Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 20/Jul/2016 às 08:19
42
Comentários

Mulher sai de casa e deixa marido e filhos; 2 dias depois, ela recebe essa carta

Mulher sai de casa irritada e deixa marido sozinho com seus filhos. Dois dias depois, ela recebe uma carta comovente

mulher sai de casa marido filhos

Histórias com valor

Certo dia, um pai chegou em casa muito cansado do trabalho. A única coisa que ele queria era ver futebol, sem se importar com os filhos ou com as tarefas pendentes de casa. O que ele não esperava era a reação da sua esposa.

Farta do comportamento do marido, ela resolveu sair de casa, deixando ele sozinho com seus filhos. Depois disso, o homem resolveu escrever um texto comovente para a esposa:

“Meu amor:

Há dois dias, nós tivemos uma grande discussão. Eu tinha chegado cansado dos problemas do trabalho. Eram 20:00, e tudo o que eu queria era sentar no sofá para assistir ao jogo.

Quando olhei, vi que você estava exausta e de mau humor. As crianças estavam brigando e o bebê chorava enquanto você tentava dormir.

Eu só aumentei o volume do televisor.

‘Não fazia mal se você me ajudasse um pouco e se envolvesse mais na educação de seus filhos’, você me disse com o rosto trancado, enquanto baixava o volume do televisor.

Eu, com raiva, respondi: ‘Passei o dia todo trabalhando para que você possa ficar em casa e brincar com bonecas’.

A discussão foi longa. Você chorou de coragem e fadiga. Eu disse coisas cruéis… Você saiu de casa chorando, e me deixou sozinho com as crianças.

Eu tive que lhes dar o jantar e colocar as crianças para dormir. No dia seguinte, você não tinha voltado, e tive que pedir o dia de folga para o meu patrão, e ficar a cuidar dos meninos.

Eu vivi birras e lágrimas.

Eu vivi o estar correndo sem parar e não ter um momento nem tomar banho.

Eu vivi o ter de preparar o leite, vestir as crianças e limpar a cozinha ao mesmo tempo.

Eu experimentei estar preso durante todo o dia sem falar com ninguém maior de dez anos.

Eu vivi o não ser capaz de comer em paz, sentado em uma mesa, por estar perseguindo uma criança.

Eu experimentei estar tão física e mentalmente exausto que só queria dormir 20 horas seguidas, mas tinha acordar às três horas porque o bebê estava chorando.

Passei dois dias e duas noites “na sua pele” e posso dizer que agora entendo…

Entendo o seu cansaço.

… Eu entendo a incerteza que você sente por a sua economia não depender mais de você, mas do seu parceiro.

Eu entendo os sacrifícios de não ter tempo para sair com os amigos, fazer exercício ou dormir a noite inteira.

Eu entendo o quão difícil pode ser estar fechada a cuidar dos filhos e a sensação de perder o que acontece lá fora.

Até entendo sua raiva quando a minha mãe critica a sua maneira de educar nossos filhos, porque ninguém sabe o que é melhor para os filhos do que a própria mãe.

Eu entendo que você, ao ser mãe, carrega o fardo mais pesado da sociedade. Ninguém o reconhece, nem valoriza, nem remunera.

Escrevo essa carta não só para que volte porque sinto sua falta, mas porque não quero passar nem mais um dia sem lhe dizer, antes de terminar o dia:

“Você é muito corajosa, está fazendo um bom trabalho e te admiro”.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Raimundo Pinto Postado em 20/Jul/2016 às 09:37

    No meu caso, contrataria uma babá e nunca mais queri um bom dia dela. Criaria meus filhos sem a presença da mãe tranquilamente. Uma mulher que tem a coragem de abandonar seus filhos nessas condições, é porque não gosta deles. Registraria um Boletim de Ocorrência, moveria um processo na vara da família e cobraria uma pensão dela.

    • Karen Postado em 20/Jul/2016 às 11:55

      Mas homem abandonar é de boa né?

