Redação Pragmatismo
Compartilhar
Guerra injustificável 06/Sep/2013 às 10:20
6
Comentários
Dodô Calixto

Ataque químico na Síria foi invenção dos EUA, diz hacker

Hacker apresenta e-mails interceptados que sugerem que os EUA forjaram ataque químico na Síria. Em conversa, membros da cúpula do Exército norte-americano se parabenizam por ação

Um hacker norte-americano apresentou nesta quarta-feira (04/09) supostos e-mails interceptados da Inteligência dos EUA. O conteúdo das mensagens sugere que o ataque com armas químicas na Síria foi forjado. Mais do que isso, diz o pirata cibernético, foi o próprio Pentágono que organizou uma suposta farsa. “Bom trabalho”, teria dito um coronel ao outro após ver o “sucesso da operação” no noticiário internacional. (Veja o e-mail abaixo)

hacker ataque químico síria eua
Hacker norte-americano divulgou o e-mail (em inglês) interceptado entre Anthony Jamie Mac Donald (Divulgação / RT)

“Eu consegui acesso ao e-mail do coronel Anthony Jamie Mac Donald e interceptei uma conversa entre ele e seu colega de Exército, Eugene Furst. Este parabeniza o coronel e mostra o link de uma reportagem do Washington Post sobre o ataque químico realizado na Síria. Ele usou a expressão ‘bem organizado’ (traduçao livre para “well staged”) na hora de parabenizar Jamie MacDonald. Eu não conseguia acreditar no que estava lendo”, narra o hacker no portal Pastebin.

Leia também

Os correios eletrônicos foram enviados em 22 de agosto, um dia após ao suposto ataque químico na Síria. Washington acusa o governo sírio de ter assassinado 1.429 pessoas – incluindo 426 crianças. Segundo o secretário de Estado, John Kerry, há provas “claras e convincentes” de que a ação foi realizada pelo presidente Bashar al Assad. No entanto, até o momento, não há qualquer confirmação oficial da ONU (Organização das Nações Unidas) ou provas concretas de um ataque químico.

O hacker norte-americano também apresentou outras mensagens eletrônicas entre o coronel Mac Donald e uma amiga, que mostra preocupação com a morte das crianças sírias. “Não se preocupe, as crianças não ficaram feridas. Aquilo foi feito apenas para as câmeras”, respondeu o membro das Forças Armadas.

A Comissão de Relações Exteriores do Senado dos Estados Unidos aprovou na quarta-feira (04) uma resolução que autoriza um ataque militar à Síria. A decisão proíbe que as tropas norte-americanas avancem em território sírio e limita a duração da ação a 60 dias, segundo informações divulgadas no site do Senado.

Com 10 votos a favor, 7 contra, e 1 abstenção, a comissão aprovou uma proposta bipartidária, o que representa uma importante vitória política para o presidente Barack Obama. A sessão plenária do Senado deve votar o documento na próxima semana. Depois ele deverá ser discutido e votado na Câmara dos Deputados.

Esta foi a primeira votação a favor do uso da força militar desde outubro de 2002, quando o Congresso aprovou a invasão do Iraque e a quarta vez desde a Guerra do Vietnã. Obama pediu autorização ao Congresso para fazer um ataque militar à Síria devido à suspeita de que o presidente Bashar Al Assad utilizou armas químicas contra civis. O conflito na Síria já fez, desde março de 2011, mais de 100 mil mortos e levou o país a ser suspenso da Liga Árabe.

Opera Mundi

Recomendados para você

Comentários

  1. PAULO ROBERTO ARGUELLES D Postado em 06/Sep/2013 às 11:48

    ATÉ QUE PONTO PODE UMA NAÇÃO GENOCIDA AGIR PARA REALIZAR SEU INTUITOS IMORAIS? ISTO TEM QUE PARAR!!!! EUA A NAÇÃO MAIS DEMONÍACA DE TODA TERRA!!!

  2. Caio Postado em 06/Sep/2013 às 14:43

    Ora ora ora, vamos com calma, ninguém sabe se isso procede e esses "documentos" são verdadeiros. Lembrem-se que o Exército Eletrônico Sírio pode muito bem estar fabricando esses "vazamentos". Lembrem-se também que os únicos vazamentos confiáveis foram os feitos por pessoas internas e não por hackers que tiveram acesso à informação.

  3. Vinicius Postado em 06/Sep/2013 às 16:32

    Exatamente. E aquela fotinho ali em cima, sinceramente dá pra fazer no bloco de notas. Então temos que, no mínimo, esperar as investigações da ONU.

  4. Frank Postado em 07/Sep/2013 às 21:28

    Da ONU ! E desde quando a ONU é confiável ? A ONU é uma sucursal dos EUA, Caio e Vinícius , ou vocês são muito inocentes ou são muito puxa saco dos EUA.

  5. Sabino Belo Pereira Postado em 08/Sep/2013 às 08:40

    A Manipulação de conteúdo é para alguns da imprensa, prática normal. Más a ONU devera classificar como crie hediondo contra a humanidade.

  6. Larissa Paola Postado em 09/Sep/2013 às 21:34

    ONU quem? Muita coisa que acontece neste mundo são de falsa bandeira e teatro arquitetado justamente por essas agências e organizações. Quem acredita na ONU, também vive no mundo da Alice, onde acha que tudo é maravilhas.