Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Direitos Humanos 10/Jan/2012 às 14:46
0
Comentários

Empresário saudita põe filho à venda no Facebook por U$ 20 milhões

Empresário decidiu tomar a medida extrema após o negócio que mantinha ser fechado depois de uma decisão judicial

Saudita tráfico de criança

Saudita tráfico de criança

Um saudita colocou o próprio filho à venda na rede social Facebook. O valor pedido por Saud bin Nasser Al Shahry — 20 milhões de dólares — seria para oferecer “uma vida digna para a mulher e a filha em vez de viver na pobreza”, conforme noticiou o diário saudita Al Sharq, citado pelo portal emirates247.com.

De acordo com o jornal, Saud bin Nasser Al Shahry decidiu tomar a medida extrema após o negócio que mantinha ser fechado depois de uma decisão judicial, que declarou sua empresa ilegal. Ele chegou a pedir ajuda para as autoridades locais, mas não teve sucesso.

Leia mais

Como o tráfico de crianças na Arábia Saudita é considerado um delito, e não um crime, o jornal especula se o anúncio da venda do garoto poderia ser uma tentativa de Saud bin Nasser Al Shahry chamar a atenção e conseguir de outra forma o dinheiro.

O governo saudita é frequentemente criticado por fazer pouco para prevenir o tráfico de pessoas. Em 2009, a Arábia Saudita adotou um pacote de medidas rigorosas para combater o tráfico de crianças e também colabora com o UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e outras entidades em campanhas de conscientização.

Opera Mundi

Recomendados para você

Comentários