Luis Soares
Colunista
Compartilhar
Política 26/Jul/2011 às 17:58
17
Comentários

Globo e Ana Maria Braga: Nordeste no epicentro de um show de horrores

Demonstrações de indelicadezas com o Nordeste e Juazeiro
Profundamente lamentável a reportagem do programa “MAIS VOCÊ”, de Ana Maria Braga, em referência ao centenário de Juazeiro do Norte no dia 22 passado. A apresentadora começa a sua burrice geográfica com o convite: “Agora vamos viajar pro norte do país”.

Juazeiro do Norte não fica no norte, mas sim no nordeste brasileiro, no sul do Ceará. Porém a aberração ignorante continuou. A matéria era sobre um juazeirense que há 25 anos havia deixado sua terra e nunca mais voltado. Era a homenagem do programa pelo Centenário de Juazeiro do Norte. 

Leia mais:
O repórter que acompanhou o cearense João Bosco do Nascimento Gomes sem maiores aprofundamentos sobre a cidade ao chegar pergunta se João sabia da existência do aeroporto, se sabia onde o pai do mesmo morava e assim foi até encontrar seu pai, que não via há anos.

Mas a burrice de uma apresentadora de um canal de TV em nível nacional foi lamentável e com suas falas acabou por causar sentimentos de menos valia entre os juazeirenses. Senão vejamos!

Como o Sr. João foi encontrar seu pai em uma rua sem asfalto, na periferia, a brega Sra. Ana Maria Braga fez algumas afirmações no mínimo absurdas. A ignorante falou algo se referindo à pobreza da cidade, se apoiando nas cenas gravadas de poucas ruas da periferia e conclui que justamente por isto é que os nordestinos vêm para o sul, pois no nordeste se vê pobreza.

A brega ignora que o fluxo de nordestinos para o sul já não é o mesmo de séculos passados, havendo sim uma inversão deste fluxo, tal qual previsto pelo próprio Padre Cícero. Mas com tal colocação a apresentadora acaba por reforçar a crença de algo que já não é mais real. E o papagaio Louro repete, afinal ele não tem culpa das burrices dos outros.

Também durante a reportagem a Sra. Ana brega se refere à cidade somente com o nome “Juazeiro” por diversas vezes, creio que devido a sua ignorância geográfica não sabendo que Juazeiro é cidade da Bahia, vizinha de Petrolina e Juazeiro do Norte é no Ceará. Tal tratamento acaba por gerar confusão e alimenta ignorância também entre telespectadores menos atentos a tais detalhes.

A brega apresentadora também parece não ter noção do valor e importância do Padre Cícero na região e em todo o nordeste. Fala da cidade como sendo a “Terra do Padim” e mais nada e o papagaio Louro repete, coitado. Faz tal afirmação como se fosse uma referência sem significados, sem valores profundos, sem maiores destaques, A Sra. ignora lamentavelmente que Juazeiro do Norte é a 100ª cidade do Brasil; que Juazeiro do Norte é o maior centro de religiosidade da América Latina; que Juazeiro do Norte tem um importante centro universitário com mais de uma dezena de universidades; que Juazeiro do Norte tem em seu aeroporto importante papel por atender demandas de cargas e passageiros, além do sul cearense de outras regiões como do Pernambuco, da Paraíba e Piauí. 

Leia também:
União na luta pela liberdade: contra censura, racismo e homofobia

Juazeiro do Norte é forte pólo industrial, comercial e de serviços a ponto de ser tratada como uma espécie de ‘capital’ do Cariri, região que envolve várias cidades do sul cearense.

É, a Sra. Ana com sua brega ignorância não se referiu a Juazeiro do Norte desta forma, mas sim valorizando algumas ruas sem calçamento e concluindo pela pobreza da cidade; como se fosse esta a única característica de uma cidade que como tantas outras tem seus problemas, como a capital paulista tem os seus junto a periferia e nas favelas. Mas quem não conhece Juazeiro do Norte e ouviu a fala brega desta apresentadora vai ficar com a conclusão desprezível, preconceituosa e irresponsável para quem está diante de um canal com audiência nacional. Né! Louro?

Outra omissão lamentável, justamente na matéria em homenagem ao centenário de Juazeiro do Norte, foi quanto a Padre Cícero em passant como se o mesmo não tivesse nenhuma representação significativa em relação à própria cidade que tem sua história e seu desenvolvimento ligado a figura de Padim. Ela e nem seu Louro sabem da importância de Padre Cícero quanto aos aspectos: religioso, cultural, folclórico e político. Creio que ela e nem seu Louro sabem que Padim foi escolhido como o “Cearense do Século”. Pena. Quanta bobagem numa homenagem!

Cabe então a Sra. Ana Maria Braga uma retratação. Não a mim, pois eu não tenho importância alguma para seu programa. Mas cabe sim a toda a população juazeirense, ferida em sua auto-estima, alvo de preconceitos e conceituações indevidas. Creio que a melhor forma seria uma nova reportagem, pode ser com o próprio João Bosco, mas mostrando a cidade em seu todo, histórico, cultural, folclórico, religioso, educacional, industrial, comercial e geográfico.

E outra dica diante de uma nova reportagem é consultar instituições juazeirenses, tem uma centena delas disponíveis. Ou também consulte a Escola de Samba do RJ a Tradição e em São Paulo Escola de Samba de Vila Albertina, ambas tem muitas lições a ensinar. E em última hipótese consulte o Google, como faço diante de minhas ignorâncias.

Aí sim a Sra. estará fazendo a devida homenagem a JUAZEIRO DO NORTE e o seu papagaio Louro José certamente irá aprovar e aprender muito da cultura nordestina.

Fica aqui este registro cheio de indignação, insatisfação, rejeição e ironia sim, não nego! Quem sabe assim as outras homenagens ás cidades brasileiras não terão como conotação o oportunismo pela audiência, jogando irresponsavelmente preconceitos, rótulos inadequados, visões simplistas e asneiras globais aos telespectadores.

Este desabafo é reflexo de outras tantas vozes também indignadas pela qualidade e nível de homenagem ao Centenário de Juazeiro do Norte feito por um programinha que foi sim pobre na essência, preconceituoso e desprezível para o centenário juazeirense.

Ah! Eu quem sou? Eu não sou cearense, nem nortista e nem nordestino. Sou um simples caipira paulista, porém orgulhoso de ser recebido com carinho e respeito em Juazeiro do Norte, onde tenho uma pequena parcela de contribuição e valor para com o desenvolvimento juazeirense, mas que anda saturado diante de tantas ‘papagaiadas’ televisivas.

Tito Oliveira para o sítio Miseria

Comentários

  1. Blog do Roberto Almeida Postado em 26/Jul/2011 às 18:07

    Esses sudestinos são mesmo uns ignorantes em relação ao Nordeste.

  2. BrunoHenrique Postado em 26/Jul/2011 às 19:07

    O autor se refere tanto a ignorância da apresentadora - inclusiva pelo seu desconhecimento em geografia-, mas não enxergou os vários erros de português em seu texto. Apenas um exemplo:
    "(..)de um canal de TV a nível nacional foi lamentável e(..)". tsc tsc.

  3. Luis Soares Postado em 26/Jul/2011 às 19:33

    O desconhecimento acerca do Nordeste ainda chega a ser abissal. Nesse caso, não é de se estranhar.

  4. janete Postado em 27/Jul/2011 às 04:26

    pessoal vamos todos pro google...tire todas suas dúvidas lá,na atualidade é a melhor escola que existe,e assim não teremos esse tipo de discução totalmente sem futuro e ainda mais falando da "loira"ana maria,que normalmente é uma piada e fas jús a côr de suas madeixas!!!

  5. Reinaldo Lima Postado em 29/Jul/2011 às 18:46

    Então como dizia o velho Lula (Luiz Gonzaga): "No Ceará não tem disso não". É um cumulo saber que nossos jovens e crianças que estão em processo de formação recebam em seus lares, informações errôneas como essa, e exemplo de pessoas com imagem de bem sucedidas na vida, mas com tamanho despreparo até mesmo para exercer a sua profissão de origem!

    Sou nordestino e estou indignado com esse fato!

  6. Luciana Sobreira Postado em 09/Aug/2011 às 19:37

    Realmente é um absurdo a forma que a Globo refere-se ao Nordeste(principalmente as cidades do interior nordestino)..
    Sem nenhum conhecimento prévio sobre Juazeiro do Norte têm a cara de pau de menosprezar uma das cidades mais importantes na história não só do Nordeste como também do país. Uma cidade que se desenvolveu em tão poucos anos devido a imagem do Padre Cícero que representa muito mais do que a apresentadora pode imaginar no Nordeste do país.
    Registro aqui o meu desprezo a reportagem global e aproveito para deixar exposto o meu amor a minha cidade!!!

  7. cris Postado em 12/Aug/2011 às 01:14

    Parabéns Tito Oliveira pele indignação.
    precisamos de pessoas como coragem como você
    representado os nordestino.

  8. Prof. Silvio Bonilha Postado em 18/Aug/2011 às 20:17

    Sr. Roberto Almeida, a generalização é perigosa. Sou paulista, filho de pais paulistas. Tive a oportunidade e o privilégio de fazer o curso superior em uma instituição recifense. Não tive oportunidade de conhecer Juazeiro do Norte (recebe esse nome "do Norte", não porque fica ao norte do Brasil, mas para se diferenciar do nome da cidade baina Juazeiro, portanto, mais ao sul), entretanto tive oportunidade de conhecer muitas outras cidades do maravilho nordeste brasileiro, o qual amo. Tanto me maravilhei com o povo e com a região que parte da minha tese abordou diversos aspectos históricos, daquele solo. Sendo assim, não são todos sulistas que ignoram a região nordestina.

  9. Maurílio Santos Postado em 27/Aug/2011 às 02:56

    Sei não, viu!... tsc tsc tsc

  10. Carla Pontes Postado em 27/Aug/2011 às 09:20

    Não sou fã da Ana Maria Braga, mas não posso deixar de comentar aqui. "Show de horrores" deveria ser o nome de uma matéria sobre os piores artigos já feitos. Esse é um deles. Me recuso a levar a sério um veículo que se presta a informar de maneira diferente e no fim, só insulta. Péssimo gosto. Horrorosa matéria. Repugnante!
    A propósito, sou nordestina. TODA a minha família, que mora no Rio, se refere, carinhosamente ao Norte quando querem dizer a Paraíba, ou ao Rio Grande, do quê mesmo? do Norte, ou do Nordeste? Sem contar que minha família que mora na Paraíba dizem: meus primos do Sul (nós, do Rio e de São Paulo). E a linda música do pernambucano Luiz Gonzaga, "Sertanejo do Norte"?
    A proposta da matéria foi boa, mas o conteúdo...

  11. Minha opinião Postado em 13/Sep/2011 às 20:17

    Concordo com quase tudo. Sou paulistano fico horrorizado com a ignorância da apresentadora e etc. Mas não concordo com esse blog, que é um blog progressista, mesmo em se tratando de uma ordem de fé, endeusar uma figura que por ser carismática, em muito ajudou e fortaleceu o coronelismo que ainda é o maior inimigo do progresso da região.

  12. Ewerardo Tabatinga Postado em 03/Nov/2011 às 21:01

    Essa Anamaria brega, como tudo que sai das Organizações Globo, fede! Aff!

  13. Ewerardo Tabatinga Postado em 03/Nov/2011 às 21:06

    O problema desse tipo de jornalismo não é a desinformação, como parece, mas, o descompromisso com a seriedade, por uma questão de caráter.

  14. Ronaldo Egitho Postado em 20/Nov/2011 às 15:40

    A essência do protesto é válida, mas ficou diluída no excesso de xingamentos repetidos do autor (falta vocabulário?).

  15. mara Postado em 10/Dec/2011 às 19:00

    As tais informações, ou melhor, falta delas por parte da apresentadora, acabaram por emparelhar à falta de destreza do nobre redator do texto que, por falta de compromisso com os texto e público, deixou-se levar pela chamada 'liberdade de expressão'. Lamentável que tenha chegado a tal ponto. Concordo quando ele cita a falta de respeito por parte da figura central da apresentadora, por nos tachar de 'pobres coitados flagelados da miséria e da seca', mas não me sinto à vontade quando usamos as mesmas linhas de ações para apontar o erro alheio. Fica a dica!

  16. bruno almeida Postado em 15/Dec/2011 às 23:47

    É amigo é isso que se mostra por lá, afinal,todas as TVs fazem isso só mostram a pobreza do nordeste não mostram o que a gente tem de melhor não mostram nosso desenvolvimento e também não mostram que nós somos os fatores importantíssimos para uma boa economia do país.

  17. Júlio César da Assunção Pedrosa Postado em 25/Jan/2012 às 15:06

    Sr. Roberto Almeida

    Não generalize, seja racional... Ou você acha que um paulista, fluminense, mineiro etc., apenas por ver um nordestino jogar uma lata no chão, tem então o direito de dizer que todos os nordestinos jogam lixo na rua?
    Sou paulista e filho de nordestinos, e não aceito preconceitos de paulistas contra nordestinos, nem de nordestinos contra paulistas.
    Os paulistas, fluminenses, mineiros, capixabas e os sulistas não têm culpa dos problemas do Nordeste e do Norte. Sarney, ACM, Jereissati, Collor, Maciel, Lobão, Mão Santa etc. não migraram do SE e S para oprimir o NE. O NE (quando ainda não tinha esse nome, que é coisa relativamente recente) foi a região mais rica da América Portuguesa. Por que não continuou a sê-lo? Não acho que os paulistas sejam culpados disso...
    Aqui no SE nós já temos nossos próprios problemas.. Os paulistas, por exemplo, já pagam seus pecados por eleger Maluf, Serra, Pitta, Tiririca, Kassab e outros da mesma categoria.
    Os brasileiros, por não gostarem de estudar, aprendem (?!) na TV, e o que sabem é isso aí que todos veem. Portanto, pergunto-lhe: O que os nordestinos, de modo geral, sabem de São Paulo ou de Minas Gerais? Possivelmente o que veem nas novelas... Há quem pense que aqui, no inverno, faz -40º C, que ninguém aqui sabe o que é farinha de mandioca...
    Por isso, tenha respeito pelas pessoas, pesquise mais e não jogue nos outros a culpa de seus problemas.