Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 07/Jul/2016 às 15:13
5
Comentários

Roteirista da Turma da Mônica é hostilizada após frase em quadrinho

Roteirista da Turma da Mônica sofre ameaças após frase descontextualizada por grupos conservadores e interpretada como ‘apologia ao aborto’. Os acusadores pedem a demissão de Petra Leão e chamaram a publicação de “doutrinação esquerdista”

monica turma da corpo regras

Nexo Jornal

“Meu corpo, minhas regras! Podem discutir e debater até cansar…”, disse Mônica na edição 94 da revista em quadrinhos Turma da Mônica Jovem (conhecida como TMJ), que retrata aventuras dos personagens clássicos de Maurício de Souza em versão adolescente.

No contexto da história em quadrinhos, a frase de Mônica se opunha à intromissão de seus amigos em uma decisão estética: se ela deveria ou não usar aparelho nos dentes.

O dilema faz referência aos debates sobre a autonomia da mulher sobre o próprio corpo, que estiveram na ordem do dia nos últimos meses em manifestações feministas e na política. Também conversa com uma das principais características da personagem. Mônica, desde as primeiras edições da Turma, é descrita como “dentuça”.

O trecho, no entanto, gerou descontentamento em grupos conservadores. Comentários e correntes de Whatsapp concluíram que Turma da Mônica Jovem “apoia o aborto” e defendiam que crianças devessem ser proibidas de ler os quadrinhos da TMJ.

Além disso, uma das roteiristas da edição 94, a quadrinista Petra Leão, passou a sofrer ataques e ameças nas redes sociais em razão da frase dita por Mônica na revista. As mensagens acusaram a publicação de “doutrinação esquerdista” e pediam a demissão de Petra Leão do quadro de roteiristas da Maurício de Sousa Produções.

Machismo e valentia

Publicada pela primeira vez em 2008, as histórias da Turma da Mônica Jovem são mensais e têm como alvo o público pré-adolescente. A linguagem, os traços e os roteiros das histórias são preparados para dialogar com os dilemas, a realidade e o universo desses jovens.

Por isso, são frequentes as referências a temas do debate público digital, como memes, produtos e comportamentos em voga. Os roteiros preparados por Petra Leão são avaliados por três pessoas, entre elas Mauricio de Sousa.

Mesmo assim, os ataques pessoais foram concentrados em Petra. Outro roteirista da Turma da Mônica Jovem, Marcelo Cassaro, fez um post sobre o caso lembrando que seu nome também estava nos créditos do roteiro da revista, mas que ele não sofreu nenhum ataque. “Tirem suas conclusões sobre a não-existência de machismo no meio nerd, ou sobre a valentia dos agressores”, escreveu.

Diante dos ataques, a página oficial da TMJ publicou o trecho completo em que Mônica discute com seus amigos sobre seu direito de escolher se deve ou não colocar aparelho nos dentes e se posicionou sobre o caso.

“Essa é uma decisão que cabe única e exclusivamente à Mônica. E a sua turma entende, aceita e respeita isso. Porque gosta dela do jeito que ela é. Há mais de 50 anos, as histórias em quadrinhos da Mauricio de Sousa Produções são feitas para divertir e entreter, mas também para levantar discussões saudáveis, sempre com muito respeito a todos.”

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Valle Postado em 07/Jul/2016 às 16:18

    E é claro que começou com o Olavinho.

  2. João Paulo Postado em 07/Jul/2016 às 20:10

    Um ode ao ódio.

  3. Jonas Schlesinger Postado em 07/Jul/2016 às 22:50

    Se para cada comentário escroto eu ganhasse dez centavos, estaria rico. Eu faria uma campana no G1 o dia todo, porque lá a escrotidão é a nível thug life. Uol não fica muito atrás, mas no G1. O Pereira na frente daqueles escrotos, é um comunista. Sobre a mulher negra dos EUA que filmou a morte do macho pela polícia, choveu. escarradas de ódio dizendo logo para desconfiar do casalzinho e que talvez estavam a fazer algo ilícito antes da filmagem. E que merda é essa de doutrinação Gramsciniana que eles tanto temem? Só o fato de querer acabar com uma possível doutrinação, já é uma doutrinação. E já mando pra puta que pariu porque com nego assim não há conversa.

  4. Vinis Postado em 07/Jul/2016 às 23:27

    Conservadores sempre sendo estúpidos. Algum deles já deve ter dito que a Mônica é comunista por usar um vestido vermelho...

    • eu daqui Postado em 20/Jul/2016 às 13:37

      A Magali seria de direita então?