Redação Pragmatismo
Compartilhar
Religião 07/Nov/2012 às 16:21
57
Comentários

Ex-freira de 73 anos conta como virou ateia: "nada fazia sentido"

"Estou finalmente livre", diz Elizabeth Murad, 73 anos, ex-freira que virou militante humanista e ateísta. "Estou livre para simplesmente ser eu mesma", reitera

freira católica ateu religião

Ex-freira conta como virou militante ateísta: “Quando saí do convento, era como se tivesse renascido”. (Foto: TCPalm)

Elizabeth Murad, de Fort Pierce (EUA), lembra bem do dia em que saiu do convento há 41 anos. Sua sensação foi de alívio. Ela tocou as folhas de cada árvore pela qual passou. Ouviu os pássaros enquanto seus olhos azuis percorriam o céu, as flores e grama. Naquele dia, tudo lhe parecia mais belo.

“Quando saí, era como se eu estivesse renascido”, contou. “Eu estava usando de novo os meus sentidos, querendo tocar em tudo e sentir o cheiro de tudo. Senti o vento soprando em meu cabelo pela primeira vez depois de um longo tempo.” Ela ficou 13 anos em um convento franciscano de Nova Jersey.

Hoje, aos 73 anos, Elizabeth é militante ateísta. É filiada a uma fundação que denuncia as violações da separação entre o Estado e Igreja. Ela tem lutado contra a intenção de organizações religiosas de serem beneficiadas com dinheiro público. Também participa do grupo Treasure Coast, de humanistas seculares.

Em sua casa ela tem uma foto em preto e branco tirada há 50 anos onde aparece com o hábito de freira. Guarda essa foto como marco de uma época em que suas dúvidas se acentuaram, questionando a sua fé. “Foi o começo do que sou hoje.”

Leia também

Elizabeth nasceu em um lar católico. Ia à missa aos domingos, se confessava a cada duas semanas e às sextas-feiras sua família se abstinha de carne. “Uma vez, comi carne por engano em uma sexta-feira”, disse. “Então corri sem parar até a igreja para me confessar. Eu não queria ir para o inferno.”

Um dia uma irmã entregou em sua classe uma história em quadrinhos sobre como se tornar “noiva de Cristo”. “Eu pensei ser o tipo de vida que gostaria de ter”, disse. “As meninas da classe viviam chorando por causa dos meninos que não gostavam dela, e eu decidi que não ia desperdiçar minha vida daquele jeito. Eu preferia fazer algo mais significativo.”

Ela entrou no convento quando se formou no ensino médio. “Ela pensou que foi chamada por Deus”, disse o pediatra James Oleske, irmão de Elizabeth. “Minha mãe e meu pai ficaram muito chateados, mas concordaram porque acreditavam que ela estava em busca de sua felicidade”, afirmou. “Mas eu sabia que ela não pertencia ao convento.”

Não demorou para que Elizabeth começasse se frustrar, porque, como já achava o seu irmão, ela percebeu que a vida em um convento conservador não fazia sentido.

Ela se lembrou, por exemplo, de um episódio no convento nos anos 60 que se deu com a implantação dos ensinamentos do Concílio Vaticano II.

“Havia um grande problema sobre as mudanças que tinham de ser feitas em nossos hábitos”, disse. “Nós passamos horas discutindo se o hábito devia ser na altura do joelho ou abaixo. Eu me levantei e disse: ‘Por que estamos falando de joelhos? Não deveríamos nos concentrar em fazer o bem para a comunidade, ou algo assim?'”

A madre superiora não gostou da rebeldia de Elizabeth e, como castigo, deixou-a por uns tempos sem o anel de casamento com Deus.

Toda sexta-feira Elizabeth, a exemplo das demais irmãs, tinha de cumprir o rito da mortificação corporal, chicoteando as costas com uma corrente. “Eu não conseguia acreditar que havia um Deus que queria aquilo para nós.”

Quando Elizabeth falou no convento sobre suas dúvidas e incertezas, foi encaminhada a um psiquiatra e a um retiro espiritual. Então ela concluiu que tinha chegado o momento de deixar o hábito. E chamou Oleske para tirá-la do convento.

Oleske disse que a readaptação da irmã à vida secular não ocorreu de imediato naqueles anos 70. Ela continuava a não usar maquiagem e com frequência esquecia sua bolsa nos locais em que passava, porque, como freira, não a usava. Andava curva, com as mãos cruzadas, como na época em que esteve no convento. “Ela interagia com as pessoas como se fosse freira”, contou o irmão. “Ela era uma mulher adulta, mas agia como uma adolescente precoce, com poucas experiências de vida.”

