Redação Pragmatismo
Compartilhar
São Paulo 26/Jul/2016 às 11:27
13
Comentários

Prisão arbitrária de Eduardo Suplicy foi uma vergonha nacional

Eduardo Suplicy foi preso por defender pobres. Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara, lobista e comprovadamente corrupto, continua solto e debochando da cara da população brasileira e colocando em xeque a lisura da Justiça

prisão eduardo suplicy polícia sp

O ex-senador e candidato a vereador pelo PT Eduardo Suplicy, 75, foi detido nesta segunda-feira (25) pela Polícia Militar (PM) após protestar contra reintegração de posse na Zona Oeste de São Paulo. Ele foi levado ao 75º Distrito Policial (DP), no Jardim Arpoador. Ele foi liberado às 14h30, após ficar cerca de três horas detido.

Suplicy se deitou na rua para impedir a reintegração de posse e chegou a ser carregado por policiais militares. Após prestar depoimento, Suplicy disse a jornalistas que relatou ao delegado ter deitado no chão para evitar confronto entre policiais e os moradores. “Havia um grupo de policiais militares avançando com escudos e uma escavadeira que estava avançando logo atrás, e do outro lado estavam os moradores, pelo menos 80. Fiquei com receio de que pudesse haver uma cena de violência quase que incontrolável”, afirmou.

Segundo o delegado Gilberto de Castro Ferreira, Suplicy assinou um termo circunstanciado (um tipo de boletim de ocorrência para crimes sem potencial ofensivo) e vai responder por desobediência.

Logo após sua prisão, Suplicy afirmou em sua página do Facebook, por meio de sua assessoria da imprensa, que “a truculência da Polícia Militar do governo Alckmin é inaceitável. Se fazem isso com um ex-senador da República, imagine o que sofre a população que tanto precisa de apoio”. Mais tarde, também em sua página pessoal, o ex-senador publicou um vídeo em que diz que sua atitude “foi para prevenir atos de violência que estavam para acontecer”.

Alckmin: “Suplicy tumultuou”

Em uma nota divulgada ontem, o governo Alckmin disse que Eduardo Suplicy se “aproveitou da fragilidade das famílias para tumultuar” a reintegração de posse do terreno na zona oeste de São Paulo.

O governo “lamenta que o ex-senador Eduardo Suplicy tenha aproveitado a fragilidade de famílias para tumultuar uma reintegração de posse em cumprimento a uma ordem judicial solicitada pela Prefeitura de São Paulo, dona do terreno”, diz a nota.

A nota diz ainda que o ex-senador “insistiu na obstrução da via mesmo após negociação”.

Vergonha

Ao comentar a prisão de Eduardo Suplicy, o jornalista Paulo Nogueira, editor do Diário do Centro do Mundo, disse que o episódio é extremamente simbólico.

“Suplicy vai preso porque defende os oprimidos. Cunha está solto porque defende os plutocratas. Somos uma sociedade que pune quem se coloca ao lado dos excluídos e protege os fâmulos da plutocracia. Por isso somos um dos países mais brutalmente desiguais do mundo”, afirmou Nogueira.

“Criou-se uma situação que ilustra o Brasil destes tempos. Um país que prende Suplicy e deixa solto Eduardo Cunha é um país doente. Não me venham com sofismas. Não me venham dizer que são situações diferentes. Tudo isso é nada diante da simbologia do caso”, disse o jornalista.

Paulo Nogueira lembra que Cunha roubou, mentiu, ameaçou, mudou projetos de lei para beneficiar empresas que patrocinaram sua eleição a deputado federal. “Chamou os brasileiros de débeis mentais ao negar contas milionárias na Suíça provadas pelas autoridades locais. Escarneceu de todos ao fabricar lágrimas e se fazer de coitadinho depois de agir como gangster a carreira toda”.

Quanto a Suplicy, afirma, bastou “agir pelos oprimidos que foi carregado por policiais de Alckmin como se fosse um saco de lixo rumo à detenção. Aos 75 anos”.

“E no entanto, brutalizado por agentes da plutocracia, mesmo sem pisar no chão, Suplicy protagonizou uma marcha gloriosa. Ele escancarou o que é o Brasil real, a terra selvagem em que um homem puro como ele é preso enquanto um canalha corrupto como Eduardo Cunha é recebido pelo presidente interino num palácio.”

De volta às ruas

Horas depois de ser liberado em razão da prisão na reintegração de posse, Eduardo Suplicy voltou às ruas e foi visto na Marcha das Mulheres Negras, na região central de São Paulo.

“Agora estou entre as mulheres. As mulheres negras; e sou solidário a elas, para que venham a ter um futuro melhor e um progresso efetivo na sociedade brasileira”, disse o senador em vídeo divulgado pela revista Fórum.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Galvão Postado em 26/Jul/2016 às 12:33

    Suplicy, além de ser um cidadão exemplar em toda sua vida, é provavelmente um dos políticos mais dignos deste país.

    • eu daqui Postado em 26/Jul/2016 às 15:45

      Já deixou o pt? Se não, precisa fazê-lo logo..........

    • Deisi Postado em 26/Jul/2016 às 17:08

      Galvão, concordo plenamente! Coisas da polícia da capital dos reaças, de truculência eles entendem.

  2. Guilhermo Postado em 26/Jul/2016 às 12:54

    Bom, é inegável que os moradores desse complexo não têm a propriedade do local, apenas a posse irregular. Por isso, é compreensível que haja uma reintegração de posse em favor do legítimo dono, seja lá quem for. Quanto à recolocação dos moradores irregulares, o Estado que recoloque essas pessoas em residências criadas para isto.

