Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Direita 21/Jun/2013 às 18:59
39
Comentários

Jean Wyllys: "expulsar e agredir integrantes de partidos é atitude fascista"

“Se você acha que, numa manifestação política, partidos não podem se expressar, você não é “apartidário”: é analfabeto político! Se você reclama da violência policial contra manifestantes, mas usa de violência contra militantes de partidos, você é um babaca incoerente”

partidos agredidos manifestações jean wyllys

Extremistas agridem e roubam bandeiras de membros de partidos (Foto: ABr)

Desde o início da noite desta quinta-feira (20), provocações, palavras de ordem e um clima de tensão tomaram conta da Avenida Paulista, onde aconteceu a sétima manifestação organizada pelo Movimento Passe Livre (MPL), em São Paulo, para comemorar a revogação do aumento das tarifas do transporte público na cidade. Com bandeiras e camisetas de partidos como PT, PSTU, PCO, PCdoB e PSOL, militantes eram hostilizados por manifestantes enquanto tentavam avançar com a marcha que mudou de grito – e de reivindicações – nos últimos quinze dias.

– Filho da puta! Filho da puta! Filho da puta! O sistema está corrompido. Só um golpe militar…

Leia abaixo a nota do deputado Jean Wyllys sobre os acontecimentos nas manifestações.

Leia também

Jean Wyllys

Acho legítimo não se identificar com partidos, mas, daí, querer expulsá-los de manifestações populares sem centro nem líderes é fascismo! Acho legítimo gritar que não se identifica com nenhum dos partidos disponíveis, mas querer o monopólio do grito é totalitarismo!

Se você acha que, numa manifestação política, partidos não podem se expressar, você não é “apartidário”: é analfabeto político! Se você reclama da violência policial contra manifestantes, mas usa de violência contra militantes de partidos, você é um babaca incoerente! Se você se chama de “apartidário”, mas ataca apenas um dos dois grandes partidos que se opõe, desculpe-me, você tem partido sim!

Manifestação popular ou festa da democracia é aquela em que apartidários, partidos, simpatizantes e imprensa podem se expressar livremente!

com informações de Terra Magazine

Tags

Recomendados para você

Comentários

  1. Eder Postado em 21/Jun/2013 às 19:29

    Concordo totalmente!! Não me identifico com nenhum partido, mas minhas inclinações são de esquerda e acredito que a manifestação é livre para ser apoiada por quem quer que seja, isso é democracia!!

  2. XAD Postado em 21/Jun/2013 às 21:15

    Não desesperes, Mãe! O último triunfo é interdito aos heróis que o não são. Lembra-te do teu grito: Não passarão! Não passarão! Só mesmo se parasse o coração que te bate no peito. Só mesmo se pudesse haver sentido entre o sangue vertido e o sonho desfeito. Só mesmo se a raiz bebesse em lodo de traição e de crime. Só mesmo se não fosse o mundo todo que na tua tragédia se redime. Não passarão! Arde a seara, mas dum simples grão nasce o trigal de novo. Morrem filhos e filhas da nação, não morre um povo! Não passarão! Seja qual for a fúria da agressão, as forças que te querem jugular não poderão passar sobre a dor infinita desse não que a terra inteira ouviu e repetiu: Não passarão! [Miguel Torga]

  3. Carlos Postado em 21/Jun/2013 às 21:42

    Muitos que defendem a não-existência de bandeiras tem uma posição partidária muito definida: o cristo a ser crucificado é o PT. Como se a corrupção viesse toda de lá. Como se os três partidos que são indicados como os mais corruptos num ranking acima do pt não tivessem culpa. Como se o mensalão não tivesse começado no psdb ou como se o que os tucanos falam do seu mensalão fosse suficiente: é diferente do mensalão petista, soube-se separar compra de votos em um esquema e caixa dois em outro.

  4. Lucas Postado em 21/Jun/2013 às 21:44

    Jean se você xinga as pessoas de babaca e afins, você também está usando de violência? bjs adoro você cara

  5. Armando Postado em 21/Jun/2013 às 22:21

    Enquanto os partidos defenderem os seus interesses e não os do povo eu serei contra eles sim senhor, hoje em dia os partidos só pensam em cargos e joguinhos políticos, tem mais partido político que ideologia no Brasil...

  6. Manuel Rodrigues Netto Postado em 21/Jun/2013 às 22:43

    Bom meus caríssimos. Não duvido das nobres intenções de nosso representante dep. Jean (e isto não é um sarcasmo). Mas analisemos a situação de uma maneira um pouco mais radical. Num momento onde o povo esta conta o SISTEMA POLÍTICO como um todo e isso independente de partido, saímos as ruas para demonstrar sim a insatisfação com a proposta política adotada por nosso pais. Logo quando um militante partidário que sai as ruas para se manifestar (isto com todo o direito que lhe é assegurado) e vai para dentro de uma manifestação onde o foco é o questionamento ao sistema político vigente só há algumas explicações ou ele é um corajoso ou um tolo, prefiro acreditar que ele é um corajoso, porém a grande massa o julgará um tolo. Logo este cidadão não sendo um tolo e consciente que a revolta publica é contra um sistema político deve estar preparado para represálias, sejam elas quais forem (gritos, palavras de ordem e até agressões). Ai querer dizer que "o povo é analfabeto político" ou "Babaca incoerente"? Afirmo com toda certeza que incoerente é o sujeito que ciente do fato de que pode sofrer represálias ainda sim ostenta uma bandeira de um partido. Façamos assim, ostente sua bandeira e sua ideologia durante a campanha política, e neste momento manifeste sua insatisfação com o sistema independentemente de partido deixemos o partidarismo para as eleições pois nesse momento em que o povo desperta para uma nova consciência não é difícil interpretar esta "Atitude" corajosa como um mero marketing político. Pense nisso senhor deputado. Deixo aqui meu perfil no Facebook caso queira discutir o tema, pois não estou aqui para diminuir, mais sim para somar. E toda e qualquer discussão é boa desde que some. https://www.facebook.com/psynetto

  7. caio Postado em 21/Jun/2013 às 23:15

    Eu sou contra os partios apoiarem, afinal eles nao estao por traz do movimento, quem esta é o povo e apenas ele. Nao sou contra que existam os mais variados tipos partidos e que cada partido defenda ideais diferentes. Alguns ideais sao semelhantes aos nossos, outros são bem diferentes e outros nao tem nada a ver.Nenhum partido apresenta unicamente os ideais do movimento(que podem ser considerados as 5 causas por enquanto), logo não representa os manifestantes. a unica bandeira de deve ser levantada é a nacional pois é o simbolo de nosso país e ele é que estamos tentando melhorar. Quem levanta bandeira fica puto porque é recebido com vaias. cara, expor a sua opnião é seu direito, mas vc nao precisa mostrar ela junto de milhares de pessoas que pensam diferente de vc. imagina se no meio da passiata do PT, meia duzia de pessoas levantarem a bandeira no PSdB ou do DEM, como vc acha que eles seriam recebidos pelos militantes?????

  8. Max demian Postado em 21/Jun/2013 às 23:21

    Obrigado a MPL por ter dado o pontapé inicial, mas agora a briga é de cachorro grande. A luta apenas começou e não vai ser meia dúzia de fascistas que vai estragar.

  9. JLGCampos Postado em 21/Jun/2013 às 23:23

    Bandeiras partidárias neste momento é só para se locupletar do movimento, são desnecessárias! Fascismo é o que estão fazendo no entorno do Maracanã... Este não é o momento de partidos e sim de ser inteiro, ou seja, íntegros!

  10. lindo johnson Postado em 21/Jun/2013 às 23:43

    Caro Deputado Jean Wyllys, babaca incoerente também não seria quem esta exigindo direito depedrar lojas, bancos,atear fogo em carro etc... ? Levantar bandeira de um partido a qual já esteve oportunidade de governar e cometeu atos talvez até piores que os atuais governantes ? afora o oportunismo de embarcar em uma manifestação legítima da massa para obter êxito afim de vê que seu partido chegar ao pôder, isso não seria ser incoerente? Nobre Deputado o sistema já o corrompeu no que toca em defender seu partido mesmo sabendo que existe muita podredão.

  11. Félix Postado em 21/Jun/2013 às 23:45

    O anti-partidarismo tem origem na grande corrupção realizada pelos partidos mais detentores de poder (em geral, aqueles que ouve-se sobre na época de eleição "voto nesse porque tem mais chances de ganhar"), o que causa uma imagem preconceituosa e generalizada sobre o exercício político. Os personagens deste cenário não são iguais e muitas vezes antagônicos entre si! Não se trata de anti-partidarismo, e sim de falta de aprofundamento político.

  12. Jose Roberto Postado em 21/Jun/2013 às 23:59

    O Brasil não deve parar e sim acordar Prezados Onde há o CAOS não há a ORDEM e nem o PROGRESSO. A atual união da juventude e demais cidadãos apartidários representa um marco histórico para o nosso país, pois clama para uma renovação ideológica de relação sociedade e estado. É certo dizer que nosso país tem melhorado, mas necessita de reformas sérias e urgentes, para que possamos saltar a um nível compatível com nossa evolução mental, social e cidadã, pois o que há em nossa carta magma não poderá ficar só em escrita eternamente, tem que ser materializada. Devemos lembrar e ressaltar que o caminho para isto deve ser legítimo e democrático, não anárquico, golpista e ditatorial como sugere seguimentos políticos e midiáticos oportunistas, pois assim sendo esta prática viraria via de regra, guerra política e até civil, o qual mais prejudicados seriam: o cidadão e o progresso do país. Não se trata de derrubarmos ninguém e sim exigir mudanças, porém devemos formar uma União apartidária legítima e democrática, formada por grupos e líderes que possam representar a sociedade em âmbito municipal, estadual e Federal, que de maneira ordenada, com o conhecimento de causa, para negociar com os representantes do Legislativo, executivo e Judiciário; O caos não pode ir para as ruas, para as ruas devem ir a ordem, de marcha legítima ,com grupos legítimo, identificados e apartidários; com causas legítimas, reais, viáveis e possíveis. Precisamos desengavetar aquilo que é bom para a sociedade como um todo e tem sido postergada há décadas pelos nossos representantes legais; Precisamos de reformas em órgãos públicos que nos representam e nas leis obsoletas que nos regem. A união faz a força, mas não a força braçal, qual já aplicamos em nosso suado cotidiano, mas a força da mente criadora e transformadora, que com certeza, sendo bem aplicada, renovará nossa nação . José Roberto Augusto

  13. Davi Postado em 22/Jun/2013 às 00:00

    Eu sempre fui um grande fã do Jean Wyllys, e tenho que discordar desse texto. É essa instrumentalização dos movimentos sociais que impede o povo de ir as ruas, de aderir a um movimento social ou de buscar melhorias no ensino. Cansei de ver Centros Acadêmicos se tornando escritórios de futuros candidatos a vereadores em detrimento de representatividade e luta. Esse movimento apenas chegou onde chegou porque não haviam partidos se apropriando do protesto. Vocês criticam os conservadores de querer se apropriar do protesto, como eu também critico. Mas os partidos também querem se apropriar dos protestos, e isso não é menos condenável simplesmente porque você concorda ou é adepto do partido tal. Se o movimento é apartidário, nada impede o filiado de ir lá se manifestar, expor suas demandas e sua ideologia. Mas levantar bandeira de partido é um desserviço e um desrespeito a proposta do movimento. E eu duvido muito que as opiniões seriam as mesmas se as bandeiras do PSDB e DEM estivessem no protesto ao invés das bandeiras do PT, PSOL e PSTU. Não é desrespeitoso e incoerente que hajam bandeiras de partidos em um protesto que, embora diverso, se une na revolta e repugnância, mais do que justificada, quanto a classe política?

  14. Danilo Monteiro Postado em 22/Jun/2013 às 02:49

    Perdoe-me Jean, mas, sou obrigado a discordar dos seus argumentos. É óbvio para todos que não é uma questão de "autoritarismo", o que está acontecendo, neste sentido, é uma revolta justa contra partidos oportunistas que aproveitam esse movimento para dizer que "estão do lado do povo" e, em verdade meu caro, hoje em dia não representam mais ninguém! Vejo você e uns poucos parlamentares lutarem arduamente para garantir os direitos das minorias, justo nessa hora, e onde estão esses partidos que "dizem estar do nosso lado"??? Eles sempre bradaram que estavam com o povo! E o que é o Povo senão a soma de todas as minorias que aqui vivem?! Permita dizer caro Jean, que estes partidos estão engessados naquela velha "picuinha" esquerda e direita, "capitalismo vs socialismo", bla bla bla, e nenhuma atitude efetiva é tomada. Chega de hipocrisias, estamos saturados! Não somos de direita nem de esquerda, somos a favor do que é justo e devido! Somos a favor de atitude proativa, construtiva sem enrolação, sem oportunismo! Sou contra toda forma de violência, mas violência maior é contra as nossas inteligências e nossa dignidade.

  15. Anon Postado em 22/Jun/2013 às 05:16

    "O sistema está corrompido. Só um golpe militar…" Sei lah, venho notando q a midia anda nos manipulando a comprar essa ideia de que existem fascistas e apoiadores da ditadura nas manifestacoes, alem desses casos que viraram noticia, da criação de um partido militar e de uma lei que supostamente facilitaria um golpe de estado. Isso tudo me parece jogada dos poderosos para criar uma nova ameaça nacional, unir os brasileiros sob o poder do medo e enfraquecer as manifestações.

  16. Max Demian Postado em 22/Jun/2013 às 09:08

    Censura é foda! Deixa eu ver se vcs entenderam. A briga agora é de cachorro grande. O pragmatismo tá se comportando igual a veja.

  17. Eduardo Postado em 22/Jun/2013 às 09:11

    QUEREM DEMOCRACIA SEM PARTIDOS POLITICOS....É PRA RIR OU PRA CHORAR???? ESSES MILHÕES DE BRASILEIROS NÃO SABEM NEM COMO FUNCIONA A MAQUINA GOVERNAMENTAL HOJE EM DIA. NÃO SOU CONTRA MANIFESTAÇÃO, MAS ANTES DE TOMARMOS ESTA DECISÃO DEVERÍAMOS FAZER NOSSA PARTE... E NÃO É SÓ PAGAR IMPOSTOS NÃO, TEMOS QUE PARTICIPAR, SEJA DENTRO DE PARTIDOS POLITICOS, SEJA NOS CONSELHOS, COMO ASSISTENCIA SOCIAL, IDOSOS, SAUDE, EDUCAÇÃO, MERENDA ESCOLAR, ESPORTES, SEGURANÇA PÚBLICA, COMUNIDADE ETC.... ESTES SÃO FORUNS DECISÓRIOS E FISCALIZATÓRIOS, SÃO NELES QUE MUITOS DESVIOS DE RECURSOS PODERIAM SER EVITADOS E OUTROS MELHORES DIRECIONADOS. AGORA DIZER QUE O MOVIMENTO E APARTIDÁRIO... É O MESMO QUE DIZER SOU CONTRA O PT E TÔ MORRENDO DE SAUDADE DO TEMPO QUE O BRASIL TIRAVA AS CHINELAS PARA ENTRAR NA CASA BRANCA.

  18. Laura Carvalho Postado em 22/Jun/2013 às 10:30

    Acho que algumas pessoas demoram pra raciocinar! Quando se diz que é uma manifestação "apartidária" é justamente por ir contra aqueles políticos que fazem uso da máquina pública indevidamente, sendo que cada partido existe aquele "elemento corrupto". O povo brasileiro está cansado desses políticos que prometem e não fazem, iludem e mascaram... Eu enquanto cidadão brasileiro espero que o povo limpe a parte podre do Senado, que tirem aqueles mal elementos, ai sim... quando for no tempo das eleições, que venham os partidos, mas que estejamos mais conscientes de cada proposta. Por enquanto esses partidos querem apenas tirar vantagem, induzir ao povo para destituir o PT, sendo que no próximo ano já tem eleições. E mais absurdo ainda são também aqueles que defendem um governo militarizado. Jean Wyllys, não sou contra seus argumentos, pois sei que tuas causas também são importantes, mas vamos analisar uma coisa de cada vez, agora, dizer não à PEC 37 e varrer a sujeira toda do senado!!

  19. Leo Postado em 22/Jun/2013 às 10:40

    Eu nao quero partidos. Eu nao quero esta constituicao, nem essas leis . Nem o sistema politico atual que se mostra falho e que induz a corrupção. Entendo que pode existir politicos que tem etica e acreditam nos seus ideais. Mas eles estão inseridos em um jogo que que repudio.

