Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 14/Aug/2012 às 02:22
47
Comentários

Socialites comentam mensalão: "É nordestino querendo fazer coisa em São Paulo"

Clientes da Daslu e do JK Iguatemi comentam o julgamento do mensalão e dão show de preconceito, soberba e desinformação

daslu mensalão

Marcela Tranchesi, filha de Eliana Tranchesi, falecida dona da Daslu, diz que não consegue dormir com o julgamento do mensalão e espera a condenção de todos.

Na última semana, um grupo de empresárias, socialites e “descoladas” de SP assistia ao desfile de lançamento da nova coleção de verão da Daslu, no shopping Cidade Jardim. Naquele momento, o STF (Supremo Tribunal Federal) realizava a segunda sessão para ouvir os advogados dos réus do mensalão.

Em 2005, no auge do escândalo, o maior da era Lula, a dona da butique, Eliana Tranchesi, foi presa por suspeita de sonegação. A investigação que atingiu a empresária, ícone do luxo, foi interpretada por sua clientela como retaliação, uma forma de o governo desviar a atenção. Eliana morreu em fevereiro, sem que seu julgamento, ao contrário do mensalão, chegasse ao fim.

A Daslu foi vendida, mas conserva parte da freguesia. Que torce, de forma quase unânime, pela prisão dos principais réus.

“Chego em casa à noite e leio quem falou que mentira. Fico nervosa e não consigo dormir”, diz Marcela Tranchesi, 21, filha da empresária. “O ideal é que todos sejam condenados. Não digo os 38 [réus], não sei se todos são culpados. Mas muitos.”

“Eu tenho nojo! Fico com a Carminha [da novela ‘Avenida Brasil’, da Globo], não com o Zé Dirceu!”, diz a socialite Anna Maria Corsi, 71.

Carolina Pires de Campos incentiva a amiga a continuar: “E o que é o mensalão, Anna?”.”Sabe o que é isso? É nordestino querer fazer alguma coisa em São Paulo”, responde Anna. “E é erradíssimo. Eles têm de ficar lá, em Garanhuns [cidade de Lula], lá no fuuundo do Pernambuco, lá no fuuundo do Ceará. Aqui, não, aqui é de paulista e de paulistano. É por isso que isso está acontecendo”.

Leia mais

A coluna lembra que há vários paulistas no mensalão. “Ah, claro…”, diz ela, para arrematar: “Eu não gosto do [José] Serra. Aqui, nós precisamos é de pessoas como o Fernando Henrique!”.

Carolina Pires interrompe Anna. “Deixa eu falar uma coisa. Meus filhos eram petistas, assim, fanáticos. Eu tenho um filho juiz, outro advogado, que não é mais petista. Aliás, a pessoa que eu mais adoro é a [Luiza] Erundina [PSB-SP]. Eu já gostava [antes de ela desistir de ser candidata a vice-prefeita de Fernando Haddad por causa da aliança do PT com Paulo Maluf]. Agora, mais ainda. Sou apaixonada por ela.”

Mas, apesar da torcida contra os “mensaleiros” e da intensa cobertura que a imprensa tem dado ao julgamento, a maioria não perde muito tempo com o assunto.

Marcela Tranchesi, por exemplo, comentava com as amigas que começou a correr pelas manhãs no parque do Povo, no Itaim. “Quero ter corpo para usar um vestido de tricô que vi no desfile.”

A estilista Mirelle Moreno, 24, que desenha roupas masculinas para a Daslu, comentava como é difícil fazer uma coleção com equipe enxuta. “É capaz que peguem esses 40 e poucos ladrões, mas o Ali Baba, que é o Lula, não vai cair”, disse à coluna, voltando logo aos comentários sobre sua coleção.

A radialista Stephanie Choate, 26, repórter do programa de Otávio Mesquita, diz que está atenta. “Estou totalmente disposta a ir para a rua, lutar por isso [a condenação]. É um arrependimento não ter nascido a tempo de ser uma cara-pintada [jovens que protestavam contra o governo Fernando Collor].” Duas estudantes de moda concordam: “Mas para pintar a cara, passaríamos antes na Sephora [loja de cosméticos francesa], né, amiga?”.

A produtora Gabriela Bucciarelli, 21, iria junto. “Não sou de algazarra, mas se ninguém for condenado, é o caso de ir até Brasília.”

A stylist polonesa Ela Pruszynska, 45, é casada com um brasileiro e mora em SP há dois anos. Diz que não tem a menor ideia do que é o mensalão. “É uma coisa grave?”

daslu mensalão pérolas

Irene Martins e Florencia Carmone. Foto: Gabo Morales

“Não vejo cobrança no meu meio. As pessoas não se importam muito com o assunto”, diz Irene Martins, superintendente comercial, tomando champanhe numa pequena garrafa enquanto aguardava o desfile. “São todos [os políticos] farinha do mesmo saco.” “A gente torce [pela condenação], mas vai dar pizza”, dizia a arquiteta Gilda Arantes, com uma água perfumada para roupas de R$ 59 na sacola.

Guiando um carrinho de supermercado cheio de peças, a designer de joias Renata Camargo era uma das poucas que, naquela tarde, destoava da torcida. “A Dilma não sabia de nada [do mensalão]. E o Lula sabia pouco. Para mim, ele foi uma revelação. Antes dele, eu era contra o PT. Agora eu sou PT. É uma novela velha, mas temos que acompanhar.”

O marido de uma tradicional cliente da Daslu, empresário que tem concessão do governo e se aproximou do PT na era Lula, relatou que quase “apanhou” no casamento de um amigo, na igreja Nossa Senhora do Brasil, nos Jardins. “Quase quebrei o pescoço, de tanta tensão”, disse, pedindo que seu nome não fosse revelado.

Na festa, ele foi cobrado por ser amigo de alguns dos réus, que eram chamados de “ladrões, bandidos”. “Eu tentava argumentar, mas não deixavam. Principalmente as mulheres.” Elevou a voz e, segundo relata, afirmou: “Vocês querem fazer um bullying na era Lula”.

Diz que não negou a existência do mensalão, mas argumentou que não ocorreu apenas no governo do PT. “Eu disse: ‘Gente, nós estamos numa sala de aula. A classe toda tá colando. E agora estamos querendo pegar um aluno, aquele barbudo, com a voz rouca, que não tem um dedo, e expulsá-lo da sala. Isso é bullying puro, bullying da elite branca, que aliás também ‘cola’ na prova.”

Alguém lembra que uma consultoria [Tax Justice Network] calcula que em 40 anos os brasileiros depositaram cerca de 1 trilhão de reais em paraísos fiscais.

Nada funciona. Ele diz que apelou então para o pragmatismo. “Eu disse: ‘Gente, temos que pensar: nós ganhamos muito dinheiro na era Lula. E ele pode voltar. O que vai achar de tudo isso?’.” Os homens, ao menos, cederam.

No dia seguinte, do outro lado da marginal Pinheiros, em outro shopping, o JK Iguatemi, a Lool lançava a sua coleção de acessórios de verão. Amigas e clientes de Luiza Setubal, filha de Olavo Setubal Jr., se dirigiam para a loja. Alessandra Gabor disse que estava achando o julgamento “banal, mas dentro do esperado”. “O [apresentador] Marcelo Tas colocou hoje no ‘Face’: no Brasil a realidade supera a ficção.”

“O mensalão podia acontecer com qualquer partido”, opinou a dona de casa Carmen Luiza, 55. E se disse confiante. “Ministra Cármen Lúcia [do STF]? Não conheço. Mas eu gosto daquele [ministro] Gilmar. Mendes, né? Ele tem pulso firme, não vai deixar o povo sair de fininho

Por Ana Virginia e Chico Felliti, Folha de S.Paulo

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Marcos Paulo Postado em 14/Aug/2012 às 08:42

    gente fútil, retrato das nossas elites

  2. alessandro Postado em 14/Aug/2012 às 10:55

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

  3. Ely Horta Ornellas Postado em 14/Aug/2012 às 11:16

    Xenofobia em alto grau

  4. Marcos Paulo Postado em 14/Aug/2012 às 11:33

    Quem dá moral pro que uma gente fútil como essa fala. Me admira um blog chamado pragmatismo político dar relevância ao que diz socialites que assistem avenida brasil...cada uma

  5. Lindinalva Postado em 14/Aug/2012 às 11:37

    Nem vou terminna de ler rssss

  6. Alana Postado em 14/Aug/2012 às 11:44

    Eu acredito que o único benefício que a bomba atômica poderia trazer, desde quando Leo Szilard foi explanar a Einstein sobre tal, seria isolar estas senhoras estapafúrdias e oligofrênicas em uma ilha e lançar uma ogiva bem em cima delas. Aí sim!

  7. Raquel Postado em 14/Aug/2012 às 11:48

    Não acho ruim que de vez em quando nos lembrem como essa gente é mesquinha, rasteira e dotada de preconceito. Além de sonegadores, o que muitos são, como era a dona da Daslu. Para que não esqueçamos que num país desigual como o Brasil ainda há espaço para a bitolação egocêntrica, que ela vem do andar de cima da esfera social e deve ser reprovada e combatida.

  8. Vitor Reis Postado em 14/Aug/2012 às 12:08

    Ainda bem que a estupidez não é contagiosa!

  9. Manoela Barata Postado em 14/Aug/2012 às 12:55

    Aí é que você se engana Vitor... é contagioso, virótico e mata.

  10. rafael Postado em 14/Aug/2012 às 14:13

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk bizarro essa burguesia

  11. Thiago Postado em 14/Aug/2012 às 14:46

    Eu ri, mas depois bate uma tristeza...

  12. Simone Postado em 14/Aug/2012 às 15:04

    Esse povo assisti novela e acha que entende de política, é? Ai, meu Deus! Na verdade, tudo não passa de uma questão pessoal. Essas dondocas cabeças de vento não estão preocupadas em fazer justiça ao país, no que diz respeito ao mensalão. Mas, a elas próprias por causa da suposta "retaliação" que teria sofrido a dona da Daslu por passar a mão nos cofres públicos. A Eliana Tranchesi era uma grande sonegadora de impostos e, a essa altura, tá queimando no fogo do inferno. E essa vovó de 71 anos, logo, logo fará companhia a amiga sonegadora! RA RA RA ...

  13. Dan Postado em 14/Aug/2012 às 15:19

    Isso é o suficiente para essa senhora sofrer alguma penalidade por racismo? Porque se for, eu faço QUESTÃO de entrar com uma ação.

  14. Henrique Postado em 14/Aug/2012 às 15:19

    ESTA "ELITE" PAULISTA DE M... NÃO RETRATA O QUE O POVO PAULISTANO PENSA!!!

  15. Victor Postado em 14/Aug/2012 às 16:06

    A denominação socialite não é sinonimo popular de um tanto de coisa ruim? esnobe, burra, ignorante, preguiçosa, folgada, gentalha, pilantra etc. Por que, pelo amor de Deus, alguém dá ouvidos para o que essas senhoras cidadãs comuns do povo falam? Apenas porque são abastadas? Se for assim, prefior ouvir as opiniões do Fernandinho Beira-Mar, que é muito mais rico que elas, já que o critério é "nível de riqueza" apenas.

  16. Rafaela Cruz Postado em 14/Aug/2012 às 16:49

    quando dizem que não existe amor em SP é dessa gente que se está falando. Como nordestina - e orgulhosa- que sou, sou tomada por uma ira que nem posso descrever, e como Brasileira fico triste, triste mesmo, que essa visão se espalhe como fogo numa cidade tão grande e tão importante pro mundo com é São Paulo, mesmo sabendo que isso é só uma parte pequena - e ridícula- da cidade, acaba promovendo o ódio e a desunião, num país como o nosso que precisa de toda força reunida para poder crescer.

  17. Luiz Postado em 14/Aug/2012 às 19:22

    Xenofobia em alto nível. Engraçado na identidade tem escrito valido em todo maldito o território nacional. Essas criaturas assistem novelas e passam o dia todo no shop e acham que entendem de politica. Essa elite de paulista de merda fala do resto do Brasil como se fossem outros países.

  18. Burrice de classe alta Postado em 15/Aug/2012 às 00:30

    Um pouco de humor negro. Sem mais... Por que é que não aparece um terrorista do tipo Anders Brevik num evento desses e sai atirando em meio mundo aí dentro desse festival de burrice e preconceito cognitivo, cheirando a fragrância francesa? Até onde sei, quem não tem cérebro não é ser humano.

  19. Lara Postado em 15/Aug/2012 às 10:54

    Dinheiro compra quase tudo. Cérebro é algo que dinheiro nenhum compra. Mais: elas se acham mesmo bem educadas e elegantes sendo preconceituosas e desinformadas dessa forma? Como são iludidas!

  20. Lara Postado em 15/Aug/2012 às 10:56

    Por fim, quero lembrar que outras pessoas já forma punidas por expressar preconceito contra nordestinos seja nas redes sociais seja em qualquer lugar. Temos que exigir a punição dessas pessoas.

  21. Thiago Postado em 15/Aug/2012 às 16:59

    Essa velha que disse que eram nordestinos é tão burra que a maioria dos mensaleiros são de são do Sudeste e a Erundina que ela é apaixonada é da Paraíba.Burra,kkkkkk

  22. Grampola Postado em 16/Aug/2012 às 01:57

    A foto da loira no começo ilustra bem, são só umas bocas abertas com a cabeça vazia.

  23. Luiz Fernando Postado em 16/Aug/2012 às 16:41

    Bolso cheio, mente vazia. Bem a cara da elite paulista. E ainda por cima esperam que o fato de uma pessoa morar no estado de São Paulo a obriga a partilhar dessa mesma xenofobia passiva de prisão.

  24. Luilton Postado em 22/Aug/2012 às 01:22

    A única coisa que me veio a cabeça lendo tudo isso foi: ria. kk

  25. Daniele Jellybelly Postado em 22/Aug/2012 às 14:33

    A burguesia não repara na dor Da vendedora de chicletes A burguesia só olha pra si A burguesia só olha pra si A burguesia é a direita, é a guerra A burguesia fede A burguesia quer ficar rica Enquanto houver burguesia Não vai haver poesia

  26. João Postado em 23/Aug/2012 às 23:58

    Oh God, why??

  27. Rodrigo Cesar Figueiredo Postado em 29/Aug/2012 às 17:19

    Meu quanta gente limitada aqui nos comentários, vocês acusam os entrevistados de ignorância, preconceito e xenofobia mas estão fazendo igual, estão julgando as opiniões de pessoas com outra visão de mundo, que não a de vocês, aprendam a se enriquecerem com os diversos pontos de vista e não ficarem aí ofendendo essas pessoas e nem a Eliana Tranchesi que apesar dos problemas com a PF fez muito mais para o país, gerou muito mais renda e trouxe muito mais dinheiro e notoriedade pro Brasil do que vocês que sequer conhecem o trabalho dessas pessoas possam imaginar. Mais informação (de qualidade) e menos Jornal Nacional amigos, não julguem os outros por notícias avulsas, primeiro tomem conhecimento da situação. Ao amigo ali de cima , a burguesia fede mas paga o seu salário. Abraço

  28. sergio luís Postado em 02/Sep/2012 às 09:14

    A burguesia paga o salário com o acumulo de riquezas e a desigualdade cavalar desse país.

  29. Anderson Postado em 05/Sep/2012 às 08:15

    Quando elas vem aqui pro nordeste querem ser bem recebidas...

  30. Bruno Postado em 05/Sep/2012 às 14:41

    Ao amigo Rodrigo, ela paga o salário do trabalhador mas não o faz por ser boazinha com ele. A burguesia fede justamente porque torna o trabalhador dependente dela, sem levar em conta que ela tbm é totalmente dependente do trabalhador. Como se por pagar seu salário isso a fizesse humanamente superior. A única mentalidade de jornal nacional que vi aqui foi a sua. Se alguém fala que os mensaleiros são nordestinos que têm que voltar para o Ceará que aqui é terra de paulista, então essa pessoa tem que ser julgada sim, pela nossa visão de mundo não a dela, afinal o que vc fez foi isso, julgou nossos comentários com sua visão de mundo. Eliana fez muito pelo país? fez sim, pelas elites que vc tanto defende. No demais, abraços!

  31. J. C. Ramos Postado em 05/Sep/2012 às 20:10

    Gosto da minha lixeira não colocaria isso lá, mas não consegui descarregar,. Resolvi jogar no fogo, mesmo assim não queimou perfeito; enfim mandei pra o inferno, o diabo me pediu respeito.

  32. Eu Postado em 05/Sep/2012 às 22:30

    O problema é que elas tem a visão do mundo e não tem a visão para o próprio país onde vivem. E outra: pessoas com tamanha quantidade de dinheiro, ao invés de buscarem informação, ficam presas à ideias preconceituosas sobre as pessoas de outras regiões e demonstram não saberem nada da história do Brasil. Uma pessoa não saber o que é o mensalão.. Eu tenho é pena.

  33. Valdeir Postado em 06/Sep/2012 às 01:30

    É, a dona de casa Carmen Luiza, 55 tem razão o ministro Gilmar Mende$ tem pulso firme, levou R$ 185.000,00 do mensalão do P$DB em MG, o povo saiu de fininho nem viu.

  34. Patricia Postado em 08/Sep/2012 às 09:59

    q absurdo !!! isso é a comprovação q esse tipo de gente não em nada na cabeça além de futilidades. É uma doente social !!!!

  35. Camila Postado em 09/Sep/2012 às 16:01

    Não dá pra generalizar e dizer que essa elite paulista é igual ao resto da burguesia brasileira, num sistema capitalista é assim que funciona, ninguém é santo, nem proletário, nem burguês. E muita gente que se diz contra essa desigualdade se fosse tão afortunado como essas pessoas da reportagem, talvez nem se importasse com o que acontece fora de casa. Num sistema capitalista, alguém tem que trabalhar e alguém tem que pagar e é uma besteira dizer que burguês não trabalha, se não trabalhasse, não ganhava nada, corrupto ou não. Existe corrupção e injustiça em tudo que é sistema, país e classe social, quem está no poder tenta se aproveitar da situação, é típico do ser humano:( Não é a burguesia que fede, o que fede é a ignorância e esse preconceito que surge cada vez que as pessoas entram em contato com algo que não lhes agrada. O mais absurdo é o fato de existir gente que continua ignorante por opção gente rica (como essa mulherada) e gente pobre.

  36. Anne Tavares Postado em 11/Sep/2012 às 10:47

    Ainda tem gente que tem a cara de pau de apoiar essas senhoras com suas colocações absurdas, desinformadas e xenofóbicas!!! Ai quem me dera se o Brasil fosse um país preocupado c/ a cultura e informação de seu povo!!!!!e para rebater o que foi dito p/ Rodrigo cesar acima, a burguesia não paga meu salário, e a falecida fez muito por ela mesma e pelos seus, haja visto tudo o que ocorreu. Se assim o fosse, teríamos que agradecer a todos os sonegadores, corruptos, ladrões, contrabandistas, contraventores deste país, pois de alguma forma eles contribuem (mesmo que seja p/ o próprio bolso). Adios!!

