Redação Pragmatismo
Compartilhar
Xenofobia 20/Jul/2016 às 10:24
37
Comentários

Movimentos em São Paulo, Pernambuco e no Sul querem a separação do Brasil

Movimentos separatistas no Sul, em São Paulo e em Pernambuco irão realizar plebiscitos extra-oficiais e marchas para que seus estados se tornem independentes do Brasil. Em comum, os grupos dizem rejeitar partidos políticos e defendem uma sociedade com menos atuação do Estado

separatistas sul são paulo pernambuco
(Imagem: Plebiscito pela separação do Sul do Brasil vai acontecer em outubro)

No dia 2 de outubro, o estado de São Paulo terá um plebiscito extra-oficial para que os paulistas opinem sobre o estado se tornar independente do Brasil. No mesmo dia, a região Sul organiza consulta similar. As consultas não têm efeito legal.

Em 6 de março de 2017, será a vez de Pernambuco fazer uma marcha separatista. A data foi escolhida devido aos 200 anos da Revolução Pernambucana, de 1817.

Em comum, os três movimentos separatistas – em meio a outras dezenas no Brasil – rejeitam os rótulos de esquerda ou direita, se dizem independentes de partidos políticos e, de modo geral, defendem uma sociedade em que a atuação do Estado seja reduzida. As entidades também pregam o pacifismo e negam viés discriminatório.

PE

Apesar de existirem há séculos, as correntes emancipatórias se animaram desde 24 de junho, com o Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) após consulta popular.

“Precisamos de um país pequeno e com governantes próximos da gente”, defende Correia Filho, separatista pernambucano que integra um grupo de quase 2 mil pessoas. Hoje Pernambuco tem pouco mais de 9 milhões de habitantes.

PR, SC, RS

“Somos adeptos do Estado mínimo. Não do Estado que dá tudo para todo mundo e não se preocupa com o que deve, que é gerar emprego para que as pessoas tenham dinheiro”, afirma o jornalista Celso Deucher, 49 anos, representante do movimento separatista na região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

Ele cita como motivos para a independência críticas ao sistema proporcional de vagas no Congresso Nacional e a distribuição de tributos no País. “O nosso esforço produtivo está sendo minado”, afirma.

Na avaliação de Deucher, o sistema tributário atual faz a riqueza do Sul ser redistribuída para outras regiões, mas ficando concentrada nas mãos de quem já tem poder, em vez de resultar em melhorias para a população. O movimento defende a criação de um novo país unindo Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Estima-se que o plebiscito no Sul custe em torno de R$ 150 mil.

SP

“Com um PIB e população maiores que o da Argentina, e com um cenário cultural rico e diversificado, São Paulo tem tudo para se tornar um país de primeiro mundo, mais moderno e justo para todos que nele vivem”, diz o site do movimento separatista de São Paulo.

Assim como no Sul, o argumento da insatisfação com a distribuição tributária também está presente. De acordo com a entidade, se o montante arrecadado com impostos no estado não fosse transferido para a União, “a verba para educação, saúde, segurança, moradia e transporte público [no estado] praticamente triplicaria”.

“Na população de São Paulo a gente até brinca que todo paulista sempre pensou como seria se São Paulo fosse um país. Em um determinado momento chegamos à conclusão de que a situação política no Brasil está tão pobre, a máquina está tão corroída, que não adianta mais reformar isso ou aquilo. O ideal é começar do zero”, diz Flávio Rebello, separatista de São Paulo.

O plebiscito em São Paulo deve custar R$ 25 mil.

informações de Marcella Fernandes, HuffPost Brasil

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Marcos Vinicius Postado em 20/Jul/2016 às 10:45

    Ah, então tá! Não se dizem de direita e nem de esquerda, mas defendem o Estado mínimo! Tá serto! Me enganem que eu gosto sobre essa neutralidade!

    • Vinis Postado em 20/Jul/2016 às 12:06

      Só falta falarem que são """"Anarco-capitalistas"""

      • Marcos Vinicius Postado em 20/Jul/2016 às 15:52

        Pois é. Tá bom de o governo (mesmo sendo golpista) começar a abrir o olho em cima desses loucos antes que cresçam cada vez mais.

    • Shimon Cinico Postado em 20/Jul/2016 às 23:35

      Marcos, você sabe que o Temer já começou a negociar com as lideranças separatistas, em nome do Ilan, do Meirelles e do Serra, a candidatura dele à vice-presidência dos novos estados? Pois foi, segundo ouvi dizer num trem suburbano do Rio. A esta negociação se seguirá uma segunda, na qual a quadrilha, novamente aliada à Globo, a outras redes subalternas da mídia, à CIA e ao Mossad, acertará com o Congresso Nacional e o STF três novos golpes jurídico-parlamentares - tudo dentro da mais completa legalidade, é claro.

  2. Eduardo Ribeiro Postado em 20/Jul/2016 às 11:15

    Essa auto-descrição deles é patética. 1- rejeitam os rótulos de esquerda ou direita; 2- se dizem independentes de partidos políticos; e 3- defendem a atuação do Estado reduzida. Em suma: são completos ALOPRADOS, isso é evidente, e são necessariamente de direita.

    • Laura Postado em 20/Jul/2016 às 15:06

      Verdade verdadeira! São direitaça e duvido que não haja algum viés discriminatório.

  3. Vasconcelos Postado em 20/Jul/2016 às 12:01

    Piada pronta !

  4. eu daqui Postado em 20/Jul/2016 às 13:13

    Defender estado mínimo é defender a predominancia dos interesses do capital privado: DIREITA SIM, e em nada moderada.

  5. Phelipe Postado em 20/Jul/2016 às 13:18

    Primeiro altera-se a Constituição, depois disso, aí sim pode enganar o povo com esse papo furado. Tendo em vista que hoje a UNIÃO é credora de TODOS os estados, sem a UNIÃO todos já estariam falidos!!

    • Halysson Postado em 20/Jul/2016 às 21:32

      Só que a União não produz nada. Quem produz são os estados. A união é credora de um lado e confiscadora de outro. Só aqui no ES, é um déficit entre recebimento e envio de ICMS e IPI de 13 bilhões. Dinheiro que some na ineficiência da burocracia da União. Ah! Estamos nos organizando aqui no ES também.

      • eu daqui Postado em 21/Jul/2016 às 12:21

        Estados nem união não produzem nada: quem produz em qualquer lugar do mundo é o trabalhador de qualquer raça e classe.

  6. carlos Postado em 20/Jul/2016 às 13:39

    Não separa nem o LIXO RECICLÁVEL e quer separar o PAÍS? Aff... Esse pessoal precisa de algo mais forte que RIVOTRIL... " Cretinos infelizes"

  7. Mxl Michel Postado em 20/Jul/2016 às 14:12

    Querem se separa blz, aproveitem e levem a dívida pública com vocês!

    • eu daqui Postado em 21/Jul/2016 às 12:20

      Boa ! Se separem sim levando tudo o que é próprio: créditos e débitos. E VAZA CANHÃO !

  8. mdcamargo Postado em 20/Jul/2016 às 15:22

    Que bom, no caso de SP, como tenho Amador Bueno, o Rei dos paulistas, em minha árvore genealógica, já posso reclamar meu trono e meu império?

  9. Galvao Postado em 20/Jul/2016 às 15:24

    Eu sou do Sul, nascido aqui. Se esses palhaços um dia conseguirem esta separação, eu me mudo daqui. Esses idiotas se esquecem que se o Sul esta rico, foi a custo de trabalho e de miséria do povo do norte. Esses sim são os verdadeiros brasileiros. Os idiotas aqui do sul que falam em separação, a maioria é imigrante ou descendente, é só olhar o sobrenomes desses infelizes filhadaputas.

  10. poliana Postado em 20/Jul/2016 às 15:37

    QTA. ESTUPIDEZ!!!! IMPRESSIONANTE!!!!

    • Jonas Schlesinger Postado em 20/Jul/2016 às 20:06

      Pois é. Se isso acontecer com certeza minha avó se muda pro Nordeste. E esses otários não sabem que os Estados são indissolúveis? Que a UE não é um país, e sim um bloco com vários países independentes? Que o Reino Unido na verdade é um conjunto de 4 pequenas nações que sim podem ter referendo separatista pois está na Const. deles. Aqui e nos Estados Unidos é bem diferente. Mas uma coisa eles tem razão: precisa-se fazer urgentemente ta formar o país numa verdadeira Federação. Impostos não saem dos Estados e cada qual ter a sua lei.

  11. Alex Postado em 20/Jul/2016 às 15:46

    A Constituição VETA, ou seja, PROÍBE secessão!!!! Está faltando um pouco de inteligência a esses ditos "separatistas"!!! Vão estudar a Constituição antes de sugerir uma besteira dessas!!

  12. Cris Postado em 20/Jul/2016 às 16:27

    Colocar na tag Xenofobia foi de fuder hein PP! Não é toa que esse blog é uma fonte inesgotável para os ignorantes.

    • Carlos Santos Postado em 21/Jul/2016 às 09:01

      Xenofobia sim! Você não aceita, mas o tema está intrisecamente ligado a xenofobia. Aceita que dói menos!

    • Eduardo Ribeiro Postado em 21/Jul/2016 às 12:19

      Se não "xenofobia", qual seria a tag mais adequada? Cultura (falta de, no caso) faria sentido. Os envolvidos são mendigos intelectuais, todos numa miséria total. Ou saúde...já que a sanidade mental dos envolvidos - em especial dos boças paulistas - realmente está severamente comprometida.

    • EU DAQUI Postado em 21/Jul/2016 às 12:24

      Xenofobia de brasileiro - e ainda por cima do brasileiro fracassado e mal resolvido com sua própria condição latino americana - que ser europeu na marra e acaba não sendo nada - essa xenofobia aí eu suplico que seja contra mim: É PURA LISONJA !!!!

  13. Raquel Postado em 20/Jul/2016 às 16:46

    Simples de resolver é só cada estado ter suas próprias leis como é nos Estados Unidos.