Na tentativa de se reencontrar, Elizabeth pesquisou o judaísmo e o budismo, mas não se sentiu atraída por nenhuma das duas crenças. “Não demorou muito para perceber que eu estava falando para mim mesmo”, disse. “Então decidi que não queria nada com religião.”

Em 1976, ela foi contratada como assistente de serviço social (profissão na qual se formara após sair do convento) em Miami, onde conheceu James Murad, com quem se casou. “Nós nos apaixonamos.” O casamento durou 29 anos e só se acabou com a morte de James, aos 70 anos.

James era ateu e humanista, e Elizabeth aderiu o estilo de vida do marido, tornando-se a militante que é até hoje.

O marido foi importante na transformação de Elizabeth em uma humanista secular, mas ela lembrou que uma conversa que teve com sua mãe talvez tenha sido mais.

“Eu tinha 10 anos e estava sentada na minha cama. Minha mãe, que penteava meu cabelo, do nada me disse: ‘Você sabe, eu realmente admiro as pessoas ateias. Elas podem ser amáveis apenas por uma questão de serem boas. Sua bondade não tem nada a ver com ir para o céu’”.

“Isso, o que ela me disse, ficou comigo toda a minha vida.”

Paulopes e TCPalm

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Marília B. Postado em 07/Nov/2012 às 16:28

    “Eu tinha 10 anos e estava sentada na minha cama. Minha mãe, que penteava meu cabelo, do nada me disse: ‘Você sabe, eu realmente admiro as pessoas ateias. Elas podem ser amáveis apenas por uma questão de serem boas. Sua bondade não tem nada a ver com ir para o céu’”. Que bonito.

    • Sydney Postado em 26/Jan/2014 às 16:23

      Amei!

    • regiane Postado em 07/Apr/2015 às 18:34

      Engraçado também achei lindo esse trecho abraço

    • Gabriela Carvalho Postado em 17/Jun/2015 às 14:48

      Só de se sentirem confortáveis e com um sentimento de prazer a serem agradecidas e terem praticado o bem. No fundo, nenhum de nós faz nada por nada, o máximo que podemos fazer é por amor. E eu escolho por amar meu irmão como se fosse Cristo.

  2. Jucimére Quirino Postado em 07/Nov/2012 às 17:50

    Os bons sentimentos existem e a pessoa não depende que exista um Deus ou não para ter boas atitudes e bons sentimentos! Como dizia o compositor e cantor Renato Russo: "é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã".

  3. R. Novais Postado em 07/Nov/2012 às 17:58

    "Eu me levantei e disse: 'Por que estamos falando de joelhos? Não deveríamos nos concentrar em fazer o bem para a comunidade ou algo assim?'" Quanta coragem!

  4. Marcus Vinicius Postado em 07/Nov/2012 às 18:00

    Essa mulher tem meu respeito, pena q demorou tanto pra ver que religiao n faz nenhum sentido....

  5. L Out Postado em 07/Nov/2012 às 20:27

    Catolicismo não se trata de Deus, mas de religiosidade... Pura falsidade!

  6. John J. Postado em 07/Nov/2012 às 21:08

    Ateu é aquela pessoa que nunca precisou de um deus para ser feliz, para ser boa, para ser solidária. Ele é tudo por ser um ser humano igual a todos outros seres humanos. Ateus não tem punições para quem não crê neles e nem para quem não dá o dízimo, que aliás, é algo que ateu nunca preciso nem pediu e se dá dá a quem reaslemnte precisa e não aos charlatões que querem aparecer nas tvs e rádios do mundo.

    • PJ Artmanha Postado em 31/Jan/2014 às 20:01

      Você generalizou assim como a mãe dela, ateus existem bons e ruins , é claro.

  7. LUCAS ROVER Postado em 07/Nov/2012 às 21:44

    pff

  8. Bill Postado em 08/Nov/2012 às 09:23

    não entendo os religiosos que lêem matérias sobre ateus e tentam argumentar contra. é tipo um diabético que vai numa loja de doces e decide xingar todo mundo por lá, só porque ele não pode comer chocolate e os outros podem. patético.

