Redação Pragmatismo
Compartilhar
Corrupção 09/Sep/2016 às 12:07
4
Comentários

Mãe de deputado pró-impeachment é presa e avó afastada do cargo

Mãe de deputado é presa por envolvimento em superfaturamento de contratos e avó do parlamentar foi afastada do cargo público que ocupava. Hugo Motta (PMDB-PB) é conhecido por ser um dos mais devotos aliados de Eduardo Cunha e presidiu a CPI da Petrobras por indicação do ex-presidente da Câmara

Hugo Motta Eduardo Cunha
Hugo Motta presidiu a CPI da Petrobras por indicação de Eduardo Cunha

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta-feira (9) a Operação Veiculação.

Entre os oito mandados de busca e apreensão, cinco de prisão e sete de afastamento das funções públicas, estão os de Ilana Motta, mãe do deputado Hugo Motta (PMDB-PB), e da avó do parlamentar, Francisca Motta, afastada do cargo de prefeita de Patos.

Ilana é chefe de gabinete da própria mãe na Prefeitura do município e foi presa preventivamente pela PF.

O objetivo das investigações é apurar irregularidades em licitações e contratos públicos, principalmente ao direcionamento de procedimentos licitatórios e superfaturamento de contratos em serviços de locação de veículos, realizados pelas prefeituras municipais de Patos, Emas e São José de Espinharas, todas no Sertão da Paraíba.

hugo motta eduardo cunha
Hugo Motta (ao fundo) no momento em que foi anunciada a vitória de Eduardo Cunha para a presidência da Câmara

De acordo com a força-tarefa composta por Ministério Público Federal (MPF), Polícia Federal e Controladoria-Geral da União (CGU), as fraudes envolvem mais de R$ 11 milhões em recursos aplicados em ações dos Programas de Transporte Escolar (PNATE), Fundeb, Pró-Jovem Trabalhador e Bloco de Média e Alta Complexidade (Saúde).

Todos os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

O deputado Hugo Motta ficou bastante conhecido depois de ser indicado pelo então presidente da Câmara, o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para presidir a CPI da Petrobras. Durante as investigações do colegiado, Cunha decidiu prestar esclarecimento espontaneamente e mentiu aos membros da comissão ao falar sobre as contas no exterior atribuídas a ele. O depoimento foi o que embasou o início do seu processo de cassação no Conselho de Ética da Casa.

Hugo Motta Eduardo Cunha
Hugo Motta é tão próximo de Eduardo Cunha que já chegaram a assistir partidas de futebol juntos

Participam da Operação Veiculação 60 policiais federais, 11 auditores da CGU, um procurador regional da República e um procurador da República. Os investigados deverão responder pelos crimes de fraude à licitação, desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro, entre outros.

Relembre o voto de Hugo Motta no julgamento do impeachment de Dilma Rousseff:

Leonel Rocha e Patrícia Cagni, Congresso em Foco

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Deisi Postado em 09/Sep/2016 às 15:47

    A corrupção está no DNA da família do deputado golpista, três gerações unidas para roubar dinheiro do povo.

    • Thiago Teixeira Postado em 09/Sep/2016 às 19:54

      Golpista quando rouba para as esposas deles gastarem em Miami, os coxinhas nem ligam.

  2. Deisi Postado em 09/Sep/2016 às 20:51

    Thiago, os trouxinhas dão o maior apoio.

    • enganado Postado em 12/Sep/2016 às 11:06

      Cara Deisi, não só os trouxinha apoiam, bem como o Judiciário_DB absolvem esses canalhas em nome da DEMOCRADURA GOLPISTA de DIREITA. Onde NÓS mortais=10P's vamos parar? ...... ...... ......