  20. Henrique Postado em 22/Jun/2013 às 11:32

    Absolutamente incoerente esse texto. Concordo plenamente com o que disse acima o Davi. Antes de mais nada uma manifestação é por uma causa, não por uma ideologia. Fascismo seria impedir militantes de partidos de participarem das marchas o que é completamente diferente de propagarem bandeiras de partidos durante uma manifestação. A isto se chama oportunismo, propaganda política fora de hora. Além do quê, apenas serve para segregar os movimentos populares, uma vez que instala uma rivalidade ideológica quando o mais importante é haver uma convergência de objetivos. E caso o nobre deputado Jean Wyllys esteja a fingir que não entendeu, um dos maiores recados que as atuais mobilizações pelo país pretende passar é a falta de representatividade política que a população sente hoje. Nem direita, nem esquerda e sequer centro tem legitimidade pra falar qualquer coisa, o descalabro é generalizado e é este o recado que a população quer dar. É claro que também não é exagero lembrar que o partido do deputado (PSOL) não desfruta da canja propagandística dada pela mídia tradicional aos grandes partidos (seja PT seja PSDB), mas daí a querer compensar isto atravessando movimentos legítimos e causas maiores ou falando besteira, são outros quinhentos.

  21. Claudio Postado em 22/Jun/2013 às 12:17

    Noto que muitos comentários que são postados, são repetições tipo papagaio. Entra pelo ouvido e sai direto pela boca, sem o devido processamento pelo cerebro. O chavão da vez agora é: SE VOCE NÃO NUTRE SIMPATIA POR NENHUM PARTIDO VOCE É ANALFABETO POLITICO. Errado. Se voce for numa loja comprar uma camisa e não gostar de nenhuma, simplesmente não compra com os partidos politicos acontece a mesma coisa, se nenhum deles atende os seus anseios politicos, não o porque apoiá-los. Todos dizem que o povo não sabe votar, isso é meia verdade, cabe aos partidos escolher os melhores canditatos para podermos escolher. Mas eles nos apresentam o que há de pior, e ainda somos obrigados a votar. Assim fica dificil.

  22. Jackson Cavalcanti Junior Postado em 22/Jun/2013 às 12:22

    Concordo, deputado. Aqui no Recife também os partidos não puderam se expressar. O engraçado é que as bandeiras defendidas pelos movimentos que promoveram os protestos de quinta-feira, dia 20 de junho, são também bandeiras dos partidos de Esquerda e de outros mais voltados à esquerda (não se pode dizer, hoje, que PT, PCdoB e PSB sejam totalmente de Esquerda, portando, digo que são mais voltados à Esquerda). O ruim foi a não permissão de partidos. Defender militares no poder aí já é demais pra mim, que já lutei contra a mais recente e cruel ditadura implantada neste País.

  23. Rafael Postado em 22/Jun/2013 às 12:29

    Uma coisa é os partidaristas organizarem sua manifestação... A outra é pegar embalo em outras e é isso que está ocorrendo... Será que militantes do PT aceitaria militantes do PSDB em sua manifestação? E vice versa... Então chega de hipocrisia, o POVO organizou as manifestações, o POVO esta de saco cheio dos PARTIDOS que são TUDO FARINHA DO MESMO SACO. #basta

  24. Guilherme Silva Postado em 22/Jun/2013 às 12:42

    Discordo: claro que as pessoas devem poder se manifestar livremente. Mas partido político pegar carona na onda de protestos atual é puro oportunismo. Afinal toda a estrutura partidária atual levou à situação que hoje causa tanta insatisfação. Não custa lembrar que temos partidos amorfos, com ideologias difusas, que praticamente servem para atender as necessidades de seus membros. É ... talvez tenhamos que engolir os partidos políticos. Só espero que não sejam estes mesmos que hoje aqui estão. E que não possuam líderes que determinam as decisões importantes do partido e filiados, que fazem conchavos espúrios e se locupletam com o estado das coisas. Mas ainda acho que este pensamento é reacionário e impede a chegada de um paradigma novo na política. FORA PARTIDOS POLÍTICOS!

  25. Barillo Postado em 22/Jun/2013 às 14:30

    Ninguém levou bandeira do PSDB e nem do PMDB,e nem de partidos de direita até porque se levasse provavelmente iria ser repudiado pelos esquerdistas. Então é isso,provem do próprio remédio. Os esquerdistas chamam de fascistas aqueles que amam a pátria e vão vestidos com características nacionalistas.E usam uma cor que nada tem a ver com nosso País que é o vermelho.Ora porra,quem são vocês?Porque usam vermelho se a cor de nossa pátria é verde e amarela. Aqui não é a URSS,isso aqui é Brasil. Levem o vermelho de outras pátrias pra longe daqui. Se eu for e ver um esquerdista com bandeirinha vermelha fazendo alusão à coisas nada brasileiras,eu deito ele lá mesmo.

