Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Saúde 17/Aug/2012 às 12:18
336
Comentários

José Celso sobre maconha: “97% da população deve calar a boca”

"Fiquei surpreso! Somente uma 'elite' de 3% do Brasil fuma maconha? Logo os 97% da população deveriam calar a boca, pois não sabem do que se trata, têm um preconceito sobre uma substância que nunca experimentaram", disse o dramaturgo

Dramaturgo José Celso Martinez Corrêa, que afirmou que proibição do uso da maconha implica gangsterismo, foto por Lenise Pinheiro/Folhapress
Dramaturgo José Celso Martinez Corrêa, que afirmou que proibição do uso da maconha implica gangsterismo, foto por Lenise Pinheiro/Folhapress

Um levantamento do Instituto Nacional de Política de Drogas e Álcool e a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) aponta que cerca de 1,3 milhão de brasileiros são dependentes de maconha.

A pesquisa também abordou o nível de aprovação dos brasileiros à legalização da maconha e, de acordo com os dados, 75% da população brasileira são contra a legalização da droga, 11% se declararam a favor e os demais ou não souberam responder ou não quiseram.

Para o dramaturgo e criador do Teatro Oficina, José Celso Martinez Corrêa, a proibição do uso da maconha implica gangsterismo.

Leia abaixo seu depoimento.

“Fiquei surpreso! Somente uma ‘elite’ de 3% do Brasil fuma maconha?! Logo os 97% da população deveriam calar a boca, pois não sabem do que se trata, têm um preconceito sobre uma substância que nunca experimentaram.

Leia também

Fumo desde 1968. Estou com 75 anos, fumando um enquanto escrevo este texto. Para mim é uma planta sagrada. Além do mais sou cardíaco, preciso de uma receita pois a maconha é vasodilatadora, como o vinho.

Acho a maior falta de espírito científico esta pesquisa tratar desta preciosidade da botânica como uma questão de dependência quando ao contrário é uma substância libertadora de nossa “Consciência Positivista”, na realidade nosso Super Ego-Moral.

Ela nos põe em contato conosco e com nosso entorno como fenômenos sem rótulos. Os papéis, as couraças, as máscaras da sociedade careta de espetáculos, se dissolvem.

Para mim sempre foi uma musa inspiradora. Acordo de manhã fumo um e tomo guaraná em pó para equilibrar, e meu dia começa.

E não me sinto dependente quando não tenho. Passo às vezes até por um certo jejum para desfrutar de novo como uma virgem, da sagrada Canabis.

É um absurdo que 3% da população fume e tenham sido armados exércitos para combatê-la, pois proibição implica em gangsterismo, como em Chicago dos anos 20″.

Coletivo Dar

Recomendados para você

Comentários

  1. Alana Postado em 17/Aug/2012 às 12:34

    Que absurdo este senhor. Tirando a substância isolada da maconha, que é o tetrahidrocanabidiol, não vejo benefícios, a não ser benefícios ególatras, como bem explicita este senhor no texto. Assim foi a mescalina, assim é a maconha atualmente. A pessoa procurar uma experiência psicodélica diária, a partir de uma droga, para mim é digna de desprezo. O que mais chama atenção no texto, é o tal senhor que se julga superior à maioria, dizer que maconha é droga da 'elite brasileira'. Absurdo, absurdo. Ah sim, Cannabis é com dois 'n'.

    • Gustavo Postado em 17/Aug/2012 às 13:29

      Para mim ficou bastante clara a ironia no trecho que ele afirma que "somente uma elite de 3% da população fuma maconha". É óbvio que a porcentagem é infinitamente superior e que essa droga, especificamente, está longe de ser consumida exclusivamente pela elite econômica (muito ao contrário), por assim dizer. A playboyzada mergulha mais na cocaína e drogas sintéticas. Maconha é droga mais popular.

      • Gabi Postado em 25/Oct/2013 às 14:17

        Com certeza há uma ironia, até porque elite está entre aspas. E realmente, não vejo malefícios no uso da maconha, ela sozinha, sem outras drogas.

      • andre douglas Postado em 13/Nov/2013 às 21:16

        cara! ele quis dizer "elite" (entre aspas) se referindo a pessoas que fazem uso da planta medicinal (e como ele se coloca a favor da idéia sita esta palavra para representar este grupo como privilegiado em relação aos benefícios que esta pode proporcionar) e não como elite econômica, interpretado pela sua pessoa! aliás, podemos interpretar a palavra elite em qlquer ramo (tropa de elite, elite econômica, mulheres de elite, elite do caraleo a quatro, etc... Vâmos ler mais e treinar mais interpretação de texto! Soh uma dica! Fuma um baseado e vai ler que vc terá outra idéia de mundo, se libertando das correntes que te prendem nesse seu mundinho careta. Não leve esta resposta a mal, aprenda com as coisas! e mais uma: Se nunca fumou, nem entre em debates como este! falou! Valeu! e desculpa qlquer coisa!!!

      • andre douglas Postado em 13/Nov/2013 às 21:55

        os 3% são dados de um levantamento do Instituto Nacional de Política de Drogas e Álcool e a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e não uma afirmação do Dramaturgo que utiliza esses dados em seu comentário. então vc interpretou errado 2 vezes irmão! de novo, vai ler!!! e muito!!!

      • Daniel Postado em 15/Nov/2013 às 03:52

        Perfeito

      • Daniel Postado em 11/Dec/2013 às 19:51

        Gustavo, tem gente que naum entende mto bem ironias..

    • Carlos Postado em 03/Sep/2013 às 17:00

      Ainda mais com um argumento de que quem nunca experimentou deveria nem opinar...

    • Daniel M. Postado em 17/Sep/2013 às 05:20

      Alana, sua ignorância é visível em cada frase do seu texto. Você não vê benefícios na cannabis além do THC? Vá pesquisar e voce vai descobrir que o THC é apenas o mais conhecido entre as centenas de uso que essa planta tem, e como já foi usada por séculos por pessoas mais inteligentes que você.

      • Priscila Postado em 08/Oct/2013 às 19:31

        O comentário da Alana é dispensável e carregado de preconceito. Quem foi que disse que O Carlos busca uma experiência psicodélica diária? Quem disse que pra ele fumar maconha é uma experiência psicodélica? Ele apenas disse que fica de boa, que busca inspiração, entre outras sensações que só cabem a ele, pois não é da sua atenção ou do seu desprezo que as pessoas vivem. Se você despreza, azar o seu. Viva sua vida e deixe os outros viverem. Além do mais, como diria Caetano, é "burra", "fala com burrice", pois nem consegue entender a fina ironia do dramaturgo e sequer conhece outras substâncias da cannabis além do THC. E ainda quer corrigir alguém sobre como se escreve cannabis. Mulher, vá se informar e seja feliz fora do âmbito da ignorância.

      • Ivan da Costa Postado em 07/Nov/2013 às 18:09

        Daniel, mal sabe ela que a semente da cannabis, é um ótimo alimento para crianças, ela é preparada em forma de papinha! Nem tudo no Brasil colônia era atraso, a maconha nesse período era vista como um fumo que se fumava como cigarros! E a Igreja não condenava, nem o Estado, nem ninguém...

      • VitDoc Postado em 08/Nov/2013 às 16:38

        Daniel M., a prepotência é visível em cada frase de seu texto. Você vê benefícios na cannabis sem prejuízos, simultaneamente? Vá pesquisar e descobrirá que ela, sim ajuda, no câncer - mais bem, nas dores do câncer - mas daí querer que todos a usem como se fosse um medicamento "saudável"...ridículo como você teve audácia de postar isso. Ela foi tão usada por pessoas mais inteligentes do que a Alana que as grandes civilizações delas dependentes, principalmente na Ásia pobre, são ponto de referência em saúde, né, enciclopédia ambulante? Vai estudar e baixa a bola, cara.

      • JOSIMAR Postado em 13/Nov/2013 às 20:01

        EU MORRERIA DE VERGONHA, SE TIVESSE UM PAI OU AVÓ MACONHEIRO ,ODEIO A MACONHA E TENHO RAIVA DE QUEM FUMA...

      • V. MAtheus Postado em 18/Dec/2013 às 00:27

        O engraçado é que a Maconha vendida hoje em dia, a mesma que vocês fumam e defendem com tanto ímpeto é um mesclado de químicos e restos de outras substâncias, vocês vivem no Brasil, não há maconha verdinha para vocês fumarem, não há receita, o que há é vocês bando de ignorante maconheiro sustentando o tráfico e a criminalidade, parabéns.

      • Moyses Postado em 09/Jan/2014 às 11:48

        Muito bem Daniel, Alana merece nosso desprezo. Experiência psicodélica com maconha, tá por fora

      • luiz Postado em 11/Mar/2014 às 21:58

        ela nao sabe o que esta perdendo.eu fumo maconha a 10 anos e nunca tive nenhum problema fora o preconceito pelo consumo da erva

      • Flavia Postado em 23/May/2014 às 13:17

        Além disso, completando a resposta a senhora Alana, maconha não dá nenhuma "experiência psicodélica". Não é alucinógeno.

    • Frederico Postado em 08/Oct/2013 às 14:56

      Despreze então. Não opine também. Você não parece ter conhecimento algum sobre a maconha, seu discurso é tão hipócrita quanto a proibição da mesma. O senhor do texto é uma pessoa muito esclarecida e inteligente, como muitos usuários bem sucedidos que conheço. Vamos proibir tudo logo então, que tal? Remédio, álcool, etc... Doce ilusão, enxerga quem está por trás de tudo isso? Quando alguém enxergar o potencial comercial da cannabis, ai sim você vai ver uma indústria lucrativa e FELIZ.

    • João Postado em 08/Oct/2013 às 19:30

      Você só pode ser uma ignorante que despreza os fatos científicos em volta da maconha. Ela está no auxílio do tratamento de doenças terríveis como a AIDS e o câncer. Deve-se parar de olhar com preconceito para com a erva e seus usuários.

      • Nayra Postado em 15/Nov/2013 às 11:44

        Querido, se um biomedico me dizer vou extrair um principio ativo, e criar uma medicação pra tratar uma certa doença, ok! Mas, usuario tem que se tratar, e 3% da população usuaria, não usa pra saude querido, usa pra se drogar, mesmo, então eu tenho muita mais moral, que esse ignorante, que acha que quem não concorda e nunca usou não pode falar a respeito, falo, por que vejo, diariamente, milhares que começam usando "birra", como a chamam aqui, e depois começam usar outras e outras...E nem preciso dizer que é uma droga no sentido mais pejorativo do termo e que beneficio ha de fumar maconha? nenhuma!

    • Valdenir Postado em 09/Oct/2013 às 08:22

      A maconha pra você é digna de desprezo, mas aposto que do álcool, que causa acidentes fatais no trânsito diariamente no nosso país, além de violência doméstica e destruição de famílias você faz um belo uso não é? Isso tem nome, se chama hipocrisia

    • Karol Postado em 11/Oct/2013 às 12:59

      Bem, você não pode ver, porém, profissionais, especialistas e demais que tratam a pesquisa de uma planta natural com seriedade e objetividade academica, veem 9basta fazer uma pesquisa rapida no google academico). Ou seja, seu argumento é fraco. Se o que se busca é uma experiencia psicodelica (oi? estamos falando de cannabis!) diária e pessoal, o que o seu desprezo tem a ver com a opção de outras pessoas? Mais uma vez, seu argumento é irrelevante. Primeira conclusão: Você não sabe argumentar. Segunda conclusão: você não sabe do que está falando.

    • Canábicos Anônimos Postado em 15/Oct/2013 às 00:33

      É isso ai pessoal, muito legais os comentários. Estão todos certos do ponto de vista de cada um! Cada indivíduo desse planeta possui a sua respectiva verdade ao seu nível de consciência sobre qualquer assunto. Esse é um tema bastante polêmico! e por ser polêmico faz-se necessário mais estudos sérios sobre o efeito da canabis no corpo humano. Já existem muitos estudos, mas estes ainda não vem à tona nas mídias acadêmicas, pois ainda é um assunto do qual ninguém quer falar. Assim, há uma discordância nas Academias de Ciência sendo que alguns estudos dizem que o consumo é benéfico, todavia outros dizem não é bem assim. Aproveito para expor minha opinião da seguinte forma... sem pormenores... A Holanda regulamentou o uso em lugares específicos chamados Coffeeshops, como uma alternativa para solucionar o problema de viciados em heroína (a Holanda tinha altos índices de viciados em drogas pesadas) e pasmem, eles conseguiram! Os resultados foram positivos e isso gerou um feedback muito positivo da população. Sem contar que o efeito colateral foi positivo economicamente para o país. Hoje quem frequenta os Coffeeshops são estrangeiros, em numero muito superior ao de holandeses. Para os holandeses o consumo não é meio de vida e muitos chegam sequer a experimentar ao longo da vida, somente uma parcela dos jovens que experimentam, mas não se tornam viciados ou usuários frequentes, interessante né? Existem estudos que detalham o comportamento dos holandeses frente a regulamentação do uso no país (vale constar que não foi uma legalização, mas sim uma regulamentação de uso). Ainda hoje a Holanda fica em cima do muro com o tema (lá o plantio comercial é proibido por Lei - que coisa estranha?!) e por mais que o Governo faça vista grossa para muita contravenção por parte dos responsáveis por esse mercado, ele não quer deixar de lucrar os bilhões de euros em taxas e impostos que o turismo canábico traz todos os anos. Nos EUA existem 17 Estados com o uso medicinal da cannabis aprovado e recentemente 2 Estados conseguiram aprovação para o uso recreativo. Além disso temos o fato de que é a cultura mais valiosa do país do Tio Sam, ultrapassando o milho (grão mais cultivado no país). A cadeia canábica arrecada bilhões para os cofres publicos. Aqui na América do Sul, o Uruguai recentemente aprovou um regulamento que permite o uso medicinal por pessoas que tenham quadro clínico comprovado. O Governo que controla tudo e ainda faz propaganda do uso, que é restrito... (não é permitido consumir em lugares públicos, "se fumar, não dirija, essas coisas) E aqui no Brasil? O maior país da America Latina!!! Já temos um avanço em direção a um cenário positivo a favor da abertura de debates sobre o assunto (as penas se abrandaram e já temos alguns documentários sérios sobre o tema). Penso que enquanto imperar o pragmatismo do povo (em geral desinformado) sobre esse assunto a coisa ficará estagnada. Sou contra a legalização... esse termo implica que a maconha seja vendida assim como o cigarro e o álcool, em padarias e supermercados... isso não está certo, nenhum dos países citados acima o faz dessa forma. Contudo, se começarmos, descriminalizando já é um grande avanço. Acredito que REGULAMENTAR seja o caminho, para qualquer que seja a finalidade de uso, seja medicinal, seja recreativa, mas que seja controlado e que traga arrecadação de impostos para que o governo (se tomar vergonha na cara) possa repassar para o beneficio da população, por exemplo, para o tratamento de recuperação de viciados em drogas pesadas... Com o avanço, quem sabe um dia poderemos ter a permissão do Estado para plantarmos em nossas casas sem ter que depender do comercio ilegal para conseguir o remedinho. Água é bom? Faz bem? Então toma 5 litros de uma só vez pra ver o que acontece!... acredito que seja o mesmo com a Cannabis. Consuma com parcimônia e consciência!

    • Juliana Postado em 15/Oct/2013 às 16:13

      Conhece biologia, mas parece que faltou nas aulas de humanas :)

    • UBIRAJARA Postado em 25/Oct/2013 às 12:18

      PORRA ENTÃO TOME ÁLCOOL VOCÊ E MORRA NO TRÂNSITO , OU FUME CIGARRO E MORRA DE CÂNCER .

    • Marco Antônio Postado em 30/Oct/2013 às 05:38

      Canabis só é com dois nn quando utilizado cientificamente "cannabis sativa sativa", mas se referindo aos canabinóides que é uma classe, utiliza-se canabis mesmo. O Brasil se padece sempre de pessoas querendo ditar como as outras devem viver. Ora, cara Alana, uma pessoa de 75 anos deve saber muito bem o que lhe faz bem e como ela gostaria de viver. Eu não vejo diferença entre fumar maconha ou ingerir analgésicos, antidepressivos, cadiotônicos (falando enquanto farmacêutico). Uns são regulamentados e outros não, é a diferença básica. Deveríamos concentrar nossos esforços em construir umas pílulas contra o preconceito, ou algo que façam as pessoas a quererem tomar conta de suas próprias vidas.

    • Pitty Postado em 31/Oct/2013 às 15:39

      Querida, fume 1 e abra a sua mente...

    • aken Postado em 31/Oct/2013 às 16:50

      "substância libertadora de nossa “Consciência Positivista” ". Adorei esta frase. Seu comentário é o exemplo claro desse tipo de pensamento rs

    • Toto Postado em 31/Oct/2013 às 16:50

      Digno de desprezo foi esse comentário da senhora!

    • Dexter Postado em 01/Nov/2013 às 10:26

      Experiência psicodélica diária ??? Você fumou crack ??? Ta louca ??? Maconha não é chá de fita não !!! A única coisa que você manja de maconha é de como se escreve o nome da planta no latim !!!

    • Aline Postado em 01/Nov/2013 às 12:32

      Concordo plenamente com você , ignorante são as pessoas a baixo, mal sabem elas que já existem inúmeras pesquisas cientificas com compostos isolados da Cannabis, porém nenhum mostrou um potencial realmente significante. A industria farmacêutica é sedenta por novos medicamentos, vocês acham que se essa planta fosse tão maravilhosa diversos já teriam sido sintetizados, entretanto o único composto isolado disponível é um antiemético, que representa pouco representividade no mercado (pois existem outros mais eficazes como a ondasetrona). A verdade é que essa planta só serve para abstrair o cidadão da sua realidade em busca de uma experiencia psicodélico, com o único objetivo de saciar o seu prazer e seu ego, criando um ciclo vicioso, onde nada mais importa, apenas obter prazer. Não passe de uma droga de modinha, de pessoas que muitas vezes se julgam mais cultas do que outras, ou quando utilizado pela classe menos abastada é usada como porta de entrada para outras drogas mais pesadas como crack. Pergunte para qualquer viciado em crack ou cocaína com que droga ele começou, a massiva maioria responderá maconha. Outro ponto é que ela tem potencial de fazer muito mal sim ao nosso organismo, por ser um produto rico em matéria organica (afinal é ''natural'' né?) sua queima libera um composto denominado HAP, com um alto potencial de causar metilações na cadeia do DNA, agindo na fase da iniciação e promoção do cancêr. É um absurdo ainda existir defensores dessa porcaria!!!

    • Daniel Delgado Postado em 03/Nov/2013 às 22:26

      você é uma grande idiota.

    • jOÃO jR. Postado em 04/Nov/2013 às 16:48

      Além de tudo,vc é C-A-R-E-T-A

    • magaly Postado em 07/Nov/2013 às 12:04

      eu nao respondi essa pesquisa, e nao conheco ninguem que foi interrogado,,nossa,,,so treis por cento que usa,e precisa de uns milhoes de idiotas pra combater?eu fumo ha 45anos,,,,,quando deixei um tempo de fumar,,veio labirintiti,,pressao,,etc,,,,voltei,,,fui curada,,,continuo fumando,,to de bem com a vida, voce se preocupou muito com uma letra errada,,,se voce fumasse,,,nao gastaria neuronio vendo so os defeitos,,o cara e feliz,,,,garota...seja tambem,,nao lute por uma coisa que voce nao conhece,,,porque olhando a pesquiza,,voce e uma que faz parte desses97'%

    • Mario Joano Postado em 07/Nov/2013 às 17:24

      Experiencia "psicodélica". Vai la vai, tente ler mais antes de falar sua opinião no assunto que me parece não ter domínio. Fica vergonhoso ver as pessoas do mesmo jeito que alguns idolatram erroneamente outros destrupam perigosamente. Melhor que estudar, experimente. :) Se quiseres tenho alguns livros que ajudariam.

    • Sarah Postado em 08/Nov/2013 às 10:16

      Coitada de vc Alana... não fuma, não sabe como é e ainda quer comparar... desprezada é você pelo visto... rs. Ah, tal senhor estava sendo irônico! Vai fumar um e depois conta pra gente como é!

      • marcelo Postado em 25/Jan/2014 às 00:20

        rsrsrs hahahha, ai alana, pq vc nao experimenta, derrepente vc relaxa e podera deixar de ser ironica..

    • Eduarda Postado em 08/Nov/2013 às 17:22

      Olha, na verdade, o que ele quis dizer é que apenas 3% da população brasileira tem o PRIVILÉGIO de usar maconha. O termo "elite" foi empregado no sentido de "sortudos", "privilegiados".

    • Raphael Postado em 09/Nov/2013 às 12:16

      Alana vc fuma?, ja fumou? Então você é preconceituósa e seu mal é falta de RÔLA sua vadia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Arthur Postado em 09/Nov/2013 às 13:25

      Você deveria se informar, antes de criticar. E repetindo o que já escreveram aqui, este senhor que escreveu o texto foi irônico. =D

    • Lucas Postado em 10/Nov/2013 às 08:02

      Pelo jeito, Alana, não conheces a proveniência do cânhamo, que é uma fibra de tecido, originada da planta de maconha, muito mais resistente que as fibras de algodão. A maconha é indicada por diversos médicos conceituados para males como: enjôo, náuseas, doentes com câncer ou Aids que não têm fome e sentem enjôos fortíssimos. Fora os benefícios que ainda desconheço. Portanto, Alana, procure saber mais a fundo sobre um assunto qualquer antes de criticar quem quer que seja!

    • jose luiz Postado em 10/Nov/2013 às 16:25

      ALana, sou capaz de apostar que senhorita e outros como voce desinformados e hipocritas que tem esta visão estupida sobre a cannabis são usuários de cervejinhas , vinhos e outras bebidas alcoolicas, que tambem são substancias alteradoras de percepção , a unica difrença é que é substancias permitida, e se voce consultar a historia sabera a razão do por que a policia não te prende no ato do uso e da compra de alcool, o usuario de alcool tem a auto indulgencia de se achar não usuario de drogas o que na verdade é igualzinho ao consumidor de cocaina e qualquer outra substancia, te aconselho estudar mais para que eu não precise me alnogar neste texto, moral para julgar ninguem tem..

    • Valquíria Barbosa de Souz Postado em 12/Nov/2013 às 13:25

      Kkk parabéns pelo comentário Alana! Vc é do tipo que não se enrola com meia dúzia de palavras e não toma as colocações de pessoas ditas "experientes" por conta da idade como verdade absoluta!

    • Paulo Cesar Postado em 12/Nov/2013 às 14:59

      Nossa!!! Como você é b.u.r.r.a!!!! kkkkkk

      • Ciara Postado em 03/Jan/2014 às 22:39

        Burrice é uma pessoa não conseguir viver sem "estimulantes"! Por que não tentam viver naturalmente? É difícil?

    • Werner Postado em 12/Nov/2013 às 15:15

      Oi Alana. Vc perdeu uma ótima oportunidade de não falar bobagem.

    • caetano Postado em 12/Nov/2013 às 21:12

      não deu pra gravar o que você falou porque você fala de uma maneira "burra"

    • jusé Postado em 13/Nov/2013 às 20:18

      nossa.. você é uma analfabeta. já que não sabe ler, devia ficar calada!

    • andre douglas Postado em 13/Nov/2013 às 21:41

      Puta Merda! nunca li tanta besteira! O q q vc sabe sobre substância isolada da maconha??? ouviu falar q é a tetrahidrocanabidiol! também!!! é uma das substâncias químicas (psicoativas e não psicodélicas) presentes na maconha, mas sua afirmação já demonstra sua ignorância sobre o assunto! a maconha não traz experiências psicodélicas, (drogas lisérgicas como doce, chás de cogumelo, chás de lírio). (pesquisa sobre ação psicoativa da maconha, pois não vou perder meu tempo explicando isto pra vc!) Agora, uma pessoa q tem desprezo por outra pelo fato de esta pessoa fazer uso disso ou daquilo??? cara!!! ta na hora de vc rever seus conceitos! se vc despreza alguém, é pque vc deve ser muito desprezada! e no mínimo tem esta necessidade de auto-defesa! e o q mais chama atenção na sua resposta foi a sua incapacidade de interpretar textos, textos simples como este e ainda querer responder utilizando-se de argumentos que não correspondem as idéia que o autor quis expor! Já que vc não fuma maconha, seus neurônios devem estar intactos, e pelas suas idéias inativos também. estuda sobre o assunto, não seja tão rígidas em suas idéias e depois, depois de muito exercício de interpretação de texto (e olhe lá, pois como o autor diz:"não sabem do que se trata"), vc poderá entrar em uma discussão sobre maconha!!!

    • andre douglas Postado em 13/Nov/2013 às 21:50

      esqueci!!! vc está dizendo em sua resposta sobre desprezo a pessoas que usam o quer que seja, mas no caso vc se refere ao autor! Alana, na bôa! vc está criticando um senhor de 75 anos, autor, dramaturgo, com uma posição social e cultural respeitável e criador do teatro oficina! Prudências com suas palavras, pois o dia que vc fizer um terço do que este senhor faz pela sociedade, e se candidatar a presidência da república, eu voto em vc e ainda faço campanha grátis!!! Podecrê???

    • Carlos Postado em 14/Nov/2013 às 12:17

      filha... pesquise mais a respeito antes de expor sua ignorância ta...

    • Daniel Postado em 17/Nov/2013 às 16:41

      qual é teu problema?? a maconha é um relaxante, não um alucinógeno. Vai se informar, porque não é bonitinho ver pessoas alcoolizadas vomitando. Sabe quantas pessoas o tabaco e o alcool matam por ano?? e a maconha, vc sabia que nenhuma morte foi comprovada pelo uso de maconha? ignorante

    • Washington Postado em 18/Nov/2013 às 11:52

      Sou obrigado a discordar. Não sou usuário dessa planta, mas acho que não se deveria proibir. Muitos utilizam a tese de que se a cannabis fosse liberada haverial um aval para a liberação de outras drogas. Seguindo esse raciocínio, está mais do que na hora de abolir a cervejinha no churrasco, ou aquele cigarrinho depois do almoço. Saímos de uma ditadura recentemente, e me é estranho esse pensamento repressor. O chamado maconheiro na me faz mal. O que me faz mal é olhar as estatísticas de morte no trânsito e não ver ninguém procurando a proibição do álcool. E pra acabar, desprezível mesmo é quem se amarra a hipocrisia que nos permeia. Feliz mesmo é quem vive sem prejudicar ninguém, curtindo a sua erva. PS: Maconha gera receita.

    • didi Postado em 19/Nov/2013 às 20:12

      "experiencia psicodélica"????? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk parei de ler no meio do comentário...essa ai sabe muito

    • Gustavo Postado em 25/Nov/2013 às 22:16

      "cannabis é com dois 'n'" KKKKKK além de ignorante é arrogante.. nem sabe do que ta falando e ainda quer corrigir os outros.. Ah sim, é tetrahidrocanabiNOL viu sua anta

    • Pedro Presotto Postado em 29/Nov/2013 às 16:11

      Dona Alana, se acalme, ele deu a opniao dele, e voce a sua, a dele nao esta mais ou menos certa do que a sua, a sua, eh certa pra vc, a dele, pra ele, cada um com suas ideias, mas devemos respeitar o que cada um faz, e estarmos abertos as experiencias novas e a ideias emergentes de mentes e coraçoes alheios. =]

    • Hamilton Postado em 30/Nov/2013 às 14:11

      Experiência psicodélica com a maconha? AHAM BELEZA (Y)

    • Lucas Postado em 10/Dec/2013 às 18:44

      Alana, o THC é um canabinoide, assim como ele existem 70 substâncias quimícas com estruturas similares a ele (CBC, CBD, CBG, CBN ....). E pasme, a grande maioria possuem efeitos benéficos.E mais, a maconha tem revolucionado o conhecimento da neurociência, a partir do conhecimento de endocanabinoides ( "maconha" que o próprio corpo produz), novas potencialidades da erva tem sido descoberta. Além desse argumento científico, há, ainda, outro, o direito de vivenciar outros estados de consciência, pois é próprio de um ser que tem consciência querer experimentar com a consciência. Pensamentos como o seu servem para deixar um véu de ignorância em cima desse assunto. E o pior, privar as pessoas de conhecerem mais sobre essa planta.

    • MArcus Postado em 17/Dec/2013 às 16:48

      psicodélica? onde maconha é "psicodélica". crítica e desconhecimento realmente são uma combinação insuportável.

    • FiDKenga Postado em 23/Dec/2013 às 17:16

      comparar maconha a mescalina é algo que é dito por um leigo no assunto.

    • anônima Postado em 02/Jan/2014 às 15:39

      visivelmente vc nunca fumou e ainda vive com o conselho q teus pais deram em 1990 do tipo "não fume maconha! vc vai ficar doida! e uma vez q fuma vira drogaaaaaada!!!! " sim, sou da opinião de quem nunca fumou, que não dê opinião. Não saio por aí dando opinião sobre comer ou não caviar. nunca comi, não sei se é bom, não sei se é ruim.... PS: aos que criticam os efeitos psicotrópicos da maconha, por favor, parem de tomar suas cervejinhas, já que um chapão deixa a pessoa muito mais consciente que um porre.

    • stevan Postado em 03/Jan/2014 às 00:44

      Posso tomar uma cerveja todos os dias, mas não posso fumar um baseado? Você devia se interessar mais por o que deixam e não deixam você fazer. Uma coisa é ser imoral e extrapolar o limite alheio. Outra coisa é ser discriminado e ainda correr o risco de ficar preso com assassinos e psicopatas pelo fato de levar um pouco de erva para fumar em CASA. Quando compro erva de um traficante estou contribuindo para o trafico. Nos EUA com a legalização de 1/1/13 vai haver uma economia de 27 Bilhões de dolares e um lucro de 160 Milhões de dolares com a taxação do produtos e os impostos. Enfim precisa falar algo mais? Sim. Fuma um antes de falar alguma coisa. Você não fala que não gosta de frango antes de experimentar, vc não pula de um prédio pq te falaram que isso deixa rico.

    • joao ferreiro bastos Postado em 03/Jan/2014 às 20:30

      Meu. Cala a boca. Voce ja experimentou? Aposto que voce vê amigos e familiares usando drogas mais pesadas como o tabaco e o alcool e nao fala nada. hipocrita

    • Ormeo do Carmo Postado em 06/Jan/2014 às 19:51

      Existem inúmeras outras substâncias - canabinóides - além do THC, entre elas, o canabidiol, que possui propiedades antipsicóticas. A tendência é a maconha voltar a ser tratada como antes da década de 1930, substância de uso legal.

    • Petrini Postado em 15/Jan/2014 às 09:35

      Concordo com o senhor: liberem tudo, ou melhor, tirem as leis também, inclusive de assassinato, roubo, estupro etc. Porque quem nunca assassinou, não deveria opinar sobre o assassinato dos outros (estranha essa lógica, não?!)

    • Heverton Postado em 17/Jan/2014 às 11:57

      É claro que só maconheiro iria se erguer contra esse argumento, rs. Fala pra um alcóolatra que álcool faz mal e o que ele diz? "Afina o sangue". Tirando a ponta preconceituosa do argumento e o fato de que isoladamente existe uma ínfima aplicação terapêutica da cannabis, sim, muito sem sentido a opinião do senhorzinho. Então as pessoas não experimentaram sentar na vara bem grossa de bambu e não podem opinar sobre mal que isso causaria ao esfíncter? Sei...

    • Meliza Ferro Postado em 24/Jan/2014 às 04:36

      Alana minha querida, a Cannabis é uma planta de poder usado por povos originários, para cura e para entrar em contato com o plano superior, até a alguns anos atrás no brazil o seu uso era absolutamente comum, e os cigarros de cannabis eram chamados cigarros de angola, foi marginalizado por se tratar de coisas de negros, até chegar ao que vivemos hj! A criminalização de uma planta 100% natural e benéfica! Pesquise mais a respeito dessa planta de poder antes de sair atirando pedras sobre ela, e tente manter sua mente aberta, não investigue somente coisas que saites preconceituosos falam, busque outras fontes de informação também! Com a sua mente aberta se pode aprender mais coisas, sempre!

    • MACONHA Postado em 09/Feb/2014 às 20:45

      AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA CALA A BOCA O SUA IGNORANTE !!! Digno de desprezo é vc com essa cabeça de idiota sua, se liga estamos quase em 2020 e ainda tem gente ignorante e falsas moralista como vc ... Procure se informar mais antes de falar pela bunda. Só nesse país de 3º mundo como essa merda de Brasil ainda existem gente como vc .. Cada um faz o que quiser da sua vida e desde que não prejudique o outro, ninguém tem nada a ver com isso .... Nunca deve ter fumado um e fica aí pagando de vacilona .... Estive na Califórnia em 2013 e entendi o porque desse lixo de país ser a merda que é ... Devido a cabeças de améba com pensamentos de idiota como vc ... Digno de desprezo ai ai ai, quem é vc minha filha pra desprezar esse ou aquele, vc nem conheçe a pessoa e fica falando merda ... Não vê beneficíos na Maconha ? ...Nos EUA existem infinitos produtos feitos a partir da planta sagrada , Desde alimentos como por exemplo o Leite da semente( 50% mais nutritivo do que o Leite materno... Vê se esse vídeo abre um pouco essa cabeça de lontra sua, se não abrir, pelo menos vc não vai falar tanta asneira...

    • Frederick Postado em 10/Feb/2014 às 09:16

      Alana, se informe melhor antes de falar....a ciência, através de metodologia rigorosa de pesquisa, já demonstrou vários benefícios e propriedades medico-psicológicas da erva. E quanto à desprezar uma pessoa por querer mergulhar no auto-conhecimento é só mais uma prova de sua ignorância... E no final ainda corrigiu um erro de português, para finalizar com uma "ironia fina" que os que se acham superiores tem...kkkkkk P.S. Não sou usuário (mas também não sou ignorante)

    • Rogério Postado em 13/Feb/2014 às 07:20

      Sem palavras Alana, seu comentário mostra a sua ignorância sobre o assunto. As pessoas não deveriam se expressar sobre aquilo que não conhecem.

    • Maicon Yero da Silva Postado em 16/Mar/2014 às 00:30

      não tenho carro não tenho casa, mas pertenço à elite da canabis sativa brasileira! O que destrói o ser humano é a ignorância e o preconceito, a inveja é a miséria da alma.Beijos e boa noite...

    • hipocritas Postado em 21/Mar/2014 às 19:30

      Alana tu n ve beneficios pq tu n fuma. C fumasse veria . N peço q tu fume. So peço para vcs serem mais tolerantes. Seja com o velho. Com o pobre, com o negro, com o feio, c o bonito,e pq nao com o maconheiro? Abraços

    • Beatriz Postado em 29/Mar/2014 às 19:27

      A maconha não causa uma "experiência psicodélica" . Seis anos fumando e nunca fiquei "fora de mim" ou tive visões estranhas e não conheço nenhum amigo dentre os tantos que fumam que tiveram tal experiência...

    • Paulo de Melo Viana Postado em 23/May/2014 às 08:28

      Alana, você é uma bestial. Uma pessoa burra e ignorante. Vá lavar umas louças e assistir suas novelas. você não tem cérebro para discutir esse assunto.

    • Lisa Postado em 23/May/2014 às 12:22

      Ah, sim... 1) cannabis não se classifica como uma substância psicodélica 2) não vê benefícios da substância? Busque no Google as mais recentes pesquisas no campo, pontando os potenciais benefícios no tratamento da dor, inapetência, alguns tipos de epilepsia e até câncer

    • Paulo Cortesi Postado em 23/May/2014 às 13:50

      Além da total ignorância sobre a CANNABIS, a tal sra Alana demonstra total ignorância cultural, ao se referir ao Zé Celso Martinez como tal sr que ela deveria respeitar apenas pela idade dele, quem dirá então por sua história e contribuição cultural ao Brasil. Senhora, pesquise sobre Teatro Oficina, ou só sobre teatro no Brasil e começará a conhecer um pouco da história desse tal senhor....

    • Anders Bolzon Postado em 23/May/2014 às 14:41

      Se vc não vê beneficios cuide da sua vida e deixe quem vê esse beneficio usufruir. O Brasil tem a sociedade mais careta e psicopata do mundo. Enche o caso essa necessidade de Auto-importancia e ter opinião para tudo como se fossem seres iluminados.Caiam na REAL.

    • Paulo Vieira Postado em 23/May/2014 às 18:20

      Em nenhum momento ele se julgou superior a ninguém.... Ele escreve sobre a experiência positiva que ele tem com a planta. Por que isso te incomoda?

  2. Bruno Postado em 17/Aug/2012 às 13:55

    "experiência psicodélica diária" Por Cristo, é maconha, não cogumelos ou LSD.

    • Töpera Postado em 05/Nov/2013 às 15:47

      Sabe tudo o Sr., hã? Ou seria Dãããã? "Quem não sabe dos efeitos não opina". Valeu, Zé Celso!

    • Pedro Postado em 29/Nov/2013 às 16:17

      maconha tbm eh psicodelico, mescalina, substancia ativa do cactus peiote e san pedro,psilocibina a dos cogumelos, LSD-25, famosa substancia adquirida a partir da extraçao de alcaloide de cravagem de centeio, o YAGE amazonico, a bufotenina, alcaloide extraido do veneno do sapo cururu, e tambem tem o LSA, substancia contida nas sementes de Trepadeira de Elefante. a maconha esta na lista de psicodelicos, porem com efeitos menos visuais que o LSD e o Yage por exemplo.

  3. Alana Postado em 17/Aug/2012 às 15:13

    Falou o expert em drogas psicoativas... "a cannabis contém tanto THC e canabidiol (CBD), os quais fazem parte da propriedade dos alucinógenos e principalmente estimulantes" "a maconha também foi introduzida pelos arianos aos cítios e trácios / dácios, e os xamanes queimavam flores da Cannabis para induzir um estado de transe" fonte: wikipedia Maconha também foi usada como o tal "soro da verdade" pelos russos. no texto: " é uma substância libertadora de nossa “Consciência Positivista”, na realidade nosso Super Ego-Moral." sou loira, mas acho que nem tanto...

    • Natanael F. Postado em 17/Aug/2012 às 17:53

      Acho plausível que esse número de 3% seja multiplicado por 5 ou 10 em uma realidade prática. Chega a ser estúpido imaginar que cidadãos sintam-se à vontade para externar que são usuários de maconha ou já provaram a droga. Isto porque a droga é proibida, e também em função do natural preconceito que existe na sociedade.

    • Priscila Postado em 08/Oct/2013 às 19:33

      Tá vendo? Por isso que é difícil debater com uma pessoa mal informada e que sequer fumou cannabis na vida. Fica buscando informação no wikipedia. Fumo cannabis há pelo menos 10 anos e nunca tive uma experiência psicodélica, não sei de onde a distinta tirou isso. E se fosse mais inteligente, saberia que, uma coisa é fumar a erva enrolada numa seda, e outra, bem diferente, é queimar a flor. E, mesmo assim, a queima da flor não causa efeitos psicodélicos. Aliás, você sabe o que é psicodelia?

    • Luíza Postado em 30/Oct/2013 às 19:49

      Realmente, Wikipédia é uma super fonte científica, Alana... para, né... leia artigos científicos e tenha mais embasamento pra não se expor ao ridículo assim! Seguem algumas sugestões: http://portal.revistas.bvs.br/index.php?lang=pt&search=cannabis+sativa&connector=OR http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-695X1989000100009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-40422006000200024&lng=pt&nrm=iso

    • Cannabis Postado em 31/Oct/2013 às 18:59

      Sério mesmo que você está pautando seus argumentos com pesquisa feita na wikipedia? #prefironaocomentar hahahahaha

    • Bruna Postado em 01/Nov/2013 às 07:32

      Alana, recorta e cola é muito fácil para alguém se achar inteligente com uma informação, quero vê você articular um discurso apartir da sua própria experiencia.... No fundo, tudo que é usado em exagero, não acho que seja bom, porque ao invés de eu controlar o seu uso, é a droga que me controla e isso não acho que seja legal mesmo. Mas, Alana, mais cuidado com suas opiniões e fontes de pesquisa!

    • tiago Postado em 01/Nov/2013 às 16:34

      esqueceu-se de dizer Alana, que o canhamo, é milenarmente usado para confecção de tecidos e cordas, provavelmente este é o motivo de sua imensa dispersão pelo planeta, além de ser uma oleaginosa, cujas sementes tem alta produtividade, e de quebra pode ser fumada para efeitos medicinais ou simples alívio das tensões, pode-se também produzir uma bebida fermentada, chamada Bhang, (comum na Índia), é uma das espécies vegetais mais importantes da trajetória humana, para se ter uma ideia, as velas das Naus, Caravelas, Galeões e das antigas Galeras eram feitas de tecido de canhamo.

    • Guilherme Postado em 04/Nov/2013 às 18:56

      De fato a maconha é classificada farmacologicamente como alucinógena, mas qualquer usuário sabe que não há "trip" ou "viagem" psicodélica com um baseado comum. Além disso, existem plantas com diferentes concentrações de THC, que repercutem de maneira diferente nos usuários. Os principais efeitos são de relaxamento e introspecção, apesar disso ser muito subjetivo. Desconheço estudos abrangentes sobre as substâncias presentes na Cannabis, a exceção do THC, pois existem muitas barreiras quanto as pesquisas com a erva. Referência de wikipedia é muito fraco para qualquer argumento, busque organismos internacionais bem avaliados para reunir informações confiáveis. Reforçar ignorância e estereótipos não contribuem com o avanço do conhecimento.

    • Töpera Postado em 05/Nov/2013 às 15:53

      Tá bom, Alana! Fique tranquila porque aqui no "país tropical/abençoado por deus/& bonito por natureza/ que beleza" essa substância psicoativa encontrada na natureza não será regulada, controlada, legalizada, assim gerando impostos e pesquisada para fins terapêuticos. Só por causa de gente careta, hipócrita & altamente pseudo científica como a senhorita. Pode deixar. O tráfico, a polícia corrupta e covarde e os políticos desonestos agradecem. Shalom!

    • Luiz Postado em 05/Nov/2013 às 20:44

      Alana, eu fumo hà anos e nunca tive nenhuma experiencia alucinògena com a maconha, além de relaxar, rir e ficar com muita fome. E olha que ja consumi de tudo quanto é jeito! hahahaha Voce é mais uma alienada por uma politica tendenciosa, que criminaliza aqueles que se quer criminalizar, gera violencia e nao traz resultados. Voce nao bebe no fim de semana? Voce nao toma remedios? Pois saiba que sao exatamente a mesma coisa, diferem apenas no meio de ingestao. A cannabis tem aplicaçoes infinitas na medicina, como se tem provado a cada ano. A guerra as drogas existe a 50 anos e nao trouxe sequer UMA vitoria. O cidadao tem direito de ter as experiencias que quiser durante a vida. Digno de desprezo é tamanho falso moralismo. Digno de desprezo é impor a sua visao (deturpada) das coisas a todos, como se houvesse uma verdade incontestavel. Digno de desprezo é a politica de criminalizaçao da pobreza, tratando com hipocrisia e mandando pra cadeia usuarios de drogas. TODO SER HUMANO consome drogas. A diferença entre as legais e ilegais (na maioria das vezes) é sò QUEM usa. Proibir o uso de drogas gera mercado ilegal, porque a demanda existe e vai sempre existir. O proibicionismo da maconha pode ser explicado assim: se os gauchos fossem um problema grande para o resto do Brasil, qual a melhor maneira de lutar contra eles sem levantar suspeitas diretas? Proiba a erva mate, o chimarrao. Alegue que causa cancer de garganta por causa da ingestao em alta temperatura. De uma hora pra outra, voce tem um bom motivo pra sair prendendo gaucho porai. E foi exatamente isso que fizeram com a erva. E voce, tolinha, achou que era uma otima cidada dando apoio à essa politica falida.

    • Eduarda Postado em 08/Nov/2013 às 17:24

      Me perdoe, mas primeiro fume maconha (apenas maconha, sem combinar com outras substâncias) e depois me conte se ela te levará a ter alguma experiência psicodélica, o que duvido muito.

    • Forevis Postado em 10/Nov/2013 às 09:57

      Mostra que conhece do assunto citando wikipedia, e termina dizendo que é loira, sensacional argumentação

    • unaldo xavier de medeiros Postado em 11/Nov/2013 às 19:35

      Essa Naninha é danada viu ! Eu vendo aqui os comentários fiquei sem entender essa agressão que vcs fazem uns aos outros. Eu acho quem quiser fumar fuma, nem todos vão sentir a mesma sensação. Acho que todos sabem que a erva tem seus benefícios científicos. Eu continuo achando que o álcool é a droga que mais mata...

    • Peu Tanajura Postado em 12/Nov/2013 às 00:10

      Minha filha vá viver!!! Porque ainda deve restar algum tempo pra vc escolher outro caminho a não ser falar do que não conhece. Experimente e sorria!! huahauhauhauhahuhauahhau

    • Nina Postado em 12/Nov/2013 às 03:53

      KKKKKK Alana vc é uma comédia!tirando informações ainda da wikipedia!Mas eu até te entendo pq vejo que vc não tem A MENOR IDÉIA sobre o que é que vc está falando!vá se instruir nessa vida vá minha filha...vai com Deus!!!!

    • luiz Postado em 12/Nov/2013 às 20:46

      Tenho pena de quem cita wikipédia como fonte de pesquisa, você é lamentável.

    • caetano Postado em 12/Nov/2013 às 21:12

      sim você só podia ser loira mesmo, e deve ser bem loira

    • AlencaR Postado em 14/Nov/2013 às 13:41

      "fonte: Wikipédia" Tá se achando tão inteligente só copiando texto né?, e da Wikipédia?. Maconha não tem propriedades alucinógenas, somente o haxixe, que é a seiva concentrada da planta que pode causar alucinações se usado doses muito concentradas. Percepção alterada é bem diferente de alucinação, cara amiga intelectual de Wikipédia. Maconha não é usada por qualquer xamã como pretexto religioso(É usada na verdade por hinduístas adoradores do Deus Vishnu, que acreditam que a erva é um presente divino e também por Rastafáris, que usam base bíblica para defender que a maconha foi dada por Jah(Jeová) aos homens). Religiões tribais xamânicas tem um uso sagrado de sementes de plantas, como por exemplo a yopo, usada por tribos amazônicas. Esta sim causa alucinações, pois libera a mesma substância(DMT) que é liberada quando sonhamos. A maconha causa uma percepção alterada, mas não quebra o elo entre a mente e a realidade. Num estado de alucinação sua mente cria coisas não reais para dentro do mundo real, que não acontece no caso da cannabis sativa. Deixe de copiar textos e vá estudar.

    • Samuel Postado em 22/Nov/2013 às 15:10

      Alana, peço que copie e cole o trecho entre aspas e veja o vídeo no youtube: "Documentário - Weed - Dr Sunjay Gupta - Legendado BR" Vejo na maconha um absurdo avanço científico para os que se dispõe a estuda-la. Como negar os fatos evidenciados neste vídeo? A ignorância dos que insistem na criminalização é abraçado por um país careta e de politicagem, que o faz para evitar um desprendimento maior em pesquisa e controle da Cannabis no território nacional.

    • Diego Postado em 25/Nov/2013 às 19:08

      Deixou claro que é muito bem informada. Pra ser mais claro, geralmente, em discussões, quem usa a WIKIPEDIA como fonte tem tendências à ser pseudo intelectual. Afinal de contas, se basear em uma pesquisa de 10 segundos no google não faz de você expert no assunto.] "Conheces teu inimigo e conhece-te a ti mesmo; se tiveres cem combates a travar, cem vezes serás vitorioso. Se ignoras teu inimigo e conheces a ti mesmo, tuas chances de perder e de ganhar serão idênticas. Se ignoras ao mesmo tempo teu inimigo e a ti mesmo, só contarás teus combates por tuas derrotas."

    • Lucas Postado em 13/Dec/2013 às 13:21

      Parabéns, é loira mas sabe pesquisar na wikipédia!

    • Marcus Postado em 17/Dec/2013 às 16:49

      MUITO loira e preconceituosa

    • Antonio Filho Postado em 20/Dec/2013 às 15:21

      Larga esse povo de lado, Alana. A maconheirada jamais vai aceitar que são uns drogados dependentes e psicologicamente alterados, necessitadores de drogas alucinógenas para se acharem normais, coisa que jamais serão. Normal é quem resolve as coisas com sangue limpo e mente lúcida. Quem precisa de aditivo é um incapacitado adoentado. E estamos falados!

    • Maria E. Postado em 23/Dec/2013 às 20:31

      é loira e burra ne.. se ficou pesquisando tanto é porque teve curiosidade o suficiente. Esperimenta minha filha, o que te falta é só coragem, tenho certeza. kk Você é mais uma desses 97%, estes tais são o espelho dessa massificação idiota, desse povo infeliz de mente pequena que não sabe enxergar além das opniões alheias controladoras. E fumar maconha não é buscar psicodelia, e buscar sua paz interior, coisa que percebo lhe falta. Fuma um, quer um salve?! -\l/-

    • Moyses Postado em 09/Jan/2014 às 11:52

      Alana não insista em pesquisas literária, pesquise na prática

    • Daniel Postado em 28/Jan/2014 às 15:50

      Quem usa Wikipedia de fonte para citar uma referência "científica" deveria se contentar em saber ler.

    • Jaime Postado em 08/Feb/2014 às 17:41

      "fonte: wikipedia" como se significasse mais do que as experiências dos próprios usuários.

    • sabrina Postado em 28/Mar/2014 às 17:02

      o que dizerde uma pessoa que baseia sua pesquisa cientifica no wikipedia ? ...

    • NOt stupid Postado em 23/May/2014 às 12:57

      O abscinto também era conhecido como fada verde, mas não passava de uma bebida muito ruim com uma quantidade absurda de álcool. Ah, vc tb deve acreditar que os maçons são satânicos. Continue assim sendo manipulada, Alana, sabe de nada, inocente! rsrsrsrs

    • Claudio. Postado em 03/Jun/2014 às 15:54

      Wikipedia? Kk Procure, Alana, artigos que falem sobre o tratamento paliativo de pacientes terminais de Câncer e Aids, eliminando completamente os sintomas de mal estar e náuseas que estes pacientes sentem. O que eu acho mais absurdo, é que as pessoas ainda relutam em ter esse PRÉ conceito sobre a Cannabis, sem nem conhecer a erva.. Os benefícios são maiores do que os malefícios. Estude, procure, aprenda, forme um conceito, depois fale. Não diga nada saber exatamente do que se trata, porque você passa vergonha. Imagino que você nem conheça realmente o problema das drogas no Brasil, com essa sua falácia.

  4. Eduardo Postado em 17/Aug/2012 às 19:54

    José Celso como pesquisador está me saindo um ótimo dramaturgo. O texto não pára de ser bom. Se o dia dele só começa depois do baseado e ele precisa tomar guaraná em pó pra equilibrar, porque não simplesmente não fumar e já começar o dia? Ele PRECISA da maconha pro dia começar? Ele é cardíaco e acha que a maconha faz bem. Na verdade, a maconha abaixa a pressão sanguínea. Então o coração dele está fazendo mais esforço pra bombear o sangue necessário para o resto do corpo. Se ele fuma desde 1968, muito provavelmente ele só é cardíaco devido à maconha e a quantidade absurda de alcatrão presente na erva "sagrada". Discurso ultrapassado e completamente lesado. Pára, né? Se quer fumar um, fume. Mas você poderia ter me poupado dessa vergonha alheia.

    • Henrique Postado em 16/Sep/2013 às 15:01

      Eduardo, vergonha alheia vem de comentários infelizes como o do Sr. Com que propriedade vc desmerece a experiência do Zé Celso??? E caso o Sr. queira falar sobre pesquisas, estude um pouco mais sobre o avanço do uso da Cannabis na medicina contemporânea (destaque na medicina preventiva, e na oncologia), e tb sobre o uso da Cannabis pela história da humanidade... E caso vc não entendeu, o dramaturgo tenta demonstrar o absurdo que é a "proibição"... Acredito que ate vc deve ter percebido que a mesma não solucionou o problema da droga, e ainda contribuí para criminalizar indivíduos produtivos da sociedade, e aumentar o poder de traficantes!! Estude tb sobre a proibição do álcool nos EUA e o consequente aumento da violência e surgimento da máfia... Se oriente rapaz!!!

    • André Postado em 08/Oct/2013 às 17:18

      Alcatrão presente na erva? De onde tirou tamanho absurdo?? Pesquise sobre Rick Simpson e talvez vc aprenda um pouquinho mais dessa erva que faz bem pra tudo!!!

    • John Key Tall Back Sticka Postado em 01/Nov/2013 às 00:18

      A maconha acelera o coração e faz com que a pressão arterial diminua. Esse cara aí vai viver muito. Pode esperar.

    • Oliveira Postado em 11/Nov/2013 às 05:21

      Alcatrão? E outra, voce leu porque quis. Este senhor falou algo que é bem sincero quanto ao efeito que a erva pura e de qualidade causa na maioria das pessoas e por isso é tão consumida. ''Ela nos põe em contato conosco e com nosso entorno como fenômenos sem rótulos.'' Isto é o que Robert Nesta Marley sempre pregou. Ele diz em uma das musicas: emancipe sua mente da escravidão mental. A cannabis sativa ajuda as pessoas a entender melhor isso. Nao que voce precisa dela mas quem conhece sabe o que ele se referiu. Sim, tem seu lado ruim, como tudo na vida e nao deve ser consumida em grandes quantidades em pouco espaço de tempo, assim como também nao devemos ingerir muito açúcar ou muito sal e até mesmo água. Enfim, depois de tantos posts com informações longe da realidade acabo por acredita que ele esta um pouco certo em dizer que quem nunca experimentou ou quem nunca buscou informações sobre o assunto nao tem muita noção do que diz. Tudo que é fabricado por o homem pode ser droga, mas se é fruto da natureza é porque tem um motivo bom pra existir.

    • Carlos Postado em 13/Nov/2013 às 22:04

      amigo, se ela abaixa a pressão significa que o coração esta fazendo menos esforço... falando em vergonha alheia...

    • Marcelo Mac Postado em 14/Nov/2013 às 11:28

      Muito bom. Objetivo. Queria ver essas antas fumando 20 cigarros de maconha todos os dias durante 10 ou 15 anos !!! Se acham o máximo dos descolados mas não passam de otários maria-vai-com-as-outras ...

    • Marcos Postado em 13/Dec/2013 às 02:49

      José Celso está certíssimo. Sobre esta planta pode ser dito que é sagrada, pois esta ligada com a chama interior da libertação. E está ligada a contemplação, a criatividade e a transformação. A quem consome, e a quem não consome, cabe respeito.

    • gabriel Postado em 04/Jan/2014 às 02:06

      A maconha é um vaso dilatador e pressao baixa nao dilata nada mermao. Va estudar vai

    • Not sTUPID Postado em 23/May/2014 às 13:00

      Vergonha alheia são pessoas como vc, Eduardo, que ainda acreditam que os usuários é que financiam o tráfico e coisas do tipo. Quando alguém espanca sua mulher porque bebeu muito, pois o álcool é legalizado, ninguém diz nada. É bonito, né? Prefiro mil vezes a companhia desse senhor do que de qualquer beberrrão pagodeiro como deve ser vc.

  5. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 01:11

    Em Londres há o laboratório que produz remédios da cannabis para dor em câncer e esclerose múltipla; o remédio (sativex) foi pesquisado e só foi conseguido quando tirado quase totalmente os efeitos psicotrópicos/alucinógenos da cannabis para poder produzir a analgesia. Dois países, Espanha e Portugal, importam da Inglaterra este medicamentos para pacientes com doenças gravíssimas. Há conversas com a ANVISA para este produto ser usado no Brasil. Na capital mundial da maconha, Holanda, há problemas sociais que o país enfrenta por causa da liberação da maconha; Em estabelecimentos da Polícia Federal do Brasil e eles, prazeirosamente, explicarão que os tijolos de maconha são os mais entorpecentes por que são adicionados ESTERCO DE CAVALO à droga. Peguem os cogumelos que se formam no esterco do cavalo, faça um chá deles e tome-o=ficarás um dia todo sem dormir. Em documentário recente da BBC de Londres foi comprovado, CIENTÍFICAMENTE, que o fígado só metaboliza uma parte pequena do THC, a outra fica pelo corpo e que causará uma reação adversa no organismo, mesmo sem uso, após um período de 40 a 60 dias. O uso de maconha com alcool, por adolescente e jovens, futuramente causará um distúrbio psiquiátrico - totalmente comprovado cientificamente. Será isto que pais querem de seus filhos no futuro? Recentemente em Los Angeles ela está sendo proibida. Aos que não aceitam os fatos reais da 'psicotrópica maconha', sugiro uma visita a Londres e Holanda - o conhecimento será arrasador. O conhecimento é um impedimento ao experimentar. O conhecimento sim é um vício. Os textos escritos pelos dramaturgos da Grécia Antiga eram caracterizados pela tragédia ou pela comédia. O dramaturgo aí, viciado em maconha, é só tragédia. E é uma comédia, também, quando precisa da substância libertadora de nossa “Consciência Positivista”, na realidade nosso Super Ego-Moral - só funciona na base da maconha.

    • Guilherme Postado em 25/Oct/2013 às 13:47

      Só por ter usado o termo "comprovado cientificamente", sua postagem perde todo o embasamento "científico". A maior premissa da ciência é que nada pode ser realmente comprovado. Toda pesquisa e estudo cientifico visa formular teorias para uma melhor aproximação da realidade. Todo profissional da área da ciência e tecnologia (como eu) sabe que, ao usar e acreditar na ciência, nunca saberemos o que realmente é verdade. Saberemos apenas teorias que tentam explicar o universo. Essa história de "cientificamente comprovado" é muito usada para convencer ou enganar leigos de um ponto de vista. Um bom entendedor da ciência nunca levará a sério um texto ou artigo onde se lê "cientificamente comprovado", pois tal coisa não existe. Concluindo: eu não tomo (e ninguem deve tomar) como verdadeiras as pesquisas mencionadas em sua postagem, pois nenhum cientista de verdade diria que algo foi "cientificamente comprovado". P.S.: Um documentário comprovando algo cientificamente? Isso foi uma pérola!

    • Aken Postado em 31/Oct/2013 às 17:10

      Gostaria de refutar alguns de seus argumentos, talvez para esclarecimento geral ou talvez porque detesto ver gente que afirma algo com tanta propriedade sem ao menos conhecer. Vamos lá. Primeiramente, o mais popular cogumelo, o psilocybe, não nasce em esterco de equinos, mas sim no esterco do gado. O cogumelo que nasce no esterco de cavalo é venenoso e extremamente perigoso para o consumo humano; 2- Você não citou que tipos de problemas sociais a Holanda enfrenta. Eu já tive o prazer de visitar esse maravilhoso país e te jogo um fato para que você tome sua própria conclusão: a Holanda importa presidiários belgas, pois há um déficit de presidiários no país. Isso mesmo, tratando drogas como problema de saúde e não como de segurança pública, não teríamos estabelecimentos carcerários em lotação mais do que máxima, como ocorre por aqui. Além de que percebi que é um povo super respeitoso e ninguém te olha estranho na rua, como deveria ser em qualquer lugar, por você estar fumando um baseado. O único problema que notei está ligado à recente proibição de venda a estrangeiros: quem é de fora, acha que lá é o lugar de extrapolar na loucura. 3- Os remédios que retiraram os efeitos psicotrópicos o fizeram justamente porque são remédios com fins específicos. A própria 'brisa' da loucura é um analgésico mental, só que a finalidade do remédio é outra. Na verdade, nem sei onde você quis chegar com essa sua colocação. Agora quantos aos outros argumentos, não concordo nem discordo, já vi vários posicionamentos, mas acho que, acima de tudo, a escolha do que fazer com o corpo é pessoal e o estado não deve intervir enquanto um ato não interferir na esfera jurídica alheia. Na verdade, este é um princípio do Direito, que não foi muito bem respeitado nessa nossa política de drogas. Tudo o que consumimos e fazemos com nosso corpo tem uma consequência, cabe a cada um de nós medi-las e saber o que é o melhor para nós mesmos e para aqueles a que amamos.

    • Rita Postado em 07/Nov/2013 às 17:51

      "Na capital mundial da maconha, Holanda, há problemas sociais que o país enfrenta por causa da liberação da maconha" Quais seriam? "A falta de criminosos na Holanda foi muito discutida pela mídia internacional pela primeira vez em 2009, quando o governo inicialmente anunciou o fechamento de 8 unidades prisionais, e, diante das demissões que seriam feitas, estava estudando a possibilidade de importar 500 criminosos da Bélgica, para que possa manter um contingente nas prisões." Fonte: G1

    • Ranieri Postado em 13/Nov/2013 às 19:42

      pesquise mais, fale menos. Na Holanda poucas pessoas fumam maconha, após o governo liberar o consumo (que não significa que legalizou) os próprios holandeses já não se interessam mais tanto pela droga, isso fez com que as pessoas tivessem menos contato com outras drogas como cocaína e heroína que eram os verdadeiros problemas no pais, como a cocaína e crack são aqui no brasil. E pesquisas são proibidas pelo fato da droga ser ilegal, mas ja foi comprovado que a maconha quando retirada do pé tem uma utilidade eficiente no combate ao câncer sim. Só faz mal atualmente porque a maconha que é vendida pelos traficantes contem substancias para diminuir o cheiro forte da planta. Na califórnia se liberou o uso medicinal graças a uma senhora que ajudou pessoas que estavam com bolinhos de maconha, não salvou, mas ao menos aliviou as dores e deixou os dias dessas pessoas mais feliz. Não sou contra vc não usar a droga, sou contra pessoas ignorantes acharem que tem o direito de dizer oq seus iguais podem ou não fazer.

    • Carol Postado em 16/Nov/2013 às 04:48

      Moro em Los Angeles e nao vejo proibição alguma aqui. Vc pode ate fumar na rua contanto que tenha uma identidade especifica.

    • Marcos Postado em 13/Dec/2013 às 03:00

      Que é sagrada, é. Que é libertadora, é. Que é curadora, é. Doa a quem doer, cure a quem curar! Libertai-vos do julgo e do preconceito.

    • Moyses Postado em 09/Jan/2014 às 12:18

      Tudo isso que você escreveu na verdade é.. colóquio flácido para acalentar bovino ( Conversa mole pra boi dormir)

    • Paulo Postado em 23/May/2014 às 13:57

      que salada variada de informações desconexas ( sendo bem educado... ), fora de contexto e usadas inadequadamente e com zero de embasamento científico, informação sem conhecimento é muito tóxico, muito mais do que qq droga pesada...

  6. Oyaban Postado em 18/Aug/2012 às 03:22

    @Eduardo: português sofrível, mas quanbdo vc diz qua a maconha 'abaixa' a pressão, toda a sua credidibilidade presumida foi embora. @Henrique: Holanda não é a capital mundia da maconha e [lá] não é liberado. cadê as fontes? porquê, documentário da BBC não é pesquisa científica. não sei quem te enganou... no terceiro paragrafo seu português está tão ruim que não consegui compreender. mas parei de levar a sério lendo essa frase: "Recentemente em Los Angeles ela está sendo proibida". nota-se a seriadade das suas alegações... crianças, menos msn/face/youtube. assistam Maconha - A verdade que poucos sabem (Ronn Mann 1999) e Cortina de Fumaça, nessa ordem.

    • [email protected] Postado em 11/Nov/2013 às 11:58

      Porra na moral meu, antes de falar do português alheio, vai aprender a escrever também.

  7. Airton Lima Postado em 18/Aug/2012 às 04:56

    Santa Erva Milagreira Santa erva milagreira Que do fértil solo brotou Doas ao mundo uma flor Crias no homem uma dor Pois nada aqui é só Deus Existe também os ateus Que cultuam outras flores Num mercado de valores Neste mundo do mais forte Os que cultivam outra fé Das leis do poder dão no pé Aqui, num mundo à parte Vingam no plantio do dor Sensibilidade à flor

  8. Airton Lima Postado em 18/Aug/2012 às 04:59

    Toda planta é um ser vivo. A maconha é uma planta. Logo, a maconha é um ser vivo. Da mesma forma, toda bebida alcoólica é uma droga. O vinho é uma bebida alcoólica. Logo, o vinho dá lombra! _Vai dizer que não?... Ou ainda, Deus criou todas as ervas... _Ó Glória! no mundo. Daí o uso do termo erva santa. A maconha é uma erva, logo, a maconha é criação... _Muito doida! de Deus. Si liga aí, toda bebida alcoólica é criação do homem... _ Para o seu prazer. O vinho é uma bebida alcoólica. Logo, o vinho é criação... _E lombra! do homem... _ Que tem prazer, é claro. Pergunta-se: A lei dos homens é a lei de Deus ou a lei de Deus é a lei dos homens? Não perdendo de vista que na relação homem-homem a lei é do mais forte, encontramos no mercado... _Que nem sempre! é uma relação homem-homem, e onde o capital é quem faz as leis, à idéia... _Moral, caramba! da erva ser criminosa e o vinho um produto de grande rendimento no mercado. Um santo produto, ou melhor seria, um produto santo? Concluindo, tenho olhos de hipócrita, tenho ouvido de hipócrita, tenho boca de hipócrita. Conheço-me hipócrita, tenho à possibilidade de negar-me à hipocrisia.

    • Ana Costa Postado em 02/Dec/2013 às 18:40

      Faltou dizer: ...da erva ser criminosa, fazendo com que sua comercialização, junto a outras drogas ilegais, se torne um dos negócios mais rentáveis do mundo para essa pessoas que voam de helicópteros por aí.

  9. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 16:52

    BBC Brasil – agosto de 2012 Proibição de maconha medicinal em Los Angeles gera polêmica Desde 1996, uma lei no Estado americano da Califórnia permite que pacientes comprem a substância para uso medicinal, mediante a apresentação de receita. Los Angeles proibiu maconha para uso medicinal, apesar de Califórnia permitir Mas nas próximas semanas, milhares de farmácias especializadas em maconha serão fechadas. A cidade de Los Angeles passou uma lei proibindo esse tipo de atividade. O argumento deles é que as autoridades não conseguem mais controlar a venda de maconha legalizada. Não há estatísticas oficiais sobre o mercado de maconha nos Estados Unidos, mas estima-se que só na Califórnia os valores podem chegar a até US$ 5 bilhões por ano. O supremo tribunal estadual da Califórnia ainda precisa decidir se a palavra final sobre o assunto cabe à cidade de Los Angeles ou ao governo do Estado. Mas essa decisão só deve sair depois do dia 3 de setembro, quando as farmácias especializadas em maconha começarão a ser fechadas.

  10. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 16:59

    Sativex® is a cannabinoid medicine for the treatment of spasticity due to multiple sclerosis which is also in development in cancer pain and neuropathic pain of various origins... Now approved in the UK, Spain, Germany, Denmark, the Czech Republic, Sweden, New Zealand and Canada. See map below for future growth UK Information for Physicians and Patients ... Visite a Inglaterra!

  11. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 17:08

    Às vezes as pessoas não entendem é por causa do consumo de maconha, principalmente o portugues. Sobre o "sativex", há tudo no link abaixo (em ingles): http://www.drugdevelopment-technology.com/projects/sativex/

    • Renata Postado em 11/Nov/2013 às 00:45

      Não Henrique. Você realmente escreve mal..

  12. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 17:13

    Para quem não entende portugues porque usa maconha, aqui está uma das notícias, publicada no 'coito de bandidos', ops, Veja, em 03/NOV/2010: " O Sativex, remédio feito à base de maconha, pode estar a caminho do Brasil. A empresa farmacêutica britânica GW Pharma revelou ao site de VEJA que iniciou discussões com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a possibilidade de vender o medicamento — indicado para tratar sintomas de esclerose múltipla — no país. "Temos um interesse muito grande no mercado brasileiro e gostaríamos de obter a aprovação para o remédio na América do Sul", afirma Mark Rogerson, relações públicas da empresa. Segundo Rogerson, a intenção da empresa é dar início ao processo formal de aprovação do medicamento. Uma comissão da Anvisa já teria visitado os laboratórios onde o Sativex é produzido, na Inglaterra. A unidade brasileira da Bayer Schering Pharma, que comercializa o remédio na Grã-Bretanha, também afirma que está avaliando a possibilidade de lançar o Sativex no Brasil. De acordo a legislação brasileira, medicamentos que contenham em sua composição extratos da maconha são proibidos, mas a lei também prevê a hipótese de autorização para casos específicos. Liberado para venda pela primeira vez em 2005, no Canadá, o Sativex recentemente ganhou autorização para ser comercializado na Espanha, Nova Zelândia e na própria Grã-Bretanha. O medicamento é usado principalmente para tratar a espasticidade, que são os espasmos musculares causados pela degeneração dos nervos que ocorre por causa da esclerose múltipla. O Sativex usa duas substâncias da planta da maconha, o delta9-tetraidrocanabinol e o canabidiol. Essas substâncias ativam os receptores do cérebro que ajudam a diminuir os sintomas dos espasmos. Segundo a empresa, 50% das pessoas que sofrem com os espasmos causados pela esclerose múltipla apresentaram reações positivas ao remédio. "Não temos outro medicamento tão eficiente para tratar dores nervosas", afirma o psicofarmacologista Elisaldo Carlini, de 80 anos, professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e estudioso do uso medicinal da maconha desde os anos 50. A esclerose múltipla atinge 2,5 milhões de pessoas em todo o mundo. Segundo a Associação Brasileira de Esclerose Múltipla, não existem dados concretos sobre o número de pacientes no país, mas estima-se que haja ao menos 35.000 casos. ... É bom pesquisar e/ou ler em "sã consciência" , senão com o uso da 'marvada' a incomprensibilidade do portugues será nítida.

  13. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 17:16

    Remédios de Jah Quais são e o que fazem os medicamentos Bedrocan O que faz: Analgésico. Também indicado para tratar Tourette. Onde já é permitido: Holanda e EUA. Modo de uso: Via oral, na forma de chá, ou inalado. Sativex O que faz: Atenua dores causadas pelo câncer. Onde já é permitido: É feito no Reino Unido e exportado para 20 países. Modo de uso: Spray, aplicado sob a língua. Marinol O que faz: Combate a perda de apetite nos doentes de aids. Onde já é permitido: EUA e Canadá. Modo de uso: Comprimidos.

  14. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 17:17

    REVISTA SUPER INTERESSANTE - julho/2010 Remédios à base de maconha podem ser liberados no Brasil. Pelo menos é o que reivindica um grupo de médicos e cientistas respeitados por Gisela Blanco Liberados nos EUA, no Canadá e na Inglaterra, os medicamentos à base de maconha também podem chegar ao Brasil. Pelo menos é o que reinvindica um grupo de médicos e pesquisadores importantes, que se reuniu num congresso sobre Cannabis medicinal realizado em maio pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Eles acreditam que o THC e o canabidiol, princípios ativos da maconha, podem atenuar a dor crônica e ajudar na alimentação de alguns pacientes (veja ao lado). "Estou cansado de receber pedidos de senhoras idosas que sofrem de câncer terminal e não aguentam mais comprar a droga de traficantes", afirma o médico Elisaldo Carlini, da Unifesp. A legislação brasileira já prevê o uso da maconha em pesquisas científicas, mas o governo precisaria criar uma agência reguladora para que os medicamentos de Cannabis (que, aliás, não dão nenhum tipo de "barato") fossem permitidos. Se liberados, eles só poderiam ser vendidos com prescrição médica e receita azul - a mesma dos remédios psicotrópicos. "Nos nossos testes, o canabidiol reduziu os sintomas de pacientes com transtorno de ansiedade social", diz o neurologista Alexandre Crippa, da USP. "Eles são seguros e não causam dependência", diz o médico William Notcutt, da Universidade de East Anglia, na Inglaterra, que há 10 anos estuda o assunto. Para os cientistas, o maior risco envolvido é político. "Se o governo não consegue controlar o uso nem da cola de sapateiro, vai conseguir controlar esses remédios?", diz Emmanuel Fortes, do Conselho Federal de Medicina.

  15. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 17:36

    Quais são os riscos associados ao uso da maconha? O fumo de maconha em muitos dos mesmos riscos associados com o tabaco de fumar, incluindo tosse, aumento da suscetibilidade a infecções pulmonares, obstrução das vias aéreas e, provavelmente, um maior risco de desenvolver câncer de pulmão. Outros métodos de tomar marijuana não estão associados a lesões respiratórias. Mesmo pequenas doses de maconha prejudica a concentração ea coordenação. O uso prolongado de maconha pode prejudicar a memória de curto prazo muito tempo depois que a droga foi metabolizada. ... Anne Marie Helmenstine, Ph.D. Dr. Helmenstine tem bacharel em graus artes em física e matemática, com especialização em química de Hastings College, em Nebraska e um doutorado em filosofia em ciências biomédicas da Universidade do Tennessee, em Knoxville. (Revisado em 2010)

    • Felipe Postado em 02/May/2014 às 20:24

      Agora quero saber do álcool, do cigarro e dos analgésicos; seus malefícios individuais e sociais. Encheste a boca pra falar notadamente mal de uma "droga", mas não fala nem nos benefícios, muito menos das outras que fazem muito pior.

  16. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 17:41

    National Institute on Drug Abuse – The Science of Drug Abuse & Addiction / Revisado em 2010 Uma série de estudos têm mostrado uma associação entre o uso crônico de maconha e aumento das taxas de ansiedade, depressão, esquizofrenia e. Alguns desses estudos têm mostrado a idade de primeiro uso, para ser um importante fator de risco, onde o uso precoce é um marcador de maior vulnerabilidade a problemas mais tarde. No entanto, neste momento, não está claro se o uso de maconha causa problemas mentais, exacerba-los, ou reflete uma tentativa de auto-medicar sintomas já existentes. Uso crônico de maconha, especialmente em uma pessoa muito jovem, também pode ser um marcador de risco para doenças mentais - incluindo vício - decorrentes de vulnerabilidades genéticas ou ambientais, como a exposição precoce ao estresse ou a violência. Actualmente, o mais forte evidência maconha ligações e da esquizofrenia e / ou relacionados disorders.4 Altas doses de maconha pode produzir uma reação psicótica aguda e, além disso, o uso do medicamento pode desencadear o aparecimento ou recidiva da esquizofrenia em indivíduos vulneraveis.

  17. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 17:45

    Algumas referências científicas - COM REVISÕES ATUAIS - à disposição de todos. 1 Herkenham M, Lynn A, Little MD, et al. Cannabinoid receptor localization in the brain. Proc Natl Acad Sci, USA 87(5):1932–1936, 1990. 2 Pope HG, Gruber AJ, Hudson JI, Huestis MA, Yurgelun-Todd D. Neuropsychological performance in long-term cannabis users. Arch Gen Psychiatry 58(10):909–915, 2001. 3 Budney AJ, Vandrey RG, Hughes JR, Thostenson JD, Bursac Z. Comparison of cannabis and tobacco withdrawal: Severity and contribution to relapse. J Subst Abuse Treat, e-publication ahead of print, March 12, 2008. 4 Moore TH, Zammit S, Lingford-Hughes A, et al. Cannabis use and risk of psychotic or affective mental health outcomes: A systematic review. Lancet 370 (9584):319–328, 2007. 5 Mittleman MA, Lewis RA, Maclure M, Sherwood JB, Muller JE. Triggering myocardial infarction by marijuana. Circulation 103(23):2805–2809, 2001. 6 Tashkin DP. Smoked marijuana as a cause of lung injury. Monaldi Arch Chest Dis 63(2):92–100, 2005. 7 Hashibe M, Morgenstern H, Cui Y, et al. Marijuana use and the risk of lung and upper aerodigestive tract cancers: Results of a population-based case-control study. Cancer Epidemiol Biomarkers Prev 15(10):1829–1834, 2006. 8 Polen MR, Sidney S, Tekawa IS, Sadler M, Friedman GD. Health care use by frequent marijuana smokers who do not smoke tobacco. West J Med 158(6):596–601, 1993. 9 Gruber AJ, Pope HG, Hudson JI, Yurgelun-Todd D. Attributes of long-term heavy cannabis users: A case control study. Psychological Med 33(8):1415–1422, 2003. ... ESTAS REFERÊNCIAS NÃO PRECISAM DO BOM PORTUGUÊS - UM INGLÊS TÉCNICO É SUFICIENTE. De qualquer maneira visitem a Inglaterra e a Holanda.

  18. Henrique Postado em 18/Aug/2012 às 23:56

    Maconha - o dom de iludir Os debates atuais, tal qual o que ocorreu com o tabaco na década de 60, ilude sobretudo os adolescentes e aqueles que não seguem as evidências científicas sobre os danos causados pela maconha no indivíduo e na sociedade. Na revisão científica feita por ROBIN ROOM e colaboradores ("Cannabis Policy", Oxford University, 2010), fica claro que a maconha produz dependência, bronquite crônica, insuficiência respiratória, aumento do risco de doenças cardiovasculares, câncer no sistema respiratório, diminuição da memória, ansiedade e depressão, episódios psicóticos e, por fim, um comprometimento do rendimento acadêmico ou profissional. Apesar disso, o senso comum é o de que a maconha é "droga leve, natural, que não faz mal". O interesse recente da ciência sobre o uso da maconha para fins terapêuticos deveu-se à descoberta de que no cérebro há um sistema biológico chamado endocanabinoide, onde parte das substâncias presentes na maconha atua. Um dos medicamentos fruto dessa linha de pesquisa, o Rimonabant, já foi retirado do mercado, devido a efeitos colaterias. Deve-se relembrar que os estudos versam sobre possíveis efeitos terapêuticos de uma ou outra substância encontrada na maconha, não sobre a maconha fumada. Que nem pesquisadores nem nossa população se iludam de que exista hoje uma indicação terapêutica para utilizar maconha aprovada pela ciência. Ronaldo Ramos Laranjeira - professor titular de psiquiatria da Unifesp e coordenador do Instituto Nacional de Políticas sobre Álcool e Drogas (Inpad/CNPQ) Ana Cecilia Petta Roselli Marques - doutora pela Unifesp, é pesquisadora do Inpad/CNPQ O artigo acima também foi publicado na Folha/ago/2010

  19. Henrique Postado em 19/Aug/2012 às 00:07

    Lobby da maconha - I No Brasil o lobby é forte e a estratégia é confundir o debate. Primeiro, contam com a mídia, representantes da cultura, da Justiça e até com alguns profissionais da saúde. Segundo, a confusão por conta dos ativistas cujo debate só tem uma única dimensão: a legalização como forma mágica de resolver o problema. Quanto mais confusas as idéias, e aparentemente defendidas por celebridades, mais parece que a maconha seja droga leve; assim, a legalização soa como consequência. QUEM MOSTRA UMA ARGUMENTAÇÃO MAIS COMPLEXA É SUSPEITO. É triste que profissionais de renomadas universidades não alcancem a complexidade de um assunto que traz sérias repercussões para a saúde. cont...

  20. Henrique Postado em 19/Aug/2012 às 00:41

    Lobby da maconha – I I 1. Maconha faz mal à saúde. Qualquer revisão científica concorda com os efeitos deletérios do uso crônico da maconha. O livro mais recente, "Cannabis Policy"(2010), começa reconhecendo tais efeitos para depois discutir mudanças na política. Qualquer alteração na política que aumente oconsumo de drogas aumenta o dano. O lobby da maconha se recusa a aceitar tais evidências sobre os riscos. 2. O uso terapêutico da maconha não tem comprovação científica, especialmente o uso de sua fumaça. Se recomendado, com mais de 400 componentes tóxicos, negaria a busca da ciência por produtos cada vez mais seguros. Alguns dos componentes da maconha pode ter propriedades medicinais, mas isso está longe de receber aprovações de órgãos com o "Food and Drug Administration" (FDA, agência reguladora de remédios e alimentos nos EUA). O lobby da maconha quer convencer a população de que a maconha é uma droga segura. Uma das batalhas emblemáticas desse lobby, que chega ao absurdo de propor que a maconha possa ser usada como tratamento para usuários de crack, exemplo de indigência intelectual, uma desconsideração com a saúde da população. 3. Não precisamos que o governo federal, por meio de SENAD, crie uma agência para coordenar pesquisas sobre a maconha terapêutica, a "Maconhabras". Com milhares de usuários de crack nas ruas sem tratamento, gastar dinheiro público dessa forma é ofender famílias desassistidas, que batem à porta dos serviços públicos sem encontrar apoio. Já existem diversos órgãos de fomento às pesquisas no país. 4. A lei antidrogas vigente praticamente descriminalizou o uso. Por coincidência ou não, o consumo de drogas aumentou, segundo todas as pesquisas. O lobby da maconha não reconhece que temos uma das leis mais liberais do mundo, ainda sem avaliação, e querem maiores facilitações para o consumo? O debate sobre a maconha é complexo, uma droga que tem o dom de iludir. Lobistas da maconha, mesmo aqueles travestidos de neurocientistas, não entendem essa complexidade. Mostram a certeza dos fiéis de uma seita, voltados à legalização da erva. ...... O texto acima foi publicado em 20/08/2010 na Folha de SP, de autoria de Ronaldo Ramos Laranjeira – professor titular de psiquiatria da Unifesp e coordenador do Instituto Nacional de Políticas sobre Álcool e Drogas (Inpad/CNPQ) Ana Cecilia Petta Roselli Marques – doutora pela Unifesp, é pesquisadora do Inpad/CNPQ

  21. Henrique Postado em 19/Aug/2012 às 00:53

    O problema social na Holanda Em 31/12/2011, a FSP, publicou "Amsterdã diminui tolerância a efeito do consumo de drogas. Repressão a excessos sempre existiu, mas agora é ostensiva, diz a polícia; cidade cogitou ação contra prostitutas. "Meca dos maconheiros" de todo o mundo, Amsterdã, a capital da Holanda, está se tornando menos tolerante com os efeitos secundários que hordas de drogados e bêbados costumam trazer para a cidade. Há planos do governo que incluem também a remoção de todos os "coffee-shops" localizados a distância inferiores a 350 metros de escolas em todo país. ... Em 2012 foi proibida a compra de maconha por estrangeiros, na Holanda. ?

  22. Henrique Postado em 19/Aug/2012 às 01:01

    O artifício eleitoreiro de FHC - a quantidade de usuários de maconha é enorme; - no seu governo ele não adotou nenhuma política de repressão ao tráfico de drogas; - ele nunca se manifestou favorável à descriminalização. HOJE ELE DEFENDE COM UMA MANEIRA IRRESPONSÁVEL E ESTRITAMENTE ELEITOREIRA.

  23. Mariah Postado em 19/Aug/2012 às 02:39

    Cigarro, cerveja, cachaça e tantas outras drogas que mal foram testadas e geram dividendos para os laboratórios são receitadas por médicos inescrupulosos, mas ninguém critica, pessoas adquirem até outras doenças. Então surgem os falsos moralistas que não se dão conta que ingerem substâncias tóxicas nos alimentos todos os dias, falam alguma coisa? Fazem campanha contra a Monsanto ou coisa que o valha? Aí, vem aqui maldizer a maconha e quem defende o seu uso, por isso repilo essa gente, repilo e repilo!

    • Nelson Postado em 07/Nov/2013 às 16:16

      Sai dai, sua sacizera!

    • Suzi Postado em 30/Nov/2013 às 18:40

      Palmas pra Mariah

  24. Magnum Postado em 19/Aug/2012 às 21:25

    75 anos ??? Compra de quem ??? Que belo exemplo para os netos e para as crianças brasileiras!!!

    • João Jr. Postado em 04/Nov/2013 às 16:52

      Para não crescerem idiotas igual a você

  25. Carl Postado em 20/Aug/2012 às 16:31

    Esse pessoal que é contra a liberação da maconha (Henrique e CIA), precisam fumar um pra relaxar e enteder como o efeito desta planta é bom. Eles tem tanto medo de morrer, citando os tais males da maconha. Então não usem, simplesmente, e deixem quem quer usar em paz com seu direito. E pra eles, tão medrosos em viver, lhes sugiro parar de respirar ou de comer produtos industrializados, pois o oxigenio oxida as céluas e as faz envelhecer mais rapido nos levando à morte. E como todos os nossos alimentos possuem tantos produtos quimicos prejudiciais (conservantes, agrotoxicos etc..), que o melhor é proibir a existência da industria de alimentos, não é mesmo, espertões? E lembrem-se, ninguém vai viver pra sempre, com ou sem maconha, então relaxem enquanto esperam o fechar ds cortinas.

    • Eduarda Postado em 08/Nov/2013 às 17:29

      O problema deles é que são todos controlados pelo SISTEMA e nunca pararam para questionar ou criticar qualquer coisa.

  26. Henrique Postado em 21/Aug/2012 às 22:56

    Usar de subterfúgios (maconha, por exemplo) para relaxar, para deixar o espírito mais alegre, para liberar as imaginações mentais, para não morrer sem ter usado a droga,... - o que há dentro dessas mentes? Para fazer tudo isso é necessário um aditivo alucinógeno? O cérebro deve pesar algumas gramas só! Será que as famílias desejam isto? Talvez precisem fumar 'uma', para poderem raciocinar um pouquinho. Mas, de qualquer forma, continuem relaxando com fumaça dentro do pulmão, esqueçam os tais males da maconha, que são descobertas científicas de anos de estudos comprovados, e não tenham medo de viver e pensar alucinogicamente. Bom proveito!

    • Leomar Postado em 10/Nov/2013 às 15:44

      Eu tenho dó dessas pessoas que não sabem oq falam, e se baseam em coisas sem sentido, se vc ta preocupado com a fumaça, nao saia mais de casa, a poluição do seu veículo é muito mais prejudicial a saúde do q um baseado, e com a maconha, há uma coisa chamada redução de danos, que seriam outras formas de consumir a maconha, uma dela eh comendo, tem fumaça da comida??? acho que nao cara, pensa um pouco antes de colocar seus argumentos contra uma coisa tão viva quanto você!

    • Ligia Postado em 10/Nov/2013 às 22:25

      *alguns gramas. [Ou vc refere-se à plantinha mesmo?]

    • Ronan Postado em 12/Nov/2013 às 22:47

      Acho estranho alguém que nunca fumou ficar atacando o hábito de quem fuma e afirma que lhe faz bem. Cada um sabe de si. Se não quer fumar, não fume, mas respeite quem fuma e quer ter resguardado seu direito de fumar.

    • Luna Postado em 25/Nov/2013 às 23:48

      Henrique e Alana são dois idiotas. Eu fumo há 6 anos, meu pai fuma há mais de trinta, meus tios fumam, meu irmão fuma e se meu filho quiser, ele vai fumar. Toda nossa família é bem sucedida, ninguém tem câncer, meu pai está aos 83 anos hoje, saudável. Meus tios estão entre 70 e 80, todos praticam atividades físicas e todos fumam muita maconha. Não quer fumar não fuma, mas não vem pagar de chato, é a mesma coisa que ficar incomodando o fumante de cigarro "HURDUR CANCER HURRR DA CANCER HURRRRR" todo mundo sabe das pesquisas científicas, o problema é que elas são feitas por pessoas que provavelmente nunca fumaram também. Eu duvido alguém ficar chapado, ter a oportunidade de fumar uma segunda vez e não o fazer. Levem seus discursinhos científicos pra lá porque aqui ninguém da a mínima.

    • Leandro Silva Postado em 04/Jan/2014 às 04:39

      Henrique, falo como um usuario, arquiteto, filho de um usuario, dentista e uma pedagoga tambem usuaria. Peço que ponha a mao na consciencia e perceba que nao e por voce ter aprendido de uma maneira, ter vivido de uma maneira, que devo concordar com ela. Sou bem sucedido, tive uma criaçao muito feliz, cresci em uma familia onde tudo sempre foi resolvido com dialogo, nunca precisei apanhar e nao aprendi a agredir ao proximo. Tenho em minha filosofia o respeitar e ser respeitado. Posso lhe falar somente sobre minha experiencia, e posso dizer, a maconha nunca me prejudicou. Vivo em uma familia feliz, gozo de uma vida plena, respeito ao meu proximo e me considero realizado. Coisa que hoje em um mundo onde somos treinados para querermos sempre mais e algo louvavel. Nunca em minha vida fiz deliberadamente o mal para alguem. Nao compro, planto, e consumo a minha colheita. Agora lhe pergunto? Voce ja viu alguem entorpecido por maconha cometer algum crime de odio? Bater na esposa? Abusar de alguem mais fraco? A maconha antes de tudo, muito mais do que lhe entorpecer o leva a um contato intimo com seu eu, e ao encontrar a si mesmo voce aprende a respeitar o outro. O leva a ver beleza em pequenas coisas. Nao lhe peço para usar, apenas peço respeito por minha escolha e pelo modo de vida que levo. Afinal cumpro com todos os deveres de cidadao assim como voce. Se voce quer bever seu wiskie eu quero fumar a minha ganja. A propaganda feita contra a maconha vem fazendo estragos ate hj. Mas lhe garanto, nao sou proibicionista, mas se fossemos compatibilizar a quantidade de crimes, acidentes, agressões, o álcool seria proibido e não a maconha, pois ele sim alavanca esse prejuízo social de que você tanto tem medo.

  27. Alana Postado em 23/Aug/2012 às 11:41

    Para encerrar essa discussão. O problema é que maconha é considerada uma droga inócua. Só que se esquecem de tratar que o uso da maconha pode elevar os riscos de sintomas psicóticos e até doenças mentais. O aumento da dose e concentração da susbstância psicoativa, o tetrahidrocanabinol, causa situações de alucinações. A maconha ainda é considerada só uma droga que desperta euforia. A Cannabis afeta o sistema pulmonar, cardiovascular, imune, recém-nascidos (mães que fumam), gera psicopatologias, além de causar dependência em parte dos casos. Não pode ser usada por pessoas que irão dirigir, pois provoca sonolência, perda da discriminação de tempo e espaço e coordenação motora reduzida. Se for uma droga descriminalizada, teriam de fazer um exame toxicológico nos motoristas que apresentarem alguma alteração característica. Aí é dose, não acham? O cerne da questão é o seguinte: a maconha não deve ser descriminalizada, pois seu uso por jovens, que é a faixa etária mais susceptível ao uso, abre portas para um aumento da dependência tanto nesta droga, como em outras drogas pelo resto da vida. Podemos considerar avanços em pesquisas com os canabinóides isolados da Cannabis, mas são susbstâncias sintéticas, que passaram por pesquisas e estudos. E mesmo assim, ainda só é utilizado um medicamento proveniente de uma susbtância da Cannabis como antiemético em pessoas com câncer. As outras aplicações terapêuticas ainda não foram aprovadas pelo FDA. Sendo que não são muitas. Resumindo: a Cannabis sativa tem mais efeitos deletérios - isso sendo utilizada num fininho ou baseado - do que efeitos salutares. Não à descriminalização.

    • leomar Postado em 10/Nov/2013 às 15:51

      pqp, maconha não é alucinógeno galera, meu deus, aposto qe nenhum de vc sabe a diferença entre a maconha e lsd por exemplo, vc nao começa a ver duende na sua frente depois de fumar um, e a maconha só causa problemas pulmonares devido a queima da substancia, que seria o modo mais pratico do uso da maconha, existem outro meios que nao prejudicam os pulmões como vaporização e utilizando em receitas culinárias!! as pessoas tratam o usuário de maconha como um criminoso, isso eh a maior escrotisse que um ser humano poderia fazer, a bebida por exemplo, causa muito mais acidentes que a maconha, é legalizada, mas é proibida para menores e msm assim a maioria dos jovens bebem,nunca vi ninguem bater na mulher pq tinha fumado um baseado, ou que morreu de acidente de carro, a bebida é uma droga pior que a maconha, mas por ser liberada e socialmente aceita, ninguem percebe isso!

    • Elisa Postado em 11/Nov/2013 às 16:06

      Bla bla bla... O efeito é diferente em cada usuário... E por mais malefícios que ('voce disse que )ela provoca, gostaria de saber se nessas pesquisas existem alguma morte causada por ela... Como causa o alcool , ou até mesmo o tabaco que são drogas legalizadas!... Você estuda demais para descriminar a maconha ... Mas aposto que aconteceu alguma Bad trip traumatica na adolecencia ( ou algo parecido) ... que fez com que vc pegasse raiva da maconha.

    • Marcos Postado em 13/Dec/2013 às 03:16

      Pra encerrar esta discussão: quem acha que é tão ruim assim não fume, quem acha que é tão bom assim que fume, ou coma, ou vaporize. Coloquemos as sementes na terra e perguntemos ao criador, se ele quer que nasça. Que as leis criadas pelos homens que já passaram, passem junto com eles. E vamos parar logo com toda essa violência, tráfico e brutalidade policial a nossas crianças. Não precisamos disso.

    • Fran Fernandes Postado em 09/Jan/2014 às 10:46

      E o cigarro e o álcool??

    • Augusto Postado em 24/May/2014 às 10:54

      E a cachaça, tem mais efeitos deletérios ou efeitos salutares? E por que merece um tratamento diferente?

    • Marcos Postado em 05/Aug/2014 às 11:37

      "pois seu uso por jovens, que é a faixa etária mais susceptível ao uso, abre portas para um aumento da dependência tanto nesta droga, como em outras drogas pelo resto da vida"...e os jovens fazerem uso do álcool em suas noites, consumindo litros de whisky, vodka e outras bebidas mais fortes como o Jägermeister, que já vi jovem virando no gargalo não "abre portas para um aumento da dependência tanto nesta droga, como em outras drogas pelo resto da vida"? Pare de ser hipócrita!!!!

  28. Zé da boca de fumo Postado em 26/Aug/2012 às 10:05

    Estou contigo Henrique é melhor manter a ervinha do capeta proibida pois dessa forma eu não perco meus clientes que são muitos e sempre existirão,de onde vc acha que eu tiro dinheiro para comprar os policiais da minha favela sem dizer as balas da minha pistola alemã que nem a policia tem, vc acha mesmo que elas sejam baratas,ainda bem que a galera não se liga que diazepam da um barato pois se descobre ela é legal e se compra facin facin,ops falei de mais, a maconha tem que continuar proibida pois com o dinheiro do trafico eu e meus comparssas podemos elejer nossos candidatos dessa forma continuar num pais de malandragem o povo é burro alienado mermo por que em time que tá ganhando não se mexe né cumpadi! é melhor deixa como ta bala perdida num mata ninguem o que mata mermo é a fumacinha do capeta ! Mas se seu filho vier comprar e não pagar ah eu meto bala mermo, to contigo Henrique que graça vai ter o mundo sem trafico sem bala perdida sem crime organizado seria um mundo perfeito demais ass: Zé da Boca de fumo

    • marco Postado em 26/Jun/2014 às 16:19

      Que nada zé ! Ao liberar é que você ganharia mais dinheiro, a droga legalizada e vendida em lojas seria mais cara, ou seja, continuariam a comprar contigo a maconha mais barata além de que pode continuar a vender as outras e a ganhar com tv a cabo pirata,mototáxi, etc . è uma tremenda estupidez acreditar que legalizar maconha acabaria com trafico. Nada mais estupido do que pensar que legalizando isto acabaria.

  29. Alana Postado em 27/Aug/2012 às 14:30

    Até traficante anda acessando esse site ou é alguém querendo avacalhar?

    • Gleidson Postado em 10/Sep/2013 às 20:12

      Nem todos compartilham sua opnião, nem por isso são traficantes. Não fumo (nem cigarro), porém não sou contra quem fuma. Cada um vive a vida a maneira que lhe convém. Nos preocupamos muito com o que os outros devem fazer. Talvez deixar cada um seguir seu próprio caminho seja a melhor solução. Desculpe, mas não são os "traficantes" que atrapalham o site, são os rótulos impostos por seus leitores enfadados no seu conhecimento egoísta.

      • Bruna Postado em 12/Nov/2013 às 15:04

        Gleidson, se as pessoas tivessem um pensamento semelhante ao seu, viveríamos em um mundo melhor! Quem quer fumar, vai fumar, sendo bom ou não, proibido ou não. Ninguém é obrigado a fazer o que não quer, e cada um sabe o que é melhor pra si mesmo.

    • Eduarda Postado em 08/Nov/2013 às 17:30

      kkkkkkkkkkkkkk

  30. Alana Postado em 27/Aug/2012 às 14:35

    Como se só existisse o tráfico de maconha, né?

    • Tifany Postado em 08/Oct/2013 às 17:46

      Ih, Alana. Vai tomar sua ritalina, ou qualquer remedinho de tarja preta viciante ( que faz um bem danado) e deixa quem fuma maconha em paz. E vá rever seus conceitos e veja tudo que faz mal nessa vida. Você vai descobrir que está morta (só esqueceu de cair), assim como todos que respiram. Melhor! Cala a boca, 97%! Ignorância é mato!

  31. Damião Postado em 04/Sep/2012 às 23:17

    A maconha nada mais é do que um remédio NATURAL proibido pela pressão da indústria farmacêutica, que, aliás, não deveria fazer isso, pois tem milhares de produtos que combatem outros males que não os curáveis pela maconha. Deixem a erva em paz. Vamos acabar com a tragédia que é a proibição da maconha que, além do uso medicinal, serve para produzir, pasmem: alimentos, bio-combustível, roupas, tecidos sintéticos de características plásticas, cordas com a melhor qualidade existente (usadas pela marinha americana na segunda grande guerra), papel com impacto ambiental muito menor (afinal, em que tipo de papel está escrita a primeira Declaração de Independência do estado que deu origem à democracia moderna, os EUA?)e até casas!! A humanidade iria se beneficiar economicamente em escala exponencial com a sua legalização. Sem falar nos efeitos sobre a criatividade, a alegria, a sensibilidade artística e a diversão. Quanto aos nossos amiguinhos das indústrias da morte do cigarro e do álcool, esses não precisam se preocupar com a concorrência, infelizmente (ou felizmente para alguns) essas substâncias fazem parte da história e estão integradas à cultura humana tanto quanto a cannabis e seu uso não vai diminuir (como provou a Lei Seca americana). Só quem vai perder com isso serão os TRAFICANTES. Pessoas com tendências à esquizofrenia não devem mesmo fumar maconha, mas fazer disso um motivo para a proibição é o mesmo que proibir o açúcar e o sal com base no fato de que diabéticos em hipertensos não podem consumí-los (proibição "solidária" kkkk), sem esquecer o fato de que praticamente a humanidade inteira é viciada nesses dois pós brancos (açúcar e sal), que, aliás, matam juntos mais do que qualquer outra substância ("apenas" alguns milhões de seres humanos todos os anos). De qualquer modo, acho que vou comer agora mesmo um pedaço de bolo de chocolate, sabem, em nome de um princípio básico de sobrevivência: o princípio do prazer! (yeeahh! rsrs), No mais: muita felicidade a todos! PS: sim, eu fumo, há 23 anos, e nos dois concursos públicos que passei, nos primeiros lugares, usava a erva para descansar quando o estudo era estafante).

    • Libertária Postado em 08/Oct/2013 às 18:40

      Damião, mandou bem. Muuuito bem. A liberdade está na mão de quem age com consciencia. O mundo precisa de menos imposição e de mais informação.

    • Itala Postado em 04/Jan/2014 às 13:35

      Pois é Damião,concordo totalmente. Imagina os traficantes de sal e açúcar?Duas drogas do prazer mesmo!As pessoas falam ser saber o que é maconha!

  32. Oliveira Postado em 23/Sep/2012 às 20:11

    Fuma quem quer, quem não quer não fuma! Encomodados que se mudem. Que diferença faz a legalização da cannabis pra quem não fuma? Pra mim isso é coisa de quem tem vontade e não tem coragem por viver numa sociedade opressora, ditada por pessoas que querem mais que os cidadãos se fodam. Não sou contra nem a favor, todos temos livre arbítrio. E temos uma vida pra cuidar; a nossa; claro, cada um a sua! Não se encomode com o que alguém está fumando, ao invéz disso, vai lavar uma louça, roupa; varrer uma casa. Vai ter mais o que fazer... Pior que fumar maconha é ser vagabundo ou não ter nada melhor com que se preocupar.

  33. Lucas Postado em 05/Dec/2012 às 01:49

    Alana e Henrique, quando eu percebo que o nosso país tem mais gente como vocês do que pessoas sensatas e intelectualmente autônomas sinto que qualquer discussão sobre qualquer assunto possível é inútil. Fóruns, palestras, debates, simpósios... nada disso faz sentido nesses momentos. O mundo é dos babacas e eles vieram reivindicar a sua pilha de lixo. Eu me sinto mortalmente vencido e desestimulado a continuar lutando. Esse é o tamanho da preguiça que eu sinto por pessoas como vocês.

  34. LUCAS ROVER Postado em 05/Dec/2012 às 04:43

    não li comentários, não vou ler... só quero espalhar a folha da sorte _\|/_

  35. Drogas nem pensar Postado em 12/Dec/2012 às 02:23

    O canabidiol é um elemento químico presente na planta cannabis sativa, diverso do Tetra-hidro-canabinol (o THC, responsável pelo "barato" da droga), usado em países como o Canadá, na produção de um medicamento chamado "Sativex", usado para o combate da esclerose múltipla. Entretanto, a mesma revista afirma que o uso do Sativex que "alguns pacientes afirmam que o tratamento melhorou a qualidade de vida, enquanto outros não notaram diferença". Sendo assim, a conclusão lógica é que o lançamento no mercado de um medicamento envolto em tanta polêmica, o qual não tem um resultado científico conclusivo, é algo, no mínimo extremamente temerário, podendo induzir ao uso da maconha. Nessa linha, o Dr. Antônio Zuardi, entrevistado na matéria, afirma com propriedade que o uso de maconha de origem desconhecida são muito pouco previsíveis e ela não deve ser usada com finalidade terapêutica. A conclusão da pergunta da capa da Popular Science é a de que maconha faz mal, e muito mal; não é uma droga "inocente" como querem fazer seus apologistas das ONGs pequeno-burguesas. No passado, a cocaína foi usada como anestésico local, estimulante e antidepressivo. Logo se viu que os efeitos negativos superavam em muito os positivos. Esta experiência deve servir de guia para os experimentos e pesquisa com a maconha. Mas o que está comprovado é que o uso da droga vendida nas ruas é altamente perigoso e só serve como instrumento de alienação da juventude. Trecho da Revista Popular Science de março.

    • Lilian Postado em 31/Oct/2013 às 17:55

      você sabe que se você toma remédio, você usa drogas né?

    • Marcos Postado em 13/Dec/2013 às 03:21

      Esta ciência está caida. Sabe, quem vivencia.

  36. Naomi Postado em 22/Dec/2012 às 16:11

    Esse pessoal que curte cercear as liberdades dos outros me dá tanta preguiça. Não gosta de maconha não fume e nos deixe morrer e viver o jeito que quisermos, meu baseado não afetaria a sua vida se não houvesse uma guerra contra ele.

  37. Alvin Postado em 23/Dec/2012 às 11:19

    Gangsterismo significa dinheiro/poder concentrado.

  38. Pablo Vieira de Mendonça Postado em 28/Dec/2012 às 15:12

    Opa, opa, opa! O que vejo aqui? ( não digo de todos ) Um monte de copy-paste sobre a maconha. Hilário. Onde está a opinião formada? Álcool é droga, cigarro é droga, diazepam é droga, fluoxetina é droga, ritalina é droga, etc... e todas regulamentadas para nosso futuro brilhante! Um neurocientista foi muito sincero comigo e disse: "a diferença é ter ou não a Bula." Sabemos que 15% da população mundial tem tendência GENÉTICA de mudar a percepção, ao longo da história da humanidade vemos isso. Vamos exterminar essa gente? Vamos obrigá-los a se entupirem de anti-depressivos questionáveis? Vamos obrigá-los a continuar enriquecendo a DESGRAÇADA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA que no fundo quer a doença, pois gera lucro? Ora, ao Demo isso! Proibir uso de drogas fere o direito INALIENÁVEL do cidadão sobre SUA VIDA, tanto é que se uma pessoa TENTAR SUICÍDIO e sobreviver, não é preso. O combate ao narcotráfico é um CÂNCER. Não deu certo e nunca dará. Morrem muito mais pessoas nessa guerra idiota do que pela própria droga. A polícia não dá conta mais e se corrompeu quase por completa nesse assunto. Eu sei de lugares na minha cidade que funcionam com AVAL de certos policiais que vão no morro pegar a propina no fim do expediente e um cadinho de pó, maconha, etc... Sou contra o LOBISMO da DROGA, mas sou a favor da descriminalização. A tempo, quando chegarmos nos 70 anos e virmos nossa pele enrrugada, e sentirmos nossos corpos mais encurvados, poderemos afirmar sem medo: Fui dependente químico de oxigênio e ele me oxidou. Abraços.

  39. Pablo Vieira de Mendonça Postado em 28/Dec/2012 às 15:14

    3% foi de uma Ironia ótima! kkkkkkkkk

  40. Daniel Maconheiro com Orgulhoi Postado em 28/Jan/2013 às 12:46

    Salve a CANNABIS E OS 3% das pessoas que usam, seja diariamente ou recreativo e quem gosta de encher a cara, fumar cigarro , vai se contaminar por outras bandas...Fuma quem quer..ou seja os 3% da elite!!! Aprendam a interpretar testo. Vc´s fazem apologia ao ÁLCOOL, CIGARRO com mulheres bonitas em suas propagandas, leiam um pouco e aprendam q a CANNABIS É usada desde 5000ac...O álcool mata mais que o tráfico. ESSE SENHOR SÓ DEU A OPINIÃO DELE sobre um remédio natural que ele usa diariamente. Quero ver vc´s que curtem encher a cara e beber todo dia..Qts anos vc´s teriam de vida? Já viu maconheiro morrer? Só se for de fome!!! Hipocrisia du caralho.

  41. Ricardo Postado em 18/Mar/2013 às 15:06

    ALANA, digna de desprezo é VOCÊ, julgando as pessoas pelo que elas fazem da sua vida! Parece que já não tem uma pra cuidar... "Tirando a substância isolada da maconha, que é o tetrahidrocanabidiol, não vejo benefícios". Mas é CLARO que você não vê benefícios, você NÃO QUER vê-los! O preconceito impregnado na nossa sociedade é muito forte, eu até te entendo. Se você quisesse se informar um pouco, saberia que a fibra da Cannabis é muito mais resistente, leve e barata do que qualquer fibra de uso comercial hoje em dia; saberia que até o século XIX quase todas as cordas e velas de barcos eram feitas de fibra de Cannabis; a imigrção alemã aqui no RS iniciou com a Real Feitoria do Linho Cânhamo, uma empresa da Coroa Portuguesa que plantava Cannabis para fazer corda, linha, papel, roupa... isso só pra falar da fibra, que é UMA das utilidades da planta pra nós; nem vou entrar na discussão se o THC faz mal ou não... foi de sangrar os olhos o que vocês escreveram aqui!

    • Juca Postado em 31/Oct/2013 às 12:25

      Ricardo se não tem benefícios, não tem e ponto final. Não é uma questão de "ver". Comprove os benefícios, mostre algum estudo sério sobre isso. Não tem, o que se tem é achismo e pronto.

    • Revoltado Postado em 10/Nov/2013 às 16:00

      por isso a bíblia eh feita de cânhamo, facilitando os usurários cada dia mais!!ahsuahsua (apenas uma piada)

    • Elisa Postado em 11/Nov/2013 às 16:08

      É isso aí !!

  42. Ricardo Postado em 18/Mar/2013 às 15:07

    O Zé Celso está certíssimo, "97%" da população deveria calar a boca sobre esse assunto.

    • Juca Postado em 31/Oct/2013 às 12:28

      Ricardo, mais uma vez; comprotamento padrão de dependentes químicos: "- EU estou ceto e a MAIORIA está errada!". Comportamento megalomaníaco que não condiz com a real perspectiva, porém em total sintonia de quem vive fora da realidade.

  43. Fabiano Postado em 04/Apr/2013 às 15:55

    meu deus... quanta burrice!!! E eu percebo que somente os que são contra, que falam sem saber, sem justificar suas fontes, ficam balbuciando MITOS E LENDAS DO TEMPO DA CAROCHINHA AQUI. Se maconha afetasse a memória, eu não ia saber nem meu nome, pelo tanto que fumo a tanto tempo. Sou especialista em TI, tenho uma vida super saudável, fumo impreterivelmente TODOS OS DIAS, as vezes chego a fumar até 4 baseados em um dia. Tenho família, filho, muitos amigos, minha vida é um livro aberto, todos sabem sobre meus hábitos. Minha memória, cada vez melhor... sempre estou estudando e aprendendo novas linguagens e técnicas. Já foi provado que a maconha NÃO DESTRÓI NEURÔNIOS, kct! Muito pelo contrário, nosso cérebro é naturalmente um sistema canabinoide! Não sabe o que é isso, pesquise em uma fonte adequada... Se eu sou vadio por causa disso? Trabalho mais de 15 horas por dia, pedalo quase todos os dias, tenho uma vida extremamente ativa! E nada como fumar uma flor ouvindo a um bom jazz... e relaxando... nada melhor! Agora não, os ESPERTALHÕES DA INTERNET DONOS DA VERDADE, QUE NEM SABEM O QUE ESTÃO FALANDO, vão procurar qualquer comentário absurdo na internet pra copiar e colar aqui... ACORDA ZÉ MANÉ! Minha vontade é de pegar uma revista veja, enrolar, e enfiar bem no meio do seu ouvido... pra não ser mais grosseiro, mas você espertão entendeu. É por isso que temos os governantes que temos, como o Feliciano por exemplo... eles são reflexo do povo próprio povo que os elegeu... infelizmente... um bando de intolerantes de merda, que não sabem nem seguir os seus próprios dogmas, e ainda querem falar para os outros como eles devem viver... Eu odeio esse país... o povo TOMA CACHAÇA, CERVEJA, COME SÓ MERDA, SÓ SABEM SE METER NA VIDA DOS OUTROS, BANDO DE ACOMODADO, METIDOS A SABEREM TUDO, roubam TV a cabo, fazem de tudo pra sonegar e foder com o próximo, falsificam receita médica, tomam ritalina com cachaça, matam pessoas na rua dirigindo embriagadas... GASTAM BILHÕES COM ESTÁDIOS PRA 2, 3 JOGOS, ENQUANTO MILHÕES DE CRIANÇAS NO PAÍS RECEBEM UMA EDUCAÇÃO DE MERDA... elegem um TIRIRICA PRA PORRA DO GOVERNO, mas não - maconha faz mal. Sim, não temos nada mais importante pra discutir... Ó povo brasileiro cheio de inteligência... SE VOCÊ PENSA ASSIM: PARABÉNS. UMA COSTELA DE PORCO FAZ MIL VEZES MAIS MAL PRA VOCÊ SEU IMBECIL. Uma lata de coca cola te dá uma injeção de componentes extremamente concentrados, que também te faz um mal da porra... mas a ignorância, a facilidade com que o povo se encanta com as falácias do senso comum, é exatamente proporcional aos problemas que temos no país... coca cola é coca cola né... Agora a minha pergunta: por que o ser humano é tão opressor ? Por que DIABOS CADA UM NÃO PODE FAZER O QUE QUER FAZER? PRA PENSAR - SÓ OPRIME AQUELE QUE NUNCA FOI OPRIMIDO.

    • Marcos Postado em 03/Sep/2013 às 12:21

      Cara, Não estou dizendo nem contra nem a favor, mas por sua lógica, ou todas as pessoas são alérgicas a camarão, ou nenhuma é. O que não é verdade. Conheço gente obesa que não tem pressão alta e gente magra que tem. O ser humano é único, e nesse contexto há regras e exceções. Penso que só a pesquisa exaustiva pode ser conclusiva.O que percebo é que muitos advogam em causa própria, sem revelar os reais interesses.Mas chamar os outros de Zé Mané e imbecil , principalmente em caixa alta , revela muito sobre você!

    • Dai Sória Postado em 01/Nov/2013 às 20:27

      Fabiano, tirei meu chapéu pra vc! Se tivéssemos mais cidadãos brasileiros pensantes como vc, com uma linha de raciocínio tão lógica e limpa, com toda certeza teríamos um país melhor para se viver! E viva o Uruguai!!!! =D

    • Brother do Fabiano kkkkk Postado em 10/Nov/2013 às 16:11

      Boto muita fé nisso que vc falou cara, se as pessoas parassem um poco pra prestar atenção noq elas tao falando, e de onde elas tao tirando isso, talvez nao estariam falando merda,mas acontece que se a sociedade fala que maconha n é legal, ela acreditam e é isso ae, nao buscam nenhum tipo de fonte pra saber mais sobre o assunto, cada vez mais alienadas, elegem o tiririca falando que era uma forma de protesto, protesta certo entao porra!!! que raiva dessas pessoas que tem a mente fechada pra tudo, mas to contigo brother!!

    • Fwrnanda Postado em 10/Nov/2013 às 17:12

      Arrasou Fabiano!!! :D

    • Anne Frank Postado em 15/Nov/2013 às 03:50

      O seu comentário, sincero e justificável, quase me fez levantar da cadeira, como forma de apoio e respeito à sua indignação.

    • OSKARNETTO Postado em 14/Jun/2014 às 08:28

      Não fumo , mais gosto do aroma e acho, que deveria sim liberar. Já que não conseguem identificar de quem é uma Aeronave com 450 kg de cocaína. Então libera a Maconha sim. Tem meu voto.

  44. Marcus Postado em 24/May/2013 às 13:26

    Falou certo Fabiano!! concordo contigo, é como as pessoas darem palpite do seu carro sem ao menos ter um.. fumo pq eu quero..pq eu gosto.. se fosse permitido plantar não necessitaríamos comprar no mercado negro.

    • Juca Postado em 31/Oct/2013 às 12:35

      Conheço um monte de DQ que falavam exatamente isto que vc fala.

  45. Peterson Ronaldo Postado em 24/May/2013 às 13:54

    Cada um sabe o que é melhor para si... baseando-se nas percepções e sensações...

  46. daniel Postado em 24/May/2013 às 14:16

    fume um e parem de reclamar

  47. Danilo Postado em 24/May/2013 às 14:53

    pelo visto ninguem aqui sabe quem é Zé Celso ...... assitam ao menos uma peça dele e veras sua metodologia de mostrar ao público o quanto somos seres de mentes pequenas. (fumo a erva todos os dias, sou formado em teatro e TI ) Fabiano concordo plenamento com tudo oque vc disse

  48. João Postado em 24/May/2013 às 16:00

    Olha, o comentário acima está falando blá blá. blá blá é mimimi e não blá blá... "Estudos xxx comprovam que blá blá é mimimi..." Fodam-se os estudos e acredite no seu instinto... quer fumar está merda? Fuma. não quer? Sai de perto. O "mundo" está aí para ser compartilhado, se não quer, abra mão de seu espaço.

    • Juca Postado em 31/Oct/2013 às 12:36

      Isso aí João, mostre que seu cérebro de estrume serve pra algo mais do que feder KKKKKKK

  49. James Postado em 24/May/2013 às 16:52

    Independente do uso da substância, que é contra é ignorante.

  50. Vilker Postado em 26/May/2013 às 13:08

    Não sejamos hipócritas!!! A sociedade brasileira é usuária de drogas, seja legais ou ilegais; ninguem vai mudar isso!!! Agora o problema maior que se deve discutir é: legalizar ou nao legalizar? Todos sabemos que os gastos públicos milhonários com o combate ao trafico de drogas (bem como nos EUA) tem resultados irrisórios!!! A violência gerado pelo mercado ilegal gera muitas mortes por causa da luta pelo monopolio de explorar esse ramo lucrativo, por isso o uso de armas em todo lugar é uma regra!! Será se tiver um lugar específico espalhados por ai nao resolveria esses problemas? Afinal, a sociedade gosta dessas porcarias e nao tem jeito de reprimir isso!!

  51. Eliana Postado em 27/May/2013 às 14:28

    Engraçado... se maconha não é droga, por qual motivos os pacientes chegam no pronto socorro, irritados, nervosos, em crises de abstinência, apresentando temperatura axilar elevada, urinando nas roupas, vômitos, isso quando não chegam abusadas sexualmente... e não venham me dizer que é mentira pois eu trabalho na emergência há muitos anos e sei a diferença de usuário de maconha, crack, cocaína, álcool e etc , depois quando passa o efeito eles me respondem que nunca mais vão usar e entram em choro compulsivo???

    • joao Postado em 01/Sep/2013 às 23:30

      que piada

    • zeca. Postado em 02/Sep/2013 às 19:32

      Vc deve estar tendo contato cm a minoria , c eh q ela existe. Quem fuma maconha n apresenta esses tipos d comportamentos! Esses efeitos são consequências do consumo d álcool, cocaína, crack e outras. Ou seja, estão enganando profissionais da área de saúde, isso significado q nossos profissionais estão precisando receber capacitação.

    • Leandro Postado em 02/Sep/2013 às 19:32

      Mentira

    • Izabella Postado em 02/Nov/2013 às 21:47

      Gata, cê tá é louca.

    • Fernanda Postado em 10/Nov/2013 às 17:17

      Ah tá! Realnente vc conhrece a diferença entre macinha, crack, cocaína etcs. Está beeeeeeem evidente no seu discurso o grau profundo do seu conhecimento... Hahaha!!!

    • Fernando F. Postado em 03/Dec/2013 às 08:08

      Vai fumar uma tora e me conta se você vai parar na sua emergência com algum desses sintomas...ou então, faz melhor...aproveita o meio médico e faz um teste de urina ou de sangue em cada um dos pacientes nesse estado, que dizem ter fumado só maconha pra ver quantas substâncias serão encontradas...acorda!

    • Leandro Silva Postado em 04/Jan/2014 às 04:48

      Tenho 30 anos, e nunca vi algo além de pressão baixa e nos piores casos um pouco de paranóia. Agora o que já vi de bêbado dormindo na Rua, batendo de carro, entrando em coma. Nossa, incontáveis.

    • Dani Postado em 28/Feb/2014 às 11:02

      Amiga, eu também trabalho na área da saúde, pronto socorro e já passei por CAPS e tudo mais, e vou te falar: alguém te enganou!! Se esse paciente chega pra você assim pode ter certeza que ele utilizou algo a mais e está mentindo pra não passar vergonha, pra não ficar com cara de quem usa droga pesada. A única coisa que maconheiro sente é fome, no máximo ele ia chegar em crise hipoglicemica, laricado, querendo um pãozinho com soro glicosado que fosse. HAHA que piada. Para de ser ignorante e vai estudar direito, porquê tudo que o Brasil precisa é de profissionais mais capacitados e que se importem com a saúde do próximo. Se eu fosse você ia estudar um pouco sobre a política do Ministério sobre redução de danos.

    • Fabio Postado em 22/May/2014 às 18:35

      E vc acreditou que era maconha? Tadinha, vergonha alheia agora. Kkkkkkkk

    • Paulo Postado em 23/May/2014 às 14:10

      A tantos anos na emergência e ainda na ignorância....

  52. Augusto Postado em 27/May/2013 às 18:17

    "Falou o expert em drogas psicoativas" Alana, você é só mais uma influenciada pela cultura de massa. Seus métodos de pesquisa: Wikipédia. Qualquer um com cadastro pode escrever lá. Não julgue algo sem conhecer.

  53. Débora Postado em 04/Jun/2013 às 14:48

    Concordo plenamente! (e esses 3%, só na ironia mesmo! todo mundo fuma um!)

    • epifania Postado em 14/Nov/2013 às 01:20

      todos fumam? aiaia

  54. ô loko brother! Postado em 20/Jul/2013 às 11:13

    Enquanto tomo meu café da manhã com pão de milho (feito com farinha de trigo transgênica e aroma de milho idêntico ao artificial), lendo alguns comentários sobre o texto de José Celso, me veio à mente a lembrança do comentário de um infeliz numa rede social que, insatisfeito em simplesmente ser homofóbico, justificou sua pretensão em normatizar o modo como as pessoas se divertem com seus corpos e orifícios com a constatação de que a prática do sexo anal causa infecção vaginal. Véio, na boa, prótese de silicone pode causar males pós-operatórios, interações medicamentosas podem matar alguém, carros na rua tornam os pedestres vulneráveis a graves danos físicos, alimentos transgênicos e provenientes da indústria bioquímica causam câncer. Por que não questionar também a massificação e o incentivo a essas práticas? Engraçado, esse tipo de escolha – quantos ml de silicone colocar, qual marca de carro comprar, qual wiski tomar etc. – é “liberdade individual”, já, o que fazer com meu corpo, aí é decisão das autoridades... Qualquer prática humana pode ser justificada, por piores que sejam suas conseqüências, QUALQUER MEDIDA DE MARGINALIZAÇÃO DE GRUPOS HUMANOS E PRIVAÇÃO DE DIREITOS PODE PARECER PLAUSÍVEL QUANDO JUSTIFICADA POR UM DISCURSO CIENTÍFICO E NORMATIZADOR, como o dos vendedores de receitas médicas financiados pela indústria farmacêutica, por exemplo. Nenhum médico está em posição de decidir por mim quais práticas eu não devo empreender. F0d@-se se a maconha f0d3 meu pulmão, a escolha é minha. Eu não encho o saco de nenhum proprietário de automóvel particular para que pare de andar de carro e f0d3r meu pulmão contra o meu consentimento, bem como a todo o ambiente ao seu redor – inclusive as longínquas florestas transformadas em pastos de biodísel que alimentam seus carros. F0d@-se se a maconha pode causar problemas psíquicos, a vulnerabilidade que o capital impõe a quem não se preste ao engajamento em nome do “progresso” econômico f0d3 minha psique muito mais. Vá até um posto de saúde procurar um pneumologista ou um psiquiatra e comprove a preocupação dos administradores públicos com sua saúde pulmonar e psíquica! (Se por algum milagre você conseguir ser atendido não se impressione se te receitarem alguma droga que cause efeitos colaterais e sequelas não divulgados ou um pouco piores que as da maconha – mesmo que misturada com esterco). Tá vendo, se eu tivesse fumado maconha logo ao acordar não teria ficado tão irritada com as asneiras dos cordeirinhos higienistas, que insistem em não se calar

  55. Ale Postado em 30/Jul/2013 às 18:22

    Resumindo, cada um tem suas escolhas. Prefiro fumar um ao invés de: desrespeitar o proximo, ficar nervoso, falar mau dos outros Aceitar insultos, etc etc etc.. Sou o que sou e ninguem vai me mudar, por que eu tenho um estudo contra o vascilão !!!!

  56. Mônica Postado em 30/Aug/2013 às 14:33

    3% se declara usuário, uns 30% não tem coragem de assumir, são os famosos hipócritas, já dos 67% que restam sabem sobre o efeito de outras "drogas" como café, coca-cola, mc donalds, alcool.... O que não é apologia??? Vejo diariamente trabalhadores as 5, 6, 7 horas da manhã com um cigarrinho de maconha indo trabalhar...

  57. Pablo Postado em 02/Sep/2013 às 18:07

    Tem muito médico sabidão que acha que entende alguma coisa sobre a Santa Maria, mas não sabem é nada. É colocar a mão na consciencia e deixar de ser hipócrita.

  58. Morena Postado em 03/Sep/2013 às 12:31

    Quanta ignorância desse povo , que não sabe o que esta falando ... estamos ai com uma invasão absurda de crack , existem lugares que fazem o tratamento com a maconha para tirar o vicio do crack e funciona , e mais, o que segura a boca de fumo e maconha , uma vez liberada os traficantes com certeza teriam mais dificuldades de vendas de outras drogas ... porque países desenvolvidos e em desenvolvimento já liberaram ?/ mas não , os brasileiros são atrasados mesmos e se acham entendedores do assunto e só se fodem no final ...

  59. Rodrigo Postado em 03/Sep/2013 às 22:46

    Criminalização do consumidor, é disso que o país precisa!

  60. André Postado em 04/Sep/2013 às 11:46

    Então nos devemos calar sobre a ingestão de soda cáustica?

  61. renato Postado em 05/Sep/2013 às 09:47

    CoF...CoF...cOf....Meu senhor dos passos errantes, quanta fumaça aqui. Credo o que esta acontecendo, e fedida.Cof.Cof.Cof. Minha cof...opinião sobre ...cof...isto.... Quem não consegue ser feliz por algum desequilíbrio, Homosexual com duvidas, gente que sente muitas dores com doença terminal, cof...., gente que não é descolada. Que já perdeu o bonde, que já maltratou os pais por causa da Cof....., que perdeu a namorada para o melhor amigo, que quer experimentar coisas novas fora ser homosexual, cof...cOf...., todas estas pessoas podem fumar maconha, conforme praticas do Mercado, e como já o fazem, ( fazem com lei ou sem lei), Mas não podem pedir para o governo pagar a conta, existem setor como a educação e saúde que precisam deste dinheiro. Eu quando sinto cheiro de maconha, atravesso a rua, que é para não incomodar o maconheiro. Saudação a todos e espero que não consigam nada do governo. Há varias práticas naturais que dão cadeia. Sair com uma mulher, se não for a sua, cadeia é pouco. Sair com dinheiro, se não for seu cadeia, sair de carro, se não for o seu cadeia. Achar a vida maravilhosa, se não for a sua..cof.....cadeia..

    • Dani Postado em 11/Dec/2013 às 12:36

      Bravo Renato! Sem contar que o governo liberando a alienação (sim, pq somente a dita elite é polticamente conciente) não converterá os gastos com o combate ao tráfico em investimento em hospitas para tratamento específico para a dependência das demais drogas que sucedem ao vício da cannabis. Educação e concientização minimizam polêmicas, mas estamos falando de um governo que nunca irá priorizar educação.

  62. Betina Postado em 05/Sep/2013 às 13:40

    Triste ler algo assim de um homem que com 75 anos, deveria ser mais sábio. Ele praticamente idolatra uma droga. Não existe coisa mais absurda que isso. Maconha, assim como cigarro, bebidas alcoólicas e drogas pesadas são todas DROGAS, e só Deus sabe porque as pessoas ainda precisam dessas coisas para se sentir bem. Tristeza.

    • Leomar Postado em 10/Nov/2013 às 16:22

      se vc acha qe a maconha eh uma droga, pare de tomar os seus chás de camomila, de hortelã e o caralho, todas essas coisas vem do msm lugar, precisam das msm coisas, sao seres vivos, droga é tudo aquilo que o HOMEM faz, maconha eh uma simples planta, que devido ao preconceito desnecessario, nao te sido valorizada por ninguem , muito menos por pessoas de seu intelecto, só por que o senhor tem 75 anos e fuma maconha n quer dizer que ele n é sabio, maconha n deixa ninguem burro, pelo contrario, ativa o lado direito do cérebro, que é o lado criativo do cérebro, se nao acredita, vá pesquisar e acabe com esse seu preconceito babaca com uma coisa que veio do msm lugar que uma ROSA!lol

    • Fernanda Postado em 10/Nov/2013 às 17:22

      Querida se informe sobre quem é esse senhor q vc passará a sentir tristeza d vc mesma! Como esse senhor MUITO BEM disse: se vc não faz parte dis 3% é melhor calar a boca!!! :)

  63. Raphael Postado em 06/Sep/2013 às 17:02

    Sabe o que é mais triste? Sermos uma sociedade alcoólatra e sermos ao mesmo tempo tão hipócritas quando o assunto é maconha. Qualquer vício é doentio! Alguém tem dúvida que somos todos viciados?

  64. Beto de Faria Postado em 16/Sep/2013 às 12:43

    Eu fumo maconha e sou muito feliz. As pessoas que fumam que eu conheço são pessoas muito equilibradas. Acho de uma caretice e hipocrisia gigantesca falar mal da maconha e se afogar em coca cola.

  65. Thiago Teixeira Postado em 16/Sep/2013 às 14:56

    Beto. O problema não é a droga em si, mas o tráfico. Acho que deveria ser legalizado a plantação. De cada um tivesse seu vasinho em casa, fumado seu Beck e ficado de boa, não teria tantas mortes e produção de B.O.

    • Eduardo Abreu Postado em 26/Nov/2013 às 21:01

      e que cada um se virasse com os efeitos sobre o organismo, sem se jogar nos braços da sociedade quando a dependência deixar de ser barato.

      • Paulo Postado em 23/May/2014 às 14:14

        "se jogar nos braços da sociedade....", vai dar uma volta na Cracolândia, entra na realidade. eu que fumo e ele que fica marcando....

  66. Antonio Silva Postado em 17/Sep/2013 às 08:33

    Segundo estudos, maconha inalada faz mal sim. Mas comparada ao cigarro e o álcool, o dano produzido pela maconha ao organismo é desprezível. Se a questão toda é o mal que faz, então deveriam acabar com as bebidas alcoólicas, o cigarro, as comidas gordurosas, alimentos cheios de açúcar e sal em demasia, além dos remédios com seus muitos efeitos colaterais. TUDO ISSO também faz mal. Se faz mal, cabe a quem quer usar ter consciência do que faz, não aos outros decidirem. Ou será que o bacon deveria ser proibido para você pensar mais no seu coração? A guerra contra o tráfico é uma batalha há muito tempo perdida, que já levou muitas vidas em vão. O tráfico só tem aumentado e ao invés do governo lucrar com impostos, gasta-se cada vez mais com polícia, presídios, etc. O custo do combate às drogas é altíssimo em todos os países, principalmente nos Estados Unidos. Está beirando o insuportável. Legalizar não é liberar. Legalizar é tornar disponível, mas com restrições severas em relação à quantidade que pode ser comprada e a idade de quem compra, para evitar que jovens em formação façam uso.

    • Kensy Froid Postado em 18/Sep/2013 às 19:14

      Maconha faz menos mal que gordura trans... se vacilar, faz menos mal que cotonete! muitos otorrinos são radicalmente contra seu uso... Vamos proibir hoje o uso de cotonetes... e amanhã vamos ver um monte de traficantes de cotonete nas esquinas...

  67. Pereira Postado em 17/Sep/2013 às 15:57

    Tenho 52 anos, sou locutor e produtor de rádio, formado em Jornalismo. Tenho nível de informação acima da média, já que cresci em seio familiar onde a leitura era, e é, artigo obrigatório. Tenho o respeito de dos meus amigos que são exatamente àqueles que não se intrometem em minha vida. Fiz exames cardíacos não tem mais de dois meses (Ergométrico, Holter, Eletro, Eco) todos indicaram normalidade, minha pressão arterial é de 12/8, corro todos os dias da semana antes do sol nascer, pedalo, faço assessoria para empresários e políticos, organizo cerimoniais e eventos. Gozo plenamente a vida e sou defensor voraz de meus direitos e cumpridor de meus deveres, não fumo cigarros e sequer consumo álcool. Fumo maconha desde os 16 anos. E nunca permiti que ninguém me questionasse disso, sempre dispus do dinheiro para faze-lo, nunca vivi em aba de outrem. Abaixo a hipocrisia que grassa neste país de cachaceiros mal alimentados. Haja ganja para atura essa quantidade de asneiras baseadas em copia e cola. Vá se ferrar! Fumo sim. Gostaria mesmo de comprar na tabacaria da esquina, mas não podendo, tenho meu fornecedor em domicílio. "Você pode fumar, baseado em que você pode fazer quase tudo".

  68. Rich Postado em 18/Sep/2013 às 17:58

    -Maconheiro fazendo apologia ao uso da maconha?!

    • Fernanda Postado em 10/Nov/2013 às 17:24

      E vc ta fazendo o q aqui????

  69. Marcelo Postado em 20/Sep/2013 às 09:46

    hahahahahha

  70. Luiz Francez Postado em 03/Oct/2013 às 11:06

    O único mal social causado pela maconha é aquele relacionado ao preconceito aos usuários. Partindo dessa premissa, penso que devemos focar no seguinte: Cada um cuida da sua vida!

  71. Franco Pontes Postado em 03/Oct/2013 às 13:08

    Não sei se vocês já leram sobre o assunto, mas nossa dieta contém açúcar em excesso! Pode causar obesidade, cáries nos dentes e diabetes! O ar de muitas cidades provocam acessos de doenças respiratórias, câncer de pele e catarata! O número de casos de câncer vem crescendo devido o aumento no consumo de substâncias artificiais e sintéticas! A hipocrisia e o falso moralismo causa demência!

  72. Dennis GG Postado em 08/Oct/2013 às 16:21

    Fumar maconha é muito bom, mas somente se for do verdinho, o "camarão" natural, porque essas coisa prensada que vende nas bocas por aí, só serve pra dar aquela dor de cabeça desnecessária. Quem nunca fumou nesses termos que coloco, que faça o quanto antes e descubra que foi enganado por toda uma vida quanto à suposta nocividade da maconha. Afinal de contas, carne vermelha faz muito mais mal à sua saúde a para a do mundo todo: extensas áreas de pasto tomam lugar da agricultura diversificada no mundo (geralmente nos países periféricos, como o Brasil, campeão nessa desgraça, inclusive), para alimentar o boi nosso de cada.dia. Milhares de pessoas são empurradas para as periferias (e muitas vão vender maconha e outras substâncias muito piores) por conta do nosso "churras de fds". Mas como comer carne não é crime (embora devesse ser, por tudo de pior que proporciona ao planeta, do cultivo do boi, ao seu prato) ninguém se preocupa com o tema. "Branquin" só vem encher o saco quando falam da minha erva natural.

  73. Lecy Ribeiro Postado em 09/Oct/2013 às 12:49

    pelas postagens, sabemos quem é viciado em maconha e quem não é. Bem, só sei de mim. Não preciso de droga nenhuma para me fazer feliz ou para me dar força para enfrentar meus problemas. Deus está comigo e me supre de tudo o que preciso para passar por esta vida. Que vocês possam deixar de ficar defendendo suas opiniões perante os outros e se preocupem mais em fazer uma verdadeira análise sobre o que realmente é bom para você e o que não é, lembrando que não se pode plantar arroz e colher alface. Podemos plantar o que decidirmos, mas teremos que colher os frutos do que plantamos. é uma questão de você com você mesmo. Vire os olhos para dentro e boas escolhas.

  74. André Postado em 09/Oct/2013 às 14:33

    Uma discussão inútil está sendo travada aqui. Alguns atacando a erva e outros defendendo-a. O que todos aqui se esquecem é o livre desejo INDIVIDUAL, de quer ou não usar a erva. Se ela faz mau ou não, isso vai importar SOMENTE para o usuário, senão devemos criminalizar também a cerveja nossa de cada dia, que é notório que causa muito mais problemas que a erva. Deixem de hipocrisia!!!!!!! Eu sou usuário a mais de 15 anos e nunca deixarei de usar essa erva que para mim é de grande ajuda tanto espiritual quanto psicossocial.

  75. Maria Amaral (RJ) Postado em 16/Oct/2013 às 09:07

    Esse José Celso deve achar que é o modelo para o resto dos mortais! Fala como se todas as pessoas fossem iguais a ele, não consegue perceber que as pessoas são diferentes dele. Se não é viciado, acha que ninguém é. E não é porque a pessoa nunca experimentou a droga que não vai poder opinar, pois experiências subjetivas não tem valor científico, além do fato de que todos aqueles que usam essa droga obviamente sentem imenso prazer nisso, se não o sentissem não procurariam usá-la novamente depois da 1ª experiência. E a imensa maioria dos trabalhos científicos sérios afirma que a droga vicia (claro que há exceções), afeta a memoria e pode deflagrar esquizofrenia em pessoas predispostas, principalmente quando o indivíduo começou a usá-la no começo da adolescência. Todo viciado faz a apologia da droga, êta narcisismo da peste!

  76. Marco Postado em 30/Oct/2013 às 01:05

    Primeiro, as pessoas reagem de forma ímpar a qualquer tipo de substância que afeta o sistema nervoso central. Segundo, os benefícios da droga em remédios são uma coisa, fumar a erva é completamente outra, e não precisa ser um gênio pra saber disso. Você pode fumar qualquer merda que só a queima + fumaça vai fuder seus pulmões. Último, o Brasil não tá pronto pra legalizar essa merda, a cultura não permite tal ato, falta amadurecer muuuuuito ainda!

  77. natys Postado em 30/Oct/2013 às 16:13

    FALAM TÃO MAL DA MACONHA...e essas pessoas GERALMENTE TOMAM UM CERVEJINHA...alguém ja se perguntou do seus males?e pq bebida alcoólica é liberada?eu nunca vi um maconheiro atropelar alguém...mais sempre vejo um bêbado atropelando uma vitima inocente...batendo nos outros e fazendo escândalo...E isso n seria um efeito pior no organismo pois causa alterações na coordenação,distúrbios,confusões bem mais prejudiciais...e a maconha???

  78. Marcelo Postado em 31/Oct/2013 às 12:48

    A maconha é bem menos viciante q as bebidas alcoólicas em geral e o cigarro. Não faz sentido algum a maconha ainda não ter sido legalizada. Se legalizassem, a maconha não daria tantos lucros aos traficantes, pois assim acabaria com o oligopólio da maconha e aí quem quisesse usar poderia comprar com outras pessoas ou produzir em casa. Outra coisa q deveria ter sua produção legalizada tbm é o cânhamo(variedade da Cannabis) q pode substituir com vantagem o algodão na produção de diversos produtos.

  79. Danielle Postado em 31/Oct/2013 às 17:00

    Haha, é engraçado essa discussão, porque as drogas ilegais de hoje em dia foram descobertas para uso medicinal... As pessoas esquecem que quando vão nas farmacias, o que eles vendem são drogas, e são de uso medicinal... Os remédios que todo mundo toma, tem efeitos colaterais, TODOS eles, maconha não é diferente, tudo tem um lado bom e outro ruim galera, o que faz a diferença é os % que acabam sofrento esses efeitos ruins. Da pra fazer roupa com maconha, combustivel, da pra fazer muuuitas coisas, talvez até mais coisas que ainda não foram comprovadas! Se fosse legalizado eles podiam pesquisar e vender uma maconha de maior qualidade, onde esses efeitos ruins até pudessem ser retirados, mas a ilegalização é por conta de um jogo politico, assistam o documentario "Quebrando Tabu" para entender. Tem pessoas falando de psicodelia... Se for assim, benflogin é um remédio e, dependendo da forma como é ingeida, também da esse efeito, até AS pode dar um efeito colateral desse tipo, e são remédios! Tem um outro também, o Plavix, serve para problemas cardiacos, mas um efeito colateral que pode acontecer é hemorragia interna: http://www.medicinanet.com.br/bula/4136/plavix.htm tem que abrir a cabeça... Pessoas que fumam maconha não matam as outras porque acabou a erva, e quando estão na brisa não matam umas as outras, já o alcool é legalizado e nem preciso comentar né? Quantas pessoas morrem por ano por causa de acidentes de carros, homens que espacam mulheres porque estão alcoolizados... São fatos. Ninguém é obrigado a fumar, mas pelo menos abra a sua mente para que toda história tem 2 lados (:

  80. Anonimo Postado em 31/Oct/2013 às 17:06

    Frases grotescas e não politicamente corretas deste senhor. Mas, é um ponto de vista a ser considerado.

  81. Samir Postado em 31/Oct/2013 às 18:09

    Allana Querida, Poderia dormir sem essa.

  82. Alguem Postado em 31/Oct/2013 às 21:46

    claro, isso faz muito sentido, então para ter uma opnião formada sobre a quantidade de transito no brasil, por exemplo, antes eu tenho que ter sofrido algum acidente para ver se é viavel ou nao aumentar a segurança no transito, isso faz muito sentido, muito mesmo.

  83. Nikki Postado em 01/Nov/2013 às 13:02

    O único senão da argumentação desse senhor é que, quando ele compra a sua maconha, sustenta o crime organizado, e parece que poucos ou ninguém se lembrou desse "pequeno" detalhe, que arrasa com qualquer sociedade. Aliás, seguindo a linha de raciocínio dele, quem não sabe escrever direito, os x% analfabetos funcionais e os que cometem barbáries ortográficas e gramaticais, deveriam ficar igualmente quietos nos seus cantos, porque não teriam o direito de manifestar suas opiniões.

  84. Um ex-usuário de maconha Postado em 01/Nov/2013 às 14:55

    Zé Celso, tenha responsabilidade do alto dos seus 75 anos! Lembre-se da frase do Millôr: "Toda generalização é burra, menos esta."

  85. SARAH VILELA Postado em 01/Nov/2013 às 18:20

    Eu fumo sim, estou fumando, tem gente que não fuma e está berrando!!!!

  86. Rubens Moraes Postado em 02/Nov/2013 às 00:05

    Quem quiser se informar um pouco sobre a história da proibição da maconha, tem um artigo muito bom da historiadora Luisa Saad, chama-se Medicina Legal: o discurso médico e a criminalização da maconha.

  87. marcos Postado em 03/Nov/2013 às 01:21

    Concordo com ele. A intolerância é medo de quem não entende o sentido da vidaq: LIBERDADE! Tão simples...

  88. Estela Postado em 06/Nov/2013 às 14:25

    Porque um debate não pode ser feito por pessoas equilibradas e sensatas, com opiniões convergentes ou divergentes, isso não importa...mas com respeito à opinião alheia? Vejo aqui bons argumentos de ambos os lados, mas a maior parte é ofensa e desrespeito. E a tal liberdade de expressão?

  89. Luciana Coelho Postado em 06/Nov/2013 às 15:22

    Com tanto comentário careta e irritante, vou até fumar unzinho.

    • flavio ribeiro avelino Postado em 08/Nov/2013 às 17:57

      o uso de drogas, licitas ou ilicitas, nada mais é que uma fuga do lado intrapessoal do ser. prazeres fugazes e consequencias alarmantes para o corpo fisico e para qualidade espiritual da criatura. mas livre arbitrio, quem sou eu para poder julgar.

    • Eduardo Abreu Postado em 26/Nov/2013 às 21:09

      é fácil falar besteiras, até eu que não sou ninguém falo, defendo que todas as drogas sejam liberadas, mas que nenhum usuário seja tratado pelo SUS. Que cada um assuma o risco que elas representam. Defendo que os Governos parem de financiar agricultores que plantam fumo, tal lavoura deveria ser mantidas pelas companhias de cigarros, e o tratamento das doenças deveria ser por parte delas também.(Que se abra mão dos impostos, fica mais barato para o povo que não fuma). É fácil criar problemas para outros resolverem, começa na própria família.

      • Mauro Postado em 03/Jan/2014 às 17:21

        Campeão, então não deveríamos tratar hipertensos, visto que o risco foi assumido por eles ao ingerir sódio.... Sua opinião só não é mais mal pensada que o próprio proibicionismo... Aliás, sabia que a internet também vicia e demanda tratamento psicológico? Cuidado...

  90. Golias.C. Postado em 06/Nov/2013 às 16:10

    Alana, conforme já mencionado, a tua ignorância é patente em cada linha que você escreveu. Ademais, a fonte de pesquisa que você usou não tem credibilidade nenhuma. O ínclito senhor José Celso se refere precisamente a pessoas como você quando diz que devem calar a boca . E, quer saber? Estou com ele. Agora, com licença, vou fumar um banza, só pra relaxar. haha

  91. Bezerra da silva Postado em 06/Nov/2013 às 18:20

    Não tenho culpa. Foi meu vizinho quem jogou uma semente no meu quintal. Quando vi, de repente, havia brotado um tremendo matagal. Sou artista e ontem tive que dizer ao meu filho: veja fumo maconha há 25 anos e jamais cheirei cocaína ou fumei crack. A maconha é tudo isso que dizem aqueles que não fumam e tudo aquilo que os que fumam esqueceram de dizer. A liberdade não se compra, se planta. Essa planta é libertadora. E livre. Peyote, mescalina, santo daime, cipó, cogumelos, amarula, tantas plantinhas que não precisam de se armar para serem quem são. Os indefesos "limpos" se armam contra esse brilhante e genial artista que é o Zé Celso. Se armam contra as plantas medicinais. Se enfiam no rivotril, dorflex, diasepan... Vão ao teatro.

  92. Guilherme Lopes Postado em 07/Nov/2013 às 19:35

    Zé Celso é um retardado.

  93. edson Postado em 07/Nov/2013 às 21:15

    Concordo, pois na minha humilda toxologica nao vejo nem um mal em quem fuma o caximbinho do Capeta.

  94. Cardoso Postado em 07/Nov/2013 às 23:33

    Porra, querem falar do que não sabem , e tem sempre aquele que quer citar a Holanda dizendo que lá é um problema! Nunca deve ter saído da cidade onde nasceu e quer falar de outro pais! Já estive um tempo na Holanda e garanto, esta história que querem acabar com a maconha lá pq estão tendo problemas é conversa de que. Não sabe porra nenhuma

  95. Jonas Siqueira Postado em 08/Nov/2013 às 14:38

    Puts, o Zé Celso podia poupar a gente de 97% do ego inflado dele...

  96. Luciana Nardelli Postado em 10/Nov/2013 às 16:45

    É vamos continuar fingindo que só meia dúzia de pessoas fumam maconha, e continuamos dando emprego para os traficantes. Se liberar vão perder uma linha de produtos? Pra que arrecadar impostos com a venda da maconha, vamos continuar alimentando o tráfico. Por que quem fuma vai continuar fumando, isso é certo.

  97. eva Postado em 11/Nov/2013 às 01:13

    Bla bla bla bla... bando de hipócrita que adora uma cervejinha, um vinhozinho e fica ai pagando de careta contra a legalização. Fumo há exatos 10 anos, faço check-up anualmente, fiquei períodos sem fumar (as vezes passo uns 2 meses... as vezes 4... ou seja: n sou viciada nem fui induzida a consumir nenhuma outra droga através da maconha: não bebo, não fumo, nunca usei nenhum outro tipo de entorpecente e nunca houve qualquer alteração na minha saúde. Também nunca provoquei um acidente ou agredi alguém porque tinha fumado unzinho. Já meu vizinho do andar de cima está respondendo processo por ter atropelado e matado uma idosa após ingerir álcool e a filha da minha diarista teve o rosto desfigurado pelo ex marido que vivia bêbado. Tudo na base da legalidade... bacana ne? Na hora de sentar a bunda na cadeira do buteco e pedir uma "gelada" ninguém lembra do quanto é prejudicial, mas na hora de meter o bedelho e vir pagar de moralista aí a cambada vem aparecer. Me polpe... Fica cada macaco no teu galho que todos saem ganhando. E bora fumar unzinho de leve...

  98. Danilo Postado em 11/Nov/2013 às 03:38

    O maior absurdo mesmo, é uma fonte de informação, onde todos julgam ter parâmetros contrários ao de uma revista como a Veja (por exemplo), utilizar de uma figura polêmica, que com certeza seria a favor da maconha e levantar uma matéria totalmente tendenciosa. Não acho que o problema seja a maconha, não. Para mim, o maior problema é um diretor respeitado como o Zé Celso, precisar se expor tanto para conseguir provocar algum choque social e só conseguir fazê-lo com quem realmente não se importa de fato com alguma mudança social e, ao contrário disto, precisa ficar chamando a atenção das pessoas com conceitos antigos e mega ultrapassados, dentro de uma postura que deveria ter ficado na época do militarismo político. Pragmatismo Político e Zé Celso, eu achei realmente um equívoco de matéria.

  99. Mona Postado em 11/Nov/2013 às 15:19

    Alana, tu é uma retardada!

  100. Eduvaldo Postado em 11/Nov/2013 às 17:26

    Um dia quem comenta contra vai ficar sabendo da historia do Rick Simpson e das curas de cancêr através do o óleo de cannabis http://www.youtube.com/watch?v=-9oCCttt93k

  101. beto Postado em 11/Nov/2013 às 17:50

    Desde a década de 70, toda nossa família fez uso do baseado! Todos estão e são, lúcidos e criativos. Cumprem seus trabalhos e suas responsabilidades sociais. Até as mais promissoras, pois a canabis eleva a criação introspectiva do ser. O pensamento, liberto de todas as imposições reacionárias, impostas por regimes autoritários e insalubres à sociedade, que necessita do avanço intelectual, espiritual ao desenvolvimento de uma Terra Feliz! Digam, os índios, donos desta Terra Brasilis, em seus rituais sociais, espirituais e medicinais! Conhecem o Epadú? A Cocaína Brasilis, que os Índios a usam em seus rituais? Pois bem, existem drogas legalizadas que são mais prejudiciais ao homem: tabaco, álcool, carnes, etc. E, são socialmente admissíveis ao nosso convívio! Há de chegarmos, um dia, a liberação total da canabis! Há de chegarmos, ao dia, que a sociedade, hoje, altamente, consumidora da maconha, se liberte do tráfico de drogas que, estabelecem ordens à criminalidade, aterrorizando a população, inculta e incalta à mídia do estabelecimento! Tenho, Dito!

  102. Marcela Postado em 12/Nov/2013 às 16:37

    Sou dependente química em recuperação. Já não uso drogas há algum tempo. A primeira droga que experimentei foi a maconha. Conheço bem seus efeitos na prática e na teoria - estudei muito nas minhas três internações, tive palestras com terapeutas, médicos, li livros sobre maconha e outras drogas, inclusive. Já vi uma pessoa ficar esquizofrênica depois de fumar maconha durante alguns meses - o que acontece, aparentemente, apenas com quem tem o gene latente, em raríssimos casos. Perdi amigos para as drogas e para o tráfico. SOU À FAVOR DA LEGALIZAÇÃO. Sei que a forma com que se combate o tráfico não funciona e que muita gente só consegue largar drogas pesadas fumando maconha - não é meu caso. Se maconha for vendida em bares, não vou comprar, mas acho que todos devem ter o direito de comprar sua erva sem terem que ir à favelas, sem terem que alimentar este 'mercado da morte'. Maconha criminalizada só serve aos interesses de criminosos e corruptos. Manterei minha filha longe dela através do meu exemplo, do diálogo, da instrução, do meu papel de mãe - a responsabilidade é minha e não do estado, assim como mantenho ela longe de açucar e sal (em excesso). O uso da maconha é uma realidade, vai continuar os não-usuários querendo ou não, e ignorar e manter como estar é irresponsável e covarde, assim como é o caso do aborto, que também é uma industria de morte de mulheres pobres e um tabu, ignorado pela maioria.

  103. cada um na sua onda Postado em 12/Nov/2013 às 18:35

    Cada um faz o que quer. no meu caso parei por ser compulsivo, a maconha me faz mal, ela é gostosa de fumar, mas me prejudica demais, fora o perigo de ir na boca, passar vergonha, ter que arregar polícia corrupta, tenho amigos que fumam, se precisar eu até aperto, mas eu sou compulsivo, gente como eu não pode fumar, eu tenho consciência disso; fora a questão espiritual, sinto-me no lado bad. Mas também não bebo cerveja, cachaça e afins, nem coca-cola, nem açucar branco, nem arroz branco e nem carne vermelha; no máximo peixe de carne branca e olhe lá. Assim acho que a maconha pode ser usada para fins medicinais como qualquer planta. Portanto é uma questão de fórum íntimo, sinceramente com a maconha eu fico lento, E careta eu sou mais louco que os "doidos". Finalizando, as drogas legais são mais letais que a mary. Mas quando eu parei de fumar maconha, sofri como miles davis; para QUEM É COMPULSIVO COMO EU, NÃO DÁ PARA LEVAR UMA VIDA SAUDÁVEL E SER MACONHEIRO; MAS PARABÉNS PARA QUEM CONSEGUE. SE POSSÍVEL PLANTE A ERVA PARA NÃO SER ATINGIDO PELA ENERGIA NEGATIVA DO TRÁFICO, POIS, SABEMOS QUE MORRE GENTE, TEM CORRUPÇÃO E AFINS E TUDO ISSO PARA O SEU PRAZER DE FUMAR UMA PERNA DE GRILO OU UM BASEADÃO.

  104. David Postado em 12/Nov/2013 às 19:21

    Seguindo a lógica do Zé Celso, estou impedido de fazer qualquer comentário sobre suicídio, assassinato, alcoolismo, assalto, crack, cocaína e outras coisas mais, pois nunca provei nenuma delas. Que velhinho sem vergonha...

  105. caetano Postado em 12/Nov/2013 às 21:13

    mal comida também a loira burra

  106. Tiago Postado em 13/Nov/2013 às 01:53

    Faz isso não minha filha! Tome um chá e vá dormir que vai chove.

  107. Um individuo nos 3% Postado em 13/Nov/2013 às 17:44

    Eu acho que 97% desse povo que comentou deve calar a boca!

  108. MONICA Postado em 13/Nov/2013 às 20:31

    TODO MUNDO PRECISA DE UMA DROGA, A MINHA É DIPIRONA TOMO QUASE TODO DIA. SE PROIBIR EU NÃO DURMO.

  109. Natalia Postado em 13/Nov/2013 às 21:47

    Não fumam maconha mas comem fandangos. Que por sinal, tem petróleo. Antonio Silva, disse tudo: "Legalizar não é liberar. Legalizar é tornar disponível, mas com restrições severas em relação à quantidade que pode ser comprada e a idade de quem compra".

  110. marcia Postado em 17/Nov/2013 às 15:05

    3 % ....da populaçao é usuário de maconha ?? essa conta nao bate heinn

  111. Bira Menezes Postado em 21/Nov/2013 às 22:25

    Alana Cajazeira, adepta do control C control V. Moralista de carteirinha, já passaste dos 50?

  112. bira menezes Postado em 21/Nov/2013 às 22:36

    Gosto de maconha mas não fumo. É muito cara para o meu poder aquisitivo. Na última vez que comprei sofri uma grande decepção. Ao abrir o pequeno embrulho no qual supunha encontrar maconha, só havia cocô de cavalo (ou de boi, jumento, não sei). Perdi meu dinheiro, minha expectativa de assistir a um musical dos Rolling Stones (em dvd) com a sensibilidade que só a maconha produz e tive medo de ir reclamar ao comerciante que me atendeu.

  113. fred Postado em 24/Nov/2013 às 21:51

    pode continuar ilegal a facilidade de acesso a maconha e igual ao pao frances mesmo mas e uma pena que esse dinheiro todo va para o trafico ao inves de ir para os fundos governamentais.

  114. Rahseixas Postado em 26/Nov/2013 às 20:51

    Bom mesmo é fumar um no Bong...cof...cof...cof...

  115. Fernanda Postado em 27/Nov/2013 às 14:33

    Libera a erva! Quem não gosta, que não fume!

  116. Ivan da Costa Postado em 29/Nov/2013 às 19:55

    Por que a maconha foi demonizada, alguém sabe? Pergunta a Du Pont, que tinha que vender seus manufaturados de petróleo e tinha no canhamo um empecilho. E saber que até hoje os návios usam cordame de canhamo, pela sua reistência, coisa que os plásticos da Du Pont não conseguiu substituir. Depois disso é claro as igrejas sempre atentas, no bolso, digo aos fiéis, inventou que a maconha era criação do diabo(como se o Criador tivesse dado poder da criação ao diabo). Maconha é um planta e se é planta que podemos usar, qual é a justificativa para torna-la criminosa. Alguém já leu, viu ou ouviu, que por causa da maconha ouve um acidente de carro? De alcool nem preciso falar! "Mas da maconha se entra para cocaina", sim, pode entrar! Querem acabar com a violência urbana combatendo o uso da maconha que é uma erva que não distingue Classe Social, mas que é mais usada pelos de menor renda! E se apresentam como se fossem os heróis da nação por terem gasto dinheiro público na apreenção de maconha! Quem usa cocaina, não é morador de favela ou vila, é a "nobreza" que tem renda suficiente para suportar seu custo e estão cagando para SUS! SUS é coisa de Classe Média, cheia de crendices e preconceitos e os Trabalhadores!

  117. Alex Postado em 30/Nov/2013 às 03:07

    Agora tudo é preconceito, Na real, "pré conceito" é oq resta nessas mentes carente de neurônios, deflagrando e alterando a sinapse e consequentemente criando esse "conceito" da vida e seus valores. Geração de alienados que inverte os valores da sociedade majoritária... Corja de pseudos intelectualizados do "quarto poder". Leitores de blogs e telespectadores de videos online, sem poder de síntese e raciocínio logico. "Seus heróis morreram de overdose", seus ídolos se autoproclamam bixas e maconheiros... Morram e se deixem morrer a vontade. Eu escolho a caretice assim como 97% da população. Vivo de cara para enfrentar a existência e aprender com ela...Se droguem covardemente, fujam da merda de vida que vcs tem. Geração de merda, mas tenho esperança no dia que a descarga desse vazo q vcs coexistem, seja puxado.

  118. Natalie Postado em 04/Dec/2013 às 22:39

    Nossa quanta gente Chata nessa porra..e qual o problema se o cara quiser ter "experiência psicodélica diária"... ?? vão arrumar suas gravatinhas e viver suas vidinhas...

  119. JULIO Postado em 12/Dec/2013 às 15:54

    BRASIL PAÍS DA HIPOCRISIA...

  120. Phillip Felix Postado em 19/Dec/2013 às 14:04

    A própria Instituição que fez o Estudo, em outra reportagem no dia 17/11/2013 ao "Jornal O Tempo", diz: "A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) deu, no início do mês, um importante passo para a geração de conhecimento com a criação de um grupo multidisciplinar de estudos sobre a maconha. Batizado de Maconhabras, o grupo tem o objetivo de “analisar e discutir diferentes aspectos sobre essa temática”. A Cannabis sativa – nome científico da planta – já tem um currículo extenso de atuação na prevenção e no tratamento de uma série de doenças e males. “Para um conjunto de doenças degenerativas, inflamatórias e autoimunes há indícios do benefício da maconha. Aqueles que têm comprovação maior são os casos de dor crônica, esclerose múltipla e complemento de tratamentos contra câncer e HIV, que têm efeitos bem agressivos”, revela o médico especialista em medicina preventiva Paulo Fleury Teixeira." As pessoas não entendem que nossa geração está negando o que lhe imposto e quer ter sua própria escolha. O sistema impõem as drogas dos magnatas do tabaco e álcool, mas nós as repudiamos, pois são as maiores causadores de morte no mundo.

  121. Fantomas Postado em 19/Dec/2013 às 17:25

    Ele nem precisava comentar que era um drogado escrevendo enquanto usava a droga, desnecessário.

  122. Maristela Postado em 02/Jan/2014 às 20:22

    Não acredito nessa pesquisa, sou professora de jovens adolescentes e há muitos usuários de maconha entre eles. Esse discurso "paz e amor" desse senhor não serve mais para a atualidade em que há milhões de viciados vítimas dos "empresários de drogas"

  123. Maristela Postado em 02/Jan/2014 às 20:30

    Liberar comércio de drogas em um país como o nosso que a maior parte da população não tem educação é um risco, o tiro pode sair pela culatra...Informem-se se em outros países com os mesmos problemas sociais q o Brasil fizeram isso e com sucesso.

  124. cuide da sua vida Postado em 05/Jan/2014 às 04:46

    Alana, você bebe um chopinho de vez em quando??? Se bebe, cale a sua boquinha. Se não bebe, não fuma, também não fode, você está morta e morto não escreve mensagem.

  125. Antonio Postado em 05/Jan/2014 às 12:31

    mas é muito preconceito contra a plantinha.. vixe..

  126. Kátia Postado em 07/Jan/2014 às 18:11

    Maconha causa dependência química sim, e a dependência química é uma doença reconhecida pela Organização Mundial da Saúde. Tenho familiar que sofreu e amigos que sofrem com o uso dessa droga. Não é uma questão de ser ruim ou ser boa, é uma questão de conhecimento da realidade, reconhecer as diferenças de indivíduo para indivíduo e respeito a tantas famílias que sofrem com os efeitos da dependência química.

  127. FLORIANO VITORIO Postado em 07/Jan/2014 às 20:13

    ... nunca usei maconha nem outros entorpecentes, mas sempre defendi a liberação total de tudo, todas as drogas. Quanto a questão aqui posta, quando alguns retrógrados me falam o que algumas pessoas falaram aqui eu digo: "nunca vi um 'maconheiro' caído na rua todo vomitado!" Se o álcool que é uma droga potente e degradante, é "liberada" porque não as outras. Há muita imbecilidade no mundo e a estupidez é endêmica!

  128. Maria Carolina Postado em 15/Jan/2014 às 12:46

    Não concordo com alguns pensamentos de José Celso, mas não é por isso q vou condenar a maconha, afinal, tudo tem suas vantagens e desvantagens. Eu escolhi não fumar e acho q devemos dar esse direito de escolha tbm para quem pretende fumar. Sou a favor da legalização (não da liberação), q cada um faça a sua escolha e lide com as consequências! Devemos respeitar isso... É o q penso

  129. Elaine Postado em 23/Jan/2014 às 13:15

    Um monte de gente falando uma baboagem maior que a outra. Cuidem de suas vidas e fuma quem quer!!! Esse link diz TUDO. http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2014/01/1399965-maconha-medicinal-sera-tao-importante-quanto-a-penicilina-diz-cientista.shtml

  130. leni barbosa de brito Postado em 28/Jan/2014 às 19:17

    estao falando mal da maconha e pq n precisa dela ,deixa se vc tivesse um cancer ou seus filhos .se n ia usa ,muitas pessoas estao curadas com o uso da maconha medicinal ,ja esta passado da hora de legaliza ,a eva santa e vc Alana tenha mas respeito com as coisas que o todo poderoso criou,pois a maconha vai se o remedio para todos os males alias ja eee ,vou aproveita e fazer um agradecimento a meu Deus de misericordia por feito a maconha que esta ajudado muito quem sofrer .e a paz do senhor a todos ,pois sou evangelica

  131. Fábio Postado em 08/Feb/2014 às 10:23

    Fuma maconha há 46 anos, todos os dias! E não é viciado.....

  132. Rafa Postado em 28/Feb/2014 às 16:43

    Meu deus, nunca vi tanto coco transcrito. aqui vi desde enfermeira lesada até pseudo-entendedor que nunca usou ou mesmo esteve próximo a erva...Só uma dica pra todos os que condenam "usuários" da maconha a "usuários" de drogas, desliguem a tv, não acreditem em tudo que leem na internet e vai fumar um...Droga é tudo o que o sistema capitalista cria, cocaina é droga, assim como cigarro é droga, assim como remédios vendidos na sua querida ultrafarma são drogas milhões de vezes mais danosas a sua saúde. sim coca-cola é droga, você come carne? puta, mal sabe vc como isso é uma droga e etc...etc...etc...a sociedade vive de drogas, toda via o sistema te diz o que você pode e o que não pode, o que vale a pena pra eles ou não, eles criam a droga assim como manipulam você...Exemplo claro? Agua...se à 15 anos atrás vc falasse que ia vender água, todos ririam de vc e diriam pra vc vender areia na praia que daria mais resultado...em 10 anos enxeram nossa mente de lixo, de que a agua é isso e que a agua é aquilo e hoje esse mercado fatura bilhões por ano...éééé´...doe né??? Então, libertem-se e façam o que te faz feliz, pois tudo é droga.

  133. pereira Postado em 14/Mar/2014 às 12:00

    Podem comer merda junto com ele e dizer que gosto tem. Por que sinceramente se 3% da população quiser fazer isso, não tô nem ai, só se quiserem me obrigar. Democracia pressupõem que a maioria vence, caso contrário seria anarquia. Quem torna seu comentários públicos recebe as críticas-concordâncias ou não- também publicamente. Creio que a meditação tem efeito melhor sem poluir o cérebro e o corpo.

  134. Edson Bastos Postado em 17/Mar/2014 às 19:58

    Então se 3% da população fuma, é o dinheiro desses 3% que ajuda a prejudicar os outros 97% ao sustentar parte do crime organizado, esqueceu de citar isso. Depois não reclame quando bandido armado com fuzil do último modelo aparecer na porta do seu condomínio, afinal foi - parcialmente - graças ao seu consumidor e cliente fiel. Convivam com isso.

  135. hipocritas Postado em 21/Mar/2014 às 19:27

    O brasolius eh assim pq cada pessoa acha q a sua verdade eh absoluta. A vida é para ser vivida. Ninguem pode m dizer c posso ou nao comer tal coisa. Se posso ou nao beber tal liquido. Cada um decide sobre a sua vida e age conforme quer. Acho q deve existir legislaçoes sobre a ganja.essa planta ja existia a muitos mil anos. E vai continuar existindo. Sendo fumada. Sendo inalada. Sendo comida. Simplesmente pq o ser humano busca uma alteração no estado de consciencia desde de que o mundo eh mundo. Seja mascando folha de coca. Tomando cana. Comendo cogumelos e ate bebendo seu cafezinho diário

  136. Anonimo Postado em 28/Mar/2014 às 14:55

    Deprimente. Pra começar, é ILEGAL. Pra continuar, que droga de argumento estúpido é esse? "Você já fumou crack? Então cala a boca que você não entende nada de crack. Vai dar um rolê pela cracolândia fumar umas pedras antes de opinar." Meu senhor, se o senhor acha que entende mais de maconha do que um cientista porque é usuário, eu só posso te aconselhar uma rehab.

  137. Eduardo Abreu Postado em 13/Apr/2014 às 01:29

    Ao mandar 97% da população calar a boca, mostra que a maldita tá fazendo efeito, pois não é possível uma minoria absoluta achar que tá certa em consumir algo que pode vir matar. Estive assistindo ao Presidente do Uruguai sobre o porque da liberação desta coisa, a explicação dele é estranha, "enfrentamento ao narcotrafico", tornando o país produtor e distribuidor de droga ilícita em quase todo mundo, para que se conheça quem a usa para trata-los caso precisem. Ou seja, transformou o Uruguai em baba de viciado, é no mínimo estranho, visto que pela afirmação do CALADOR DE BOCA, a famigerada droga traz felicidade, pois faz os que a usa ficar fora da realidade e esquece-la.... só que outros acabam assumindo a responsabilidade relegada por aqueles, sejam nos hospitais, sejam nas famílias etc. Não preciso usar formicida para saber que é veneno, não preciso cair no abismo para saber que corro o risco de morrer, esta defesa aqui nem o cheira da mesma presta.

  138. Leonardo Postado em 22/May/2014 às 11:56

    Desde 68 este senhor financia o crime organizado neste país, assim como todos estes que comentam apoiando...até onde sei a droga é proibida e portanto só é vendida por traficantes, que entre outras coisas, promovem todo tipo de barbárie contra a população, e não só contra os componentes da tal elite de 3% de usuários. Depois ficam reclamando da segurança e do governo ...ou seja, façam um favor usuários, se matem!

    • Not stupid Postado em 23/May/2014 às 13:03

      Até onde vc com essa carinha de cafona não sabe é que os políticos é que ganham tubos de dinheiro com as drogas e nunca vão querer legalizar porque preferem ver pessoas da comunidades se matando do que pagar os impostos que eles mesmos criam.

  139. Victor Állan Postado em 22/May/2014 às 17:03

    Leonardo quanta amargura e ignorância! Este senhor lutou muito pra termos a liberdade que temos hoje, e continua lutando não com armas, mas com cultura e informação e menos ódio tipo o seu (Use a internet para algo inteligente e pesquise quem é esse senhor). Se tivesse legalização qualquer pessoa poderia plantar uma planta em casa para seu consumo e não comprar de traficante... Só pra completar vai estudar amigo e tire essa venda dos olhos!

  140. Renan Postado em 22/May/2014 às 22:41

    Só vou falar uma coisa, para esse bando de hipócritas "anti maconha" o resto fica subentendido.

  141. Dr Jarbas Postado em 23/May/2014 às 08:54

    essa Alana fala da maconha mas bebe pra carvalho e toma rivotril todos os dias e vem no computador com essa boca suja de lavagem querer falar o que não sabe.. Como pode alguém que toma remédios tarja preta abrir a boca pra querer falar de maconha e ainda querer dizer que e um absurdo.. Absurdo e tu ser tão mal amada... Só sabe de dados baseados no Wikipédia... Sem comentários

  142. Rômulo Fraga Postado em 23/May/2014 às 11:04

    Ñ é mito ou lenda, foram feitos testes e a maconha realmente afeta a memória e os reflexos, mas assim como qualquer substância química, ele pode agir de diferentes formas em cada organismo, mas teoricamente ela faz mal e pode levar até a esquizofrenia e causa dependência, em nível menor do que o cigarro. Realmente ela ajuda a combater algumas doenças, mas isso ñ significa que seu uso é livre. Como qualquer remédio, só é recomendado o seu uso com prescrição médica, afinal ela tb faz mal como dito anteriormente, mas com os remédios é dentre os males o menos pior, afinal vc ñ faria quimio pq te deixa alto. Agora esse comentário foi infeliz de q só pode falar quem experimentou. Como ele sabe que dar um tiro na cabeça mata se ele nunca experimentou? Sugiro q teste hehehe

  143. Igor Pires Postado em 24/May/2014 às 14:10

    Sr. José Celso Martinez Corrêa e todos os que concordam com tudo o que ele diz: se quiserem fumar maconha, FUMEM. Agora, dizer que é os maconheiros são a elite intelectual do País é simplesmente FALSO. ESTÁ PROVADO QUE O USO CRÔNICO DA MACONHA PODE PREJUDICAR FUNÇÕES COGNITIVAS E A MEMÓRIA DE CURTO PRAZO, BEM COMO AUMENTA O RISCO DE OCORRÊNCIA DE SURTOS PSICÓTICOS. Portanto, IDENTIFICAR O GRUPO DOS USUÁRIOS HABITUAIS DE MACONHA COM O DAS PESSOAS INTELECTUALMENTE PRIVILEGIADAS SÓ PODE SER TOMADO COMO PIADA, E DE MAU GOSTO. Toda substância que gera dependência, MACONHA INCLUSIVE, altera o funcionamento do cérebro, desequilibrando os sistemas dopaminérgico, serotonérgico e outros. Mais informações em .

  144. Anderson Postado em 03/Jun/2014 às 02:58

    Acho que esse senhor tem é muita coragem de assumir suas convicções de consumo e seu estilo de vida. O que vejo na sociedade é no mínimo comovente. Não conseguimos nos livrar da imagem moralista que nos foi imposta desde a idade média, a própria Santa Igreja já tem dado sinais de mudança, paradigmas científicos e morais, parcerias com órgãos de pesquisa em física quântica. Vocês sabiam que já existe consenso sobre o Big-Bang? Estamos evoluindo com nossos próprios erros. Sobre as drogas... o que mata são: o tempo e o oxigênio. rs! Abraço a todos.

  145. OSKARNETTO Postado em 14/Jun/2014 às 08:23

    Um caso complicado, se mata mais ,por causa da drogas do que outra coisa . Veja que foi apreendido um Aeronave pela Policia FEDERAL com 450 kg de cocaína. Não se fala mais nisso .De quem era esses 450 kg ? Agora imaginamos esses mesmo 450 kg no varejo. Quantos jovem e Policiais morreriam ,por causa desses 450 k de cocaína. A Imprensa esqueceu ,não se fala mais nisso ,qual foi o final dessa história ? quem aí sabe contar ?

  146. marco Postado em 26/Jun/2014 às 15:51

    Interessante e até engraçado ler um "Fumo desde 1968. Estou com 75 anos' seguido mais abaixo de um "não me sinto dependente " O sujeito usa a substância a mais de 40 anos e não se julga dependente é para rir né ? Além de que a opinião de um dramaturgo,jornalista, etc tem o mesmo valor do que a opinião do seu Manoel da padaria.

  147. um ser pensante Postado em 19/Jul/2014 às 21:30

    100% das pessoas vivas até hoje nunca experimentaram uma bala de revólver na cabeça. Por isso, deveriam calar a boca a respeito de algo que nunca experimentaram? Faça-me o favor, que argumento mais estúpido, depois dizem que maconha não faz mal....