Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Desenvolvimento Brasileiro 18/Jun/2013 às 11:20
17
Comentários

Cidades anunciam redução de tarifas após onda de protestos

Saiba quais cidades brasileiras anunciaram a redução das tarifas após protestos contra os preços abusivos do transporte público

Prefeituras municipais anunciam redução das tarifas de transporte público após onda de protestos e isenção de impostos. Confira abaixo quais cidades já se posicionaram.

Porto Alegre

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), enviará nesta terça-feira (18) à Câmara de Vereadores um projeto de lei que isenta as tarifas de ônibus do ISS (Imposto sobre Serviços), PIS e Cofins. Com isso, segundo Fortunati, a tarifa baixará dos atuais R$ 2,85 para R$ 2,80. A redução, de acordo com o prefeito, será imediata.

João Pessoa

O prefeito de João Pessoa (PB), Luciano Cartaxo (PT), anunciou através do seu microblog no Twitter que reduzirá o valor das tarifas dos transportes públicos municipais.Ele convocou entrevista para o Paço municipal e confirmou a redução da passagem, a partir de 1º de juho, em R$ 0,10. Com isso, o valor da tarifa cai de R$ 2,30 para R$ 2,20. O anúncio de Cartaxo confirma uma queda de 4,35% no valor atual da tarifa cobrada nos transportes públicos de João Pessoa.

Campinas

O prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette (PSB), anunciou na tarde desta quarta-feira a redução na tarifa de ônibus da cidade de R$ 3,30 para R$ 3,20. O novo preço da passagem passa a valer no dia 30 de junho. “Em virtude da desoneração do PIS e do Cofins que foi divulgada pela presidenta Dilma Rousseff, fizemos estudos na cidade de Campinas e vamos rebaixar o preços da passagem de ônibus. O preço estava caro. Para mim, era muito incômodo esse valor que tinha subido na gestão passada. Eu achava salgado R$ 3,30. Agora estamos diminuindo os R$ 0,10, porque para o trabalhador, faz diferença”, afirmou.

Cuiabá

A partir de zero hora de quarta-feira (19), a passagem do transporte coletivo de Cuiabá (MT) ficará R$ 0,10 mais barata. O prefeito Mauro Mendes assina, nesta terça-feira (18), o decreto municipal reduzindo em 3,65% o valor da tarifa, que vai passar de R$ 2,95 para R$ 2,85.

Leia também
redução tarifas sp protestos

Protestos e isenção de impostos forçam prefeitos a reduzir tarifas do transporte público (Foto: ABr)

Conforme o prefeito, que anunciou a medida na noite desta segunda-feira (17), a decisão não foi tomada devido à onda de protestos no país, mas a partir de estudos iniciados há 10 dias pela equipe técnica e Procuradoria Geral do Município, com base na Medida Provisória nº 617, de 31 de maio, que zerou as alíquotas da contribuição para o PIS/Pasep e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) para o transporte coletivo municipal rodoviário, metroviário e ferroviário.

Foz do Iguaçu

Em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, a redução foi anunciada e o decreto com o desconto de 0,5 centavos será publicado nesta segunda-feira (17). A passagem passará dos atuais R$ 2,60 para R$ 2,55 para o pagamento com o cartão do sistema de bilhetagem eletrônica. Para o pagamento em dinheiro, a tarifa será reduzida de R$ 2,90 para R$ 2,85. Na prática, os usuários vão começar a pagar menos dentro de dez dias.

Manaus

Em Manaus, o preço da passagem está mais barata. A prefeitura anunciou a redução proporcional à retirada dos tributos, O preço da passagem cai de R$ 3 para R$ 2,90 em Manaus. A cidade é governada por Artur Virgílio.

Paranaguá

O prefeito de Paranaguá, Mário Roque, assinou um decreto que autoriza a redução da tarifa de ônibus em R$ 0,10 a partir do dia 24, próxima segunda-feira. A empresa Viação Rocio fará adequação no sistema de bilhetagem do cartão VIP no sábado. A redução na tarifa foi possível graças à desoneração de impostos por parte dos governos federal e do Estado, que isentaram o Imposto sobre Mercadorias e Serviços (ICMS) e desoneraram o Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a receita do transporte coletivo municipal.

Vinhedo e Valinhos

A passagem de ônibus será reduzida em dez centavos a partir de 30 de junho em duas cidades próximas: Vinhedo e Valinhos. O decreto é reflexo da decisão do governo federal de zerar a cobrança das alíquotas do PIS e do Cofins. As tarifas passarão de R$ 3,30 para R$ 3,20. De acordo com a prefeitura de Vinhedo, diferentemente de outras cidades em que a redução está atrelada ao subsídio do município, na cidade a administração não vai subsidiar.

por Pragmatismo Politico

Recomendados para você

Comentários

  1. Vinicius Postado em 18/Jun/2013 às 11:32

    Eles ainda não entenderam. Não se trata apenas de tarifas de transporte público. Trata-se de dignidade da pessoa humana, probidade administrativa, combate à corrupção e, acima de tudo, reforma política.

  2. Valdeir Vieira Postado em 18/Jun/2013 às 11:34

    Agora todos dizem que não se trata do valor da passagem, porque a coisa tomou uma proporção muito maior, mas a primeira manifestação com meia dúzia de gatos pingados foi...

  3. Alan Mussi Postado em 18/Jun/2013 às 11:40

    Incitaram o povo para ir as ruas, agora aguenta, isso não parar! NÃO é pelos R$ 0,20! Que a passagem tenha seu preço reduzido, e que VENHAM OS PROTESTOS SOBRE TODAS AS OUTRAS QUESTÕES!

  4. caio Postado em 18/Jun/2013 às 11:57

    Oh eles entenderam sim, porem é mais facil fingir que as reivindicações são somente para a reducão da tarifa.

  5. Anonimo"! Postado em 18/Jun/2013 às 12:21

    Uns Abaixam 0,5 e 0,10...tinha quer uns 0,50 centavos...hehehe

  6. Edu Guimarães Postado em 18/Jun/2013 às 13:29

    Santo André também. http://www2.santoandre.sp.gov.br/index.php/noticias/item/6996-santo-andr%C3%A9-assina-decreto-que-reduz-pre%C3%A7o-da-tarifa-de-%C3%B4nibus-na-cidade

  7. Isabella Postado em 18/Jun/2013 às 13:41

    Ilhabela também anunciou a redução de R$2,90 para R$2,80. Houve uma licitação no final de 2011 e a empresa vencedora ganhou ao estipular o valor da passagem R$2,20. Após as eleições de 2012 (pouco menos de 1 ano depois) houve um reajuste para R$2,90. A qualidade do serviço é péssima. Mais info: http://www.politicaecia.com.br/2013/06/ilhabela-organiza-seu-i-manifesto.html

  8. Valéria Postado em 18/Jun/2013 às 13:48

    Como é difícil fazê-los entender que "não é só por 0,20 centavos".

  9. Gabriel Valente Postado em 18/Jun/2013 às 13:58

    Os políticos precisam é ter caráter e não baixar R$ 0,10 a passagem do ônibus como uma forma de ilusão quanto a uma efetividade dos protestos que estão ocorrendo. Infelizmente a maioria neste país é ignorante ao ponto de se contentar com bolsa família e bolsa da pqp para eleger governos, que esses "ignorantes" acham que é do povo. A educação é a base de tudo para termos um país melhor! Enquanto nós formos convenientes com pessoas analfabetas, jogadores de futebol e palhaços de circo nos representando no Poder Legislativo, realmente esse país não vai pra frente. Os interesses que eles defendem como do povo, nada mais são os seus pessoais e de seus aliados no poder! Defendo aqui que todo político deveria ter pelo o menos um curso de graduação para poder se eleger. Política se faz com conhecimento e estudo para se aplicar da melhor forma!

  10. Danilo Fernandes Postado em 18/Jun/2013 às 14:05

    http://www.guaratingueta.sp.gov.br/novo/?&ref_noticia=280 Tem mais uma cidade, pessoas.

  11. Carol Postado em 18/Jun/2013 às 14:05

    Reduzem 5, 10 centavos, pra sucatear ainda mais o serviço. Queremos qualidade de transporte público também, pra fazer ele valer metade do que a gente paga.

  12. O MILAGREIRO Postado em 18/Jun/2013 às 14:16

    eles dizem VAMOS DAR UM REBAIXO DE 0,10 NAS PASSAGENS E ESSA "INSUBORDINAÇÃO" ACABA"... será que é isso mesmo??!?!!!

  13. Suri Postado em 18/Jun/2013 às 15:03

    Mostraremos a esses "espertalhões" que não é e nunca vai ser por causa de 20 centavos. Que as manifestações continuem! O Brasil tá acordando!

  14. Fernanda Postado em 18/Jun/2013 às 15:05

    Falta incluir Pelotas aí na lista. Baixaram R$0,15 aqui.

  15. Celio Eduardo Ehrat Mendes (201303760) Postado em 18/Jun/2013 às 15:34

    joinville e blumenau também anunciam reduções.

  16. Thayane Postado em 18/Jun/2013 às 18:24

    AFFF, ta difícil para eles entenderem a verdadeira razão dos protestos. Sou mais uma a dizer: não é por 0,20.. Eu ficaria bem mais feliz se ouvisse que eles vão finalmente usar o dinheiro publico em algo que seja necessario.. Para começar seria bom oferecer melhores transportes para todos nós.

  17. L R Postado em 19/Jun/2013 às 08:53

    vou lembrar quando ficar velho, que tudo começou pelo grito: ''não é só pelos 20 centavos''