Redação Pragmatismo
Compartilhar
Desenvolvimento Brasileiro 07/Oct/2016 às 10:13
6
Comentários

Como estará o Brasil em 20 anos?

Site alerta para os riscos do engessamento de gastos públicos por 20 anos. Conteúdo com vídeos, números e entrevistas traduzem os impactos da PEC 241 no salário mínimo, nas aposentadorias, na saúde e na educação. Há ainda um abaixo-assinado contra a medida

brasil retrocesso pec 241 20 anos
Imagem: http://naoapec241.com.br/

Classificada como “o maior ataque aos direitos sociais da história do Brasil“, o site Não à PEC 241, traz vídeos, infográficos e entrevistas que detalha os interesses por traz da Proposta de Emenda à Constituição enviada ao Congresso pelo governo Temer que quer congelar os gastos públicos por 20 anos.

Além de trazer um uma petição pública contra a aprovação da medida, que pode ser assinada virtualmente, o site detalha os impactos negativos da proposta para áreas como saúde, educação e aposentadorias.

Se a medida já estivesse em vigor, o orçamento da saúde cairia dos atuais R$ 102 bilhões para R$ 65 bilhões. Na educação, o corte seria ainda maior, de R$ 103 bilhões para R$ 31 bilhões. Já o salário mínimo cairia dos atuais R$ 880 para R$ 550.

A PEC do teto dos gastos, também chamada de “PEC da Maldade” ou “PEC do Desmonte”, também traria cortes nas aposentadorias, com repercussões no desenvolvimento econômico, com agravamento da recessão e do desemprego, segundo o portal, que também afirma que a proposta impõe “sacrifícios seletivos“, pois enquanto corta investimentos em serviços públicos utilizados pela maioria da população, não afeta o rendimento dos grandes bancos e especuladores e nem aumenta a tributação aos mais ricos.

Leia também:
Estudo revela os impactos negativos da PEC 241
Educação vai perder R$ 58 bilhões se for aprovada a PEC 241
Michel Temer promete reduzir verbas para Saúde e Educação até 18 de dezembro
Temer é empossado e empresários já falam em usurpar direitos e conquistas sociais

RBA

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Renan Pantojo Postado em 07/Oct/2016 às 11:03

    Guerra CiviL possível? Do jeito que o brasileiro médio é dócil e treinado desde a infância para ser um bom escravo obediente e pacífico? Pago pra ver.

    • Pedro Accioli Postado em 10/Oct/2016 às 09:31

      Vai surgir lagrimas de sangue bem antes destes 20 anos, bastam aprovar as reformas da previdência e a trabalhista! Aí o pau irá ocorrer com certeza!

  2. Roberto Pedroso Postado em 07/Oct/2016 às 11:37

    Me pergunto como em um mundo globalizado em um mundo onde a economia esta cada vez mais dinâmica e mutável pode-se pensar em congelar os gastos públicos de forma tão irresponsável,sendo que a única explicação realmente válida para tal ato é a vontade irracional de seguir a pauta neoliberal estabelecida pelo capital financeiro privado como única forma de escapar da crise econômica estabelecida, mesmo com algumas exceções previstas para as areas de educação e saúde,no compto geral do arcabouço de ideias da famigerada PEC 241o intuito premente deste governo é reduzir gradativamente os gastos do estado com programas sociais e,isso a médio longo prazo, poderá levar nosso Pais a uma situação de caos social sem precedentes,mas tal ação perniciosa e deletéria é mais uma conquista de certos movimentos sociais e da grande imprensa que conseguiram por meios legais alcançar seu intento o de derrubar uma presidente eleita democraticamente,infelizmente muitos daqueles que participaram das manifestações que culminaram com a derrubada de Dilma não tinham ideia do que estava por vir e serviram convenientemente como massa de manobra, foram orquestrados e teleguiados pela grande mídia e por movimentos em redes sociais que se diziam independentes e que conseguiram alcançar o seu verdadeiro intento o de recolocar no poder os representantes da velha politica entreguista e neoliberal,enfim parabéns aos revoltados de ocasião, aos indignados de redes sociais, aos participantes dos movimentos oportunistas capitaneados por lideranças sem estofo, esta turba enfurecida e incapaz de estruturar um simples pensamento realmente alcançaram seu objetivo e o resultado dessa vitoria de Pirro é o retrocesso e sabemos que serão os mais necessitados que pagarão em um futuro muito próximo por essa ignorância politica.

  3. Renan Pantojo Postado em 07/Oct/2016 às 12:24

    Seria mais misericordioso matar todos os pobres desse país em um massacre tipicamente nazista. E seria mais barato também. Ah, sim, a própria execução do "plano do mal", digo, PEC nº "só de falar dói a boca" faz parte da ordenha da riqueza desse país. Tenho que admitir, foi genial sob um ponto de vista canalha e vigarista.

  4. José Ferreira Postado em 07/Oct/2016 às 17:29

    Os mesmos que criticam a PEC são aqueles que criticaram a Lei de Responsabilidade Fiscal. Pelo efeitos que vemos, sobre a LRF, vemos que o Temer está certo.

  5. Roberto Pedroso Postado em 08/Oct/2016 às 11:40

    A associação equivocada da atual PEC 241 com a lei de responsabilidade fiscal é o argumento sustentado em defesa dos analistas econômicos(ou seriam operadores do mercado?)para defender de forma falaciosa a necessidade premente de se aprovar tal Projeto de emenda constitucional o interessante é notarmos a equipe econômica do atual governo é silente quanto as questões referentes as altíssimas taxas de juros praticadas pelo mercado que engessam os investimentos no setor produtivo não se mencionando nada sobre o comprometimento do orçamento que é destinado para o pagamento da divida publica,isto é economia básica,o problema é que muitos que aqui opinam não tem domino sobre o assunto e só repetem o discurso dos articulistas das revistas semanais.