Redação Pragmatismo
Compartilhar
Homofobia 14/Sep/2016 às 17:46
6
Comentários

Sozinho, menino tenta impedir marcha contra gays no México

Um contra milhares. Menino de apenas 12 anos protagoniza foto que está sendo tratada como símbolo de resistência à homofobia. Sozinho, ele tentou impedir uma passeata contra homossexuais. "Tenho um tio gay e não quero que eles o odeiem", disse o garoto

menino marcha homofobia gays méxico

Um menino de apenas 12 anos foi protagonista de uma foto (ver acima) que está sendo tratada como símbolo de resistência à homofobia.

A imagem foi registrada pelo jornalista Manuel Rodrígues, durante a manifestação da “Frente Nacional pela Família”, que aconteceu no México no último dia 10.

A manifestação homofóbica foi realizada na cidade de Celaya, no estado de Guanajuato, e reuniu cerca de 11 mil pessoas. A multidão foi surpreendida por um garoto que se colocou à frente da marcha, e tentou impedi-la de seguir o percurso.

“Tenho um tio que é gay e não quero que eles o odeiem”, disse o menino, que não teve sua identidade revelada, ao jornalista.

“Me deu náuseas ao ver tanta homofobia reunida, mas foquei na imagem de um menino tentando ‘deter’ os manifestantes”, escreveu Manuel Rodriguez em seu perfil no Facebook, onde publicou a foto.

“Não coloquei a foto em nenhum meio de comunicação, coloquei em meu perfil pessoal do Facebook, porque era um sentimento pessoal que queria compartilhar com meus amigos e conhecidos. Tirei a foto no dia 10 de setembro”, contou Rodriguez em entrevista à emissora CNN.

informações de CNN, HuffPost e O Globo

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Salomon Postado em 14/Sep/2016 às 19:26

    De um lado os homossexuais assumidos, do outro lado os invejosos que não saem do armário, no meio uma criança, inocente, que não entendeu nada.

    • Galvão Postado em 14/Sep/2016 às 20:38

      Claro que ela entendeu. Ela é mais inteligente e digna de que todos eles. Todos temos o direito a ser livres e de ter opiniões próprias. Parabéns aos pais desta criança, com todo o respeito, tenho inveja deles.

  2. José Ferreira Postado em 15/Sep/2016 às 13:53

    A matéria é bem sensacionalista, e o jornalista a usou para se promover. Não era uma passeata homofóbica, como diz a "imprensa marrom". E faltou alguém explicar para o menino que ninguém odeia o seu tio. A criança não está devidamente esclarecida sobre o assunto.

    • ronaldo Postado em 15/Sep/2016 às 20:09

      "Não temos provas, mas temos convicção!"

      • José Ferreira Postado em 16/Sep/2016 às 11:29

        Temos provas e a convicção.

  3. Pedro Accioli Postado em 15/Sep/2016 às 14:03

    11 mil pessoas que fazem amor de costas as escondidas fazendo passeata contra os gays! Fala serio???