Redação Pragmatismo
Direita 30/Ago/2013 às 10:55 COMENTÁRIOS
Direita

Médico brasileiro pego na mentira perde chance de ficar calado

Publicado em 30 Ago, 2013 às 10h55

Desmontando uma farsa apelativa de jaleco. Médico brasileiro que espalhou nas redes sociais ter sido demitido "para dar lugar a um médico cubano" é desmascarado

médico mentiroso

Farsa de jaleco. (Reprodução / Facebook)

Está rodando na internet uma farsa apelativa.

O Dr. Rogério Augusto Perillo postou uma foto segurando um cartaz dizendo que “não faltam médicos” e denunciando ter sido demitido pelo prefeito da cidade de Trindade, próxima a Goiânia, “para dar lugar a um médico cubano”.

Com a repercussão nas redes, o prefeito teria “reconsiderado” a decisão e mandado readmitir Rogério.

Conversa.

Rogério é amigo e correligionário do prefeito da cidade, Jânio Darrot, do PSDB, com quem aparece sorridente na foto (abaixo) postada há 15 dias.

médico mentiroso facebook

(Reprodução / Facebook)

E, pelo sobrenome Perillo, você deve imaginar de quem ele é parente.

Claro, do governador Marconi Perillo, também do PSDB, aquele que escapou, sabe-se lá como, dos escândalo Demóstenes-Cachoeira.

A página de Rogério Perillo no Facebook é um misto de carolice, anticomunismo e baixarias que me poupo de reproduzir.

Leia também

médico mentiroso facebook

(Reprodução / Facebook)

Ele, aliás, tentou fazer uma inscrição no “Mais Médicos” para ajudar a “melar” o programa, dizendo que o sistema não aceitava o CPF.

Ele tem o direito de ser um idiota, ninguém lhe negará.

Como tem o direito de ser integrante do PSDB e apoiador da candidatura Aécio Neves.

Tem também o direito de ser um mau caráter.

Mas ele não tem o direito de construir uma mentira na rede, para ser reproduzida por incautos, de boa fé, ou mesmo imbecis, de má-fé.

Não tem o direito de manipular para combater o direito de outros brasileiros, não tão “bem-nascidos” quanto ele.

Infeliz do povo que vai ser tratado com critérios éticos como o do Dr. Rogério.

Se Goiás é o curral dos Perillo, não é difícil saber como tratam o seu povo.

Fernando Brito, Tijolaço

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendações

COMENTÁRIOS