Redação Pragmatismo
Compartilhar
Rede Globo 16/Mar/2012 às 15:58
11
Comentários

Jornal Nacional omite que seu maior patrocinador lidera ranking de reclamações do Procon

Contrariando o Código de Ética lançado recentemente pela Rede Globo, o telejornal não informou ao telespectador que o Bradesco, principal patrocinador do Jornal Nacional, lidera o ranking nacional de reclamações do Procon

JN ar Bradesco Procon

Merchandising do Bradesco chega até o JN no ar

Ontem foi Dia Mundial do Consumidor. Foi também o dia escolhido pelo Procon-SP para divulgar a lista com as empresas que menos respeitam o consumidor. Já é uma boa pauta. Mas havia mais:

“Além da divulgação do Cadastro de Reclamações Fundamentadas, o Procon-SP lançou o ranking on line das 30 empresas que mais geram queixas ao órgão. A lista, iniciada em 1º de janeiro de 2012 será atualizada diariamente e estará disponível no site www.procon.sp.gov.br, indicando também as irregularidades e o índice de solução dos fornecedores aos casos reclamados.” [Fonte: Procon-SP]

No entanto, o Jornal Nacional ignorou solenemente a data, talvez porque a empresa campeã em mau atendimento ao consumidor seja o Grupo Bradesco, principal patrocinador do Jornal Nacional.

Leia mais

Em 2010, o Bradesco desbancou o Itaú (então o patrocinador do JN), com uma cota de patrocínio de R$ 120 milhões. Graças ao Bradesco, o JN misturou de vez, escancarou, as relações antes proibidas (ou melhor, disfarçadas) entre redação e departamento comercial, com ações de merchandising durante reportagens, com o JN no ar.

Certamente, em nome dessa parceria, Ali Kamel e seus comandados chutaram pro alto o Código de Ética, lançado com pompa e circunstância pela Rede Globo, que, na Seção I, Item 1d afirma:

d) Não pode haver assuntos tabus. Tudo aquilo que for de interesse público, tudo aquilo que for notícia, deve ser publicado, analisado, discutido;

Ao não fazer a reportagem o Jornal Nacional mostra que é realmente parceiro de seu patrocinador, ambos desrespeitando seus clientes, consumidores, telespectadores.

Antônio Mello, em seu Blog

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. vitor Postado em 17/Mar/2012 às 12:01

    Pra inicio de conversa, esse jatinho não é o da Globo, essa montagem também está muito mal feita. O Jatinho da globo eu já ví de perto e não tem essa propagada do Bradesco.

    • Luis Soares Postado em 17/Mar/2012 às 13:39

      Vitor, desde a parceria com o Bradesco a marca do banco está estampada, sim, nos jatos da emissora. É provável que você tenha visto um dos jatos do JN no ar à época que o patrocínio ainda não existia. Dê uma olhada na imagen a seguir. http://www.google.com.br/imgres?um=1&hl=pt-BR&sa=N&biw=1366&bih=643&tbm=isch&tbnid=swyQlpXd5J5T2M:&imgrefurl=http://spottermanaus.blogspot.com/2010/09/foto-falcon-2000-do-jn-no-ar-em-tefe.html&docid=iPN2F-0Vsf-jDM&imgurl=http://2.bp.blogspot.com/_gg9ZqOdTuLo/TJvoDt3-PrI/AAAAAAAABB0/B7m6B0i6zW0/s1600/JN1.jpg&w=800&h=600&ei=VL5kT7WsI8jDgQfe1bnQAg&zoom=1&iact=hc&vpx=172&vpy=149&dur=5190&hovh=194&hovw=259&tx=158&ty=86&sig=117903762420134968530&page=1&tbnh=133&tbnw=162&start=0&ndsp=18&ved=1t:429,r:0,s:0 Ou, se preferir, leia o link com a notícia a seguir referente ao tema: http://guic83.wordpress.com/2010/08/25/bradesco-no-ar/

  2. Regina Ramires Postado em 17/Mar/2012 às 14:23

    não tem mais como esconder nada ... Plim Plim!!

  3. JOÃO SZABO Postado em 17/Mar/2012 às 19:56

    Sempre achei que o Jornal Nacional não dá notícias com isenção. A ligação do Ser. Roberto Marinho com o governo impede que a Globo, e no caso o Jornal Nacional, possa veicular notícias, principalmente notícias políticas. Se isto ocorre nesse fértil campo de corrupção, imaginem naquilo que diz respeito ao consumidor. Fica claro, que no Dia do Consumidor a notícia chave seria o ranking das empresas que mais reclamações recebeu dos consumidores. O Procon representa, hoje, o órgão que melhor condição tem de apurar números neste sentido. E então a omissão de tais importantes dados, por parte do Jornal Nacional, somada aos antecedentes bastantes já identificados, tiram do Jornal Nacional a credibilidade mínima necessária para ser um veículo de comunicação que possa manter bem informadas as pessoas que querem saber dos fatos. Posso assistir o Jornal Nacional para preencher o tempo ocioso, mas não para me informar, pois coloquei na cabeça que sempre em cada notícia há uma distorção, uma omissão, principalmente se a notícia veicular temas políticos.

  4. Brena Postado em 19/Mar/2012 às 15:25

    Que trabalho maravilhoso este site faz. Estou compartilhando os links no meu face. Isso sim é informação.

    • Luis Soares Postado em 19/Mar/2012 às 16:19

      Olá Brena, seja sempre bem-vinda.

  5. jair Postado em 19/Mar/2012 às 23:19

    so agora vcs.estão conhecendo o jornal nacional,no geral os meios de comunicação no brasil e assim faz o jogo duplo,so mostra o que de interece para grupos de politicos,o povo não conta somos massa de manipulação,esse tipo de jornalismo se vc.mudar,veja um menos rui, o jornal da cultura.eles so mostrão as noticias,não discutem,não explicão,nunca mas nunca a verdade vai estar ali.vamos acordar.

  6. baba Postado em 27/Apr/2012 às 01:18

    vitor ta aki pra fingir de egua meu caro? uma dica VAZA q vc pega o bonde,blz? bjo!

  7. Adalberto F. de Sousa Postado em 24/Jun/2013 às 18:35

    Depois que o Brasesco "adquiriu" o BEC (Banco do Estado do Ceará), sempre escuto funcionário reclamando que falta dinheiro na conta.

  8. Vinicius Postado em 10/Dec/2013 às 01:24

    E daí?