Redação Pragmatismo
Compartilhar
Desigualdade Social 19/Mar/2012 às 21:43
30
Comentários

Wanderson Pereira dos Santos: morreu na contramão atrapalhando o tráfego

Atropelamento do ajudante de caminhoneiro Wanderson Pereira dos Santos por Thor Batista, herdeiro do homem mais rico do Brasil, é exemplo emblemático do valor zero do que representa uma vida humilde diante dos privilégios de uma minoria torpe

Thor Eike Wanderson Santos

A sabedoria popular já traçou o desfecho do caso: “não vai dar em nada, vai ficar tudo por isso mesmo.”

Como costumava fazer, o ajudante de caminhoneiro Wanderson Pereira dos Santos (foto), 30, deixou na noite do sábado 16 sua casa humilde, quase de beira de estrada, para comprar uns poucos mantimentos para alimentar o tio deficiente mental. Na volta, encontrou a morte na forma de uma Flecha de Prata, apelido universal dos carrões acinzentados Mercedes. A seta motorizada de R$ 2,7 milhões que espatifou seu corpo era dirigida por Thor Batista, herdeiro do homem mais rico do Brasil, sétimo do mundo. Se morresse como o ajudante de caminhoneiro, quem sabe num acidente do mesmo tipo – sempre cercado por seguranças, Eike é também um ciclista – o bilionário teria lançado em seu espólio algo como R$ 50 bilhões de reais. Entre os seus, Wanderson vai somente deixar saudades, ele que, a exemplo de milhões de brasileiros, não tinha posses.

Leia mais

Construção, uma das maiores críticas sociais da obra de Chico Buarque, completa 41 anos de atualidade.

Sua vida era, como a de tantos, uma repetição. Em muito parecida com a descrita por Chico Buarque em Construção, de 1971. Wanderson devia atravessar “a rua com seu passo tímido” e agradecer a Deus por lhe deixar “respirar”, por lhe deixar “existir”. Sabe-se que era humilde, respeitador das regras sociais, atento à família. No mesmo paralelo do operário que “ergueu no patamar quatro paredes sólidas”, ele também vivia do trabalho braçal, trocando pesados pneus, sujando-se de graxa e poeira. Como o personagem de 41 anos atrás, agora mais que presente, também Wanderson “morreu na contramão atrapalhando o sábado”. O sábado da elite. Thor teria ao chegar o desfrute de uma festa que estava sendo dada por seu irmão Olin, para 150 pessoas.

A verdade que se tenta encobrir com as versões de Eike e a omissão de seu até aqui mudo filho mais velho, visa resultar na transformação do ajudante de caminhoneiro de vítima fatal em principal culpado de sua própria morte. Uma manobra com requintes de crueldade. Com a mesma determinação demonstrada por Thor e os dois homens que o acompanhavam no carro de, até aqui, não abrir a boca sobre o que de fato aconteceu, Eike aninhou-se no twitter para pilotar pessoalmente a sua versão sobre o fato. Ele já determinou que o ciclista foi colhido quando pedalava pela segunda pista, a de ultrapassagem, em lugar do acostamento, como sustenta a família. Também disse que, apesar da falta de confirmação da perícia, ela foi sim feita pela polícia, apesar de o carrão ter sido liberado logo após a morte de Wanderson.

Agregou que o filho, em todo o episódio, teve comportamento “exemplar”. Isso tudo é verdade? Antes que apareça o laudo da perícia sobre o acidente e uma reconstituição seja feita, não é possível saber. Mas como vem do, em tese, maior representante da elite brasileira, tende a colar como se verdade fosse. Terá razão, nesse caso, o povo, que usa desde sempre uma mesma frase para projetar o desfecho de situações que envolvem diretamente um rico suspeito e uma pobre vítima: não vai dar em nada, vai ficar tudo por isso mesmo.

Vídeo – Construção, Chico Buarque:

Brasil 247

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Adam Henry Postado em 20/Mar/2012 às 12:09

    A crueldade desse caso é realmente horrível. Imagino a dor da família da vítima. Sim por que ele foi vítima, vítima de um "acidente", vítima de um péssimo motorista irresponsável, vítima de uma infeliz conhecidência, vítima de um sistema jurídico podre, vítima da desiqualdade de um país que nunca cuidou dos seus próprios cidadão e de uma sociedade que teima em não se enxergar como iguais.

  2. wilson rangel Postado em 20/Mar/2012 às 12:28

    Concordo que o sitema juridico deste país é podre Adam, porém neste caso especifíco(violência no trânsito) não vejo diferença entre ricos e pobres.todos os dias mlhares de pessoas são mortas no trânsito e não conheço um único motorista imprudente que tenha sido condenado neste país.Um homem como o filho de eike batista quando atropela alguém vende muito jornal, mas temos diversas vitimas como esta todos os dias não aperecem pois não dão ibope pra ninguém

  3. Luana Nóbrega Postado em 20/Mar/2012 às 13:12

    Em pouco mais de 2 anos, Thor acumula 51 pontos na carteira. A maioria por excesso de velocidade. Com 20 pontos os que não são filhos de bilionários perdem o direito de dirigir. Se a lei fosse cumprida, ele não estaria dirigindo e, portanto, não atropelaria e mataria o ajudante de caminhão Wanderson Pereira dos Santos.

  4. Maiconsuel Postado em 20/Mar/2012 às 14:13

    Ora o autor critica porque não julgam um motorista e um ciclista, apenas, ora clama que se julgue mais que um motorista e um ciclista.

  5. Outro Anão Postado em 20/Mar/2012 às 15:01

    "Eu não me importaria se alguém viesse defender o pobre coitado. Que alguém falasse qualquer coisa. Mas pelo amor de deus, o corpo nem esfriou e a família já estava com um advogado pronto pra processar o Thor por danos morais e danos materiais. Tudo bem. Danos materiais, sim. Paga uma bicicleta nova para a família. Mas danos morais? Visivelmente, a família (e principalmente o advogado) só querem aproveitar a morte do sujeito pra faturar um dinheirinho sobre o caso. Isso fez com que eu perdesse minha imparcialidade. Nenhum jornalista vai me convencer de que essa gente é honesta e utilizar da pobreza deles como argumento de coitadismo. Não é nem função do Thor pagar pensão à família, como ocorre em alguns casos de assassinato. Já que foi uma fatalidade, se eu não me engano isto passa a ser função do Estado, já que ele era trabalhador e contribuía para o INSS." anão.

    • Abimael Costa Postado em 20/Mar/2012 às 15:08

      Anão, você está fazendo o mesmo julgamento de Eike Batista: "o falecido é o culpado pelos arranhões do meu filhinho". Faça-me o favor, que papel ridículo. Com vinte aninhos, esse filhinho da mamãe já acumulava dezenas de pontos por infrações de trânsito. Como disse Emir Sader "‎"Na proxima edicao da sua biografia o Eike vai acrescentar uma notinha de pe de pagina, falando do susto que levou porque seu filho poderia ter morrido pela imprudencia do ciclista."

  6. ana paula chacon Postado em 20/Mar/2012 às 16:13

    Infelizmente, se for verdade que o Wanderson trafegava na contra mão, dificilmente ganhará qualquer processo judicial. O código de transito brasileiro determina que as bicicletas podem trafegar nas estradas porém, na mesma mão de direção dos carros.Não que isso retire a culpa do Thor, porque pelo estrago que fez no seu carrinho popular, ele não estava mesmo à 110km/h. Gostaria de saber como passam a ser a noites de sono de um sujeito desses...

  7. Roberto Postado em 20/Mar/2012 às 17:24

    Tudo hipócrita!!! Não saiu a perícia e todo mundo já quer culpar o garoto, com base nas multas que ele tem. Todo mundo essas horas vira juíz, delegado, advogado. Vamos esperar sair a perícia, para posteriormente poder dar alguma opinião. Todo mundo fala que o cara é culpado só porque ele é bilionário. Isso é um preconceito com quem tem dinheiro. Não é porque o outro é pobre, que não pode ter sido o errado na questão. Se ele pedalava na contramão e o carro estava no limite de velocidade, o errado era ELE!!! E não é porque o filho do homem mais rico do Brasil que foi o envolvido, que já é motivo para cair de pau em cima do cara.... Vamos ser decentes!!!

  8. Hipos Postado em 20/Mar/2012 às 17:47

    Comecei a ler o texto esperando que fossem tocados os temas anunciados, como "valor da vida humilde" e "minoria torpe". Mas nada disso é justificado ou defendido nesse texto... Venho com algumas questões ao autor: Qual a relevância do preço ou da marca do carro? É ilegal comprar carros acima de um certo valor? O que muda saber que Eike deixaria uma herança e esse homem não? Pode até ser que o enriquecimento dessa família esconda esquemas corruptos e etc, mas até hoje (que eu saiba) nada disso foi comprovado, não passando de uma crença infantil (ou invejosa) que acredita que todo enriquecimento é injusto e eticamente falho. Então, não entendo que "valor zero" seria esse...deveriam "criar" uma herança à família desse homem? Por que a família Batista foi encaixada como "minoria torpe"? Por gastar dinheiro em carros? Se você tem críticas ao sistema que permite a essas pessoas terem esses "privilégos", ótimo, faça o que puder para mudá-lo, mas não venha crucificar aqueles que apenas foram bem sucedidos neste "sistema" e não têm qualquer responsabilidade sobre sua criação. Aos que argumentam que o rapaz teria X pontos na carteira: isso não é responsabilidade dele. Quem teria culpa são as autoridades que permitiram que ele continuasse a conduzir. E não interessa se há dinheiro por trás disso, é irrelevante, não tiraria o sangue das mãos das autoridades. E sobre comentar se os 110 km/h são ou não reais baseando-se nos danos ao carro... por favor, duvido que alguém comentando aqui seja capaz de fazer uma perícia através de meia dúzia de fotos e achismos...

  9. Adam Henry Postado em 20/Mar/2012 às 18:24

    Eu acho que algumas pessoas nesse fórum não entenderam o que se passa aqui... A questão a qual me atenho, e eu tenho certeza de que o autor da matéria se atém é de que se fosse um transeunte qualquer, num carro qualquer, com 51 pontos na carteira (não chegaria nem ao 20, pode ter certeza) o motorista seria indiciado de qualquer maneira por homicídio culposo, sem intenção de matar, que foi o que ocorreu. Mas como a situação é outra, NÃO VAI DAR EM NADA. Se fosse um cara num Gol eu continuaria achando um absurdo se ele não fosse preso. E sabemos que isso acontece até com quem tem apenas um gol... ENFIM SÓ AQUI NO BRASIL MESMO! Quando eu morava em Los Angeles e um rico yuppie da vida dirigia bêbado, todo mundo achava o fim da picada, aqui no Brasil, riquinho é responsável por morte alheia e ainda acha gente sem eira nem beira para defender. Uma coisa é admirar o Eike, mas ele n tem nada haver com isso, e outra coisa é defender esse absurdo.

  10. Enilda Ferreira Postado em 20/Mar/2012 às 19:52

    Minha intenção não é minorar a importância da vítima por conta de sua posição social mas, quando morreu o filho da Cissa Guimarães, ficamos meses ouvindo notícias, inclusive no Rock in Rio, o episódio foi lembrado mais uma vez quando ela doou pra uma das bandas, uma camisa com a foto do filho mas, como o Thor é da banda rica e provavelmente o Wanderson não tinha tantas camisas disponíveis e nem dinheiro pra tirar foto, com o tempo (e provavelmente, muito em breve) vão esquecer que ele existiu e voltaremos a falar sobre a copa do mundo! E acabou!

  11. Pericia Postado em 21/Mar/2012 às 09:05

    Que perícia? Vai ser imparcial? Quisera...

  12. Érica Postado em 22/Mar/2012 às 06:08

    Este país é um antro... só tem marginais legislando e administrando a vida pública.

  13. cris Postado em 22/Mar/2012 às 07:48

    Eh por isso q este pais esta como esta. por causa de pessoas que mesmo sendo exploradas pelo sistema capitalista defendem q grande elite do capital. Se eike esteve envolvido com fraude? pouco importa pq sua riqueza eh resultado da mais valia que eh o trabalhador braçal, que morre e sofre acidentes d trabalho, proporciona e nao recebe em troca o q lhe eh merecido. sozinha q mente "brilhante" do eike nao conseguiria mais do q pensar. a riqueza vem do trabalho das pessoas. essas q estando em situaçao semelhante o defendem. fico ainda indignada com a ignorancia de pessoas q conhecebdo o q eh Brasil acreditem na imparcialidade da pericia. alou! a maioria das pessoas se vendem e Eike pode pagar mto pelo filhinho dele, a custa da mais valia proporcionada por trabqlhadores como o ajudante de caminhoneiro. agora pensem e se a situaçao fosse inversa? eike nao colocaria o condutor nq prisao? Acordem! quem manda neste pais eh quem tem dindin!

  14. Miriam Alves Postado em 22/Mar/2012 às 13:09

    Se fosse ao contrário teriamos uma comoção nacional, uma passeata fechando a avenida Paulista pedindo mais segurança aos ciclista. E se fosse um onibus então o motorista ia correr o risco de ser linchado. e para terminar com musica: Brasil mostra a suia cara, quero ver quem paga pra gente ficara assim... Brasil.

  15. Viviane Goulart Postado em 23/Mar/2012 às 06:53

    Já cansei de ver pessoas de moto ou bicicleta cometende abusos e imprudência na estrada. Quem tem que acusar ou inocentar o Thor é a justiça, mas por que o Wanderson não poderia estar errado?! Pelo menos o Thor prestou socorro, não fugiu como no caso do filho da Cissa, por exemplo e nem deixou a familia desamparada. Fácil falar dos outros sem ter visto o que aconteceu.

  16. rapha Postado em 25/Mar/2012 às 01:36

    Esse texto é aquela tal historia: "Vamos falar mal dos ricos, porque eles são as pessoas ruins dessa sociedade" mas quando pessoas que escrevem este texto, conseguem subir no poder defendendo isso qeu esta dizendo, viram os "Josés" Dirceus, Sarneys da vida que controlam nosso país. Pessoas que escrevem este texto não merecem ser ouvidas, nem muitos menos entrar no poder! Porque? Aqui esta claro que estão condenando alguem que nem foi julgado, apenas fatos ditos pela imprensa. Quem aqui estava no acidente para dizer o que aconteceu? Ninguem! Ele pelo menos parou e prestou socorro, tanta gente morre que nem se sabe quem foi o causador. O que eu vejo aqui é as pessoas doidas para ver alguem com dinehiro "cair", ta na mente podre do brasileiro,a inveja, hipocrisia, porque estão julgando e condenando alguem, e este é um texto totalmente parcial! Caso vocês não saibam o Wanderson estava alcolizado, bem acima do permitido por lei, alguem aqui citou isso? Não, mas adoraram citar "Filho do Bilionario, Mercedes Mclaren de 2 milhões de reais" parece uma tag isso, imagina pessoas como vocês sendo juizes? E ainda reclamam da legislação do país, vocês iam condenar tantos inocentes, só pelo pre-julgamento. Vocês são o reflexo da nossa sociedade! Parabens! Vocês tem o que merece! Tem mais é que ver isso e se dar mal.

  17. lopes Postado em 25/Mar/2012 às 15:36

    país de m. esse nosso e povo de mais m. ainda. tem ainda neguinho para defender esse riquinho fdp. tenham vergonha na cara

  18. João Kleber Postado em 26/Mar/2012 às 14:58

    Adam Henry, não tenta pagar de sabichão usando argumentos jurídicos, porque tá falando merda. O homicídio culposo acontece quando é constatado que a culpa foi realmente do acusado, mas não houve o animus, a intenção do resultado. Se ele provocou uma situação de risco, mas não houve a intenção, ainda assim pode ser considerado culposo. Agora, convenhamos. Um ciclista alcoolizado, na contra mão, é atropelado, e a culpa é do motorista? Motorista que ainda deu socorro? Não importa quem é filho de quem, o legislação deve ser imparcial.

  19. Ana maria Postado em 29/Mar/2012 às 16:09

    Ele não prestou socorro...o homem já estava morto!...A testemunha viu que a vítima estava no acostamento...Por que ele tirou o carro do local do acidente?...Por que mentiu que fez o teste do bafômetro? o policial informou, que o posto policial não possui bafômetro, já que eles estão em poder dos policiais nas viaturas...Ainda vem uns engraçadinhos dizer que a família tb não é honesta...são pessoas que trabalham de dia...pra comer á noite!..Um filhinho de papai acostumado a cometer crimes e ser "aliviado" pelo papai endinheirado!...Queria ver se fosse com vcs...se tivessem matado um de seus parentes!...Ninguém se coloca no lugar do outro!

  20. Di Bob´s Postado em 11/Apr/2012 às 09:49

    que nojo da gente burra que defende a gente rica, só porque é rica...ridículo (rapha, Roberto, anão e outros...) se o sujeito fosse o condutor e o coitadinho do thor o ciclista o cara nem vivo tava mais... estaria no mínimo condenado e os mesmo hipócritas que defendem o elitismo iam aplaudir o negro pobre condenado, porque o thor mimadinho perdeu a vida Multas são precedentes e precedentes são sim indícios de culpa (em qualquer caso). 51 pontos? que eu saiba ele teria que perder a carteira, ficar nem sei quanto tempo sem dirigir e ao ser flagrado dirigindo, preso, pois não possui habilitação e cometeu homicídio culposo. (leia sobre o material que é feito o carro e sobre a força de impacto que é capaz de fazer aquilo com este material...a velocidade era exorbitante e não precisa ser perito e nem inteligente pra perceber) Li 2 ou 3 reacionários, pelegos, vendidos, provavelmente ricos e a favor do favorecimento do thor, o privilegiado, aqui e tive que escrever. É por causa de vocês, gente asquerosa que defende a injustiça, que a corrupção existe, isso é corromper-se: abrir mão da razão pra defender a injustiça e o favorecimento. Vou ali vomitar e já volto

  21. Pontes. Postado em 13/May/2012 às 18:11

    A primeira ponderação que me chamou a atenção foi a de que quem defendia o ciclista assassinado pelo assassino THOR, o fazia porque tinha inveja da riqueza da família do assassino. Contudo, se isso fosse realidade, não haveria porque contradizer, entretanto esse raciocínio esconde que: realmente a concentração de riqueza nas mãos de um número tão pequeno de pessoas, que através da exploração de 99% da população de ciclistas que trabalham para sustentar os 1% da população, que além de explorá-los ainda os assassinam culpando-os por não terem percebido que um carrão de 6 bi de dollares, transportando um serzinho alienado pela própria riqueza, à 150 km/h, teria que ser respeitado no trânsito pelo ciclista, que obviamente nem teve tempo de saber da presença do delinquente alienado. Será que é possível ter inveja disso??? Vale lembrar:” MORREU NA CONTRAMÃO ATRAPALHANDO O TRÁFICO”; PENSO QUE VALE ESSA HOMENAGEM A MAIS ESSE “PINGENTE HUMANO” (DA MÚSICA DE CHICO BUARQUE) CONDENADO A MORTE POR ANDAR DE BICICLETA APÓS SUAS 12 HS DIÁRIAS DE TRABALHO, SEM ALMOÇO, APENAS UM LANCHE, E POR SEU ALTÍSSIMO SALÁRIO DE: 3 A 3 SALÁRIOS MINIMOS , NO SETOR METALURGICO, CONSTRUINDO CARROS DE 2 BILHÕES DE REAIS QUE FATALMENTE O MATAM, SE NÃO NO TRÂNSITO, POR FOME, POR DOENÇAS, POR CANSAÇO, POR DESCONSOLO, ETC, IGUALMENTE À 150 MILHÕES DE BRASILEIROS.

  22. fernanda Postado em 17/May/2012 às 00:52

    Ola gente, Sei que ja passou algum tempo desde o ultimo comentario e acho que isso prova justamente um dos aspectos que estava em debate: 2 meses depois o Thor continua dirigindo, a pericia nao deu nenhuma repercussao, carteira nao foi cassada... Estou realmente indignada mas me sentindo incapaz de ser ouvida por alguem que possa ter alguma influencia maior no caso. Sou estudante de cinema e estava querendo fazer um curta metragem falando dessa situacao absurda, com a minima e otimista esperanca de tocar pelo menos alguem de como nos conformamos no Brasil que as coisas sejam feitas na nossa frente pois sabem que nao vamos fazer nada de relevante mostrando indignacao. Tampouco acredito nso resultados da pericia e nas afirmacoes do menino. Queria saber entao se algum de voces tem uma mera ideia de algum contato mais proximo que eu possa conseguir de testemunha, familia... Estou afligida e aqui foi o meio mais proximo que encontrei, entao agradeco muito qualquer ajuda!

  23. Campineiro Postado em 08/Jun/2012 às 18:11

    Acho muito grave o caso, tanto quanto aquele dos bandidos terem arrastado um menino até a morte. Estes agora estão soltos por bom comportamento. Mas a coisa é descer a lenha com todos os adjetivos em uma pessoa que é o inimigo na luta de classes. Ai todos sentem dor etc. Soltar aqueles assassinos por bom comportamento deve ser legal principalmente pq aqueles fazem parte daqueles desprovidos de oportunidade e outras m...

  24. Maria Alice Machado Postado em 31/Dec/2012 às 19:25

    É uma merda esse País né??? um cara que tem não sei quantos pontos negativos na carteira e ainda está dirigindo?? cadê a ordem das coisas??? se há indício possivelmente há culpa. Se o cara já tem esse histórico no quesito trânsito, SANTINHO ELE NÃO É. No mínimo estava em alta velocidade, não estou tirando a culpa do outro que estava na contramão mas se o tal de Thor estivesse em uma velocidade razoável não teria matado o rapaz. É tudo uma questão de lógica!!! de EVIDÊNCIA!! cegos nós não somos e nem burros também!!!! MAS A JUSTIÇA É. Principalmente nesses casos assim ONDE O FILHOTINHO DA MAMÃE TEM UM MONTÃO DE DINHEIRO.

  25. Dennis Postado em 14/May/2013 às 11:28

    Sei lá... eu não ví. Não estava lá. Então não sei dizer se um estava rápido demais... se o outro estava na contra-mão..... mas sei que em um país sério, a perícia é feita na cena do suposto acidente, de modo que o carro só seria removido depois de periciado. Em um país sério, o condutor seria examinado para saber se estava sob influência de alguma substância que pudesse alterar seus reflexos.... aliás, seria meio óbvio dar uma olhadinha no gps do carro, ou em alguma parafernalha eletrônica que os milhonários possuem para saber onde os filhos estão e tals.... isso tem até em celular... e já faz um tempinho já....

  26. M. Souza Postado em 05/Oct/2013 às 23:24

    Não sei nem como escreve o nome desse cara, AIKI e do filho dele. O que sei é o seguinte: parece ser muito soberbo, arrogante e orgulhoso. Ele vai ficar mais falido ainda, quem sabe venha vender cachorro quente ou entao picole nas praias. Isso ate seria uma afronta com as pessoas que na maioria das vezes humildes, precisam vender cachorro quente e picole.

  27. Luciano Huck defende Thor, filho de Eike Batista, em tragédia que matou ciclista Postado em 23/Sep/2016 às 16:04

    […] Wanderson Pereira dos Santos: morreu na contramão atrapalhando o tráfego […]

  28. Eike e Thor Batista vazam acordo com família de atropelado e são multados Postado em 23/Sep/2016 às 16:05

    […] que o empresário Eike Batista e seu filho Thor paguem R$ 500 mil de multa à família do ciclista Wanderson Pereira dos Santos, por quebra de contrato. A cláusula que estipulava a multa em caso de violação da […]

  29. Cinco fatores ajudam a entender acidente entre Thor Batista e Wanderson Pereira Postado em 23/Sep/2016 às 16:07

    […] Wanderson Pereira dos Santos: morreu na contramão atrapalhando o tráfego […]