  26. marcos matos Postado em 22/Jun/2013 às 15:21

    Acho o deputado um verdadeiro oportunista, também está mamando nas "tetas" do governo, Se realmente ele fosse tao sério como prega ser, lutaria por um profunda e reforma política. Isso nao faz parte dos planos dele, mas talvez de permanecer na posiçao confortável onde está. Afinal, ele nao quer um embate com essa dinastia nojenta que existe no congresso. As pessoas nao queriam ou nao querem a participação de partidos nesse momento nesse manifesto, isso nao quer dizer que somos um povo alienados, de forma alguma, sabemos da importancia da politica e estamos inseridos nela e precisamos dela, o que nao da mais pra suportar meu caro deputado, é vida de rei que vcs levam, é o dinheiro publico escoar pelos ralos do congresso em direção as inumeras contas dos nobres deputados, e assim tantas outras mazelas dessa política suja é que tem nos cansados, nao aguentamos mais! Porque entao vossa excelência nao luta por exemplo, pelo fim do voto obrigatório?! Que democracia é essa? Ou vc assim como os outros deputados teriam medo dessa mudança? Lutar pelos interesses proprios, usar de um grupo, talvez ativista, para se promover na politica meu caro deputado, ou lutar a favor tao somente desse grupo, não é pensar no bem coletivo, numa naçao totalmente assistida! Acorda deputado, o povo nao dorme há dias, estamos vigiando incessantemente!

  27. Bertone Postado em 22/Jun/2013 às 20:03

    A tendência é que a partir de agora as manifestações busquem desvincular-se dos partidos. Há um descontentamento geral de que todos os partidos são corruptos e responsáveis pela precariedade dos serviços públicos no país. http://bertonesousa.wodpress.com

  28. fabio Postado em 22/Jun/2013 às 23:59

    Discordo. Muitas pessoas não estão sabendo analisar de forma correta e estão tendo uma interpretação errada do movimento. A série de manifestações ocorreram porque o povo deseja demonstrar sua indignação com os governantes deste país, é o povo falando com os políticos e não os políticos querendo falar com o povo. É a vez do povo falar e os partidos ouvirem. Portanto, realmente, não cabe bandeiras de partidos políticos nos protestos.

  29. FABIO AZEVEDO Postado em 23/Jun/2013 às 09:54

    Discordo do deputado . Partidos que só dão as caras na hora que querem aparecer não são bem vindos , são oportunistas . Cala a boca , Jean !!!

  30. Eduardo Postado em 23/Jun/2013 às 10:16

    Já que isso é uma democracia e, segundo Jean Wyllys, devemos permitir a participação político-partidária, poderíamos convidar, também, os militantes do DEM, PSDB,PPR,PTB,PSB... e transformaríamos isso em um grande palanque eleitoral com visibilidade em todo o globo e continuaria "tudo como d'antes na terra de Abrantes", ou seja , a mesma MERDA de sempre. Acredito que é isso que o sr. Wyllys está propondo.

  31. Ricardo Postado em 23/Jun/2013 às 19:52

    Fascismo? O povo está indignado contra o sistema, e aí o sistema resolve entrar na indignação...contra si mesmo? Não, contra o povo que não quer aquelas legendas, que nunca, em nenhum momento da História, representaram a opinião popular. É contra esse sistema de partidos que buscam unicamente o poder que lutamos. Fascismo é essa intolerância à vontade popular. Que venham às ruas como cidadãos, porque se vierem como Partidos, suas bandeiras virarão cinzas.

  32. Mauro Postado em 23/Jun/2013 às 23:18

    É bem simples. Se os "coitados" do PT, PSOL, PSTU e assemelhados querem fazer manifestação pública, passeata, protestos, etc, que organizem uma e façam eles mesmos.

  33. Eduardo Postado em 23/Jun/2013 às 23:48

    Os partidos de "esquerda" (até parece que o PT, PSTU etc são de esquerda, só querem mesmo é se perpetuar no poder) queriam era se apropriar das manifestações para usar na campanha política. Se o PSDB, PMDB e DEM também mandassem militantes seriam rechaçados do mesmo jeito. Hoje todos os partidos são iguais, basta ver que Lula, Dilma, são aliados de Sarney, Collor e Renan. E se o PSDB começar a apoiar o PT pronto, olha lá o Serra virando ministro da Dilma também. Hoje ninguém mais tem Ideologias. "Meus heróis morreram de overdose". Hoje todo mundo só quer se perpetuar no poder e defecam pro povo. O Jean só falou bobagem. Ninguém quer ditadura, mas queremos que os partidos voltem a ser o que eram, e não só máquinas de sugar dinheiro, partidos de aluguel etc.