    • Marcos Postado em 20/Oct/2013 às 12:02

      Eu poderia dizer também que não entendo Bill, porque os ateus entram em sites religiosos para contender, ou seja xingar com todo mundo ali, mas eu vejo que o ser humano é assim, ele não só é curioso, mas também gosta de discutir assuntos que sejam relevantes e o contraditório faz a pessoa refletir para um lado ou para o outro. Um problema que eu vejo nos ateus e esse problema se não é solucionado vai levá-los no fim a ruína eterna, é que existe diferença entre a Evangelho de Jesus Cristo e as religiões cristãs, existe diferença entre um ser humano e o ser humano Jesus Cristo. Essa diferença é fundamental para a pessoa entender que o Evangelho traz liberdade e religião não!

      • Carol Postado em 14/Aug/2014 às 00:51

        Sorry, quem entra nesses lugares/sites religiosos pra tentar impor um suposto ateísmo são essas pessoas que, no fundo, ainda acreditam em um deus e estão revoltadinhas com ele, e por isso se dizem ateias. Ateu convicto é racional, sabe muito bem o motivo pelo qual é ateu, porque chegou a conclusões óbvias depois de muito pensar, e principalmente não tem necessidade de se impor a ninguém, ao contrário da maioria dos religiosos.

  9. Marcello Comuna Postado em 08/Nov/2012 às 11:39

    Deus a libertou da religião. A bondade sobre os homens vem da graça comum sobre a humanidade. Haverá muitos ateus no céu e muitos religiosos no inferno.

    • Rodrigo Ateu Postado em 15/Oct/2013 às 17:11

      Na verdade ela descobriu que deus não existe por simples observação. A Punição foi a prova para ela que não existe deus. Vc nem leu a notícia direito.

  10. Gabriel Postado em 08/Nov/2012 às 12:19

    Ela demorou pra ver que religião é babaquice.

  11. Káka Postado em 08/Nov/2012 às 12:50

    Mas é claro, gente!!! Isso é ser cristão... aproveitar a criação de Deus com liberdade e responsabilidade. Autodestruição, autopunição, autoescravidão não é o que Jesus pregava. Ela saiu do convento, virou cristã de verdade e nem sabia... rsrs Jesus é muito loko! :)

    • André de Paula Trindade Postado em 17/Mar/2014 às 11:25

      Mas vc continua querendo ir para o céu, e tem medo de ir para o inferno ? ou já sacou que Deus é o amor? e o resto são historinhas para boi dormir tipo: terás a Vida Eterna...

  12. celso Postado em 08/Nov/2012 às 21:08

    Com toda certeza o que compartilho tudo com o que diz esta senhora, muitas vezes são as pessoas ateia e que tem muito mais sentimentos perante o sofrimento de seus irmãos.Veja na historia das religiões o quanto se matou em nome da fé,ex a inquisição.

  13. Larissa Postado em 08/Nov/2012 às 22:12

    Religião é uma coisa. Crer num Criador é outra. Muitas pessoas estão aderindo ao ateísmo devido as religiões. Agora, basta refletir na complexidade, no quebra-cabeça encaixado, em todas as leis da física que regem o universo, na fisiologia humana etc...eu realmente, por reflexão lógica, não consigo não acreditar num Criador. Só que religião, eu não faço parte de nenhuma. Você pode ser sem religião, mas não acreditar num arquiteto para tudo que existe, já se torna burrice.

    • Túlio Vianna Postado em 08/Nov/2012 às 22:22

      De todas as ficções com as quais o sistema capitalista se legitima, a mais hipócrita delas é a da igualdade de oportunidades. A meritocracia é uma ficção que só se realizaria se não houvesse heranças. No mundo real, ninguém começa a vida do zero; somos herdeiros não só do patrimônio, mas da cultura e da rede de relacionamentos de nossos pais. Alguns já nascem na pole position, com os melhores carros; outros se digladiam na última fila de largada em calhambeques não muito competitivos.

    • André de Paula Trindade Postado em 17/Mar/2014 às 11:37

      O físico mais respeitado do mundo na atualidade, Stephen Hawking, chegou à conclusão, após muitos anos de pesquisas em física do mais alto nível, de que o universo não precisaria de um Deus para ter nascido. Que tudo o que aconteceu do Big Bang pra cá tem explicação lógica sem a necessidade da presença de um criador. Eu acredito que estamos aqui por acaso. Tudo existe por acaso.

      • Sincero Postado em 10/Jul/2014 às 13:28

        O Big Bang é uma teoria não provada...Pense nisso... O fisico mais respeitado do mundo é um ser humano com Q.I. elevado, mas não passa disso... "Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o SENHOR, porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos." Isaías 55:8-9 P.S: Não concordo com pessoas que vivem em função da religião, tem que saber diferenciar as coisas...

      • Aloisio Soares Senra Postado em 08/May/2015 às 19:56

        Como assim o Big Bang é uma teoria não provada? Nunca ouviu falar de Radiação Cósmica de Fundo?

  14. Aleph Postado em 09/Nov/2012 às 01:07

    Olha, Larissa, acho que "burrice" é um adulto acreditar em Papai Noel.

    • André de Paula Trindade Postado em 17/Mar/2014 às 11:30

      Esse é o seu maior erro. Papai Noel existe mesmo !! todo ano vemos milhares deles por aí andando ou sentados nas cadeiras vermelhas nos shopping centers...ou vc acha que eles são de mentira ?? rsrsrsrsrsrsrsrs...já Deus, a gente não vê por aí em lugar nenhum...pq ele é apenas um sentimento. simples assim.

      • Sincero Postado em 10/Jul/2014 às 13:37

        “Disse o SENHOR a Moisés:...Não me poderá ver a face, porquanto homem nenhum verá a minha face e viverá.... ” (Êxodo 33:17,20,23) “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” 1 Coríntios 2:9 Pense nisso...

    • Sincero Postado em 10/Jul/2014 às 13:31

      É papai do Céu... rsrs "Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes;" I Coríntios 1 27 Fica em um lugar solitário e começa a invocar a presença de domônios sobre a sua vida dizendo que Vc os dar autoridade para fazer o que quizerem e depois responde em cima dessa mensagem o que aconteceu...

  15. Willian Postado em 09/Nov/2012 às 09:58

    Acredito que crer em algo ou não crer, não nos faz melhores nem piores no mundo, o importante é encontrarmos a paz interior no estilo de vida que escolhemos. Sou Cristão pq acho que a história de amor ao próximo que Jesus passa é o que me conforta e me sinto bem acreditando nisto, não concordo com a atitude de algumas pessoas e que fique bem claro que são atitudes de pessoas. O importante é fazer o bem não importa a quem.

  16. Lana Postado em 09/Nov/2012 às 10:01

    Acho que tudo depende de respeito, e nada mais. Se não acredito em Deus e não sigo nenhuma religião, estou no meu direito, mas estar no meu direito não significa que posso sair por aí com comentários assim, poe exemplo: "Catolicismo não se trata de Deus, mas de religiosidade… Pura falsidade" Se eu gosto de morangos, e você não gosta, não faz sentido eu dizer pra você que você é um tolo por não gostar, ou insultar sua opinião sobre morangos. O fato é: Você ateu, não está fazendo mal para mim. Eu, católico, não faço mal a você, então nada será prejudicado. Basta respeitar.

    • Sincero Postado em 10/Jul/2014 às 13:38

      Perfeito...

  17. João Costalonga Postado em 12/Nov/2012 às 13:47

    Acho que burrice é definir sua (des)crença na possibilidade do sobranatural (não só o descrito pelas religiões) como verdade absoluta e rotular a (des)crença alheia como burrice.

  18. Will Postado em 14/Nov/2012 às 17:27

    O ateu crê no mundo natural e o religioso crê no mundo sobrenatural. Os dois polos co-existem em múltiplas variações. Tolice é não respeitar o que todos temos de bom e verdadeiro para transmitirmos uns aos outros. Quanto a autora...Parabéns pela coragem de ser ela mesma com seus sentimentos.

  19. Losada Postado em 14/Nov/2012 às 18:12

    Muito bom !!!!!

  20. Edson Postado em 16/Dec/2012 às 20:35

    Todos acima se acham com a razão. Eu também tenho a minha. Pode ser que todos nós sejamos equivocados. E ela, ficou todo esse tempo equivocada e pode ter saido para outro equivoco, não se sabe se maior ou menor. A verdade é uma só. Busquemo-la. Como? Perguntando, "porque?", a cada resposta que encontrarmos. Com o tempo e depois de muitas perguntas, então olhem para trás. Todos conseguirão ver o quanto estavam muito mais equivocados. Simples assim.

  21. Edson Postado em 16/Dec/2012 às 20:38

    Apenas façam. Se poupem de criticar e julgar.

    • Sincero Postado em 10/Jul/2014 às 13:40

      Boa Edson.

  22. Ulisses Antonio da Silva Postado em 10/Jan/2013 às 13:02

    Na minha opinião o ateu só selembra de Deus nos apuros. Portanto, em pleno século 21 ainda aparecem pessoas desse tipo. Só em vc está vivo é uma dádiva divina.

    • Rodrigo Ateu Postado em 18/Sep/2013 às 17:26

      Na sua Opnião está errado, o dia que eu tiver em apuros vou me concentrar para se conectar com o Universo e ficar em paz.Não há Deus, só os Universos e sua Alma.

    • gustavo.m Postado em 05/Oct/2013 às 01:41

      Ao dizer que a crença em deus se manifesta em momentos de desespero e consequente irracionalidade, fica implícito que crer em deus é algo irracional.

    • Rodrigo Ateu Postado em 15/Oct/2013 às 17:16

      Mentira, Quando eu tiver morrendo vou lembrar do Universo, foi ele que me deu Origem, eu sei pq li um livro de cosmologia e tenho ele como verdade pessoal , o Universo nos deu origem pelas supernovas. Elas que deixam as nebulosas, nuvems de gás e poeira. é das estrelas supermassivas que processa os metais pesados no nosso sangue, que existe é o Universo, ele é o nosso genitor nao criador,nós nascemos nele. basta ver os nascimentos das estrelas e vc vai se tocar que deus nao existe, mas sim O UNIVERSO.

  23. Marilda C. Dias Postado em 01/Feb/2013 às 01:22

    Deus é pura e simplesmente um nome que se criou para algo que não se explica, fé é o que se tem quando já não se espera que mais nada aconteça.... Não temos que explicar nada, porque nada sabemos, essa é a grande verdade, NINGUÉM sabe de nada... Minha opinião está dada, assim como muitas outras, espero respeito sobre isso, assim como respeito a opinião alheia. Cremos naquilo que nos faz sentirmos bem. Ame seus semelhantes, não queira para ninguém o que não queres para sí, se todos seguissem somente esses dois ítens, o mundo sería o paraíso que muitos acham que encontrarão após a morte.

    • Rodrigo Ateu Postado em 18/Sep/2013 às 17:30

      Concordo com vc, tanto é que Deus surgiu no cérebro do homem primitivo o conceito de "desconhecido", sem ver que seria a fé das pessoas nesse conceito, Mas como o Universo e vísivel eu considero o Universo real. Não Deus.

  24. Paulo Postado em 02/Feb/2013 às 21:35

    Acho que existe uma grande confusão com a humanidade...Ninguem precisa de religião, pois foi criada pelos homens. Acreditar em Deus ou não, tambem não é importante.. O importante mesmo é não ter religião, porem todo ser humano no seu processo de vida, tem por obrigação, até por sobrevivência, desenvolver a sua espiritualidade e criar uma filosofia para si mesmo.. Nossa missão na terra é tornarmos seres espiritualmente evoluidos, e isso só o dia a dia vai nos fornecer.. Porque , na realidade, Deus existe dentro de cada um de nós, temos que libertá-LO e viver na plenitude do seu amor e não procurá-LO do lado de fora pois é uma perda de tempo!

  25. Jorge Postado em 05/Feb/2013 às 21:29

    Tem tantas coisas pra se fazer quando se leva uma vida religiosa, mas para isso t em que ser religioso (a), não é o caso citado, mas as religiosas prestam valiosos serviços em várias Santas Casas de Saúde pelo Brasil a fora, são abnegadas cuidando dos enfermos apenas pelo amor, cuidam de várias casas de repousos, albergues asilos, mas para isso tem que haver o compromisso forte em nome do amor da dedicação e da disposição em ajudar quem realmente necessita.

