Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Homofobia 06/Dec/2012 às 15:14
11
Comentários

Emocionado, estudante vítima de homofobia pede justiça em vídeo

Estudante André Baliera da USP é espancado e denuncia homofobia. Agressor Bruno Portieri, de 25 anos, culpou vítima pelo ocorrido: “Apanhou de besta porque, se tivesse seguido o caminho dele, não teria apanhado”

andré baliera homofobia vídeo estudante

Vítima de agressão homofóbica, André Baliera grava vídeo pedindo justiça. (Foto: divulgação)

Depois de ter sido agredido por dois homens, em São Paulo (SP), na segunda-feira (3), o estudante de Direito, André Baliera, de 27 anos, tem sido alvo de acusações que partem dos advogados dos acusados.

A polícia investiga se o crime tem relação com preconceito por conta da orientação sexual do estudante, que é homossexual.

Para evitar distorções e chamar a atenção para que os agressores sejam efetivamente punidos, Baliera gravou depoimento em vídeo. Emocionado, ele agradece o apoio e pede justiça.

O estudante andava a pé na Avenida Henrique Schaumann, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo, quando Diego Mosca Lorena de Souza, de 29 anos, e seu amigo, o estudante de logística Bruno Paulossi Portieri, de 25 anos, inicaram agressões verbais.

Leia também

André Baliera se defendeu verbalmente, o que foi suficiente para a dupla partir para cima dele de forma violenta. Eles foram presos e indiciados por tentativa de homicídio.

Assista ao vídeo abaixo:

Pelo menos três pessoas testemunharam as agressões gratuitas e preconceituosas.

Vermelho e Agências

Recomendados para você

Comentários

  1. Mirna Postado em 24/Dec/2012 às 13:01

    HOMEM de coragem!!!! Uma pessoa simples que tem dignidade de ser si mesma.

  2. dinho Postado em 02/Mar/2013 às 01:02

    se a justica nao fizer nada... violencia gera violencia, paga pros mano da favela colocar esses donos da sociedade que nao sai de baixo dos travestis no lugar que eles merecem " no inferno"

  3. JAQUELINE Postado em 07/Mar/2013 às 12:39

    Triste realidade tenho amigos gays são pessoas que sofrem como nós; e são perseguidos e odiados só porque diferem dos conceitos tradicionais o cancêr quando pega não vê destinção social de crença de sexo e cor é lamentavél que existam pessoas que apoaiam silas malafaia.marco feliciano, e miriam rios, a pedofilia não da ódio neles.se dizem enviados de deus só se for o deus do inferno.

  4. mareni Postado em 09/Mar/2013 às 19:34

    Olha meu querido.. A terra está pasando por grande transição........ tenha certeza q isso q vc passou vai servir de exemplo!!!Todos queremos um mundo melhor.....sem preconceitos e sem discriminações.........onde todos podem ser o q querem e viver como querem......... ainda vamos chegar lá.;.mas até lá........FORÇA!!!!!! Estamos juntos... não desanima......BEIJO DE MÂE!!!!!

  5. Valdenir Postado em 13/Mar/2013 às 05:14

    colocar esse homem para cuidar de direitos humanos é o mesmo que colocar a raposa para cuidar das galinhas, o mais incrível é que tal cidadão é PASTOR, mais uma razão para entender QUE TODOS São FILHOS DE DEUS E POR ELE AMADOS

  6. antonieta feitosa mourao Postado em 19/Mar/2013 às 18:39

    to indignada,revoltada,triste depois de tudo isso,as autoridades nao fasem nada,absurdo horizada,que vergonha de ser brasileira.....

  7. Marcelo Postado em 07/May/2013 às 15:20

    Rapaz EXTREMAMENTE corajoso. Se todos os agredidos fizessem como ele, a sociedade melhoraria, pois a homofobia ficaria totalmente exposta.

  8. MARIA ALICE BAPTISTA DE OLIVEIRA Postado em 02/Jul/2013 às 17:50

    cONTINUE TENTANDO!!! cONTINUE LUTANDO!!! estamos com você!!! O inferno são os outros!!!