeira enterrando e obnubilando a população ignorante do saber e o nosso país. Não me considero da direita ou da esquerda, petista ou tucano, comunista ou ladrão... Considero-me um grande apaixonado por minha pátria e ao mesmo tempo utópico sonhador de que um dia verei mudanças práticas em nosso país. Fico muito abatido ao ver pessoas que detêm o conhecimento e o usa para manipular e enganar pessoas. Observamos todo mundo revoltado com os médicos, dizendo que eles precisam trabalhar por amor e que a vinda, meramente política, de milhares de médicos irá resolver os problemas da nossa saúde. Vimos inúmeras reportagens da precariedade dos serviços de saúde em nosso país, pessoas que esperam meses e meses por uma tomografia ou uma ressonância, ou até mesmo o resultado de um hemograma, sumário de urina e o pior de uma biópsia, sendo que a espera não é pela falta de médicos senhores e senhoras, mas pela falta de compromisso de governantes corruptos que desviam verbas que serviriam para o conserto de tomógrafos, aparelhos de bioquímica, compra de leitos, de monitores e de balões de oxigênio, dentre outros insumos importantes. Logo, médico não vira medicamento básico para controle de pressão ou diabetes, médico não vira leito de UTI quando você mais precisa... Por fim, médico não é mágico. Na verdade o que vemos por parte de nossa “bela” mídia são jornalistas, blogueiros e políticos manipuladores e peritos em enganar a população. Porque é mais fácil trazer mais médicos do que investir os 10% do PIB nacional na saúde como prediz a nossa constituição. Falam que os professores deveriam trabalhar por amor, para que os nossos filhos sejam o futuro. Mas, o que vemos são professores muito mal remunerados, coagidos e sem a menor segurança dentro das escolas, escolas estas sem a menor condição de trabalho, alunos sem livros ou material escolar de qualidade, ausência de transporte e merenda escolar. E sabe por que isso acontece? Porque os nossos "MARAVILHOSOS" governantes desviam estas verbas para sua merendinha no exterior usando aviões das forças armadas, governantes que além de atrasar o salário, do professor que também tem família e contas a pagar, ainda diminuem muitas vezes chegando até a 40% de redução. E não vimos ninguém repercutindo isso na nossa mídia "imparcial e honesta". E sabe por que não vemos? Porque é disso que a mídia e os governantes precisam. De analfabetas políticas, ignorantes do saber e dependentes deles (como bolsa família, bolsa para irresponsavelmente fazer menino... e bolsa irresponsabilidade social...). Porque desta forma eles garantem a reeleição. Então, não se preocupe com a educação de seus filhos, pois eles serão exatamente o que a mídia e a politica brasileira quiser. O que falar da nossa segurança e dos policiais que arriscam as suas vidas todos os dias para nos proteger e não são nem um pouco valorizados, tendo salários ridículos e equipamento de proteção mais antigo e inúltil que o homem das cavernas. Vemos bandidos matando policiais todo dia e não vemos muita repercussão não é mesmo? Você acha mesmo que FHC, Serra, Dilma, o querido Lulinha e os outros estão mesmo preocupados? Porque estariam se sou eu e você quem financia a segurança particular deles, em seus carros e casas blindadas. O mais engraçado de tudo é que vemos pessoas como jornalistas da globo, de outras emissoras e de pragmáticos políticos falando de algo que não vivenciam. Falam dos médicos e do SUS, mas todos possuem planos de saúde e médicos particulares, que por sinal não são estrangeiros; falam dos professores e da educação com uma “autoridade”, mas seus filhos e eles estudaram e estudam nos melhores colégios (particulares) do Brasil ou exterior; falam da nossa polícia e segurança pública, quando na verdade andam em carros blindados, condomínios fechados e seguranças particulares. Então, questiono-me... por que será que eles acham que tem o direito de falar de algo que não vivenciam? Todos os anos milhares de pessoas morrem por causa de enchentes, mas será que a culpa é mesmo da enchente ou da pessoa que não tendo onde morar arrisca a sua própria vida e a de seus filhos para ter um teto sobre sua cabeça? E ano após ano, político após político, vemos os mesmos erros e nenhuma solução. A não ser claro roubar e ser essa mídia medíocre e nojenta. Por que será que eles fazem as mesmas coisas todos os anos e nada acontece? Quer mesmo saber? Porque você deixa.

  2. Diogo Postado em 10/Sep/2013 às 18:16

    Um gráfico vale mais que mil palavras...

  3. Jordane Postado em 11/Sep/2013 às 01:50

    Só sei que não me perguntaram nada.

  4. Danillo Postado em 21/Sep/2013 às 17:47

    2.002/135 = 14,82 pessoas por município. Como que extrapola isso pra quase 200.000.000 de habitantes? Pouco representativa a pesquisa, a meu ver.

  5. Niivaldo Soléo Postado em 25/Sep/2013 às 20:06

    Eu duvido que 73,9% da população apoia a vinda de médicos cubanos para o Brasil. No máximo, menos de 30% apoia. O programa é um embuste, não ataca o problema principal da saúde no Brasil e eu não acredito nesta pesquisa. Eu não sou médico. Sou engenheiro.