Redação Pragmatismo
Compartilhar
Redes Sociais 07/Jul/2016 às 11:56
3
Comentários

Promotor lança alerta sobre brincadeira 'Faça ao seu filho estas perguntas...'

Brincadeira “Faça ao seu filho estas perguntas e poste suas respostas” viralizou nas redes sociais. Aparentemente inofensiva, promotor lança alerta sobre os riscos da corrente

brincadeira corrente redes sociais facebook

Aparentemente inofensiva, a corrente “Faça ao seu filho estas perguntas e poste suas respostas” pode dizer mais do que você gostaria sobre a sua família. A brincadeira viralizou nas redes sociais do Brasil.

Ao se deparar com a corrente, o promotor da infância de Criciúma, Mauro Canto da Silva, aproveitou para lembrar que o ambiente das redes sociais, sobretudo o Facebook, rede de maior alcance, é extremamente vulnerável.

“Lembrem-se que por trás de qualquer brincadeira inocente podem obter valiosas informações para a prática de algum mal”, disse.

Mauro Canto disse ainda que ficou incomodado com a vulnerabilidade daquelas informações principalmente porque no início do questionário tem uma ênfase muito forte para dizer a verdade.

“Crianças, em especial, acabam confiando em adultos que demonstram afinidade. As respostas ao questionário são muito pessoais e uma pessoa querendo fazer o mal saberá utiliza-las para ganhar empatia com a criança. Depois de acontecer ficaríamos nos perguntando: “como ele sabia do nome do melhor amigo ou a cor preferida do seu pai”?”, ponderou Mauro.

“Um clique de curtir tem algoritmo que aproxima quem tem curtida em comum, tenho bastante cautela em relação a check-in em lugares, compartilhamento de fotos em que mostre muita evidência do dia a dia da criança. É inevitável em festejos de dia dos pais e mães na escola, mas aquelas informações podem ir parar com alguém que queria se aproximar, isso é preocupante. O ambiente virtual é preocupante, é preciso se controlar um pouquinho na necessidade de exposição”, concluiu o promotor.

Abaixo, confira a íntegra do questionário:

Faça ao seu filho(a) essas perguntas e se surpreenda com as respostas – não vale trapacear, escreva exatamente o que dizem.

Qual é o teu nome?
Quantos anos você tem?
Quando é seu aniversário?
Quantos anos tem o papai?
Quantos anos tem a mamãe?
Qual é a tua cor favorita?
Qual é a tua comida preferida?
Quem é o teu melhor amigo?
Qual é o teu programa preferido?
Qual é a tua música preferida?
Qual é o teu animal preferido?
O que você tem medo?
Qual o seu lugar favorito para ir?
O que quer ser quando crescer?
O que a mamãe mais gosta de fazer?
O que vc mais gosta de brincar?
O que o papai mais gosta de fazer?

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Marcio Ramos Postado em 07/Jul/2016 às 12:41

    Absurdo. Tem gente que ainda responde? É muita burrice. Como é fácil manipular o povo.

    • marcus Postado em 07/Jul/2016 às 19:59

      com certeza...

  2. Mariana Postado em 08/Jul/2016 às 14:01

    Além de tratar a criança como retardada né? O problema é que as pessoas não sabem mais aproveitar uma boa conversa com os filhos sem expor na internet como se a criança fosse um palhaço de circo ou a vida um espetáculo.