Redação Pragmatismo
Compartilhar
Cinema 18/Oct/2016 às 17:18
0
Comentários

Rodrigo Lombardi e Wagner Moura se recusam a interpretar Sergio Moro

Rodrigo Lombardi e Wagner Moura se recusam a interpretar o juiz Sergio Moro em produções que contarão a história da Operação Lava-Jato

Sergio Moro Wagner Moura Rodrigo Lombardi
Wagner Moura e Rodrigo Lombardi recusam convite para interpretar Sergio Moro

O longa-metragem sobre a operação Lava-Jato não vai mais contar com o ator Rodrigo Lombardi como protagonista. Ele não vai interpretar o juiz Sergio Moro em Polícia Federal: A Lei é Para Todos.

Como justificativa, a assessoria do ator alegou incompatibilidade na agenda. Lombardi deve fazer parte de À flor da pele, nova novela de Gloria Perez prevista estrear em 2017.

O ator está escalado para ir ao ar na série Carcereiros, baseada no livro homônimo de Drauzio Varella, na qual substituirá Domingos Montagner no papel de Adriano. Nas redes sociais, falou que é uma responsabilidade ocupar o lugar do ator falecido.

Wagner Moura

O ator Wagner Moura, conhecido por viver papéis marcantes no cinema e em seriados, também se recusou a fazer o papel do juiz Sergio Moro em uma produção que a Netflix está criando sobre a operação Lava-Jato.

O convite teria sido feito pelo diretor José Padilha, que é parceiro de Wagner em outras obras, mas a resposta do ator foi negativa. A informação é do jornal O Globo.

A série sobre a Lava-Jato vai relatar os esquemas de corrupção na política brasileira que vêm sendo denunciados nos últimos meses.

A ideia para o projeto foi de José Padilha, conhecido por obras como Narcos e Tropa de Elite. Nas duas, Wagner atuou como ator principal, interpretando o traficando Pablo Escobar, em Narcos, e o Capitão Nascimento, em Tropa de Elite.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários