Notícias

Cliente se recusa a mostrar passaporte da vacina e agride recepcionista de restaurante

Após a repercussão do vídeo e com medo de responder judicialmente, o homem divulgou um pedido de desculpas: "Nada justifica minha reação"

Share
Pablo Aguiar agride funcionário de restaurante

Um funcionário de um restaurante em Alter do Chão, no Pará, foi agredido na noite da última quarta-feira (15) após pedir a apresentação do comprovante de vacinação contra Covid-19 para liberar a entrada de um cliente.

Uma câmera de segurança do estabelecimento flagrou o momento da agressão. As imagens mostram o funcionário pedindo o documento ao cliente, que abaixa a máscara e diz algo.

O rapaz tenta forçar a entrada, mas é impedido pelo funcionário, que coloca seu corpo na frente e acaba atingido por um soco no rosto e um empurrão.

A proprietária do restaurante informou que o agressor apareceu no estabelecimento com um casal de amigos. O rapaz e a mulher apresentaram o comprovante e entraram, mas ele recusou-se e, então, partiu para cima do funcionário.

Após a agressão, o homem adentrou o restaurante sob olhares assustados dos outros clientes. Momentos depois, no entanto, a própria dona do estabelecimento pediu para que ele se retirasse.

O caso foi comunicado à Divisão de Agência Sanitária. Um boletim de ocorrência seria registrado ainda nesta quinta-feira (16) na delegacia da Polícia Civil de Santarém.

Repercussão

O vídeo da agressão repercutiu fortemente nas redes sociais e o autor não demorou a ser identificado. Trata-se de Pablo Aguilar. Ele se manifestou sobre o caso nesta sexta-feira.

Pablo contou que estava vacinado, porém não portava a carteirinha de vacinação no momento e o recepcionista não teria aceito a foto do documento pelo celular e fechou o portão, razão que o fez reagir agredindo o trabalhador.

“Nada justifica minha reação. Reitero meus pedidos de desculpas mais uma vez ao colaborador, ao restaurante, e me colocando inteiramente à disposição das autoridades para os devidos esclarecimentos”, disse Pablo em nota divulgada.

Confira a íntegra da nota:

Sobre os fatos ocorridos ontem no Restaurante do Italiano, Distrito de Alter do Chão, Santarém, Pará, me manifesto nos seguintes termos:

1) peço desculpas ao recepcionista do local pela desmedida reação para com o mesmo;

2) sou cliente da casa e nesta condição me encontrava naquele momento ali, e apenas ia adentra-la para usar o banheiro quando, infelizmente fui mal atendido pelo colaborar ao lhe exibir o print das minhas vacinações (motivado pela impossibilidade de acesso ao app VACINASUS) quando este fechou explosivamente o portão, o que me levou à desmedida reação;

3) sou a favor da vacina e na véspera do ocorrido, dia 14.12.21 havia tomado, inclusive, minha 3ª dose. Esperei ansioso por esta e respeitei todos os afastamentos sociais impostos, me prevenindo e a terceiros também com o uso constante de máscara e álcool em gel pelo bem de todos.

Nada justifica minha reação, passo em que reitero meus pedidos de desculpas mais uma vez ao colaborador, ao restaurante, e me colocando inteiramente à disposição das autoridades para os devidos esclarecimentos.

VÍDEO: