Redação Pragmatismo
Compartilhar
FHC 11/Jul/2012 às 19:58
24
Comentários

FHC vai aos EUA falar mal do Brasil, receber US$ 1 milhão e defender um golpe

As declarações de FHC nos Estados Unidos agradaram os 'paladinos da democracia estadunidense' e os golpistas do Paraguai

FHC recebe premio kluge EUA
FHC recebe prêmio Kluge. Imagem: Reprodução

No covil do império, bem ao seu gosto, o ex-presidente FHC atacou ontem o ingresso da Venezuela no Mercosul, argumentou que não houve golpe no Paraguai e criticou a exclusão dos golpistas do bloco de integração sul-americana. Fernando Henrique Cardoso foi a Washington receber o Prêmio Kluge de US$ 1 milhão da Biblioteca do Congresso dos EUA em “reconhecimento à sua obra acadêmica”.

Em entrevista coletiva, FHC afirmou que “não houve arranhão à Constituição paraguaia” no impeachment sumário de Fernando Lugo e que a deposição seguiu as normas democráticas. “Você pode discutir se houve ampla liberdade de defesa. Quem discute isso? As cortes paraguaias. O limite entre você manter a regra do jogo e a ingerência é delicado”.

O ex-presidente tucano ainda afirmou que a política da Dilma de proteger a indústria nacional é um “protecionismo” absurdo, esquecendo que em seu governo a indústria foi praticamente destruída pelo câmbio falso.

Leia mais

FHC também criticou as agremiações partidárias no Brasil, mas sem mencionar o seu partido.

OEA e os serviçais do império

Para o partidário do “alinhamento automático” do Brasil aos EUA, a decisão do Mercosul de suspender o Paraguai foi um erro. “É sempre ruim tirar um presidente rapidamente. Mas daí a fazer uma sanção sobre o Paraguai vai uma distância grande… Mais delicada ainda é a aceitação da Venezuela, independentemente de valer a pena ou não, sem que o Paraguai esteja”.

As declarações de FHC devem ter agradado os falcões do império e os golpistas do Paraguai. Elas foram dadas no mesmo dia em que a Organização dos Estados Americanos (OEA) divulgou relatório concluindo que a deposição de Lugo se deu “estritamente conforme o procedimento constitucional”. Como se observa, os serviçais do império não morrem de amores pela democracia!

Recomendados para você

Comentários

  1. ALEXANDRE V RIBEI Postado em 11/Jul/2012 às 22:04

    NOTE QUE, O QUE FOI PREMIADO FOI A OBRA DO PÚSTULA VENAL. QUANDO LULA ERA LAUREADO POR ALGUMA COMENDA OU PREMIAÇÃO NA EUROPA A MÍDIA GOLPISTA NACIONAL NÃO DAVA A MÍNIMA COBERTURA OU RECONHECIMENTO. ESTE DONDOCA SENIL SÓ PODERIA SER AGRACIADO PELOS SEUS PARES AMERICANOS, NO ENTANTO, NUM PASSADO RECENTE FOI DURAMENTE CRITICADO PELO SEU PESSÍMO GOVERNO. ESTE MILHÃO DE DÓLARES DEVE SER UMA PORCENTAGEM TARDIA PELA ENTREGA DAS EMPRESAS NACIONAIS A GRUPOS INTERNACIONAIS.

  2. Fonseca Postado em 11/Jul/2012 às 22:18

    Do ponto de vista econômico o golpe paraguaio foi um ótimo negócio: trocou-se a muamba barata e pirataria ilegal por mais riqueza do petróleo. O Mercosul do ponto de vista econômico sai fortalecido. Foi uma ótima estratégia tirar o Paraguai e colocar a Venezuela de acordo com os interesses do Brasil.

    • rick Postado em 25/Nov/2014 às 10:44

      Em todo caso o paraguai ajuda a corroer as economias do sul, sudeste e centro oeste com suas muambas integração significa incentivar o equilíbrio econômico, social, etc entre as nações passou da hora de a américa latina olhar com mais atenção ao paraguai após a segunda guerra alemanha e japão tiveram suas economias recuperadas pelos estados unidos e inglaterra, já o paraguai após a guerra foi abandonado...........nós mesmos nos sabotamos e pagamos por isso até hj

  3. aNTONIO kLEBER mATHIAS nETTO Postado em 12/Jul/2012 às 03:30

    Estou cansado de comentar sobre canalhas. Doravante, falarei sobre os que fazem o progresso do Brasil.

  4. Alana Postado em 12/Jul/2012 às 14:48

    Calhorda

  5. maribel dias kroth Postado em 12/Jul/2012 às 15:49

    Essa ida aos EUA para mim esta cheirando a acordos, será que tem haver com apoio do PSDB ao golpe no Paraguai, se for é muito complicado, porque eles não querem largar o osso, e farão tudo pelo poder, tomara que eu esteja errada neste caso, porque com o apoio dos EUA, fatalmente o golpe aconteceria no Brasil por trocas de favores infelizmente. Sei não amigo mas, mas isso brota na minha mente, sem que eu busque, mas estou intranquila com o momento atual no Brasil, sensação de que algo vai acontecer por mais que eu fale em Deus e na proteção do Lula e Dilma, eu não quero perder a minha fé, mas essa agonia me tira um pouco a minha confiança, reso toda noite pedindo proteção a Deus e nossa senhora de Aparecida, para que proteja o governo de todo tipo de golpes, mas somente eu é pouco, os brasileiros tem que fazer por merecer, e agradecer muito a Deus por ter colocado o Lula para cuidar desta terra que é de todos nos e não dos usurpadores e golpistas  Recolher este comentário

  6. João Augusto G. Santos Postado em 13/Jul/2012 às 12:02

    Rídiculos, cegos, corja de Petralhas alimentando um discurso ultrapassado e maniqueista de Bem X Mal. Lula e sua corja é que são os salvadores da Democracia?

  7. Henrique Postado em 13/Jul/2012 às 19:37

    Eric Hobsbawn: "Lula é o verdadeiro introdutor da democracia no Brasil. No Brasil há muitos pobres e ninguém jamais fez tantas coisas concretas por eles. E ninguém o havia feito nunca na história desse país. Porque no Brasil há muitos pobres e ninguém jamais fez tantas coisas concretas por eles, desenvolvendo ao mesmo tempo a indústria e a exportação de produtos manufaturados. (Por Martin Granovsky é analista internacional e presidente da agência de notícias Télam. Publicado no jornal Página 12, em 29 de março de 2009. Tradução: Katarina Peixoto)

  8. Henrique Postado em 13/Jul/2012 às 19:42

    Só os ridículos e cegos é que não conseguem enxergar que o preconceito sempre foi a maior bagagem do FHC/PSDB. No FHC, a vaidade sempre superou a inteligência. FHC já havia criado, na sua ideologia de governo, uma opinião pública pela vaidade, pelo elitismo explícito, pela história da “vanguarda do atraso”, ou os “adeptos da fracassomania” (palavras dele). A sua postura arrogante marcou muito mais a sua imagem, que talvez tenha contaminado o partido ou sempre foram assim, do que as próprias ações de política econômica. No poder o vaidoso dificilmente se controla. Fora do poder ele só desanda, porque aí não tem mais os rituais do poder para satisfazer o seu ego. E o Brasil que se lixe. FHC: "Eu traí os anseios da pa´tria". Falou que o partido tinha que se aproximar mais do povo, que é carinhoso,... e, depois saiu com esta: "E nós faremos o possível e o impossível para que saibam falar bem a nossa língua. Queremos brasileiros melhor educados, e não brasileiros liderados por gente que despreza a educação, a começar pela própria." É de uma bobagem monumental. Não apenas por reforçar o principal preconceito que afeta o PSDB, mas porque não convence nem seus súditos mais fiéis. Na época Lula demonstrou, no poder, uma envergadura política bem superior à do próprio FHC, uma sensibilidade social maior. Em uma enquete da revista 'época' para definir o brasileiro mais influente, o próprio Andréa Matarazzo, unha e carne com José Serra, não vacilou: Lula. De Claudio Lembo: LEMBO : FHC SE DIZ MACONHEIRO HÁ TEMPOS , MAS TEM DE DAR EXEMPLO FHC é 'maconheiro' há muito tempo, fala Lembo

  9. Henrique Postado em 13/Jul/2012 às 19:44

    Como FHC colocou o Brasil nos eixos: DO LIVRO "A ARTE DA POLÍTICA" DE FHC FHC - "O impacto da elevação abrupta das taxas de juros, em 1997, que demoraria a voltar a cair, colocou a dívida pública em uma trajetória de acelerado crescimento. Dobramos a taxa selic que passou de 22% para 44% ao ano"

  10. Henrique Postado em 13/Jul/2012 às 19:47

    Como FHC colocou o Brasil nos eixos: DO LIVRO "A ARTE DA POLÍTICA" DE FHC FHC pergunta: "Por que não se tomaram as medidas cabíveis?" (a respeito do problema tinha sido identificado em jul/97 por sua equipe econômica)

  11. Henrique Postado em 13/Jul/2012 às 19:48

    Como FHC colocou o Brasil nos eixos: DO LIVRO "A ARTE DA POLÍTICA" DE FHC "FICAMOS IMÓVEIS NA CRISE"

  12. Henrique Postado em 13/Jul/2012 às 19:50

    DO LIVRO "A ARTE DA POLÍTICA" DE FHC O reconhecimento A vulnerabilidade identificada, o erro crasso desde o início do Plano Real, em 1994, precisava de uma correção. FHC: " Hoje a situação é diferente, não há nem comparação. O câmbio é flutuante. As reservas internacionais são bem mais elevadas. O país não está vulnerável e também não está isolado.” (uma referência ao gov/Lula)

  13. Henrique Postado em 13/Jul/2012 às 19:53

    A QUALIFICAÇÃO DO FHC FHC assumiu, eufórico, a globalização neoliberal como “o novo Renascimento da humanidade” (palavras suas) Até hoje, ele sempre contou com o coro unânime da imprensa. A DITABRANDA, por exemplo, o chama de ‘insuspeito’, mesmo depois de ter dito “EU TRAÍ OS ANSEIOS DA PÁTRIA”. Com um economicismo barato que dominou seu governo, LACAIO DOS EUA, ele acreditava no seu sucesso inevitável. Sempre acreditou no Consenso de Washington. Sempre foi e é subserviente aos EUA. Chamou o aposentado brasileiro de ‘vagabundo’. Chamou o povo brasileiro , pejorativamente, de ‘tupiniquim’. Na sua reeleição, Malan já negociava nova Carta de Intenções com o FMI, preparando-se para levar as taxas de juros, em janeiro de 1999 aos estratosféricos 48%, sem nenhum protesto do ministro José Serra.(eles só tiveram o trabalho de ficarem de quatro para os EUA) Nunca houve plano de retomada do desenvolvimento e de distribuição de renda.( isto era totalmente inexistente no seu neoliberalismo) Acabou sendo derrotado pelo seu sucesso efêmero e artificial, financeiro, especulativo. O governo FHC deu errado como o neoliberalismo deu errado. ALGUÉM TEM DÚVIDA – HOJE – DA QUEBRA MUNDIAL? Sempre incansável ao legislar contra os trabalhadores, a esses FHC dedicou milhares de ataques letais aos seus direitos conquistados ou a pura e direta repressão — fatos gravados na memória de petroleiros, servidores públicos, caminhoneiros, entre inúmeras categorias. Daí, com LULA-DILMA é a superação do neoliberalismo, é o fortalecimento do Estado, do desenvolvimento econômico e social, do Brasil soberano, da construção de uma sociedade justa, solidária e próspera.

