Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Corrupção 20/Apr/2012 às 15:06
14
Comentários

Marconi Perillo interveio a favor de Cachoeira em três estados, revela investigação

Notícia publicada pelo site Congresso Em Foco revela grampos da Operação Monte Carlo em que o contraventor Carlinhos Cachoeira se gaba de parceria com o governador Marconi Perillo (PSDB-GO) pelo lobby por loterias estaduais em três estados. Cerco ocorreu sobre Sinval Barbosa (PMDB), Beto Richa (PSDB) e Raimundo Colombo (ex-DEM, atual PSD). E deu certo!

Marconi Perillo Cachoeira PSDB

Em conversa gravada pela PF, Cachoeira diz que Perillo teria intercedido para Raimundo Colombo manter loteria em Santa Catarina

Eduardo Militão, Congresso em Foco

Na tentativa de emplacar prestação de serviços de loterias estaduais, o grupo do empresário de jogos de azar Carlinhos Cachoeira, preso na Operação Monte Carlo, buscou contato com os governadores recém-eleitos de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB); de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD e ex-DEM), e do Paraná, Beto Richa (PSDB). Segundo telefonemas de Cachoeira interceptados pela Polícia Federal, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), ajudou a evitar a extinção de uma estatal que controla loterias em Santa Catarina. Perillo nega e os demais governadores dizem que não negociaram nada com o bicheiro, que é o centro das investigações da CPI criada na quinta-feira (19) no Congresso.

No primeiro turno das eleições de 2010, Silval é reeleito em Mato Grosso. Beto Richa e Colombo ganham no Paraná e em Santa Catarina. Dois dias depois, em 5 de outubro, às 8h39, o ex-cunhado de Cachoeira, Adriano Aprígio de Souza, envia email ao argentino Roberto Coppola, consultor em jogos de azar. Ele comemora o resultado as urnas e pergunta como estão os contatos com os futuros governantes sobre as loterias estaduais. Questiona como teria sido a reunião de Coppola com Richa: “Roberto, viu o resultado no Mato Grosso? Foi reeleito o governador. E como ficou Santa Catarina agora? Paraná aquele encontro com foi bom (sic) com o governador eleito?”

Leia mais

Em resposta, às 18h52, o argentino Roberto Coppola mistura português com espanhol para dizer que o grupo vai conseguir ver implantada a loteria no Mato Grosso e em Santa Catarina. Afirma ainda que se reuniu com Colombo e com Richa. No primeiro, o resultado teria sido “bom”, segundo ele porque o coordenador da campanha de Colombo é que seria designado para dirigir a loteria. Mas com Richa, porém, o problema era que seu antecessor, o hoje senador Roberto Requião (PMDB), extinguira a loteria estadual.

“Em Santa Catarina también foi bon con Colombo porque o presidente da loteria era o jefe da campanha de Colombo. Em Paraná, fale com Beto Richa, o problema é que Requion por ler fecho a loteria e va a demorar, porque tein que facer uma nova lei. Esse filho da puta do Requion hasta que foi embora, incho o saco”, diz Copolla, no portunhol que usou no email.

beto richa marconi perillo cachoeira

Em 9 março de 2011, o governador de Goiás, Marconi Perillo, encontrou-se com Colombo em Santa Catarina. Oficialmente, foi uma visita “de cortesia”, segundo assessores do catarinense, ou, segundo comunicado do governo goiano, uma reunião para falar sobre “parcerias público-privadas”, com a participação inclusive do ex-presidente da companhia de energia de Goiás Ênio Branco, que hoje é secretário de Comunicação de Colombo. Mas, em diálogo de 10 de março, Cachoeira diz a um interlocutor não identificado pela Polícia Federal que Perillo, na verdade, foi convencer Colombo a não fechar a Companhia de Desenvolvimento de Santa Catarina, a Codesc, que administra a loteria inativa do estado.

“Inclusive tava com o governador de Goiás e levou o governador de Goiás pra falar com o governador de Santa Catarina”, explica Cachoeira, em telefonema grampeado às 15h41. Na conversa com o bicheiro, o interlocutor diz estar preocupado com a possibilidade de extinção da Codesc e, consequentemente, do negócio do jogo no sul do país. “Se acabar com a Codesc, acaba com a loteria”, alerta o homem não identificado. Essa mesma pessoa diz que Ênio Branco “estava tratando de tudo”.

grampo perillo colombo cachoeira cpi

A assessoria de imprensa de Colombo e de Branco afirma que a reunião teve mais de dez pessoas presentes e não tratou de jogo. Branco, porém, admite ter sido procurado por pessoas – das quais não se lembra – interessadas na manutenção da Codesc, a empresa que controlava o jogo no estado, mas não levou a questão adiante porque Colombo era contra o jogo.

Perillo rejeitou qualquer reunião para favorecer os negócios de Cachoeira. “Nunca conversei sobre legalização do jogo com quem quer que seja”, disse ele ontem (19), em nota ao site Congresso em Foco. “Não gosto de jogos, exceto os de natureza esportiva, e procuro sempre desestimular quem joga.”

A assessoria de Colombo afirmou ao site que não existe possibilidade de as loterias voltarem a funcionar no estado. Entretanto, o presidente da Codesc disse, numa entrevista ao jornal Diário Catarinense, que há uma comissão que estuda o assunto. Procurado pela reportagem, Ximenes não retornou os pedidos de entrevista feitos ontem.

Recomendados para você

Comentários

  1. Renata Postado em 20/Apr/2012 às 15:43

    É...rsrs... ele (Marconi Perillo) pode até não gostar de jogos, mas com certeza ADOROU O DINHEIRO Q O JOGO TROUXE.

    • maria lucia Postado em 30/Jun/2014 às 14:20

      sem duvida

  2. FUNCIONARIOS DO CRISA Postado em 21/Apr/2012 às 20:39

    O POVÃO TEM QUE ACABAR COM ESSE BANDO DE TUCANO, QUE SÓ SABE ROUBAR, VAMOS DAR UM BASTA, COMEÇAR NAS ELEIÇÕES PARA PREFEITOS, E DEPOIS PARA GOVERNADORES E DEPUTADOS BANDIDOS, COMO O LEREIA E OUTROS DA LAIA DELES.

  3. luiz f de amorim Postado em 23/Apr/2012 às 18:34

    O MARCONI TEM QUE IR PARA CADEIA, E NUNCA SAIR , LÁ SIM É O LUGAR DELE, PARA QUE ELE PAGUE POR TUDO QUE ELE FEZ COM O POVO DE GOIÁS. FORA BANDIDO MARCONI.

  4. ELZA Postado em 25/Apr/2012 às 23:10

    #FORAMARCONI

  5. luiz f de amorim Postado em 26/Apr/2012 às 19:47

    TEM QUE PRENDER ESSE TAL DE GOVERNO DE GOIÁS O QUANTO ANTES, PARA QUE ELE NÃO ROUBA MAIS, O POVO NÃO AGUENTA MAIS, FALTA. SAÚDE, FALTA SEGURANÇA, FALTA ASFALTO, FALTA EDUCAÇÃO, FALTA SANEAMENTO BÁSICO, FALTA JUSTIÇA, FALTA HONESTIDADE, FALTA RESPEITO COM O POVO, FALTA COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA, FALTA CARÁTER FALTA CONFIANÇA DA POPULAÇÃO, FALTA TUDO. FORA MARCONI BANDIDO. EU QUERO VER ESSE BANDIDO PAGAR POR TUDO QUE ELE FEZ DE RUIM; ALIÁS FOI SÓ QUE ELE FEZ.

  6. AGETOP Postado em 26/Apr/2012 às 20:00

    ESSE BANDIDO NÃO MERECE A CONFIANÇA DO POVO, PORTANTO CADEIA NELE, EU VOU ESTAR ASSISTINDO DE CAMAROTE, SE É QUE EXISTEM LEI EM GOIÁS, CADEIA NESSE BANDIDO, ANTES QUE ELE COMPRA A JUSTIÇA, E SAI SEM PAGAR PELOS CRIMES QUE COMETEU, EU VOU REZAR PARA ELE PAGUE TUDO. FORA BANDIDO, SEM VERGONHA.

  7. Antônio Carlos Rabelo Postado em 26/Apr/2012 às 20:12

    SEGUNDO OS COMENTÁRIOS E QUE DEM-OSTES, COMANDAVA O MINISTÉRIO PUBLICO DE GOIÁS ATRAVÉS DE SEU IRMÃO, E PQ ATÉ AGORA NÃO PUBLICOU NADA DO JUDICIÁRIO, SERÁ QUE ESSE E LIMPO?

  8. Valéria Postado em 27/Apr/2012 às 15:15

    Em Goiás há um bloqueio grande de informaçoes nos noticiários locais,fruto da pressao do governador....é uma pena que as classes socias menos favorecidas,sem acesso a net e outros noticiários nacionais confiáveis,fiquem desinformadas da realidade de Goiás e com isso ainda podem reeleger políticos do nível do Sr Marconi Cachoeira Perillo....

  9. José Carlos Oliveira Mendes Postado em 10/May/2012 às 21:09

    morei em Goiania quase 11 anos, e agora estou decepcionado com o governador Marcone Perilo. eu sinceramente achava ele um Homem sério. mas uma verdade tem q ser dita: ONDE HA DINHEIRO HA CORRUPÇÃO. é lamentável. um cara desse q já é milionario e ainda via fazer uma sujeira dessa com o povo do Goiás. é triste. queria q fosse mentira,mas pelo q estou vendo tdos os dias nos jornais....... o certo era ninguém votar,pq ninguém conhece ninguém.

  10. luiz f de amorim Postado em 31/May/2012 às 19:18

    DINHEIRO PARA PAGAR OS PROCESSOS TRABALHISTA DOS FUNCIONÁRIOS DO ANTIGO CRISA, HOJE AGETOP, NÃO RECURSOS, ENQUANTO VÁRIOS EX. FUNCIONÁRIOS ESTÃO PASSANDO POR DIFICULDADE FINANCEIRA E DOENÇAS, O ESTADO E GOVERNO ENVOLVIDO NESSA LAMA. QUE VERGONHA. AGE MARCONI EM FAVOR DOS EX. FUNCIONÁRIOS, QUE ESTÃO PASSANDO POR MAUS MOMENTOS. OBRIGADO.

  11. Rosildo Tavares Postado em 03/Jun/2012 às 12:08

    Goiás Nao merece isso, alguem tem que fazer alguma coisa, é repugnate, a sociedade nao pode ficar de bracos cruzados só observando tudo e nao faz nada, estou perplexo.

  12. H.92 Postado em 24/May/2013 às 22:55

    É critério de admissão no psdb ser falso moralista, privateiro, aético, além de ser muito cara de pau?