Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Homofobia 01/Aug/2013 às 00:48
10
Comentários

Frei Betto para papa Francisco: "no Brasil o lobby é antigay"

“É esperançosa a mensagem do papa; mas, ao contrário do que diz Francisco, o problema no Brasil é o lobby antigay, liderado pelo deputado federal Marco Feliciano”

Frei Betto

“Se uma pessoa é gay, procura Deus e tem boa vontade, quem sou eu, por caridade, para julgá-la? O catecismo da Igreja Católica explica isso muito bem. Diz que eles não devem ser discriminados, mas integrados à sociedade. O problema não é ter essa tendência. Não! Devemos ser como irmãos. O problema é fazer lobby”.

papa francisco lobby gay

Papa Francisco disse que não julga homossexuais, mas se mostra contrário a “lobby gay” (Foto: AFP)

São palavras do papa Francisco ao deixar o Brasil, no voo entre Rio e Roma. A mensagem é esperançosa, mas o problema no Brasil é o lobby antigay, liderado pelo deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara.

Deputados que consideram a homossexualidade uma doença propõem a Cura Gay. Querem alterar a resolução do Conselho Federal de Psicologia, que impede seus profissionais de tratar homossexuais como doentes. O que é um gay? Como diz a palavra inglesa, é uma pessoa alegre. Se os homossexuais são felizes, por que submetê-los à terapia?

Terapia é própria para obsessivos, como é o caso de quem odeia constatar que homossexual é uma pessoa feliz. Isto sim é doença: a homofobia, aliás, como toda fobia. E há inúmeras: desde a eleuterofobia, o medo da liberdade que, com certeza, caracteriza os fundamentalistas, até a malaxofobia, o medo de amar, sobretudo, quem de nós difere.

Leia também

Sugiro aos deputados cortar o mal pela raiz: proibir a promíscua narrativa de “Branca de Neve e os Sete Anões”, a relação pedófila entre “O Lobo Mau e a Chapeuzinho Vermelho” e, na Bíblia, o relato da íntima ligação entre Jônatas e Davi, aquele que “ele amava como a sua própria alma”. (1 Livro de Samuel, 18).

Segundo censo do IBGE, há no Brasil 60 mil casais assumidamente gays. São pelo menos 120 mil pessoas que, em princípio, deveriam ser “submetidas a tratamento”. Considerando que a Parada de Orgulho LGBT reúne, em São Paulo, cerca de 4 milhões de pessoas, haveria que construir uma clínica do tamanho de 50 Maracanãs para abrigar toda essa gente.

O processo terapêutico certamente teria início com uma sessão de exorcismo, já que, no fundo, a obsessão fundamentalista considera a homossexualidade muito mais coisa do demônio do que doença.

Outra sugestão é comprar um armário para cada gay e obrigá-lo a ficar lá dentro. Dizem os moralistas que qualquer um tem direito de ser gay, não deve é sair do armário.

Imagino que, terminado o processo de Cura Gay, haverá uma grande Parada de Ex-Gays subindo a rampa da Câmara em Brasília para agradecer aos deputados que, iluminados, aprovaram a medida.

Ainda que todos os gays sejam confinados na clínica dos deputados, de uma coisa não poderão se queixar: será divertido contar ali com shows de Daniela Mercury e sir Elton Hercules John.

Saiba Feliciano que Alan Chambers, ex-presidente da associação Exodus International, destinada a curar gays, declarou em junho deste ano que também é gay, pediu perdão pelos sofrimentos causados a homossexuais e fechou a entidade.

À luz do Evangelho, o melhor é seguir o conselho de santo Agostinho: “Ama e faz o que quiseres”. Ou, como diz Francisco, sejamos todos irmãos.

Recomendados para você

Comentários

  1. Todd Tomorrow Postado em 01/Aug/2013 às 09:13

    O Papa Francisco, quando se refere ao lobby pró direitos civis inclui, podemos supor, os ativistas e militantes da causa que reagiram a indicação do deputado a presidência da CDHM numa época de apatia generalizada. Francisco, portanto, quer os LGBTs no armário junto da culpa. Como a maioria dos religiosos 'pra frentex', aceita o gay, a lésbica e o bissexual 'discretos' que se sujeitem a sua autoridade. Os transexuais e travestis estão naturalmente excluídos desta lógica.

  2. José de S.B.Sobrinho Postado em 01/Aug/2013 às 20:42

    Certamente, esse "evangelho" citado pelo antibíblico "frei" (termo e ofício não cristão, pois é inexistente nas páginas bíblicas), só pode ter orígem nos seminários, conhecidos por serem formadores de castrados, falsos celibatários, que têm tolhido uma das necessidades biológicas básica do ser humano: o sexo. Que esperar de uma pessoa dessas?

  3. Marcos Abraxas Postado em 01/Aug/2013 às 22:58

    "À luz do Evangelho, o melhor é seguir o conselho de santo Agostinho: “Ama e faz o que quiseres”. Ou, como diz Francisco, sejamos todos irmãos." poderíamos ter sido poupados desta tentativa patética de revalorizar o cadáver de uma religião que só falou de tolerância para ser ainda mais opressiva e autoritária, uma religião que baseou a sua expansão no "Creia ou Morra" e que causou e justificou tragédias como a "Reconquista" Cristã na península Ibérica, as cruzadas e o Holocausto! Santo Agostinho era boa gente? Defendeu a necessidade de fazer guerras...Francisco de Assis era boa gente? Apoiou a 4a Cruzada...religião de mrd!! PS está aqui, explícito, o homofobismo da crsitandade, sem "interpretações: "Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os EFEMINADOS, nem os SODOMITAS, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. 1 Coríntios 6:10

  4. Ana Postado em 01/Aug/2013 às 23:28

    Nunca vou entender porque as pessoas discutem um tema que já é complicado de discutir como a religião de uma forma tão agressiva! Quanto mais o tempo passa as pessoas não entendem que o que é bom pra uma pessoa não necessariamente é bom para todas! Cada um na sua religião, louvando a Deus e vivendo na mais santa PAZ meu povo! Sem brigas e sem ofensas... sejamos todos felizes na casa do nosso Pai!

  5. Nuno Postado em 03/Aug/2013 às 18:56

    Os homossexuais devem ser celibatários. O amor não valida a sodomia nem práticas sexuais contra a natureza. Deixemo-nos de brincadeiras.

  6. Paulo Postado em 05/Aug/2013 às 12:42

    Olha a malucada aloprada aí, gente! São cheiradores de cocaína depois de una boa cheirada? Não. Devem ser esses pentecostais malucos que fingem anunciar o céu, mas são instrumentos do demo. Sai capeta!