  37. Luciano Postado em 11/Sep/2012 às 18:41

    O de pulso firme mandou soltar o Daniel Dantas duas vezes em 48 horas!!

  38. Rafa Postado em 15/Sep/2012 às 16:33

    Amei, elas metem o pau no mensalão e compram na daslu, coerência cadê? =D

  39. Adriana Silva Postado em 21/Sep/2012 às 05:17

    É como se resume o QI de quem passa a vida consumindo futilidade e não bate um prego em barra de sabão. Que falta faz um livro!!!! Pode ser Paulo Coelho, vale...

  40. Tiago Estevão Postado em 21/Sep/2012 às 11:49

    Frequentaram as melhores escolas particulares, foram pras faculdades particulares por que no colégio fumavam diamba e pagavam boquete, casaram com algum bisneto/neto/filho/empresário corrupto, nunca bateram um prego em uma barra de sabão... E querem formar opnião? Essas vadias e seus pares dão aula de banditismo. Por fim, é bom avisar pra essa velha gagá que Matarazzo já era, não são mais os anos 40 e ela vai morrer tão frígida quanto foi sua vida.

  41. Goretti Gondim Postado em 21/Sep/2012 às 14:49

    acho tudo isso um absurdo.........mas, voces merecem o Serra,ladrão envolvido num roubo de milhões,escandalo da Tucanada!!!!!!!!!dos nordestinos,merecem desprezo, pois somos um povo trabalhador e orgulhosos de nossas origens,agora voces fúteis que vivem de dinheiro de marido,como prostitutas de aluguel,que roubam o governo,não pagando impostos.........só podemos esperar tais declarações.......são umas infelizes que gastam para suprir problemas emocionais.......vai te catar preconceituosa...o LUla ,quer queiram ou não,foi o melhor presidente que esse pais já teve...........

  42. Grau Postado em 08/Nov/2012 às 00:33

    Essa é a elite podre do país! Vão morrer no inferno bando de sonegadores de impostos!

  43. Anônimo Postado em 14/Nov/2012 às 15:40

    PEGUEM O SEU DINHEIRO IMUNDO E VÃO MORAR BEM LONGE DAQUI!!!! ISSO É BRASIL, MINHAS FILHAS, QUER VOCÊS GOSTEM OU NÃO. OU VAI TER ÓDIO DE NORDESTINO NA PRISÃO, QUE É LUGAR DE CRIMINOSO. MINISTÉRIO PÚBLICO, CADÊ VOCÊ? JÁ MANDOU INVESTIGAR A MÃE, AGORA É A VEZ DA FILHA! IMUNDAS!

  44. Luiza Postado em 14/Nov/2012 às 16:34

    É idiotice atrás de idiotice, nunca li tanta besteira. Nordestino tem que ficar no fundo do Nordeste? Conte-me mais a respeito de escritores como Jorge Amado, Ariano Suassuna, José Américo, José Lins do Rêgo, Rachel de Queiroz, músicos como Lenine, Luiz Gonzaga, Gilberto Gil, Caetano Veloso e tantos outros. Se contradizem afirmando que lutariam em movimentos sociais como os cara-pintadas, mas não conhecem o ideal pelo qual estas pessoas lutavam. É aquela velha história: "A burguesia fede, mas tem dinheiro pra comprar perfume"

  45. Daniel MM Postado em 04/Dec/2012 às 11:45

    Grande decepção para mim Pragmatismo perder tempo com tamanha besteira. Acordem senhores!!!!

  46. Diego Postado em 10/Feb/2015 às 03:28

    Infelizmente, estas coisas não são desgraçadas pela seca que assola SP. Os prejuízos são pagos pelos pobres. Estas aí (que nem sabem o que é Mensalão) vão à Paris e que se dane o resto. Podres.

  47. Mulher mais rica do planeta exige 'salário africano' para trabalhadores - Pragmatismo Político Postado em 21/Jan/2016 às 18:26

    […] Socialites comentam mensalão: “É nordestino querendo fazer coisa em São Paulo” […]