Redação Pragmatismo
Saúde 28/Mar/2017 às 14:51
0
Comentários

Marca de comida para bebês é suspensa pela Anvisa

Marca que vende comida para bebês pela internet foi proibida pela Anvisa de distribuir, divulgar e vender todos os seus produtos. Além disso, uma marca de paçoca, uma marca de energético e um lote do medicamento Diazepam também foram suspensos

comida para bebê marca suspensa

A Anvisa proibiu na última semana a comercialização de todos os produtos da marca ‘Papa no Prato’, vendidos pela internet e, segundo a agência, de fabricante desconhecido.

O que teria motivado a suspensão de todos os lotes seria a ausência de registro perante a vigilância sanitária.

Os produtos Etapapá 1, 2 3 e Frutas, entre outros, foram proibidos de serem fabricados distribuídos, vendidos e divulgados.

Segundo a Anvisa, os alimentos de transição para bebês e crianças de primeira infância são de registro sanitário obrigatório.

Energético

Na mesma semana, a Anvisa proibiu a fabricação, distribuição e comercialização de todos os lotes da bebida ‘D Dopamina Mindful Drink’, 269 mL.

De acordo com a vigilância sanitária, a bebida energética a base de tirosina, taurina e cafeína, fabricada e envasada sob licença de Cervejaria Cidade Imperial Petropolis Ltda precisava de uma avaliação sanitária.

A agência ainda determinou que a empresa, Newage Indústria de Bebidas Ltda, promova o recolhimento do estoque existente no mercado dos produtos em questão.

Paçocas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária interditou ainda um lote de paçoca rolha da marca Dicel, produzida em Goiânia (GO).

Os produtos interditados excediam o limite permitido de aflatoxinas, substâncias tóxicas produzidas por fungos que podem causar câncer.

Segundo a resolução, o lote 0027, fabricado em 18 de novembro do ano passado, com validade até 18 de novembro deste ano, estava impróprio para o consumo. O alimento é distribuído pela Indústria e Logística Westhonklauss Constante Ltda.

O laudo do Laboratório de Análise Micotoxicológicas, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, atestou teores de aflatoxinas acima do limite máximo tolerado para amendoim com casca, descascado, cru ou tostado, pasta de amendoim ou manteiga de amendoim.

A interdição vale para todo o território nacional.

Diazepam

Por fim, a Anvisa suspendeu o lote 20101816 do medicamento Diazepam 10mg-2mL, de solução injetável, pertencente à classe 3 na classificação de risco à saúde da agência.

O remédio foi proibido após o resultado insatisfatório de um laudo no quesito rotulagem.

A empresa fabricante do produto, a Santisa Laboratório Farmacêutico S/A, enviou um comunicado de recolhimento voluntário do lote, que não poderá mais ser distribuído ou comercializado em todo o território nacional.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários