Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Religião 26/Mar/2012 às 15:12
7
Comentários

Após ser discriminado, jovem gay inaugura igreja voltada para homossexuais

Cansado de ser vítima de preconceito justamente em um local onde esperava ser recebido de braços abertos, um jovem de 26 anos está criando no Rio Grande do Sul uma igreja cujo objetivo principal é acolher fiéis de todas as orientações sexuais.

igreja homossexuais preconceito rs

Anderson Zambom cria igreja para homossexuais

Desde o último sábado (24), o Rio Grande do Sul tem a primeira igreja voltada ao público gay. Homossexual assumido, o pastor Anderson Zambom é o responsável pela Igreja Cidade de Refúgio de Porto Alegre, vinculada a uma comunidade nacional que tem como objetivo pregar a palavra de Deus sem preconceitos quanto à orientação sexual.

“Haverá cultos de ensino bíblico para mostrar às pessoas que Deus não é aquele monstro que as igrejas pregam”, disse o pastor, que atuará junto com a pastora Vanessa Pereira, de 27 anos. “Quem impôs a condição de pecado foi o homem e não Deus, porque em nenhum momento a Bíblia condena o homossexualismo. O que há é algumas traduções errôneas e o entendimento errado e manipulado da Palavra”, acrescentou

O pastor ressalta que a Cidade de Refúgio não é de uma igreja voltada exclusivamente ao público gay, mas tem o intuito de dar uma oportunidade aos homossexuais evangélicos de exercerem a religião sem serem considerados pecadores. Foi exatamente o que aconteceu com o próprio Zambom, forçado a abandonar o exercício de pastor de uma igreja de Santa Maria, em 2003. “Fui excluído do ministério. Não pude ir para frente no meu trabalho”, lamentou o pastor.

Leia mais

Cristão desde os 10 anos, Anderson, hoje com 26, teve a ideia de voltar aos púlpitos ao perceber o surgimento das chamadas “igrejas inclusivas”. Decidiu fundar a Cidade de Refúgio na capital gaúcha após conversar com a fundadora da comunidade, Lanna Holder. “Havia uma ideia de criação do nosso ministério, porém seria independente. Então, conversando com as pessoas, resolvemos começar esta obra aqui”, declarou.

Deus não é aquele monstro que as igrejas pregam”

Os cultos de Zambom e Vanessa terão semelhanças aos da Bola de Neve, igreja evangélica voltada ao público jovem. Porém, com uma diferença: na Cidade de Refúgio, ao contrário das demais igrejas da religião, o homossexualismo não é reprovado. “Serão cultos bem jovens”, diz o pastor.

Fora as celebrações religiosas, uma das primeiras realizações da Cidade de Refúgio será a Balada Gospel, uma festa noturna voltada ao público cristão. O evento ainda não tem data marcada, e deve ocorrer até junho deste ano. O pastor tem outro plano mais ambicioso. “Pretendemos montar uma convenção nacional de igrejas inclusivas”, diz Zambom.

Nos discursos, não serão abordados apenas temas voltados à homossexualidade. “Não é só uma igreja gay e não queremos que se torne isso. É uma igreja para todos, independente da orientação sexual”, ressaltou.

Os cultos na Igreja Cidade de Refúgio de Porto Alegre serão realizados aos sábados, às 19h30, aos domingos, às 18h e às quartas-feiras, às 19h30. A nova igreja fica na Rua Álvaro Vieira Andrade, número 134, no bairro Jardim Ingá, na Zona Norte de Porto Alegre.

Agências

Recomendados para você

Comentários

  1. Tiago Postado em 23/Apr/2012 às 16:56

    Este mundo esta cada dia mais acabado... É lamentável este tipo de palhaçada!

  2. wallace Postado em 09/Jun/2012 às 19:15

    Lamentável é sua ignorância.

  3. Eduardo Postado em 12/Jun/2012 às 14:51

    Lamentavel esses caras,não acredito que lí isso! e ainda Usarem Deus ? :s

  4. Alana Postado em 15/Jun/2012 às 16:19

    Os homossexuais sempre utilizam a arbitrariedade para julgar a palavra de Deus e tomar as conclusões de seus próprios interesses. Se homossexualidade fosse regra, Deus não teria criado homem e mulher, não teria feito o sistema gênito-reprodutor de ambos se completarem. Teríamos hemafroditas e não dois sexos. E sexo a gente não escolhe, nasce com ele. Só espero que a raça humana desapareça antes que a homossexualidade vire regra. Sem preconceito para com os homossexuais, pois os respeito, mas sim contra a conduta adotada por eles.

  5. Bruno Reis Postado em 16/Jun/2012 às 15:22

    Primeiro que Deus não criou nada, saiam da caixinha e vão estudar outras teorias de como a vida foi concebida. Em segundo é válido ressaltar que sim, temos dois sexos e isso é altamente ligado a reprodução, afinal precisamos de dois sexos diferentes para nos reproduzir. Homossexualidade não se encaixa em um meio de reprodução o que creio que todos que lerem isso já devem saber, é mais ligada em como eu gosto de maçã e você de limão, é uma preferência particular de cada, isso não muda nosso sistema de reprodução, isso na verdade não atinge ninguém de fato a não ser uma moral imoral pré-posta ao homem. Não aceitar isso é desrespeitar a si mesmo, isso se tratando da pessoa de onde parte, porém isso não ser aceito pela sociedade o que hoje já é algo comum tanto quanto futebol, não é nada, nunca precisaram do consenso dos outros para assumirem sua identidade. Dentre outros temos de respeitar ao máximo uma vez que sabe-se que homossexualidade não é uma opção, é uma condição. Não o vejo como algo ruim, vejo como algo bom! Sou ateu e fico feliz em saber que pessoas mesmo com opiniões diferentes estão lutando para que possam mostrar sua opinião!

  6. ROBERTA SANTOS Postado em 16/Nov/2012 às 15:49

    EU ESTOU NA FOTO COM ANDERSOM ZAMBOM QUE SEM AUTORIZAÇÃO PUBLICARAM EM NOME DE OUTRA IGREJA QUE NÃO É A QUE FUNDEI EM 9/03/2012 CITO: IGREJA EVANGÉLICA INCLUSIVA DO BRASIL

  7. leticia Postado em 22/Apr/2014 às 22:54

    isso e igreja do diabo!vai ler a biblia