Redação Pragmatismo
Compartilhar
Corrupção 15/Jun/2012 às 20:20
31
Comentários

Conheça Tourinho Neto, o desembargador que mandou soltar Carlinhos Cachoeira

Tourinho Neto é desafeto da ministra Eliana Calmon, corregedora do Conselho Nacional de Justiça, e é também visto com ressalvas por certas alas da Polícia Federal e do Ministério Público.

tourinho neto

Desembargador Tourinho Neto ordenou que o bicheiro Carlos Cachoeira seja libertado da prisão

Preso desde o dia 29 de fevereiro deste ano, o bicheiro Carlos Augusto Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira, obteve pouquíssimas vitórias na Justiça até agora, embora tenha contratado um dos advogados mais caros do País: o criminalista Marcio Thomaz Bastos, ao custo de R$ 15 milhões. Em praticamente todas as decisões favoráveis, a assinatura nos despachos foi do desembargador Tourinho Neto.

A primeira dessas decisões aconteceu no dia 17 de abril, quando Cachoeira conseguiu deixar o presídio de segurança máxima em Mossoró (RN) e foi transferido para Brasília. Juiz responsável pela decisão? Tourinho Neto. Três dias atrás, Tourinho Neto tomou também a primeira decisão para, eventualmente, sacramentar a morte da Operação Monte Carlo. Relator de um pedido de habeas corpus apresentado por Thomaz Bastos, ele considerou as escutas ilegais.

Segundo Tourinho Neto, o delegado encarregado da investigação, Matheus Mella Rodrigues, fundamentou o pedido de interceptações em denúncias anônimas. “Não se pode haver a banalização das interceptações, que não podem ser o ponto de partida de uma investigação, sob o risco de grave violação ao Estado de Direito”, disse ele. O julgamento será retomado na terça-feira e se os demais magistrados acompanharem o relator, o trabalho dos policiais será atirado no lixo. Curiosamente, Cachoeira, notório por sua indústria de grampos ilegais, tenta se safar questionando a legalidade dos grampos da polícia.

Tourinho Neto também tomou outra decisão favorável a Cachoeira, no dia 13 deste mês, ao mandar desbloquear os bens do laboratório farmacêutico Vitapan, que está em nome de sua ex-mulher, Adriana Aprígio – o pagamento dos honorários de Thomaz Bastos passa pela indústria farmacêutica de Anápolis (GO).

Tourinho Neto é desafeto da ministra Eliana Calmon, corregedora do Conselho Nacional de Justiça, e é também visto com ressalvas por certas alas da Polícia Federal e do Ministério Público. Sua decisão de hoje, no entanto, não garante a liberdade de Cachoeira, porque ele ainda está em preso em função de outra operação da Polícia Federal, a Saint-Michel, cujo habeas corpus ainda não foi julgado.

Brasil 247

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Elza A. Postado em 15/Jun/2012 às 23:49

    QUEM "nomeou" e indicou este elemento para Desembargador? Não tem cara de ter sido "promovido" por antiguidade... Mas, "vamos aos fatos" como diria uma de Vossas Excressências... "Segundo Tourinho Neto, o delegado encarregado da investigação, Matheus Mella Rodrigues, fundamentou o pedido de interceptações em denúncias anônimas. “Não se pode haver a banalização das interceptações, que não podem ser o ponto de partida de uma investigação, sob o risco de grave violação ao Estado de Direito”, " Na nossa ótica, tem CAROÇO NESTE ANGÚ... Note que NÃO FOI A PRIMEIRA "ABSOLVIÇÃO " do Cachoeira, pelo "Meretríssimo"... Acho que algo há em comum... Afinidades... E, no país onde o crime é INVESTIGAR, e nunca ROUBAR, deveríamos entender que certos magistrados VIOLAM O ESTADO DE DIREITO de todos, COM SUA MERA PRESENÇA...

  2. elzira Postado em 16/Jun/2012 às 01:59

    tem que grampear agora este FDP e ainda quebrar seus sigilos fiscais telefonicos e bancários

  3. Trasímaco Postado em 16/Jun/2012 às 05:02

    A estrutura jurídica nacional permite - e todos sabem - que uma decisão proferida por uma instância inferior seja revertida por uma de grau superior. Tal o necessita ser, apesar de, superficialmente analisando, parecer a dinâmica dos acontecimentos contraproducentes. Porém, se o juiz foi investido de autoridade pública para decidir sobre a vida do ente humano, o entendimento primeiro acerca de tal fato deveria ser o mais correto e imutável. Errar é humano, e o erro pode ser consertado, grosso modo. Por esse aspecto, então, é grande o risco ao dar tamanho poder ao juiz de primeira instância. O crivo dos tribunais minimiza tal risco? Pode ser. Por que, pois, não haver apenas tribunais, ora! É óbvio que referida possibilidade esbarra em obstáculos difíceis de se galgar. As contendas são de número descomunais, e a estrutura entraria em colapso, quando de um país continental, se suas bases não fossem densas tal uma anã branca. Deixando de divagar, a questão é que não poderia ser possível dar “gigantesco” poder de decisão a apenas um ente, em que pese a velha história da ilibada reputação, do notório saber jurídico et cetera. A direção compartilhada de determinado órgão também reduziria a chance do erro. Mas novamente resultaria em diversos entendimentos a respeito de determinado fato, uma vez que cada pessoa tem sua forma singular de ser e de agir. Vencer o voto da maioria é o remédio para o embate. E não parece haver solução diferente. Destarte, parece ser necessário confiar na capacidade avaliativa de determinadas pessoas que têm, em suas mãos, o poder de impor condutas e restringir liberdades. Tudo a prol do bem comum, sem olvidar que os mais diversos entendimentos sobre uma mesma questão se darão, dar-se-ão... Ainda bem que o verdadeiro juiz é Deus! Ainda bem que Ele é verdadeiramente equidistante dos seus, quando não ligado por estes pela emanação de seu éter. Ainda bem que Deus não toma partido animado por questões obscuras. Seu juízo é perfeito por ver o escaninho da alma de ambas as partes. E seu despacho é resolução imutável. Este saber é o que me anima e conforta. Não o fosse, minha indignação transmutar-se-ia em ódio mortal daqueles que se valem desta autorização para decidir questões baseados em interesses nefandos e próprios.

  4. Jorge Souza Postado em 16/Jun/2012 às 08:06

    Infelizmente existem nos legislativo e judiciário aqueles que acham que o povo é bando de idiotas !!! Acho que se este sr. Tourinho Neto quer tanto ajudar o Sr. Cachoeira, devia também ser investigado !!! Quem sabe um grampo aqui outro ali, não acabamos conhecendo mais um nó de embrolho. E o pior de tudo é que quem paga essa gente toda somos nós pobres miseráveis, pés descalços...Quero meu dinheiro de volta !!!

  5. Demoulidor Postado em 16/Jun/2012 às 14:06

    Quem vai ter coragem de colocar seu nome numa denúncia contra um poderoso desses para que o anonimato não seja desculpa para jogar no lixo toda uma investigação? Se todo criminoso preso a partir de denúncia anônima recorrer da decisão as cadaias serão esvaziadas!

    • Rodrigo Postado em 06/Jan/2014 às 14:29

      Bastava o Delegado promover diligências outras, para fundamentar o pedido, sendo então aceito. Realmente, pedido embasado em denúncias anônimas pode até ser aceito, mas certamente será rejeitado em recurso, conforme reiteradamente vem sendo decido pelos tribunais pátrios, tendo por fundamento a própria Constituição. Ou seja, a decisão não é nenhuma novidade, muito menos inesperada. Assim, em próxima oportunidade, basta ser mais cauteloso quando do pedido, pelo Delegado que o promova, assim como pelo Juiz que a autorize - ao ver-se diante de pedido fundado em denúncias anônimas, determinar o retorno dos autos à DP, a fim de que haja diligências suplementares. Algo, pois, muito simples de ser feito, não abrindo brechas para futuras invalidações. Apenas isso. E, se houver indícios de prática de crime por este ou aquele servidor público, basta formular denúncia, mesmo ao CNJ.

  6. Rogério Postado em 16/Jun/2012 às 14:22

    É por essas e outras q eu começo a achar q não é loucura defender q o povo se arme e saia às ruas a noite para matar e desinfetar o Brasil dessas desgraças.... talvez em pouco tempo eu aceite participar disso....

  7. Ivo Postado em 16/Jun/2012 às 15:30

    É mais do que necessário que o judiciário brasileiro sofra uma reforma em regra e seja copiado o modelo dos USA. Esse, sim, é quae perfeito, onde um presidente sentou-se no banco dos reus e julgado pelo povo, como comete a um país verdadeiramente democrático. Nós temos trocentos 'órgãos superiores', um bando de sanguessugas para dar nisto que vemos. Onde, de sã consciência, podemos aceitar que um juiz de instâncias superiores diga que as escutas autorizadas por outro juiz não valem, são ilegais? Se fosse um caso comum, corriqueiro, não seria lógico mas seria aceitável. O que se passa é que este é o maior e pior grupo marginal que já sugou nosso dinheiro, e esse indivíduo brinca de juiz de comarcazinha de interior a soltar amigos. É incocebível a desfaçatez desse desembaraçador de bandidos. Imagino se fosse um 'chegadinho', amigo ou parente dele. Ele não tem cacife sequer para ser juiz de fotebol de jogo de várzea, quanto mais para um caso deste. É isto que faz com que, cada golpe de corrupção seja sempre e sempre maior que o anterior. Por causa da certeza de impunidade dos ladrões. Mais ainda quando atinge gente graúda de todos os setores da vida pública nacional. A´, não tem como mesmo deixar passar e os cofres da nação, ou seja, NOSSOS BOLSOS, sejam esvaziados porque, logo, encherão para a próxima quadrilha. Onde vamos parar? VERGONHA DO JUDICIÁRIO BRASILEIRO!!! VERGONHA DE SER BRASILEIRO!!!

  8. Helen Postado em 16/Jun/2012 às 18:57

    Se o criminalista Marcio Thomaz Bastos está cobrando R$ 15 milhões para defender este cachoeira!.....imaginem quanto cobra quem assina um HC!? Infelizmente o povo não sabe a força que tem. Alias, quem indicou mesmo este Thomaz Bastos para Ministro da Justiça!!!???

  9. Paulo Postado em 16/Jun/2012 às 21:38

    Acho que após um magistrado dar uma decisão estranha, deveria automaticamente serem abertas suas contas bancárias.

  10. Joaquim Postado em 16/Jun/2012 às 21:49

    Estamos bem de judiciário....Gilmar Mendes....Tourinho Neto!!!!!

  11. Ayrton Postado em 16/Jun/2012 às 22:40

    Marcio Thomaz Bastos...R$ 15 milhões...ministro da Justiça de Lula....ah, ta bom.

  12. Ayrton Postado em 16/Jun/2012 às 22:45

    03/06/2007 . Lista do bicho traz políticos do Rio, diz PF . Um documento apreendido durante a Operação Hurricane pela Polícia Federal, no dia 13 de abril, na casa do sobrinho do contraventor Ailton Guimarães, o Capitão Guimarães, traz iniciais e sobrenomes de políticos do Rio ao lado de quantias supostamente pagas pelo jogo do bicho a autoridades do Estado em 2001 e 2002. O documento está escrito à mão e, segundo a PF, a letra é de Júlio Guimarães Sobreira, sobrinho do Capitão Guimarães. Ambos foram presos na operação. A maioria dos políticos da lista concorreu em 2002. Aparecem na lista, reproduzida ontem pelo jornal "O Globo", os nomes das ex-governadoras Rosinha Matheus (PMDB, citada como "Rosinha") e Benedita da Silva (PT, identificada como "B. Silva"), que concorreram ao governo do Estado em 2002. Outros candidatos ao mesmo cargo, como a deputada federal Solange Amaral (DEM, que aparece como "S. Amaral") e o ex-prefeito de Niterói Jorge Roberto Silveira ("JR Silveira"), também são listados. Dois ex-integrantes da cúpula da segurança no governo Rosinha, o deputado estadual e ex-chefe da Polícia Civil Álvaro Lins (PMDB, como "A. Lins") e o ex-secretário de Segurança Josias Quintal (como "J. Quintal"), aparecem na lista. Também são listados Luiz Paulo Conde (PMDB, atual secretário de Cultura do Estado), Eurico Miranda (presidente do Vasco e ex-deputado federal), Bispo Rodrigues (ex-deputado federal), André Luiz (ex-deputado federal), Domingos Brazão (deputado estadual, PMDB), Chiquinho da Mangueira (deputado estadual, PMDB) e Jorge Furtado (delegado da PF). Com exceção de Furtado, todos os nomes estão abreviados. A correlação entre as siglas ou nomes incompletos e os identificados foi feita pela PF, que não identificou quatro referências: "JO/ PAU", "PAU", "Amigo Magalhães" e "P. Almeida". As maiores quantias aparecem ao lado da sigla "PAU" -somados, os valores chegam a 2.500 (para a PF, são R$ 2,5 milhões). Entre os nomes identificados, os maiores valores aparecem ao lado de Rosinha ("1,6 mil" que seriam R$ 1,6 milhão), Amaral ("200" que seriam R$ 200 mil), Conde ("100" que seriam R$ 100 mil) e Silveira ("100" que seriam R$ 100 mil).

  13. Ayrton Postado em 16/Jun/2012 às 22:48

    06/04/2012 Empresa de Cachoeira recebeu do governo . Empresa conseguiu contratos com o Governo Federal. Segundo informações do SIAFI, contratos são de mais de R$ 450 mil, desde 2010.

  14. Ayrton Postado em 16/Jun/2012 às 22:49

    17/04/2012 . Braço-direito de Cachoeira trabalhava na Delta Construções

  15. Paulo Cesar G. da Silva Postado em 17/Jun/2012 às 11:28

    Alguém neste país que ainda tem um pouco de decência e integridade (será que tem?) deveria vir a público e dizer o seguinte: Estou fechando o BRASIL e apagando a LUZ.

  16. Kazu Postado em 18/Jun/2012 às 11:21

    Ayrton, troll demotucano vai procurar a sua turma!!!!!!!!!

  17. Zeca Postado em 18/Jun/2012 às 14:01

    Não adianta a gente ficar discutindo aqui! Quem vai votar nesses corruptos é uma massa que só quer saber de futebol e novelas! Considerando que uma boa parte dessa massa está comprada com uma das várias "bolsa govervo", é impossível tirar esses malditos do poder!

  18. Man Postado em 18/Jun/2012 às 14:11

    É a própria encarnação do demonio na face desse ser.

  19. Rodrigo Postado em 18/Jun/2012 às 16:35

    Que cara de cachorro tem esse ordinário. Deve estar levando uma bolada.

  20. Kazu Postado em 18/Jun/2012 às 19:26

    Mercenários demotucanospps procurem os jornalões,onde vcs. tem um bom espaço para as mentiras mais escancaladas e seguir as orientações do Instituto Millenium, o think tank de colonização americana do Brasil, seus traidores vendidos! Ainda não tomou o simancol? A ditadura da imprensa no Brasil foi desmascarada, apesar de cooptações em academias(professores de FFLCH-USP), dos Gilmar Mendes Dantas, Tourinhos, vários colonialistas de jornalões que integram o PIG, a rede BObo, a rádio CBN, etc., etc.

  21. Kazu Postado em 18/Jun/2012 às 19:33

    Correção de ortografia: Escancarada escre-se com "R". Desculpe e obrigado.

  22. Kazu Postado em 19/Jun/2012 às 10:46

    http://www.istoe.com.br/reportagens/214515_SE+E+ASSIM+PARA+QUE+CPI+ Na última semana, deputados e senadores deixaram claro que a CPI do Cachoeira não vai investigar nada além do que já tenha sido descoberto pela Polícia Federal. Trata-se da primeira Comissão Parlamentar de Inquérito que se recusa a ouvir denúncias, se nega a convocar autoridades apontadas como partícipes dos esquemas montados pelo bicheiro e aplaude depoentes investigados pela Procuradoria-Geral da República. No salão da CPI, oposição e governistas protagonizam bate-bocas públicos. Longe dos holofotes, promovem acordos para livrar seus pares de quaisquer constrangimentos. Um dos blindados é o ex-governador paulista José Serra (PSDB). No início de maio, reportagem de ISTOÉ mostrou que Serra foi o responsável pela entrada da Delta, a empreiteira ligada ao bicheiro, em São Paulo, tanto na prefeitura da capital como no governo estadual, e que contratos assinados pela construtora estavam sob investigação do Ministério Público, com indícios de superfaturamento e de conter aditivos irregulares. Há três semanas, o ex-diretor do DNIT – departamento do Ministério dos Transportes responsável pelas estradas – Luiz Antônio Pagot revelou à ISTOÉ que em 2010 foi procurado pelo governo de Serra para liberar aditivos irregulares a empreiteiras que participaram da construção do eixo sul do Rodoanel, entre elas a Delta. Ele afirmou que a pressão era exercida por Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, então diretor da Dersa, a empresa paulista responsável pelas rodovias. Segundo Pagot, os empreiteiros lhe disseram que 8% das verbas destinadas ao Rodoanel alimentariam o caixa 2 das campanhas tucanas: 60% iriam para a de Serra, 20% para a do governador Geraldo Alckmin e 20% para o prefeito Gilberto Kassab. Nada disso, porém, parece interessar à CPI. Depois de revelados os esquemas da Delta em São Paulo, o deputado dr. Rosinha (PT-PR) apresentou dois requerimentos para que a CPI convocasse o ex-governador José Serra e Paulo Preto. Além das denúncias relativas ao Rodoanel, o deputado justifica os requerimentos com uma investigação aberta pelo Ministério Público de São Paulo para apurar indícios de sobrepreço nas obras de ampliação da Marginal Tietê, realizadas pelo Consórcio Nova Tietê, do qual a Delta Construções fez parte, num contrato assinado por Paulo Preto. “Assim que José Serra chegou à Prefeitura de São Paulo, a Delta passou a prestar serviços ao município e, quando ele virou governador, suas atividades cresceram no Estado”, afirma o parlamentar, repetindo as constatações feitas pela reportagem de ISTOÉ. Os requerimentos de dr. Rosinha, no entanto, foram ignorados pelos membros da CPI, tanto os da oposição como os da base aliada.

  23. Edilane Postado em 20/Jun/2012 às 12:56

    ESTAREMOS VIVENDO OS FINS DAS INSTITUIÇÕES DEMOCRÁTICAS DE DIREITO, SE O JUDICIÁRIO SUCUMBIR VAI SER A DESESPERANÇA TOTAL PARA O POVO BRASILEIRO. "SALVE O JUDICIÁRIO BRASILEIRO".

  24. Gerson Ramos Postado em 02/Sep/2012 às 07:33

    Rídiculo...deveriamos fazer um abaixo assinado ou algo do tipo..igual fizemos com a fixa limpa..

  25. Ricardum Postado em 15/Oct/2012 às 20:06

    Esse bandido do Tourinho Neto esta tentando com unhas e dentes tirar o Cachoeira da cadeia.. Acho que deveria prende-lo, pois um jurista so pode estar envolvido com o elemento.

  26. jmst Postado em 23/Nov/2012 às 11:41

    acho que isto vai dar uma pela pizza de calabreza e um belo molho de tomate e bastante oregano , povo brasileiro deixa de ser bobo isto, nunca vai acabar é como um cançer nao tem cura ...

  27. JOSE CARLOS LOPES Postado em 11/Dec/2012 às 22:40

    braço direito do Sr. la vegas com direito de manipular maquinas para ele ficar rico e não ser preso, fica uns dias na cadeia e depois deve fazer depositos na conta de TOURINHO NETO, para ser solto. os depositos não são feitos na conta de TOURINHO NETO deve ser feitos na conta DOS BEZERROS TATARAMENTOS.

  28. Gladiador Postado em 21/Mar/2013 às 20:26

    Queria saber que crime hediondo cometeu o senhor cachoeira que não tenha o mesmo peso dos crimes praticados pelo pessoal do mensalão. Preso só ele? Os outros não? Todo corrupto tem um corruptor. Abre o bico cachoeira. Escracha a quadrilha que te roeu e te chupou e agora te descarta como bagaço. - Gladiador.

  29. Fernando Scolor Postado em 22/Apr/2013 às 01:48

    Ele crápula corrupto também mandou soltar JUQUINHA, aquele bandido que desviou milhões da construção da Ferrovia NORTE SUL, e construiu com trilhos sem condições de carga, JUQUINHA aumentou seu patrimõnio de 500 mil a para 60 milhões, depois de preso, esta escória Brasileira chamado TOURINHO NETO mandou soltar. VERGONHA !