Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Homofobia 15/Mar/2013 às 12:38
13
Comentários

Após descobrir que filho é gay, conservador apoia casamento homossexual

Republicano apoia casamento gay ao descobrir que filho é homossexual. O conservador Rob Portman já havia votado contra a união entre pessoas do mesmo sexo em diversas oportunidades

casamento gay rob portman homossexual

Rob Portman, ferrenho opositor do casamento gay, muda de opinião ao descobrir que seu filho é homossexual (Foto: AFP)

O conservador republicano Rob Portman, senador pelo Estado americano de Ohio, mudou sua opinião a respeito do casamento homossexual ao descobrir que um de seus filhos é gay. Grande apoiador do candidato derrotado à presidência dos EUA em 2012, Mitt Romney, ele votou contra a união entre pessoas do mesmo sexo em diversas oportunidades. As informações são da CNN.

Importante voz sobre aspectos econômicos no partido há cerca de quatro décadas, Rob Portman foi cogitado como possível vice-presidente na chapa de Romney nas últimas eleições americanas. Mesmo após preterido por Paul Ryan, ele continuou apoiando o candidato republicano à presidência e foi um proeminente opositor do casamento gay. No entanto, quando seu filho Will, de 21 anos, revelou que é gay, ele mudou de opinião.

“Cheguei à conclusão de que, para mim, pessoalmente, isto é algo que deveríamos permitir às pessoas: ter a mesma alegria e estabilidade no casamento que eu mantenho há 26 anos. Quero isso para todos os meus filhos, incluindo Will, que é gay”, afirmou Portman à emissora de televisão americana.

Leia também

Will Portman disse ao seus pais que é homossexual há dois anos, quando era um calouro na Universidade Yale. “Meu filho foi até Jane, minha mulher, e a mim, nos disse que é gay e que isso não era uma escolha, mas parte de quem ele é, e que ele era assim desde que conseguia se lembrar”, disse o senador. Ele contou que reagiu com “amor, apoio” e surpresa, já que nunca tinha suspeitado da orientação sexual do filho.

Jornal do Brasil

Recomendados para você

Comentários

  1. Rio.preto-SP Postado em 15/Mar/2013 às 14:19

    a maioria que é contra será até um ente querido se assumir homossexual. Mais um ato da Providencia para que exercitemos a tolerancia e amor ao próximo

  2. Rafael Postado em 16/Mar/2013 às 18:49

    Nem sempre o fato de uma pessoa ter um filho gay faz com que ela mude de postura. Tenho uma parente que é fiel da Igreja Universal que acha que homossexualismo é coisa do diabo. Ela passou a ter maior "certeza" disso quando o filho gay entrou pra religião afro (considerada demoníaca por evangélicos).

  3. Frederico Postado em 17/Mar/2013 às 09:22

    É o que eu digo: falar que é contra é sempre fácil, mas quando se sente na carne a pontada da agulha (desculpem o trocadilho, se alguém achar estranho ok rs... ) somos automaticamente obrigados à rever nossas crenças. Como você vai desejar o mal à seu filho só porque ele é Homossexual? Ele não tem direito ao livre arbítrio Divino? Querer que tudo só aconteça com o vizinho sempre também não rola né...

  4. Ramon Postado em 19/Mar/2013 às 10:28

    Por sorte ele teve uma postura de tolêrancia e amor para com o filho e o fato ajudou ele refletir sovre o assunto. Conheço muitos aqui no Brasil que expulsariam ou cortariam relações com o filho, mas de sobremaneira mudariam de opinião.

  5. Carlos Postado em 19/Mar/2013 às 21:50

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA! O Michael Moore já falava a respeito desse tipo de político em "Stupid white men".

  6. 77Sinco Postado em 05/Apr/2013 às 18:56

    Falso. Só apoia uma coisa quando lhe convém. Hipocrita ele.

  7. MARCIO Postado em 13/Apr/2013 às 22:10

    -Precisou saber que o filho é gay para aceitar o homossexual? Antes ele era de acordo com os ensinamentos de DEUS!!! Se fosse dpermitido por DEUS, o casamento homem X homem, Não seria: ADÃO E EVA. Seria: ADÃO E IVO

  8. Lucas Postado em 16/Apr/2013 às 09:46

    estupido nada, pior é quando ao invés de mudar de opinião e aceitar, ele resolve converter o filho em "macho" e faz da vida dele um inferno, tem quer ser muito corajoso pra abdicar das crenças que você levou na vida mesmo que seja por um filho. Parabéns pra ele e que sirva de exemplo pra muitos pais que ainda rejeitam simplesmente os filhos quando descobrem que eles são gays.

  9. Leila Postado em 19/Apr/2013 às 21:20

    Eu também lembrei da oração do M. Moore em “Stupid white men”.Muito boa.

  10. rafael Postado em 20/Apr/2013 às 18:13

    a questão é simples e obvia.Todo religioso é preconceituoso,a religião nao prega p bem mas seus proprios interesses.

  11. Marcio Postado em 21/Apr/2013 às 00:44

    -Ele deve amar ao seu filho, porém não deve concordar com o homossexualismo. Amar não é aceitar o erro, e sim tentar consertar. Não me interessa o que pensam, mas o que DEUS determinou. Bíblia Sagrada: Apocalipse capítulo 22 versículo 15

  12. Clovis Postado em 07/May/2013 às 09:35

    Uma vez Michael Moore disse que um conservador sempre muda sua opinião reacionária sobre um assunto quando é atingido diretamente pelo problema em questão. Desse modo fez uma oração para que fossem atingidos pelo cancer e outras doenças que necessitam de investimento e pesquisa para se encontrar a cura mas que são barrados pelos que não se preocupam com o problema. É muito bom que pelo menos assim ele tomou consciencia e tomou uma decisão justa mas infelizmente não é sempre assim. Existem aqueles que simplesmente abandonam seus filhos quando descobrem qualquer coisa que contrarie seus estreitos sentidos de moral.

  13. fernando Postado em 13/Jul/2013 às 13:31

    uM EXEMPLO DE VERDADEIRO AMOR . QUANDO AMAMOS DE VERDADE NADA IMPORTA, SE É NEGRO, BRANCO, FEIO, BONITO, GAY, HETERO