Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2012 26/Oct/2012 às 12:47
2
Comentários

Funcionário de Serra é suspeito de iniciar boatos sobre cancelamento do ENEM

Ministério da Educação pede para Polícia Federal investigar funcionário da campanha de José Serra

serra enem haddad eleições

Funcionário de Serra teria iniciado boatos nas redes sociais sobre cancelamento do ENEM 2012.

A reta final das eleições municipais em São Paulo, com a disputa entre Fernando Haddad (PT) e José Serra (PSDB), esquentou a tal ponto que o Ministério de Educação pediu que a Polícia Federal abra uma investigação contra um funcionário da campanha do tucano.

De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, o MEC fez a solicitação diretamente ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a quem a PF está subordinada. O MEC acusa Eden Wiedemann, integrante da campanha de Serra nas redes sociais, de ser responsável por divulgar a falsa informação de que a próxima edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teria sido cancelada. De acordo com o Estadão, Wiedemann postou no Twitter às 20h11 de quarta-feira 24 a mensagem “Vai Haddad!!! MEC confirma cancelamento das provas do Enem” seguida de um link para uma reportagem de 2009 que anunciava o cancelamento da prova.

Há três anos, a prova foi cancelada depois do vazamento de algumas questões.

Leia também

Na quinta-feira 25, o Twitter registrou uma série de mensagens que usavam a hashtag (palavra-chave) #EnemCancelado e muitas pessoas acreditaram que a prova de 2012 realmente estava cancelada. Ainda segundo o Estadão, no início da tarde de quinta-feira 25, o site do MEC teve um volume de tráfego anormal, com mais de 1 milhão de acessos. Em sua conta oficial no Twitter, o MEC negou os boatos de cancelamento.

Em entrevista ao Estadão, Wiedemann negou ser o responsável pelo boato. “Querem criar um factoide. Escrevi um tuíte que dizia que o Haddad foi um ministro incompetente e publiquei a notícia do Terra. Nos meus tuítes pessoais, não escrevo nada em nome da campanha”, afirmou o publicitário. Em mensagens mais recentes, Wiedemann continuou se defendo, dizendo não ter relação com os boatos.

CartaCapital

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. jorge mendes Postado em 26/Oct/2012 às 12:53

    cara só coloca que agora o enem pode ganhar bolsa e na epoca dele nunca teve isso ,ai ele nunca mais vai toca no assunto. Principalmente que ele foi contra o Prouni. Ai enterra esse cafetão de uma vez por toda O motivo que ele ataca tanto o ENEM http://www.youtube.com/watch?v=w5k5VAHhBdc

  2. Rotilde Barion Postado em 26/Oct/2012 às 13:12

    Gente para de ser tolos, isso é brida de partidos e outra quem tem direito de cancelar o ENEM e a PRESIDENTE.. ¬¬"