Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 14/Jul/2016 às 17:28
17
Comentários

Na calada da noite, deputados entregam o pré-sal para o capital estrangeiro

Deputados aproveitaram que os holofotes da mídia estavam mirados para a renúncia de Eduardo Cunha e aprovaram o fim da exclusividade da Petrobras no Pré-Sal – uma das maiores riquezas do Brasil. Texto ainda precisa ser aprovado no plenário da Câmara

deputados petrobrás pré-sal regime concessão

GGN

Enquanto o comovente discurso de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na última semana, pela renúncia da Presidência da Câmara tratava de ocupar a cena e as manchetes, em momento propício para fugir de pressões, deputados aprovavam o Projeto de Lei que põe fim à exclusividade da Petrobras no Pré-Sal. O texto agora vai direto ao Plenário da Câmara.

A votação foi concluída, coincidentemente, no exato momento em que os jornais preocupavam-se exclusivamente em repercutir o choro e o discurso do peemedebista que renunciou para salvar o seu mandato.

Em tempo ágil, todos os destaques que propunham mudanças no projeto foram rejeitados por maioria da Comissão Especial da Petrobras e Exploração do Pré-Sal. E imediatamente foi aprovado o relatório do deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), que concordava com o texto original de José Serra (PSDB-SP), atual ministro das Relações Exteriores, acabando com a obrigatoriedade do papel da Petrobras como operadora única.

A mudança legislativa afeta todos os blocos contratados pelo regime de partilha de produção em áreas do pré-sal, que tinha o comando da estatal brasileira. Um grande lobby envolvendo empresas estrangeiras acompanhou todo o processo de tramitação dessa lei, no sentido de permitir a participação internacional nos lucros da descoberta nacional.

“O que estamos votando aqui é o início do processo de privatização da Petrobras e o deputado Aleluia sabe muito bem disso”, disse o deputado Glauber Braga (Psol-RJ), que integrava a oposição de parlamentares do PSOL, PT e PCdoB na Comissão.

Entretanto, como estavam em número menor, os deputados dos três partidos não conseguiram adiar ou rejeitar o parecer de Aleluia. “Esse projeto melhora as condições de recuperação da Petrobras”, defendeu o relator, adiantando que ainda outras mudanças deverão ocorrer, no futuro, com um Marco Legal da Exploração da camada do Pré-Sal.

No atual regime de partilha, a Petrobras era responsável por, pelo menos, 30% da operação de cada bloco contratado para a exploração e a produção de petróleo e gás da camada.

Apesar de conceder uma “prioridade” à estatal, para cada contratação, e na lei ficar definido que caberá, neste caso, à Petrobras os mínimos 30%, a aprovação e palavra final de quem será o operador da exploração ficará sob o crivo, nada menos, do presidente da República, ou seja, Michel Temer.

Assim, ainda que a estatal decida aceitar permanecer com 30% de determinada produção do consórcio vencedor, é Temer quem decidirá, realmente, se a Petrobras permanece.

O texto está nas mãos do Plenário da Câmara, em votação que estava prevista para ocorrer esta semana. Se aprovado por maioria, Michel Temer sancionará a proposta de Serra. Mas com a renúncia de Cunha a Câmara decidiu se ocupar, antes, com a eleição do novo presidente da Casa. O projeto deve ser votado em agosto.

SAIBA MAIS: Por que é ruim para o Brasil retirar da Petrobras a exploração do Pré-Sal?

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Fábio - SP Postado em 14/Jul/2016 às 18:58

    That's a shame!!! O povo brasileiro (nós) tinha que aprender com o povo da Islândia!

  2. Guilhermo Postado em 14/Jul/2016 às 21:56

    Isso. Deveríamos aprender com o povo da Islândia como navegar pelo temível oceano como bons guerreiros vikings em nome de Odin! E se o Kraken nos pegar, iremos de bom grado para Valhala acompanhados das Valquírias. kkk

  3. Sergio Carneiro Postado em 15/Jul/2016 às 07:12

    ...aprovaram o fim da exclusividade da Petrobras no Pré-Sal – uma das maiores riquezas do Brasil." Uma riqueza que não serve ao povo não é riqueza.

    • Alexandre Postado em 15/Jul/2016 às 11:04

      Não serve ao povo,kkkk diga isso os policiais, professores e hospitais publicos do Rio que estão sem a grana do petróleo pra manter o estado funcionando. O que eles querem é gente ignorante achando que não há problema em entregar o lucro do petróleo pra estrangeiro enriquecer o país deles em detrimento do nosso.

    • Trajano Postado em 15/Jul/2016 às 11:43

      O quê? Se serve ao PIB não serve ao povo? Putz!

      • Leonardo Postado em 15/Jul/2016 às 15:05

        Serve ao povo corrupto.

      • Trajano Postado em 15/Jul/2016 às 18:19

        Pensamento de Leonardo, da direita medieval antinacionalista: "ain, existe corrupção no campo político. Ao invés de retirarmos os políticos corruptos, vamos entregar para a Chevron em licitações de 20 anos". Puta que pariu. É de uma ignorância selvagem que sinceramente... Às vezes me pergunto que tipo de tradição cultural canastrona transforma uma pessoa em um Leonardo, por exemplo, que acessa sites políticos sem parecer compreender o básico de política, em um misto de arrogância e carência tardia. Cruzes!

    • Eduardo Ribeiro Postado em 15/Jul/2016 às 12:05

      Carneiro é um inconsciente, velho...sabe nem o que fala.

    • Henrique Postado em 15/Jul/2016 às 12:47

      Que serve ao povo? Que palhaçada, servir ao povo neste caso é duas coisas: impostos para gastos em educação, saúde, segurança e combustível barato. Estatal cobrando uma fortuna pelo combustível e os impostos sendo mal geridos não me servem. Riqueza não passível de ser extraída por ingerência não é riqueza

      • Eduardo Ribeiro Postado em 15/Jul/2016 às 15:50

        Esse povo tem ódio da Petrobrás mesmo, puta que pariu...brazileiros de merda que querem entregar o que é do povo e sucatear o próprio país...ficariam de 4 pro primeiro gringo que batesse o pé na sua frente. Vocês merecem José Serra, e merecem ver o Brasil estendendo tapete vermelho pra Chevron e outras multinacionais deitarem e rolarem em cima do que é/era NOSSO. O projeto de idiotização do Brasil deu certo demais.

      • Trajano Postado em 15/Jul/2016 às 18:16

        Eu não sei o que é mais espantoso: o entendimento político colonial medieval da direita antinacionalista brasileira, o ranço entreguista de brasileiros com complexo de inferioridade ou a ignorância selvagem em assuntos que não requerem alto grau de escolarização. Sério. Sobre a Petrobrás: o Brasil foi apontado recentemente pela norueguesa Rystad Energy (que está próxima dos estudos do INOG/UERJ) como a 6ª maior reserva de petróleo do planeta. Em 2015, a OTC premiou a Petrobrás pelo conjunto de tecnologias desenvolvidas para a produção da camada Pré-Sal. Aliás, do ponto de vista técnico e vanguardista, mais premiações como: primeira Boia de Sustentação de Risers; primeiro riser rígido em catenária composto por tubos com liner, instalados pelo método reel lay; mais profundo riser rígido em configuração “lazy wave”; mais profundo riser flexível (em lâmina d’água de 2.220 m); primeira separação de dióxido de carbono (CO2) associado ao gás natural em águas ultraprofundas (2.220 m) com injeção de CO2 em reservatórios de produção etc. Em 8 de maio de 2016, Pré-Sal, 1 milhão de barris de petróleo em um dia. Petrobrás NÃO ESTÁ À VENDA! Um abraço!

