Redação Pragmatismo
Compartilhar
Ditadura Militar 06/Jul/2016 às 14:38
3
Comentários

Mulher torturada por Ustra reage ao ler comentários pró-ditadura na internet

A reação de uma mulher torturada por Brilhante Ustra ao ler comentários pró-ditadura nas redes sociais é uma verdadeira aula de história

torturada ustra Lúcia Skromov
(Imagem: Lúcia Skromov/Democratize/Medium)

Agência Democratize

Não é fácil passar pela sessão de comentários nas redes sociais ou em sites de notícias.

De cômico até trágico, boa parte dos “comentaristas de Internet” sobre política acabam ultrapassando limites considerados como aceitáveis, chegando a defender a ditadura militar e fazendo apologia para práticas como a tortura contra inimigos políticos.

A Agência Democratize resolveu ler alguns desses comentários para Lúcia Skromov, torturada na década de 70 pelo polêmico Coronel Ustra — homenageado pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) durante votação do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), em abril deste ano.

O carrasco da ditadura voltou a ser assunto por conta da homenagem feita por Bolsonaro, criticado massivamente pela opinião pública pela péssima escolha. E claro, nas redes sociais, não faltou seguidor defendendo a posição do deputado.

Veja como foi a reação de Lúcia, uma verdadeira aula de história para evitar que o passado tenebroso volte nos dias de hoje.

VÍDEO:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Alan Kevedo Postado em 07/Jul/2016 às 11:23

    General Ulstra e delegado Fleury foram desses que fizeram Satanás e Lúcifer parecerem simples coroinhas de igreja. Elogio a esses deformados mentais partem de quem ou desconhece nossa história, ou querem somente vomitar insatisfação consigo mesmo. Esgotos da sociedade.

  2. Ronaldo Postado em 07/Jul/2016 às 19:23

    Que sociedade é esta que permite abominações como Ustra e retardados como vc?

  3. Davi Postado em 07/Jul/2016 às 18:42

    A ditadura militar torturou crianças de menos de um ano, estuprou adolescentes pelo simples fato de serem vizinhas de algum suspeito. Camponeses e gente que não tinha absolutamente NADA a ver com militância política foi torturada e morta! 8 mil e trezentos índios foram mortos pelo regime. Você é um pobre coitado, intelectualmente miserável, criatura que não tem qualquer luz na alma, e que vem aqui defender o inferno. Não existe justificativa possível para o que essas mulheres sofreram! Não existe! O que existe é gente como você, sem empatia, defensores do mal, cânceres que o mundo deve vencer para evoluir.