  26. Rafaelj86 Postado em 12/Mar/2013 às 17:28

    Francis Colin, cientista americano premiado e reconhecido pelas suas marcantes descobertas sobre genes na origem das doenças, e pela liderança do Projeto Genoma Humano que visa mapear todo o ADN humano, descreveu sua conversão ao Cristianismo diante de uma platéia internacional na Inglaterra. "Na verdade não existe conflito entre a fé e a razão", disse Collins ao instituto internacional de Verão da Fundação CS Lewis, a Oxbridge 2008, na Igreja de St. Aldate em Cambridge. Matéria: http://www.sidneyrezende.com/noticia/16393+cientista+americano+ex+ateu+rende+se+ao+cristianismo Sobre o cientista na Wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Francis_Collins

  27. danielazeredo Postado em 11/Aug/2013 às 01:23

    gostei do comentario do tulio vianna ,e sobre a questão de respeito sou ateu e acho que não só somos desrespeitados como as outras minorias também são pela maioria que são cristãs ,pois tentam nos emburrar essa crença na escola ,nos hospitais ,nas ruas na midia e até nos cemiterios e ainda querem respeito alias exigem e se preciso a força como na idade media ,a igreja só não faz por que alguns conceitos foram quebrados ,ou estou mentindo em relação a sangrenta historia do cristianismo ?

    • Johnnys travassos Postado em 06/Sep/2013 às 23:52

      Historia interessante...gostei da linda narrativa! agora cá pra gente.....tudo o que ela falou como sendo algo pejorativo sobre Deus, nada disso está na bíblia,tudo aquilo que a mesma achou um absurdo não passou de ensinos tradicionais católicos, onde não tem nada a ver com a bíblia em si.

  28. Gustavo Postado em 04/Sep/2013 às 10:21

    Ela virou ateia PROVAVELMENTE pelo simples fato de ter vivido 29 anos com um ateu, se você se casar com um cristão fanático, mesmo vc sendo ateu, e viver 29 anos com ele, apaixonada, você tem uma grande possibilidade de virar cristão também... estou errado?!

    • Anderson Postado em 21/Jan/2016 às 01:14

      Está.

  29. Bruna de França Postado em 11/Sep/2013 às 08:56

    Essa mulher nunca foi uma religiosa. Se diz ser tão livre agora, pq ainda se arriscou a ir para o convento?! Fala sério, tbm acho que ela deveria ter respeito pela fé. SOU CATÓLICA E AMO MINHA RELIGIÃO. Pois na verdade a RELIGIÃO aprisiona e a RELIGIOSIDADE liberta! SE VOCÊ NÃO AMA TUDO O QUE FAZ EM NOME DE DEUS, ENTÃO VOCÊ NÃO SERÁ CAPAZ DE AMAR A RELIGIÃO, SER CATÓLICO É UMA DECISÃO. SE QUER ESTAR LÁ ESTEJA, SE NÃO QUER, ENTÃO TBM NÃO APEDREJE AS PESSOAS QUE AMAM ESSA FÉ. Respeito é bom e todos gostam. :D

    • patricia Postado em 09/Nov/2015 às 08:04

      Não sei em que momento a liberdade dela lhe faltou com respeito, abra sua mente para realidade. Religião não faz nenhum sentido!

  30. Taiane S. S. Postado em 04/Oct/2013 às 12:51

    Eu não acredito em nenhuma religião posta nesse mundo, mas eu acredito sim na existência de uma força maior, que de alguma forma está a nos guiar através de nossas escolhas. Na minha opinião, esse monte de religião que o homem inventa, não passa de mais uma forma dos ditos "mais poderosos" dominarem o restante da humanidade, levando os demasiados fracos a fazerem tudo o que lhes é conveniente, usando a bíblia como alicerce. E como já disseram acima, tem gente que está dentro da igreja todos os dias e tem o coração e a mente podre de veneno, usam o nome de Deus para fazerem o mau, não tem um pingo de compaixão para com o próximo, e só se aproximam daqueles que lhes convém por interesse financeiro e tem pessoas atéias que são completamente o oposto, eu conheço pessoas que seguem esses dois caminhos e se dão muito bem, porque ao contrário do que voces estão fazendo aqui, eles não ficam julgando uns aos outros pelo o que cada qual acredita. TEM PESSOAS RUINS nos dois lados da história, não adianta generalizar, se fosse para as coisas serem perfeitas nós já estariamos vivendo um "PARAÍSO"...

  31. Bileléu da Silva Gominha Postado em 03/Apr/2015 às 23:04

    São muitas torradeiras... torradeiras tostam torradas!

  32. Nara Postado em 29/Oct/2015 às 10:35

    Tu és Pedro e sobre esta pedra construirei a minha igreja, e o poder da morte nunca poderá vencê-la . Mateus: 16,18-19.... isso realmente é o mistério da FÉ.

  33. nara Postado em 29/Oct/2015 às 10:39

    Citações bíblicas falam da origem da igreja católica que teve como fundador o próprio JESUS.... (obs: o pior cego é aquele que não quer ver)