      • Cesinha Ribeiro Postado em 16/Jul/2016 às 17:34

        A exemplo da vale do rio doce, que é a maior devedora de impostos do Brasil?!! Não se preocupe que eles vão deixar pra gente os rio doce da vida... Acorde!!!

  4. tiago Postado em 15/Jul/2016 às 08:22

    uma das maiores cagadas da história do Brasil. Em se tratando de áreas estratégicas como petróleo não existe UM único caso onde a "versão" privatizada superou a estatal em termos de competência. A razão é simples, a privatizada não visa os interesses do país, somente lucro, parabéns aos trouxas envolvidos.....

  5. Jonas Schlesinger Postado em 16/Jul/2016 às 00:04

    É certo que o Pré-Sal e a Petrobrás ultimamente não faz jus ao "patrimônio do povo". Contudo, não é a empresa que é a vilã, e sim as pessoas corruptas que trabalharam nela. Já pararam pra pensar que os repasses dos lucros podem ser surrupiados no meio do caminho? Que há um esquema forte de difamação da empresa e colocar a culpa somente nela? Ainda hoje eu não vou com a cara da presidente afastada exclusivamente porque ela se aliou com políticos da pior espécie (pmdb, pp) e não conseguiu governar com as próçrias pernas. Mas se formos olhar o conjunto da obra, há um lobby muito forte que tenta quebrar a imagem da empresa fazendo-a dona da corrupção em detrimento da população brasileira. Não há motivo justo pra entregar uma empresa dessa manignitude ao capital extrangeiro (se fosse empresário brasileiro até faria alguma difefença...) e sobretudo sob o discurso de que ela é a nossa vilã. Se o país tivesse pouquíssima corrupção, a empresa seria uma das maiores do mundo, quiçá a maior. O pior cego é aquele que não quer enxergar. E eu ainda simpatizo com privatizações (se for por uma ninharia como a Vale, e eu mudo de ideia), agora há diferença entre privatizar uma empresa estatal de quinta ou portos e aeroportos com a Petrobras.

  6. João Paulo Postado em 16/Jul/2016 às 16:38

    As putinhas do Tio Sam ficam em alvoroço. Eu acho que esses milhões de brasil, digo, de idiotas ganharão alguns trocados com a venda. Defender esse tipo de coisa graciosamente não é burrice nem falta de caráter. É um fenômeno novo, sem palavra para expressá-lo. A porra do dinheiro da Petrobrás não é revertida em prol da população? Ninguém entendeu que a crise do Rio de Janeiro decorre EXATAMENTE em virtude da redução substancial de tributos e riquezas propiciadas pela Petrobrás? Que as remunerações do professor, polícia, profissionais da saúde, etc são custeadas boa parte com esses recursos, agora escassos por conta do golpe de Estado?

    • Leonardo Postado em 16/Jul/2016 às 19:25

      Pessei q culpa da crise no Rio fosse à má gerencia do governo estadual.

  7. JOHN JAHNES Postado em 16/Jul/2016 às 16:41

    - BRAVA GENTE BRASILEIRA, - LONGE VÁ TEMOR SERVIL, - OU FICAR A PÁTRIA LIVRE, - OU MORRER PELO BRASIL (Hino da Independência do Brasil) SE DILMA NÃO VOLTAR E O GOLPE SE CONCRETIZAR, O QUE DEVERÁ ACONTECER COM TODOS GOLPISTAS, PRINCIPALMENTE COM O CHEFÃO TEMER. O POVO DA TURQUIA MOSTROU AO MUNDO COMO SE EVITA UM GOLPE. SERÁ QUE AQUI DEVEREMOS FAZER DA MESMA FORMA, OU A JUSTIÇA, ATÉ AGORA CONIVENTECOM O GOLPE, VAI MOSTRAR A VERDADE E ACABAR COM ESSA FARRA DOS GOLPISTAS? POVO UNIDO NUNCA SERÁ VENCIDO.