Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Justiça 17/Apr/2013 às 10:33
12
Comentários

Luiz Fux é uma vergonha para a justiça brasileira

Se com sua espantosa fraqueza emocional Luiz Fux chegou afinal ao STF não foi por ter impressionado pela obra, pelo saber e pelo caráter. O Brasil precisa encontrar, urgentemente, fórmulas para desvincular a Justiça e o Executivo

Paulo Nogueira, em seu blog

Feliciano pode continuar onde está? Os brasileiros parecem ter a resposta já consolidada para isso. E o juiz Luiz Fux, pode?

Esta é outra discussão que deve ser travada em caráter de urgência pela sociedade brasileira, dada a importância do Supremo Tribunal Federal, do qual Fux é um dos integrantes.

A entrevista que a Folha publicou com José Dirceu, o réu entre os réus do Mensalão, grita isso – que se verifique se Fux pode permanecer no Supremo.

luiz fux dirceu justiça

Fux fez uma louca cavalgada em busca do STF, e uma parada vital foi em Dirceu (Foto: Divulgação)

Um juiz desmoralizado desmoraliza o STF: este é o ponto.

Na entrevista, Dirceu afirma que Fux o procurou durante seis meses em busca de apoio para sua nomeação para o STF.

Fux estava um degrau abaixo, no STJ. Dirceu era então um homem de grande influência no governo, e Fux tinha uma ambição desmedida.

Segundo Dirceu, quando o encontro foi enfim realizado, Fux prometeu a ele que o absolveria no julgamento.

Deu no que deu.

As acusações de Dirceu, evidentemente, têm que ser investigadas. Mas seja lembrado que à mesma Folha ele admitiu já ter sim corrido atrás de Dirceu na sua louca cavalgada pelo Supremo.

Escreveu a Folha depois de ouvir Fux, há alguns meses: no último ano do governo Lula, “Fux “grudou” em Delfim Netto. Pediu carta de apoio a João Pedro Stedile, do MST. Contou com a ajuda de Antônio Palocci. Pediu uma força ao governador do Rio, Sergio Cabral. Buscou empresários. E se reuniu com José Dirceu, o mais célebre réu do mensalão.”

Leia também

Fux admitiu, para a Folha, a reunião. “Eu fui a várias pessoas de SP, à Fiesp. Numa dessas idas, alguém me levou ao Zé Dirceu porque ele era influente no governo Lula.”

O contato mais explosivo, naturalmente, foi o com Dirceu. Na época, as acusações contra Dirceu já eram de conhecimento amplo, geral e irrestrito. E Dirceu seria julgado, não muito depois, pelo STF para o qual Fux tentava desesperadamente ser admitido.

Tudo bem? Pode? É assim mesmo que funcionam as coisas?

Fux afirma que quando procurou Dirceu não se lembrou de que ele era réu do Mensalão. Mesmo com o beneficio da dúvida, é uma daquelas situações em que se aplica a grande frase de Wellington; “Quem acredita nisso acredita em tudo”.

Fux demostra uma falta de equilíbrio inaceitável para o Supremo. Considere a narração dele próprio do encontro que teve com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, no qual acabaria recebendo a notícia de que atingira o objetivo: estava no STF.

Aí eu passei meia hora rezando tudo o que eu sei de reza possível e imaginável. Quando ele [Cardozo] abriu a porta, falou: “Você não vai me dar um abraço? Você é o próximo ministro do Supremo Tribunal Federal”. Foi aí que eu chorei. Extravasei.”

Fux, no julgamento, chancelou basicamente tudo que Joaquim Barbosa defendeu, para frustração e raiva das pessoas que ele procurara para conseguir a nomeação, a começar por Dirceu.

Fux é, em si, uma prova torrencial de quanto o STF está longe de ser o reduto de Catões que muitos brasileiros, ingenuamente, pensam ser.

O caso Fux tem outros desdobramentos, naturalmente.

O país tem que encontrar, urgentemente, fórmulas para desvincular a Justiça e o Executivo.

Se com sua espantosa fraqueza emocional Fux chegou afinal ao STF não foi por ter impressionado pela obra, pelo saber e pelo caráter.

Foi — como sugerem fortemente os depoimentos à Folha de Dirceu e dele mesmo, Fux — por ter dito o que os que definiriam a escolha queriam ouvir.

Não é um bom critério. Não é um critério justo.

A Justiça tem que manter distância altiva da política — e da mídia, igualmente. As fotos de alegre cumplicidade de integrantes do STF com jornalistas como Merval Pereira e Reinaldo Azevedo são moralmente repulsivas. Que isenção se poderia esperar do STF ao julgar eventuais causas que envolvam não exatamente tais jornalistas, peixes pequenos, mas as empresas para as quais trabalham? E que tipo de tratamento jornalístico os leitores devem esperar de uma relação tão camarada?

Como Feliciano em outra esfera, Fux representa, hoje, uma crise moral na justiça brasileira, um embaraço.

Como ele não se autonomeou, é preciso não esquecer que para consolidar a justiça brasileira – e a democracia — os métodos de nomeação devem ser urgentemente aprimorados.

Recomendados para você

Comentários

  1. Edson Postado em 17/Apr/2013 às 17:27

    Palavras de um condenado... Pra mim, a palavra de Zé Dirceu e de Valério (que acusou, imoralmente, o digno Lula) são a mesma coisa... A minha pergunta é: o que a Fôia faz entrevistando Zé Dirceu? Qual o interesse por trás da macabra revista?

  2. Domingos de Oliveira Gomes Postado em 17/Apr/2013 às 17:50

    Esta Situação Amoral Política Brasileira , jamais acabará .. com Esse Povo que temos ..

  3. Robson Postado em 17/Apr/2013 às 18:10

    O autor está muito enganado. Isso só prova que, em parte, há sim uma independência no judiciário. Pior mesmo é o Dias Tofoli representante desta citada crise moral na justiça brasileira, um embaraço. Curtir · Responder · alguns segundos atrás

  4. Pedro Freire Postado em 17/Apr/2013 às 18:47

    Concordo plenamente que a desvinculação do judiciário com o executivo é uma questão urgente. Até por isso direcionar a crítica somente ao Fux é muitíssimo insuficiente e até injusto. Que o sistema de nomeações é imoral não há dúvidas, nem de que é imoral essa caça de padrinhos para conseguir uma indicação. Mas verdade seja dita, não há uma indicação no judiciário que não passe pelo nefasto processo de bajulação e comprometimento político, seja promoção por merecimento para tribunal, quinto constitucional ou indicação para tribunais superiores. O Fux ao menos, e isso não é defesa, é um renomado jurista, referência em processo civil e professor de uma das melhores faculdade de direito do país, ao contrário do mais notório zé ninguém do STF, Toffoli. E, se alguma defesa se justifica, ao menos também não absolveu em massa no julgamento do mensalão. Reitero, nada acima justifica a procura de contatos políticos, mas falar que o Fux é uma vergonha para a justiça brasileira por causa disso é por demais reducionista.

  5. Marcus Postado em 17/Apr/2013 às 19:05

    As vezes penso sobre como é que da pra fazer uma virada nessa situação Amoral, como se referiu Domingos no comentário anterior. Precisamos de um LIDER VERDADEIRO, um líder mais carismático que o Big Brother Brasil, algo tipo um Mandela, um Ghandi, e que não se corrompa e que tenha a astúcia pra se manter vivo. O povo precisa ser liderado, pois nos brasileiros ainda somos uma grande boiada comendo o pasto que nos dão, e puxando arado por isso. Até agora não vi ninguém passar nem perto de um líder do tipo que precisamos. Lula teve uma boa chance, e me parece que fez o que pode, não da pra saber, não da pra acreditar em nada nem ninguém nesse país, quando o assunto é política ou justiça.

  6. Lyndy Luca Postado em 17/Apr/2013 às 20:58

    O Brasil tem seus 3 poderes completamente falidos, pútridos, corrompidos! Urge uma reforma TOTAL dos 3 poderes, ou continuaremos cada vez mais fadados à esses absurdos que temos visto com cada vez mais frequência!

  7. rodrigo Postado em 18/Apr/2013 às 00:01

    A posse de um magistrado é tão ilegitima quanto a de um presidente da republica,o presidente representa a vontade do povo nas urnas.

  8. werner Postado em 23/Apr/2013 às 08:34

    Quem boto FUX la?

  9. Paulo Henrique Postado em 27/Apr/2013 às 11:56

    A vergonha é o Toffoli no STF e no julgamento do Mensalão ex-advogado de Dirceu e sua namorada foi uma advogada de um réu do mensalão

  10. Osvaldo Aires Bade Comentários Bem Roubados na "Socialização" - Estou entre os 80 milhões Postado em 16/Jul/2013 às 07:52

    Porra, o bandido Dirceu tem mais credito do uma pessoa que não tem um processo! O erro se tiver é do bandido Dirceu que mais uma vez ao falar com Fux queria apenas se livrar da cana e nada mais. OS TOGAS SUJAS???… “DA LAMA AO CAOS” – A nenhum magistrado deveria ser dado o direito de legislar contra os princípios morais de um país. http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/02/justica-os-togas-sujas.html

  11. luiz carlos ubaldo Postado em 04/Oct/2013 às 15:33

    Enquanto o "bandido" do Zé Dirceu lutava bravamente no combate a ditadura militar que calava nossa gente com porrada, prisões, tortura, exílio e mortes, seus criticos se escondiam de baixo da saia da mamãe, queria ver os mesmos falastrões de agora se comportarem assim no pós 64, como é doce a tal de democracia, chamam os outros de bandido ser a menor cerimônia, gente boa e etica são os filhos da elite que hoje gastam o dinheiro que seus pais roubaram!

  12. enganado Postado em 14/Jun/2015 às 23:15

    Vamos encurtar o assunto. O Fux é judeu e toda Colônia de judeuSS no BRASIL, vive sob as ordens da AIPAC/HASBARA/MOSSAD. E as ordens que emanam de de lá são para votarem Contra o PT/LULA/DILMA/Dierceu? ... ; penso que o rachucha da grana roubada não terá o respaldo como nos APÁTRIDAS do PSDB/DEM/... . Vou repetir, o Nuzman _ COB engle a Presidenta DILMA porque o número de falcatruas feitas por ele, tem que dar certo. Passados os eventos, lógico que votará contra; isto se já não o faz as escondidas. O que Fux já falou do PT, é de um grandíssimo fdp. Perguntem a mais esse juiz-tucano-de-briga-galo se tem cx para repetir as mesmas palavras contra o PSDB/DEM? rsrsrsr ... . Aliás TODO judeu tem que dar sua contribuição contra o PT/RÚSSIA/IRÃ/SÍRIA/...; exemplos não faltam: "Há tempos aquele Salomão que fala na rádio bunderantes, desfiou meia dúzia de impropérios contra os dirigentes do IRÃ. Engraçado que ficou estranho porque naquele horário, o mesmo fala sobre cartas de vinho. Então fica patente a obediência as ordens dos judeus das matrizes anglo-semitas (EUA/iSSrahell) que deve obriga-los a sua cota de xingamento aos NACIONALISTA/ .. em qq país em que se encontrem esses crápulas. Imaginem o Pre-Sal nas mãos desta bandidagem? Então esse tal de FUX não passa de um cara pau bem mandado, sem caráter, calhorda que se prevalece do cargo para mentir. Quem gosta da Direita no BRASIL fica assim! Imagina nas refeições se tem coragem de encarar os Filhos. Se tem, é porque todos comungam das mesmas ideias.