  3. felipe Postado em 26/Jul/2016 às 14:08

    O mais incrível disso tudo é que era uma reintegração da posse solicitada pela prefeitura de SP, fato omitido pela matéria, e a comparação com o Cunha é ridícula.

  4. Flora Beliski Postado em 26/Jul/2016 às 14:56

    Eduardo Suplicy e um homem honesto , e defender os mais pobres e o lema da esquerda , em quanto a direita so defende os ricos , Suplicy e um homem do povo não da elite

  5. Eduardo Postado em 26/Jul/2016 às 15:04

    O ser humano é assim. Assim acontecerá com outras pessoas que se coloquem do lado do pobre. Assim foi com Jesus, Mandela, Gandhi, Malcom X, Luther King, Dorothy Stang, Margarida Alves, Darcy Ribeiro, Chico Mendes e tantos outros mortos, perseguidos ou presos. E a classe média onde é que fica? Seeeeempre ao lado do patrão. Ao lado do rico. Vive dizendo que o PT não fez uma ou outra reforma... Como fazer? Fez demais, dentro das possibilidades que tinha. Se a classe média soubesse o que faz, jamais apoiaria um governo de direita. Estão mais próximos da pobreza do que da riqueza. E isso é o que causa esse ranço todo nela. Estão com o coração cheio de ódio. Ficam putos com tudo. Até com eles mesmos quando se veem no espelho. É uma infelicidade constante. Aí saem por aí fazendo os outros infelizes também. É nesse devaneio doentio, que eles têm um pouco de felicidade.

  6. Rodrigo Postado em 26/Jul/2016 às 15:49

    (Outro Rodrigo) O terreno é do município de São Paulo e, em razão da ocupação irregular, os Procuradores municipais prontificaram-se ao cumprimento da lei e propuseram a ação de reintegração de posse. Então temos o governo municipal (administrado pelo petista Haddad), que entendeu não haver possibilidade de ceder a área aos menos favorecidos ou fazer qualquer concessão, assim buscando a Justiça em defesa do patrimônio público. E temos o ex-Senador e ex-Secretário Municipal que, lamentavelmente, por mais que eu o respeite, parece ter buscado obstruir o cumprimento de uma determinação judicial (em atendimento ao pedido, novamente, de uma administração também petista) e assim foi preso. É mais um fato triste da administração Haddad, que vê sua popularidade e intenções de voto em baixa, apenas recentemente contando com ação da Guarda Civil Municipal para tomar cobertores e papelões de pessoas em situação de rua, em pleno inverno; radar mal calibrado aplicando milhares de multas indevidas (só agora anuladas); e, agora, prisão de Suplicy ao tentar obstar o cumprimento de ordem judicial requerida pela administração municipal petista.

  7. Wylie Postado em 26/Jul/2016 às 16:04

    Ele foi detido e não preso. Existe uma diferença entre prisão, prisão preventiva e detenção.

  8. Eduardo Ribeiro Postado em 26/Jul/2016 às 16:19

    Cabe lembrar que se trata de ÁREA DE RISCO. Se não faz nada, "olha lá, o prefeito irresponsável". Se faz, "olha lá, o prefeito carrasco". Haddad - o maior e melhor prefeito da história da cidade - às vezes é muito ingênuo e crédulo, tem que ficar mais ligeiro. Tinha que ter tomado todo tipo de precaução. Uma prefeitura que se mostra - quase que de forma inédita - preocupada e sensível com questões sociais não pode ser omissa, ciente de que em desocupação existem duas certezas: 1- a resistência do povo, e 2- a truculência assassina da polícia, em especial quando é a Tropa de Choque que avança. Nós já vivemos em um estado tucano-fascista, Haddad já é mais fuzilado do que Lula e Dilma pela mídia paulistana, aí ele vai e dá essa brecha? Aí quem é que se atira na frente do Choque pra evitar uma chacina? Suplicy. Sempre há os desinformados que acham que foi pra aparecer, ou que foi algo inócuo, mas Suplicy com seu ato provavelmente poupou uma ou duas vidas. Tinha que ter havido mais cuidado, mais respaldo às familias. Não basta ser o maior e melhor prefeito da história, tem que não dar brecha para que canalhas que o odeiam - e são muitos - lancem seu mimimi oportunista, "ainnnn olha o prefeito judiando do povo..ainnnn". Como se estes, que são moradores da cidade que é a encarnação do egoismo, se importassem minimamente com pobre.

  9. João Paulo Postado em 26/Jul/2016 às 17:09

    A prisão foi acertada, o Suplicy quis aparecer e a comparação com o Cúnha é bisonha. Na pior das hipóteses, se o Suplicy for condenado, terá que pagar uma cesta básica. O mais interessante é que o pedido de reintegração de posse é da Prefeitura (petista).

  10. Vinicius Postado em 27/Jul/2016 às 22:12

    A prisão foi corretíssima , é somente uma pessoa esquecida que nunca fez nada de útil, e faz parte da maior quadrilha do mundo o PT. Só quis se aparecer.Esse ser humano deveria ter o mínimo de decência e seguir o exemplo de sua ex mulher, Roger Moreira,Lobão, Luciano Huck, Bolsomito, Eduaedo Cunha, José Serra, Geraldo Alkimin, e claro Michel Temer, que são pessoas ilustres que se preocupam de verdade com a (alta) sociedade brasileira. IRONIA *Outro Vinicius

  11. Denisbaldo Postado em 26/Jul/2016 às 17:21

    Pelo menos ele aparece por uma causa nobre. Diferente do seu ídolo Bostonaro, que só aparece fazendo merda.