    • eu daqui Postado em 21/Jul/2016 às 12:25

      Acho que em parte isso já existe, não?

  14. Leonardo Postado em 20/Jul/2016 às 17:55

    O Brasil é muito grande! Teria que pelo menos se tornar uma federação de verdade.

  15. Guilhermo Postado em 20/Jul/2016 às 19:34

    Ué, cada um com sua opinião. Eu tenho a minha. Prefiro que meu estado continue sendo parte do Brasil, como diz nossa Constitution.

    • eu daqui Postado em 21/Jul/2016 às 12:29

      Nasci cucaracha, assim gosto de ser e quero voltar a ser se esse troço de reencarnação existir. Quem não puder evoluir vivendo neste meio tão intecultural, não é em outra parte do mundo que vai. Os tres sulistas tem todo o direito de seguirem os argentinos em sua identidade de refugo da Europa, deixando a nata da América por aqui mesmo. Pobre Europa !

  16. Irion Postado em 20/Jul/2016 às 21:37

    Sou gaúcho, mas NÃO SOU NAZISTA! Logo, não sou golpista e nem separatista! Viva o Brasil! (mas bem que S. Paulo podia se separar..., seria muito bom para o Brasil DEMOCRÁTICO!)

    • eu daqui Postado em 21/Jul/2016 às 12:31

      Em São Paulo tem muito brasileiro resolvido também, Iron. Como boa nordestina sou fã de Sampa. Não gostaria de perdê-lo. Mas se a maioria dos paulistas assim quiser, considero de direito.

  17. zepires Postado em 21/Jul/2016 às 05:14

    Viva o Mulistão e sua imensa capacidade de entendimento... A união não fortalece. O separatismo, sim!

  18. Vilela Postado em 21/Jul/2016 às 08:27

    Acho ótimo se for mesmo possível; que São Paulo fique com os ouros e tesouros! Tenho uma proposta que possivelmente os paulistas aceitariam, pois, a identificação dos costumes é notória: que ao se tornar independente fique para eles figuras nobres das quais abriremos mão sem nenhuma resistência: os digníssimos senhores Eduardo Azeredo, Aécio Neves, Gilmar Mendes, Zézé Perrela e os respectivos familiares de todos estes senhores.

  19. Carlos Santos Postado em 21/Jul/2016 às 08:53

    Toda tecnologia que temos hoje é fruto de pesquisas realizadas pelo Estado. Computador, carro, jato, supercondutores, nanotecnologia, todas essas descobertas e evoluções ocorreram em razão de pesquisas realizadas/financiadas pelo governo americano, principalmente na guerra fria, através da Nasa. Depois que o governo realiza as descobertas, usando dinheiro do contribuinte, repassa tudo prontinho para a "livre iniciativa" lucrar. Não gastam 1 centavo em pesquisa! Deixam a bucha de canhão para os contribuintes e para o Estado. Esses coxinhas do Brasil querem ser mais reais que o rei; mais "capitalistas" que os americanos, mas só da boca pra fora e sem ter noção da realidade, pois na prática são uns parasitas corruptos. Pode pesquisar. Quantos "capitalistas honestos" estavam na Paulista gritando "fora' Dilma"! Era gente recebendo pensão de militar, membro do ministério público envolvido em CORRUPÇÃO, membro da justiça, servidor do legislativo, assessor de deputado. Uma gente que não gera 1 real de receita, só recebe dinheiro do estado pelos seus péssimos serviços, verdadeiros desserviço. O menos longe de um capitalista dessa multidão de insetos são os empresários de galpões, como o Skaff, que quebrou as empresas herdadas dos pais e hoje vive de aluguel de galpões, muitos deles, de grande só tem a quantidade bilionaria de impostos sonegados.

  20. Carlos Santos Postado em 21/Jul/2016 às 08:54

    Eleitor de Aécio! Kkkkk! Perdeu, otário! Chorão! Vai crescer! Só quem cresceu sabe perder!

  21. Carlos Santos Postado em 21/Jul/2016 às 08:59

    Concordo! Principalmente as viúvas de militares, de juizes, de médicos, com suas pensões de 20 mil reais, que estavam todas na paulista chamando de vagabundas as mães miseráveis que recebem R$150,00 de bolsa família pra matar a sua fome e de seus filhos, enquanto estes estão obrigatoriamente na escola com maior chance de não serem parte dos demais Analfabetos gerados pelos governos militares e de direita até os anos 1990.

  22. Carlos Santos Postado em 21/Jul/2016 às 09:08

    Que parte da constituição especificamente o pt não respeita. O discurso é lindo e pega muito otário, mas você tem que demonstrar. Mas você não conhece a Constituição. Por isso é tão fácil a TV e os jornais te enganar. Se um dia você ler o art. 4° da Constituição, vai ver que os governos petistas são perseguidos exatamente por trabalharem baseados nos objetivos da República Federativa do Brasil que ali estão elencados. Não vou perder mais meu tempo com uma ameba MIDIOTA da tua estirpe.

  23. eu daqui Postado em 21/Jul/2016 às 12:26

    Apoiado: chaga de sustentar TODAS as viúvas.