    • Everton Postado em 20/Jul/2016 às 11:57

      Ela não abandonou os filhos, mas deixou com o pai. Você fala como se fosse a obrigação da mãe em cuidar dos filhos. Da mesma forma o pai deixava os filhos todos os dias com a mãe, mas o contrário pra você parece absurdo e até caso de policia. Ridiculo.

    • Carlos Postado em 20/Jul/2016 às 12:00

      Como ela abandonou? Ela não deixou os filhos sozinhos, deixou com o pai. O pai sai todo e deixa os filhos com a mãe, ela pode sair e deixar com o pai.

    • Anônimo Postado em 20/Jul/2016 às 12:01

      Tadinho de você. Se um homem tem coragem de deixar a mulher se matando com os filhos vendo o quão cansada está, é porque não a ama. se não tem coragem de se envolver no dia a dia deles, é porque não os ama. Eu torço pra que ela não tenha voltado, pois só percebeu a falta que ela faz após ter passado o mesmo que ela. É fácil valorizar as pessoas quando elas vão embora. Mas, como não é da minha conta, se ela voltou que seja feliz e que esse sem noção a valorize.

    • Valéria Postado em 20/Jul/2016 às 12:07

      Credo meu Deus. Como seriam esses seres revoltados? Frustrados? Percebo algo de alienação parental. O mundo está precisando de amor, paz harmonia, mas a cultura da violência está tão crescente que chega a ser assustadora

    • Amelia Postado em 20/Jul/2016 às 12:12

      Sabe o significado da palavra empatia? Ao que parece, não sabe.

    • Fernanda Postado em 20/Jul/2016 às 12:46

      Ue, não entendi. Ela deixou os filhos com o PAI das crianças. Ela não os deixou sozinhos ou com estranhos. Não teve crime algum. Pai tb é responsável pelo cuidado e criação dos filhos. Mas sabe algo curioso no seu comentário? Nunca vi mulher alguma fazendo BO pra pai q sai de casa e a deixa só com as crianças.

    • Greg Rolim Postado em 20/Jul/2016 às 12:52

      É falta-lhe interpretação de texto. Não entendeu nada!!!

    • Esther Rezende Postado em 20/Jul/2016 às 13:02

      Ah, Raimundo...eu não sei como é a tua vida, nem o tipo de arranjo familiar que tem, para expressar tamanha falta de empatia. A reflexão que o texto convida é muito mais ampla e tem matizes várias (social, econômica, de gênero, para citar alguns). Estamos falando de um modelo familiar que precisa ser revisto, questionado, de forma a fomentar uma maior igualdade entre os responsáveis na participação e na criação dos filhos e na vida doméstica. O texto aponta para o fato de que esposas confinadas ao espaço doméstico, restritas ao papel de mãe todos os dias da semana, impossibilitadas de exercitar outras formas de identidade na vida profissional, política e social, estão cada vez mais infelizes. Eu prefiro pensar que seu "pragmatismo" seja fruto de uma má interpretação de texto. Texto, aliás, que ou está mal escrito o mal traduzido, mas não importa, o mais relevante aqui é o seu potencial de criar diálogos como este.

    • vera santos Postado em 20/Jul/2016 às 13:06

      só posso concordar, afinal, onde já se viu abandonar os filhos nessas condições!! condições: junto a um homem mimado que só enxerga a necessidade do outro quando ela é esfregada na cara dele. ainda bem que vc viu a crueldade da situação e não só pensou em contratar uma babá (afinal, melhor terceirizar, né?), como em mandar a conta para a mãe. jênio! gamei! Casa comigo!

