Redação Pragmatismo
Compartilhar
Michel Temer 08/Aug/2016 às 11:00
13
Comentários

Referindo-se a Temer, atleta da Venezuela diz que 'não vai saudar um golpista'

Olimpíada: Atleta venezuelana diz que não vai saudar Michel Temer. “Passarei diretamente porque ele é um golpista, e os golpistas são antidemocráticos”, diz a esgrimista, que é admiradora de Pepe Mujica

Alejandra Benítez esgrima temer golpe venezuela
Alejandra Benítez, atleta venezuelana (reprodução)

Rede Brasil Atual

Ex-ministra do Esporte no governo de Nicolás Maduro e ex-deputada pelo Partido Socialista Unido da Venezuela, a esgrimista Alejandra Benitez é um dos destaques da delegação venezuelana nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Além das cores do seu país, ela também promete defender seus ideais como “política, mulher e de esquerda” e disse que não vai acenar ao presidente interino Michel Temer, durante a cerimônia de abertura, em protesto contra o golpe.

Lamento porque pensava que ia passar pelo estádio e iria saudar a Dilma, como presidente da república. Mas agora há um golpista”, afirmou a esgrimista, em entrevista à Folha de S.Paulo ontem (1º). “Eu não vou saudá-lo, por exemplo, porque é um golpista. Não sei se todos os venezuelanos vão, mas eu não vou. Passarei diretamente porque ele é um golpista, e os golpistas são antidemocráticos. Eu sou pela democracia e pela justiça.”

A atleta, admiradora do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do senador José Pepe Mujica, ex-presidente do Uruguai, lamentou que “não tenha havido um apoio mais contundente à companheira Dilma”. Ela também ressaltou o caráter machista do golpe.

É terrível o que vemos. Um golpe de estado que estão legalizando. Eu, como mulher, acredito que também foi um ato machista, algo patriarcal, contra a mulher. Na política, o homem acredita que deve se impor ante a mulher, e que ela não tem méritos por estar lá”, disse.

Ela afirmou que o preconceito contra a mulher está presente tanto na política quanto no esporte, e comparou: “Me incomoda. Dói, afeta, sim. Porque sou política, sou mulher e sou de esquerda. Aconteceu comigo também. No mundo dos dirigentes esportivos eles creem que os homens devem ter domínio absoluto e as mulheres só servem para acompanhá-los. Eu sigo na política, trabalhando no meu trabalho social, no partido socialista”.

Com três medalhas de prata conquistadas em Jogos Pan-Americanos, Alejandra Benitez participa pela quarta vez dos Jogos Olímpicos. Ela elogiou a hospitalidade dos brasileiros: “Quando chegamos ao Brasil, para nós, é como estar em casa. As pessoas são amáveis, querem ajudar em tudo. É um trato especial”.

Ela também afirmou que o apoio ao esporte continua sendo prioridade na Venezuela, considerado como ferramenta de inclusão social.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Dedé Postado em 10/Aug/2016 às 13:51

    kkkkkk Venezuela não é aquele país que, apesar da riqueza petrolífera, falta comida e papel higiênico? Ela deveria se preocupar com o golpe que os cidadãos de seu país sofreram quando elegeram um projeto fantasioso. Como sempre o socialismo promete o paraíso e entrega o inferno. Mas a esquerda não dá o braço a torcer. Quanto ao Michel Temer, teve as vaias que merece. Deveria, após a aprovação do impeachment, convocar novas eleições. Ele é sim um presidente ilegítimo, tanto quanto todos que foram eleitos com dinheiro roubado da Petrobrás.

  2. JULIO CEZAR DE OLIVEIRA Postado em 10/Aug/2016 às 17:58

    vamos ver se esses 59 serão eleitos em 2018.

    • Wylie Postado em 10/Aug/2016 às 18:24

      Pior é que acho que vão. Já até perdi a esperança... acredito que a maior parte do povo é conservador e ficam toda vez colocando esse pessoal no poder.

      • Wylie Postado em 11/Aug/2016 às 22:23

        Obrigado pelas Palmas Felipe, significa muito pra mim.

  3. Eduardo Ribeiro Postado em 11/Aug/2016 às 10:20

    Atitude exemplar. Tem que vir de fora uma venezuelana ensinar como se lida com golpista usurpador.

    • Roberci Postado em 14/Aug/2016 às 00:26

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ele era vice e a constituição prevê isso, graças a Deus "Aquele encosto" da presidantA, vai sumir, e junto com ela aquele partido da quadrilha desorganizada que assolou o erário! Ufa...

      • Eduardo Ribeiro Postado em 15/Aug/2016 às 11:38

        Não seja burro, menino. """Era vice e a constituição preve isso""", obrigado por dizer que água é molhada e que sal é salgado. Convenientemente esquece-se que o GOLPE, enquanto fato incontestável, tem uma ordem cronológica ("corno o que??") bem clara e estabelecida, e a legalidade da Constituição - a "parte branca" do GOLPE - vem depois do GOLPE em si. A Constituição é mero verniz, meninote. Ela vem depois pra cobrir o podre que está por debaixo dela e dar um fino acabamento de "legalidade" a um processo GOLPISTA. Nem sei pra que dou cabimento. Você é menino que acha que o Brasil era um paraíso puro e livre de corrupção até 31/12/2002. Privataria, Trensalão, Banestado, tudo palavras novas pra você...FIESP e bancos e Rede Globo (que nem o DARF ainda não mostrou) mandaram você bater panela contra uma presidenta honrada e você foi lá todo saltitante, e agora como retribuição vai ganhar meia dúzia de cactos enfiados no cu (seu ou do seu pai, a depender de quem paga suas contas) pelo seu Presidente amante das mesóclises.

  4. Charles Postado em 12/Aug/2016 às 16:30

    Falou a ex-ministra do governo Maduro, da Venezuela, lá mesmo aonde a lei prevê tratar manifestantes à bala, não existe independência nos 3 poderes, existem presos políticos e violações de direitos humanos e o povo passa fome. Ela se diz pela democracia e pela justiça, mas vem de um país que o judiciário é pau-mandado do presidente, que está implantando campos de trabalhos forçados. Falou em machismo e esqueceu de dizer o quanto seu chefe (Maduro) e o antecessor Chaves são expressõs do machismo. Desrespeita o ideal da neutralidade política olímpica e causa constrangimento diplomático (uma estrangeira, bem-recebida em nossa país, vem aqui ofender a soberania brasileira, em nosso solo, metendo-se em questões internas). Não seria surpresa se ela roubar papel higiênico da vila olímpica, pois no país dela, nem isso tem.

  5. Sergio Carneiro Postado em 14/Aug/2016 às 18:30

    Minha pergunta: Será que Temer queria ser saudado por uma esquerdopata que ajudou a destruir a a Venezuela? Provavelmente ele nem a conheça....

  6. Daniel Postado em 10/Aug/2016 às 14:47

    Falou o senhor educação.

  7. poliana Postado em 10/Aug/2016 às 21:00

    Rachei agora...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. poliana Postado em 19/Aug/2016 às 19:50

    Q lindo!!! Olha o nível da pessoa..hahahahaha

  9. Guilhermo Postado em 11/Aug/2016 às 10:34

    "A culpa da violência na Venezuela é porque as crianças gostam do Homem Aranha". Linda frase do Nicolau Madureira!