Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Saúde 27/Aug/2013 às 10:54
33
Comentários

"Vou orientar meus médicos a não socorrerem erros dos médicos cubanos"

“Vou orientar meus médicos a não socorrerem erros dos colegas cubanos”, diz presidente do CRM/MG

médicos cubanos brasil minas gerais

João Batista Gomes Soares, presidente do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (Foto: Divulgação)

A contratação de médicos estrangeiros pelo programa Mais Médicos, do Governo Federal, está longe de ter um final em que as duas partes – profissionais e União – cheguem a um acordo. A última grande polêmica gira em torno do anúncio da convocação de cubanos para atender no Brasil.

O Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG) já entrou oficialmente na briga contra a medida. Na última semana, o presidente da entidade, João Batista Gomes Soares, anunciou que pretende denunciar os cubanos por exercício ilegal da profissão, alegando que o governo autorizou a atividade dos médicos sem que eles passem pelo processo de revalidação do diploma estrangeiro e pelo exame de proficiência em língua portuguesa.

Em entrevista ao jornal Estado de Minas, publicada nesta sexta-feira, João Batista garantiu que, se o governo seguir em frente com as contratações, o impasse vai virar caso de polícia. “Se ouvir dizer que existe um médico cubano atuando em Nova Lima, por exemplo, mando uma equipe do CRM-MG fiscalizar. Chegando lá, será verificado se ele tem o diploma revalidado no Brasil e a carteirinha do CRM-MG. Se não tiver, vamos à delegacia de polícia e o denunciamos por exercício ilegal da profissão, da mesma forma que fazemos com um charlatão ou com curandeiro”, afirmou Batista.

Leia também

O presidente do CRM/MG ainda fez uma declaração polêmica. “Nossa preocupação é com a qualidade desses médicos, que são bons apenas em medicina preventiva, não sabem tirar tomografia. Vou orientar meus médicos a não socorrerem erros dos colegas cubanos”, disse.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) também considera a adoção do programa eleitoreira, irresponsável e desrespeitosa.

Bhaz

Recomendados para você

Comentários

  1. Luiz Postado em 27/Aug/2013 às 11:14

    Pra falar a verdade, até hoje nunca vi uma explicação a respeito dos médicos não terem os diplomas revalidados. Eles revalidaram e a mídia não divulga? A burocracia é muita? Os conselhos de medicina estão dificultando? As exigências para revalidar não são razoáveis?

  2. marcos d'avila Postado em 27/Aug/2013 às 11:43

    Esse cidadão vai orientar médicos brasileiros a praticar o crime de omissão de socorro. Esse é um burguês que não entende as necessidades do povo. Porque ele não propõe que os médicos formdos aqui fizessem orevalida como acontece com os nossa classe de advogados, tenho certeza que a aprovação seria catastrófica como é o exame da OAB. Faria um grande favor! se não ajudar não atrapalha.

  3. Rogério Postado em 27/Aug/2013 às 13:37

    Luiz, o revalida é para quem vai ficar permanentemente no país. Os cubanos tem um contrato de 3 anos. Estão vindo como médicos formados, não como estagiários. Todos eles já estiveram em outros países em programas semelhantes ao Mais Médicos.

  4. Larissa Paola Postado em 27/Aug/2013 às 14:58

    Ah sim, claro, ele já orienta os médicos brasileiros a acobertarem e omitirem os erros de seus colegas. Erros até fatais. Esse presidente não é o pai daquela pediatra que receitou a injeção de 3 ml de adrenalina num bebê? Será que ele orientou a filha a não matar mais seus pacientes?

  5. Larissa Paola Postado em 27/Aug/2013 às 15:03

    Ah sim, a médica que matou a criança de 1 ano por imperícia, é filha de Iran Augusto Cardoso, presidente do CRM-DF, não de Minas. A filhinha dele já voltou a trabalhar e nada aconteceu, nenhuma sanção. Está mais cômodo virar médico neste país. Se errar e matar, nada acontece. Nada mais conveniente, não é mesmo?

  6. Larissa Paola Postado em 27/Aug/2013 às 15:07

    E os médicos brasileiros não são bons nem em medicina preventiva nem na paliativa. Só são papagaios dos laboratórios farmacêuticos, seguem algoritmos de prescrição, não entendem bulhufas de prevenção nem nutrição. É, realmente estamos bem de médicos brasileiros! (ironia)

  7. altair ahad Postado em 27/Aug/2013 às 16:01

    que presidente de CRM idiota! reaçonario!

  8. Luiz Postado em 27/Aug/2013 às 16:03

    Rogério, mas todo profissional formado no exterior (seja médico, engenheiro, advogado) precisaria de ter seu diploma universitário reconhecido por uma universidade brasileira, não é? Ou não?

    • Elaine Postado em 04/Sep/2013 às 09:55

      Sim, Luiz, é verdade. O revalida autoriza o médico estrangeiro a atuar sem qualquer restrição, na área que o médico se especializou. Já os médicos que vem pelo PMM, além de ter contrato temporário, não pode exercer a medicina livremente, ou seja, ele só pode atuar no programa do governo. Por isso é balela isso de dizer que os estrangeiros virão para tomar o lugar dos brasileiros. Eles estão vindo para preencher as vagas rejeitadas pelos nossos.

  9. Gilmar Postado em 27/Aug/2013 às 16:37

    Omissão de socorro!

  10. Fernando Postado em 27/Aug/2013 às 17:15

    Alguém refresca a memória desse homem medíocre, para lembrá-lo de quais eram os versos do juramento que ele fez.

  11. ARMISTRONG DE ARAUJO SOUTO Postado em 27/Aug/2013 às 17:31

    De forma bastante simples, o presidente do CRM-MG lança por terra o juramento que fez, e, de forma indireta, revela o profundo comprometimento com o dinheiro. Não com a vida.

  12. Paulo Lino Postado em 27/Aug/2013 às 17:55

    Medicina preventiva é o que realmente faz a diferença, mas nossos "cultos, aristocráticos médicos" gostam é do comércio da doença, para lucrarem com seus parceiros da indústria de remédios.

  13. Marcos Postado em 28/Aug/2013 às 00:22

    Esse senhor de fato falou uma bobagem sem limite, mas os comentários aqui são quase cômicos jesus... Quem vai responder pela morte de pessoas nos prováveis futuros erros médicos Cubanos, Fidel? Regulamentação falha, leis falhas, revalidação falha, analisem friamente todo o caso, os ursinhos carinhosos Cubanos são necessários sim mas o principal culpado é o governo.

  14. Thiago Hermes Postado em 28/Aug/2013 às 00:31

    “Nossa preocupação é com a qualidade desses médicos, que são bons apenas em medicina preventiva, não sabem tirar tomografia. Vou orientar meus médicos a não socorrerem erros dos colegas cubanos” Traduzindo "Eu vou provar que sou mais foda e brigar pelos meus benefícios pondo na bunda da população que eu deveria ajudar pois sou pago or eles e fiz um juramento de um cara aí cujo nome não me lembro mas parece com 'Hipócrita'."

  15. RODRIGO GONÇALVES DE SOUZA Postado em 28/Aug/2013 às 10:40

    Luiz, mas no caso dos advogados, há um exame, o da Ordem, que serve de base para se dizer que a exigência é a mesma. Agora, não há um exame de engenheiros que se pode dizer que os de fora devam ter o mesmo desempenho mínimo. Nem para médicos. Como se sabe a nota de corte ou desempenho que os brasileiros teriam para se dizer que os de fora devam ter igual?

  16. Chico Lobo Postado em 28/Aug/2013 às 17:49

    Garanto que nem os médicos brasileiros e nem esse idiota da CRM-MG passariam no Revalida. - Afinal, a medicina cubana tem pra dar aula pro mundo, e não é esse canalha babaca que vai salvar ninguém... Classe de Mafia de branco canalha...

    • roberto Postado em 14/Feb/2014 às 22:38

      amigo, respeito se aprende em casa! Mas só para relembrar!!! LULA teve cancer, foi tratado por médicos Brasileiro e está curado. DILMA teve cancer foi tratada por médicos Brasileiros e está curada. Seu "COMPANERO" HUGO CHAVES FOI TRATAR EM CUBA, VOLTOU MORTO PARA VENEZUELA... Pense nisso. Um forte abraço e sucesso.

  17. Alberto Postado em 28/Aug/2013 às 20:17

    Este joão Batista, mostra que os Mineiros devem ter um tratamento espetacular nos hospitais, este imbecil diz que os seus médicos não vão socorrer erros de médicos estrangeiros, os seu apadrinhados nunca vão errar porque não fazem nada, pior que errar e nada fazer porque não sabe fazer nada, na verdade com um chefe de quadrilha como este a unica coisa que devem fazer e desviar medicamentos dos hospitais para suas clinicas particulares.

  18. Elias Postado em 29/Aug/2013 às 08:56

    Se Médicos Brasileiro fossem para Cuba e submetidos a um Revalida, eles não seriam contratados nem como enfermeiros. O SBT mostrou em recente reportagem como atuam estes Ordinários.

  19. BLADIMIR Postado em 29/Aug/2013 às 11:24

    bueno el piensa que dueño,caporal ,patron de los medicos de Minas Geraes,ese JUAN bautista fue alumno de medicina del doctor muerte JOSEF MENGELE,MEDICO DE CABEZERA DE HITLES ,ES UN NAZISTA CAPACITADO A LLEVAR A UN HOLOCAUSTO A LAS CLASES MAS HUMILDES DE BRASIL.

  20. Wandresson Postado em 29/Aug/2013 às 12:23

    Os conselhos de medicina no brasil não tem o menor interessa e tão pouco se importam com a saúde no brasil, o que eles temem é a concorrência, pois quanto mais médicos no brasil maior a concorrência, e em consequência disso menor o salário deles daqui a uns anos. Fazem da saúde no brasil um monopólio, controlando e influenciando para o reduzido numero de cursos de medicina no brasil assim como a burocracia e o auto preço dos cursos. Um absurdo !

