Redação Pragmatismo
Compartilhar
Saúde 16/Sep/2016 às 12:31
0
Comentários

As 10 doenças que mais matam no Brasil

Dados do Ministério da Saúde revelam quais são as doenças que mais matam no Brasil. No topo da lista aparecem as doenças cerebrovasculares, como o derrame. Confira o ranking abaixo

doenças mais matam brasil hipertensão derrame pneumonia
(Imagem: Pragmatismo Político)

Dados conclusivos do Ministério da Saúde revelam quais são as doenças que mais matam no Brasil. No topo da lista aparecem as doenças cerebrovasculares, como o derrame. Confira o ranking abaixo:

1. Doenças cerebrovasculares

Mortes em 2010: 99.732
Mortes em 2000: 84.713
Variação: 17%

O principal exemplo de doença cerebrovascular é o derrame, que pode ser causado por uma interrupção de fluxo sanguíneo ou um sangramento local no cérebro.

2. Infarto agudo do miocárdio

Mortes em 2010: 79.668
Mortes em 2000: 59.297
Variação: 34%

Um infarto, também conhecido como parada ou ataque cardíaco, acontece quando há necrose (morte do tecido) de parte do músculo do coração.

3. Pneumonia

Mortes em 2010: 55.055
Mortes em 2000: 29.348
Variação: 87%

A pneumonia é uma doença inflamatória do pulmão que traz sintomas como tosse, febre, dor no tórax e dificuldade para respirar. Pode ser adquirida por respiração, bactérias ou, em casos raros, via circulação sanguínea.

4. Diabetes mellitus

Mortes em 2010: 54.877
Mortes em 2000: 35.284
Variação: 55%

Uma deficiência do organismo dificulta a produção de insulina por quem sofre de diabetes. Por isso, a pessoa sofre severa perda de peso, aumento do volume de urina e sede em excesso, por exemplo.

5. Doenças hipertensivas

Mortes em 2010: 45.054
Mortes em 2000: 23.721
Variação: 89%

Doençãs hipertensivas são doenças ligadas à pressão arterial, com a famosa “pressão alta” sendo a mais comum. Pode causar AVCs, aneurismas e enfartes.

6. Bronquite, enfisema, asma

Mortes em 2010: 40.608
Mortes em 2000: 33.713
Variação: 20%

O grupo de doenças respiratórias é conhecido mundo afora. Com características específicas distintas, as doenças dificultam a respiração e podem ser causadas (ou pioradas) por fumo e poluição.

7. Insuficiência cardíaca

Mortes em 2010: 27.544
Mortes em 2000: 28.195
Variação: – 6%

Quando, por diferentes motivos, o coração está incapacitado de bombear o sangue da maneira devida, há um quadro de insuficiência cardíaca. O quadro normalmente é causado por outras doenças, que sobrecarregam o coração, como por exemplo o hipertireoidismo.

8. Câncer de pulmão

Mortes em 2010: 21.779
Mortes em 2000: 14.655
Variação: 48%

Estudos indicam que a maior parte das pessoas que desenvolvem a doença são fumantes. Dentre a minoria não-fumante, as principais causas são genéticas ou ambientais (poluição e até tabagismo passivo).

9. Cirrose e doenças crônicas fígado

Mortes em 2010: 19.345
Mortes em 2000: 15.495
Variação: 24%

A doença crônica do fígado mais comum é a cirrose hepática, processo que altera as funções das células do fígado, trazendo sintomas como desnutrição e até acúmulo de substâncias tóxicas no corpo. A causa mais associada à doença é o alcoolismo, mas outras doenças (especialmente hepatite B e C) podem levar à cirrose.

10. Câncer de estômago

Mortes em 2010: 13.402
Mortes em 2000: 10.956
Variação: 22%

A doença é mais comum a partir dos 50 aos e em homens. Há alguns fatores de risco que podem aumentar as chances de se desenvolver câncer, tais como gastrites permanentes, úlceras, tabagismo, histórico familiar e dieta rica em nitratos, sal e gorduras.

7 problemas de saúde que dificultam a gravidez
Jovem que sobreviveu ao coma explica como é passar pela experiência
Quem é a mulher brasileira que aborta?

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Tags

Recomendados para você

Comentários