  14. Henrique Postado em 13/Jul/2012 às 19:56

    A VERGONHA Em 1999, o então presidente do Brasil, FHC, foi à Florença (Itália) em encontro de governantes dos países ricos da chamada terceira via. O Brasil estava quebrado, pendurado no FMI. Aliás, vivia no guichê do FMI! FHC fez o discurso da choradeira dos quebrados, pedindo aos líderes dos EUA e Europa, que criassem uma espécie de CPMF mundial para salvar o Brasil da fuga de capitais especulativos. Bill Clinton e Tony Blair, e Schroeder receberam mal a proposta. Clinton passou um verdadeiro sermão em FHC, sugerindo que faltava CONFIANÇA, HONESTIDADE, eficiência e boa governança sob FHC. Enquanto que outros países resolveram estes problemas, citando Chile e Uganda, como exemplos para FHC seguir. Clinton e os demais líderes agiram na defesa dos interesses de seus países, que eram os vencedores naquela ordem mundial. FHC agiu mal, com incompetência política, ao não articular previamente ao encontro, para não passar esse vexame. E agiu pior, de forma humilhante e envergonhando o Brasil, ao não defender o país diante do sermão de Clinton (se é que tinha jeito, naquele governo submisso e dependente, sob intervenção do FMI).

  15. Henrique Postado em 13/Jul/2012 às 19:57

    Revista Piauí/agosto/2007 FHC: "EU TRAÍ OS ANSEIOS DA PÁTRIA".

  16. WELLINGTON OLIVEIRA Postado em 13/Jul/2012 às 21:50

    NA PRÓXIMA MANDEM O LULA E SEU DISCURSO DE BAR DE PERIFERIA DE SBC. POBRES PETISTAS. eSTÃO NOS LEVANDO AO DESTINO DA GRÉCIA,ESPANHA E ETC.

  17. Henrique Postado em 13/Jul/2012 às 22:21

    O prêmio foi instituído em 2003 e é dado só para EX-ESQUERDISTAS. O próximo a receber deverá ser o ex-presidente da UNE, o ex-esquerdista Sr Enganador/da Atômica Bolinha de Papel/dos Estados Unidos do Brasil. Que 'feito' hein!

  18. Wilton Inácio Postado em 14/Jul/2012 às 15:20

    Só existem políticos honestos, na visão do próprio político, pois na panela todos tem o mesmo tempero. Não se iludam, sedo ou tarde eles irão te trair.

  19. Haroldo Postado em 16/Jul/2012 às 23:19

    Lamento pela imensa dor de cotovelo de todos p_Tralhas. Somente o molusco Çoberano pode receber prêmios?

  20. Henrique Postado em 17/Jul/2012 às 21:02

    Quando Lula recebeu honoris causa em Coimbra o 'josé carlos aleluia' chegou ao absurdo de mandar carta para Coimbra, quetionando por que Lula ganhou tal prêmio. isto não foi dor de cotovêlo, foi um verdadeiro preconceito explícito. Era só o que faltava. O FHC confunde carência de academia e poliglotismo com falha de honestidade (principalmente quando disse: "Eu traí os anseios da pátria.") O 'pobrema' não é o domínio desse ou daquele idioma, ser ou não catedrático, ou assassinar o português, mas, sim, a falha permanente de caráter , independentemente de suas formações e arroubos intelectuais. Caráter não precisa de diploma, mas é 'documento' que falta há muitos que, em sua arrogância, se acham os melhores. Agora, ganhar um prêmio por ser 'ex-esquerdista' - onde está o feito nisto? Mas, de qualquer maneira, o FHC gosta dessas vaidades.

  21. ziraldo Postado em 12/Mar/2013 às 02:04

    Depois que FHC aderiu a liberação das droga;s se descobriu que por coincidência seu filho é sócio de uma Emoresa americana/holandesa que produz SEMENTES DA MARIJUANA Pode!!! Ele diz que a guerra contras as drogas tá perdida , Que mais sabe ele de tão drástico. Não é?

  22. ziraldo Postado em 12/Mar/2013 às 02:12

    Desculpem a interrupção mas ficaria o texto muito longo. Em uma " entrevista" que fiz in off FHC quando de uma palestra em CTBA, declaraele com certo receio de que "disse que a guerra contra as drogas no Brasil era perdida" porque tinha ocorrido a famosa "Mexicanização" do Brasil, isto é 80% das forças de segurança tinham feito do comercio das drogas uma 2ª fonte de renda. Daí que.....

  23. matuto Postado em 25/Nov/2014 às 16:29

    Por um milhão eu também daria o rabo.