      • Maria Postado em 21/Jul/2016 às 09:09

        Se merecem!!! São "jenios"!!!kkk

      • Eva sunahara Postado em 07/Oct/2016 às 22:53

        Adorei Vera vc sambou legal kkkkk muito boa sua resposta

    • Issbelly Postado em 20/Jul/2016 às 13:35

      Era melhor vc ter ficado quieto

    • Marina Dias Postado em 20/Jul/2016 às 14:23

      Certamente, contrataria uma babá porquê talvez não conseguisse lidar com as questões acima. Não estaria educando seus filhos, dando amor ou participando da educação deles e acharia certo entregar tudo ao trabalho remunerado de alguém, é bem mais fácil... As mães não costumam fazer isso e certamente também você não tem filhos e não soube interpretar a carta. Todos tem o direito de se cansar e mães são seres humanos com as mesmas fraquezas e fragilidades de todos. Mães doam o seu tempo, o seu dia e sua noite, seu descanso, tudo na maioria das vezes sozinhas. Eu sou uma delas. Eu sei o quanto é desgastante e sei de todas as incertezas também. Os filhos precisam ter o auxílio dos pais, senão eles não seriam necessários para se conceber uma criança. Pense nisso, estude interpretação de texto e julgue menos também, será um homem melhor.

    • karina Postado em 20/Jul/2016 às 14:44

      Isso diz muito sobre você!

    • Roger Postado em 20/Jul/2016 às 14:45

      A mulher sai de casa dois dias e o maluco já quer registrar BO, ahahahaha. Ela não deixou eles no mato sozinhos, deixou com o pai!

    • Ana Carolina Postado em 20/Jul/2016 às 14:48

      Babaca, então vai deixar seus filhos na mão de uma estranha! Vc não se garante? Fazer BO kkkkkkkk balela!

    • Renato Postado em 20/Jul/2016 às 15:12

      Contratar babá não significa "criar os filhos sem a presença da mãe tranquilamente". Na verdade, o senhor não entendeu nadinha da história.

    • Danielle J.C Postado em 20/Jul/2016 às 15:36

      Raimundo larga e ser ridículo. Ela não abandonou os filhos, ela os deixou com o pai. Abandonados, pelo pai, eles estavam antes dela tomar essa atitude. E pelo visto vc não criaria seus filhos em nenhuma das possibilidades, pois, pela sua resposta, vc deixaria as crianças por conta de uma babá e pela sua postura machista também se revelaria uma pessoa ausente em casa, deixando toda a responsabilidade de criar uma criança para sua mulher. A mulher seria uma louca de voltar para uma pessoa mesquinha como vc.

    • Julio Postado em 20/Jul/2016 às 16:55

      Vc é um bobó

    • Wesley Postado em 20/Jul/2016 às 17:16

      Vc é machista até dizer chega, né?

    • Maria Luiza Postado em 20/Jul/2016 às 17:58

      Você acha que é abandono? Ela deixou as crianças com o pai! Se você não entendeu nada da mensagem

    • Michele Postado em 20/Jul/2016 às 19:51

      E ela pagaria pensão pra vc! E tava td certo! Assim que vcs agem! Aliás, babacas como vc que não tem sensibilidade de entender um texto desses.

    • Giovana Postado em 20/Jul/2016 às 22:04

      Mas homem pode sumir no mundo e nem pagar pensão né. Ou qdo paga, abandona emocionalmente..

    • José Vieira Postado em 21/Jul/2016 às 01:16

      Concordo contigo. Mãe de verdade JAMAIS abandona filhos. Já viram um animal fêmea, chamado de irracional, abandonar seu filhote? E aquelas mães pobres, com 3,4,5,6 filhos, com o marido desempregado, que encaram com bravura as dificuldades cotidianas? E antigamente que era comum famílias de até 10 filhos ou mais. Não se trata de machismo nesse caso. Pelo lido, a mãe não trabalhava fora. Portanto, considero como um caso de estresse afrescurado da vida moderna.

    • Paula Postado em 21/Jul/2016 às 07:52

      Como o teu machismo te trava os olhos! Prova que não entendeu nada.

    • Henrique Postado em 21/Jul/2016 às 11:51

      porque você não pensa... mas pensa mesmo... com a cabeça e com o coração antes de falar tamanha asneira?

  2. Andreza Postado em 20/Jul/2016 às 09:43

    Não sei se essa foi a moral da história.

    • beto Postado em 20/Jul/2016 às 14:28

      A importância da licença paternidade, para que os pais saibam dar valor ao trabalho da mulher que decide ficar em casa para cuidas dos filhos, que não é brincar de boneca!

  3. Cancella Duarte Postado em 20/Jul/2016 às 10:15

    Espero que a mãe não tenha voltado pra casa.

  4. Maico Postado em 20/Jul/2016 às 10:24

    Moral da história: só depois do 3º filho fui experimentar me envolver no cuidado dos meus filhos e arrumar a casa. Vivi na sua pele e agora eu entendo que é difícil. Não vou fazer nada em relação a isso, você faz falta, volta logo pra tudo voltar ao normal.

    • Karen Postado em 20/Jul/2016 às 11:57

      Exato! "reconhecer que é difícil eu reconheço, mas ajudar não vou não."

  5. cansada Postado em 20/Jul/2016 às 11:30

    Pf, o homen vai, fala: ooh que trabalho dificil aqui, ainda bem que nao sou mulher! Gente, que cara de pau! Nao basta "entender", a transformaçao social passa pela açao social, e nao somente por um pobre "eu entendo". O sehnor juntou-se ao grande clube dos homens que se pretendem nao-machistas e deu. "Você esta fazendo um bom trabalho". Sorte dele que eu nao sou a companheira dele, pois essa frase é a pior de todas, é um sinonimo de "espero que tudo fique assim". Sim, a carta me comoveu, me comoveu de hipocrisia! Pragmatismo Politico ficou de feminismo mole aqui!

  6. João Paulo Postado em 20/Jul/2016 às 12:25

    Por que essas pessoas têm filhos? As pessoas têm essas expectativas, é normal. Mas depois do primeiro ninguém se pode dizer enganado. O pai é relapso, a mãe julga que está privada de sua vida pessoal. E ainda fazem outros?

  7. Micreni Postado em 20/Jul/2016 às 13:01

    Moral da história: Não pq estamos cansados que devemos respeitar o outro , viver em parceria seria a melhor não custa nada doar um pouco de si para a família.

  8. Maria Santos Postado em 20/Jul/2016 às 14:04

    Ele é muito cara de pau. Sente na pele tudo que a mulher passa, não aguenta e pede pra ela voltar se fazendo de coitadinho pra depois fazer as mesmas coisas. Esses tipos de homens que chega em casa depois do "trabalho" e só quer deitar no sofá e tomar a velha cervejinha e ainda reclama da mulher por passar o dia inteiro cuidando da casa e dos filhos, e olha que ela ainda precisa tá bem cuidada pro maridão viu? Esses sim merecem umas boas lapadas na vida.

  9. Vieira Postado em 20/Jul/2016 às 14:34

    aposto q vai a igreja todos os domingos né fera?

  10. Noob Postado em 20/Jul/2016 às 19:03

    O bonitão manda a carta dizendo isso e aquilo esperando que ela volte para que ele possa ter de novo sua vida tranquila. Na boa espero que ela não volte.

  11. Tunico Postado em 20/Jul/2016 às 20:10

    Igualdade em todos os aspectos! Inclusive na aposentadoria. Hoje vários homens QUEREM passar um tempo se dedicando aos filhos, e quem pode ( casal) contrata babas, empregadas e etc pra poder trabalhar. Certo?

  12. marc Postado em 20/Jul/2016 às 22:54

    Falta do q publicar, nada de comovente e ainda mostra um casal onde a mulher n trabalha, existe isso ainda, é anos 50, pra piorar qqr americano sabe q com pouca grana eles conseguem garotas bem nutridas, com saúde em dia, nível cultural maior q o deles pra escravisá-las no cuidado com pirralhos em agencias de au pairs, sao domesticas de luxo, garotas q aqui no brasil teriam vergonha de serem domesticas, mas pra gringo com o dolar a 3,50 tá de boa, ou se forem casais brasileiros com o retrocesso depois do golpe as mulheres negras estão sendo obrigadas a aceitar a escravidão dos serviços domésticos em poorest condições q antes, então esse texto aí n tras nada de bom só bobagem q tem q ser mudada o quanto antes.

  13. Carla Postado em 21/Jul/2016 às 04:06

    Lendo o post é quase todos comentários, me convenci que este "Raimundo" "não existe"! Jogo midiático para incitar a discussão!