  34. Osvaldo Aires Bade Comentários Bem Roubados na "Socialização" - Estou entre os 80 milhões Postado em 24/Jun/2013 às 03:06

    O QUE REALMENTE ESTÁ POR TRÁS DAS MANIFESTAÇÕES NO BRASIL? http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2013/06/o-que-realmente-esta-por-tras-das.html

  35. Osvaldo Aires Bade Comentários Bem Roubados na "Socialização" - Estou entre os 80 milhões Postado em 24/Jun/2013 às 03:07

    A chuva no molhado e o fim da Era Lula-Dilma QUEM ACREDITA QUE A “DITAMOLE”, NO BRASIL, NÃO TINHA PARTIDO É BANDIDO http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2013/06/quem-acredita-que-ditamole-no-brasil.html

  36. Barillo Postado em 24/Jun/2013 às 04:18

    E mais,a prova de que PSOL e PSTU são farsas assim como o PT é que até os verdadeiros socialistas(os stalinistas),criticam veementemente esses partidos.Só há um jornal esquerdista que preste neste País,e ele já deu seu parecer sobre esses partidos. São oportunistas e querem votos.

  37. Rafael Postado em 24/Jun/2013 às 08:16

    Esse Jean é um oportunista nato. Só é deputado porque é ex-bbb, nunca fez nada de importante pra legislação brasileira, assim como 90% dos outros parlamentares, é fato. Não acho que os manifestantes querem anarquizar o nosso sistema acabando com todos os partidos... O que eles não querem são aproveitadores. Partidos que irão junto às lutas hoje, mas que amanhã jogarão isso na cara do eleitorado brasileiro esperando acarretar votos. Essa é uma manifestação contra o "Status Quo". Eu compartilho desse pensamento e também não quero partidos aproveitadores na nossa manifestação popular.

  38. Eduardo M Postado em 24/Jun/2013 às 08:24

    Já que isso é uma democracia e, segundo Jean Wyllys, devemos permitir a participação político-partidária, poderíamos convidar, também, os militantes do DEM, PSDB,PPR,PTB,PSB… e transformaríamos isso em um grande palanque eleitoral com visibilidade em todo o globo e continuaria “tudo como d’antes na terra de Abrantes”, ou seja , a mesma M.... de sempre. Acredito que é isso que o sr. Wyllys está propondo.

  39. luciana Postado em 24/Jun/2013 às 16:21

    Se hoje fossem atendidas plenamente as reivindicações das manifestações, começaríamos extinguindo os partidos e cancelando as eleições do ano que vem. Já que ninguém é líder do movimento, uma junta seria eleita através de sorteio entre os manifestantes para governar o país, mas só até a próxima manifestação, quando haveria novo sorteio . O ministério da defesa caberia aos ultra-direitistas, que teriam carta branca para assassinar todos os gays assumidos (os enrustidos não, pois estes sempre estarão no comando da ultra-direita). Aos anarquistas, o ministério dos esportes, para que, depois que destruíssem todos os prédios públicos, obras de arte e espaços de lazer, ocupassem os estádios de futebol e os utilizassem para se drogar, vandalizar, comer grama e defecar por tudo, até que não se pudesse mais diferenciar os anarquistas das fezes, coisa que hoje já é difícil. Aos ex-traficantes corridos pela pacificação dos morros e que hoje se aproveitam das manifestações para saquear lojas, seria dado o comando da polícia militar. Então o comércio teria as portas abertas durante os movimentos, evitando assim os prejuízos estruturais. O Movimento Passe Livre obviamente faria funcionar o transporte coletivo gratuito para todos, podendo dividir entre eles todos o lucro arrecadado. E o pessoal que hoje vai para as manifestações só pra curtir, para estar na moda, aqueles que fazem cartazinho pra tirar foto e postar no facebook, esse pessoal tem mais é que continuar "se manifestando" e acobertando todos os outros. E viva o preconceito!