  21. Edson Carli Postado em 29/Aug/2013 às 18:09

    Porque se omitir e não ajudar não é crime né? Esse cara é uma vergonha. O revalida é uma tortura, nem médico brasileiro passa, exigem que um especialista numa área saiba da outra e coincidentemente médicos de origem européia tem mais chance de passar mesmo não sabendo português. Aliás, é bom lembrar que pra dizer que sabe o português tem que saber escrever também, né? É engraçado um médico cobrar isso num país que muita gente morre por interpretação errada de receita médica.

  22. João Postado em 29/Aug/2013 às 19:09

    E ainda falam que o problema de virem médicos cubanos é prejudicar a saúde do povo... SE PREOCUPAM COM OS PACIENTES? MESMO??? O que falta é vergonha na cara. Só estão preocupados com a diminuição do salário... se estivessem preocupados com a saúde do povo como dizem, socorreriam até de madrugada se fosse necessário!

  23. Ricardo Postado em 29/Aug/2013 às 21:36

    A questão principal é a forma como os médicos estrangeiros foram contratados que fere o ordenamento jurídico aplicável à matéria trabalhista. Outro ponto a questionar: será que os políticos do PT - incluindo Dilma, a presidenta - teriam coragem de se consultar com os "importados", principalmente com os cubanos que ela tanto defende? Mais: Dilma afirmou que os cubanos estão sendo vítimas de discriminação. Pergunta-se: por quê somente os cubanos ficaram em alojamentos destinados a militares e os médicos de outras nacionalidades ficaram hospedados em hotéis? Por quais misteriosas razões foram esses médicos isentados de serem submetidos ao RENOVAR? Estariam eles acima do Bem e do Mal? Finalizando: aos que tanto defendem os cubanos - e, por via de extensão, o autoritário regime ditatorial castrista - conclamo a que fixem residência na ilha "paradisíaca" de Fidel e fiquem por lá para ver "o que é bom para a tosse."

  24. rosa benitez Postado em 30/Aug/2013 às 09:13

    Si un día ese señor llegara a tener una millónesima parte de la experiencia adquirida en los rincones más sufridos de la tierra, de la dedicación incondicional a los pacientes, de la vocación humanista, del prestigio, del respeto, de la admiración y gratitud de millones de seres humanos en todo el mundo de que gozan los médicos cubanos, podría considerarse .un gran médico

  25. dicson Postado em 30/Aug/2013 às 10:06

    Peçam a esse senhor do CRm do Aécio never, ir se informar sobre a expectativa de vida dos cubanos, mortalidade infantil, etc. Na realidade não vai demorar muito para os brasileiros só procurarem médicos estrangeiros, deixando esses senhores desempregados, tais são os maus tratos que a população brasileira sofre desses mercenários. Viva os médicos estrangeiros que estão vindo para trabalharem pela saúde preventiva dos brasileiros, e parabéns a presidenta Dilma pela iniciativa.

  26. dicson Postado em 30/Aug/2013 às 10:21

    Essa é uma casta de mercenários que não estão nem aí para a saúde dos brasileiros, com a medicina que desenvolvem só vão ter um destino, o mercado americano, no qual os planos de saúde bonificam os médicos para não passarem exames aos pacientes. Assistam ao documentário SICKO de Michael Moore, e ficarão sabendo do que estou falando, embora os planos de saúde desse país já tentam imitar essa realidade norte americana. Essa iniciativa do governo federal é uma ótima maneira de minimizar os problemas na saúde.

  27. Maria Postado em 30/Aug/2013 às 10:24

    Desrespeito é o que a maioria dos médicos brasileiros faz com a população carente de nosso país.

  28. antonio garcia Postado em 30/Aug/2013 às 15:03

    Belo exemplo de prepotência e soberba sr João Batista Gomes Soares, eu é que vou orientar meus familiares e amigos para procurar evitar o sr e "seus médicos" ...que juramento mesmo jurou quando colou grau ?????????????? quem sabe por não seguir exemplos como o seu a medicina cubana é bem conceituada ...

  29. SILVIA BALBINO DA SILVA Postado em 30/Aug/2013 às 21:08

    Tomara que ele erre e que ao invés de erros , tenha somente acertos.

  30. KA TIA WBERLANDE Postado em 31/Aug/2013 às 13:29

    pode não dar um fim nessa miséria que estar nossa saúde, mais com certeza aliviará e muito o sufoco que nossa sociedade estar sofrendo com o desprezo desses nossos médicos brasileiros, que simplesmente por dinheiro e sem compromisso nenhum com nossa população, se afastam cada vez mais dos atendimentos públicos, priorizando assim só o sistema privado,,,e o nosso povo???? como fica, e a população menos favorecida??? há senhor...me poupe de suas imbecilidades, somos totalmente a favos da vinda desses heróis viu, não falo só por mim, mais falo por um povo que é simplesmente esquecidos pelos os médicos brasileiros,que firmaram seu votos diante de um diploma,mais que só veem em sua frente..DINHEIRO, STATUS , E POPULARIDADE..PRONTO FALEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII