Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Senado Federal 15/Feb/2013 às 17:50
3
Comentários

Sobrinha de Joaquim Barbosa é demitida por Renan Calheiros

Estagiária do Senado, ela fez a seguinte piada depois que um rato foi morto no Senado Federal em sua página no Facebook: “e a gente achou que o único problema aqui fosse o Renan Calheiros”; novo presidente da casa considerou postagem ofensiva e a demitiu; presidente do STF não irá se pronunciar sobre o caso

Uma piada no Facebook custou o emprego, no Senado, de uma sobrinha do presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa. A moça, que não teve sua identidade revelada pelo Senado, postou em sua página no Facebook a seguinte piada no mesmo dia em que um rato foi encontrado e morto a pauladas nas dependências da Casa: “E a gente achou que o único problema aqui fosse o Renan Calheiros”.

renan calheiros joaquim barbosa demite

Renan Calheiros e Joaquim Barbosa no Senado Federal (Foto: Agência Senado)

O novo presidente do Senado considerou a postagem ofensiva e decidiu demiti-la, mas a história é também emblemática dos tempos atuais. Presidente do Supremo Tribunal Federal e algoz dos réus da Ação Penal 470, Joaquim Barbosa é o herói dos chamados neoudenistas. Renan, por sua vez, foi alvo de uma intensa campanha na internet, que recolheu 1,5 milhão de assinaturas, antes de sua posse. Recebeu uma denúncia encaminhada ao STF, uma semana antes da eleição no Senado, pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que foi parceiro de Barbosa no julgamento da AP 470.

Apesar de toda a pressão, ele se elegeu com ampla maioria de votos e disse que a ética é um meio na construção de um país mais justo, e não um fim.

Nesta sexta, a Secretaria de Comunicação da Casa divulgou nota oficial para explicar que a demissão se deu em função de um ato de indisciplina. A direção do Senado alega ainda que, além do conteúdo ofensivo da matéria, as estudantes (uma colega da sobrinha de Barbosa também foi demitida) postaram-na durante o horário de expediente, utilizando ferramentas de trabalho.

Leia também

“Conforme definido na Lei nº 11.788/2008, o estágio é ato educativo, desenvolvido no ambiente de trabalho, destinado à preparação do educando para o trabalho produtivo. Nesse contexto, a Administração, ao tomar conhecimento de um ato de indisciplina, tem o dever de agir de acordo com as normas vigentes e em cumprimento ao Termo de Compromisso assinado pelas estagiárias”.

Joaquim Barbosa disse que não se pronunciaria sobre o caso.

O pedido de investigação contra Renan, apresentado por Gurgel, caiu nas mãos do relator Ricardo Lewandowski.

Brasil 247

 

Recomendados para você

Comentários

  1. Isaac Postado em 17/Feb/2013 às 14:09

    onde está meu comentário?

  2. Andrão Postado em 18/Feb/2013 às 13:25

    Queiram ou não, Renan Calheiros foi eleito pelo POVO, outros representantes do POVO o elegeram Presidente do Senado, e como tal merece respeito, sob pena de esculhambarmos a república. Não estou aqui defendendo e nem questionando o caráter, a moral ou a ética de Renan, mas apenas pregando o respeito à um parlamentar. Foi infeliz a garota, não respeitou seu superior e mereceu a represália...você trabalhador, faria isso com seu chefe? Se fizesse, sairia impune? Respeito, apenas respeito, sem entrar no mérito das acusações contra Renan.

  3. Camila Vida Postado em 10/Mar/2013 às 15:49

    Andrão, desculpe, mas você não passa de um BURROCRATA. Fiz com meu chefe, sim. Quando gritou comigo pela primeira (e última) vez, gritei com ele de volta e disse que nao era surda e merecia respeito pq tava trabalhando pra ele ganhar o o dele em cima do meu trabalho. Ele nao gostou e ficou azedo, mas me respeita! Esse Renan não merece respeito. E todo mundo sabe disso, até você mesmo. A menina ainda foi educada em não dizer que o rato era parente do distinto cavalheiro.Entrar no merito da hierarquia pura e simplesmente me parece muito coisa de coroinha!