Redação Pragmatismo
Compartilhar
Lula 08/Jul/2016 às 15:03
14
Comentários

Lula ao The Guardian: 'Por que não investigam todos os partidos?'

Por que não investigam todos os partidos?, questiona Lula ao Guardian. Em entrevista, ex-presidente diz que vazamentos e investigações da Operação Lava Jato são seletivos e fazem parte de trama para tirar PT do poder: "a direita não quer esperar [disputar no voto]"

lula the guardian entrevista

Em entrevista ao jornal britânico The Guardian publicada nesta segunda-feira (04/07), o ex-presidente Luiz Inácio da Silva falou sobre a atual situação política no Brasil e a Operação Lava Jato, que investiga o pagamento de propinas a políticos a partir de contratos com a estatal Petrobras.

Para Lula, o foco das investigações no PT (Partido dos Trabalhadores) e o vazamento para a imprensa de áudios de telefonemas entre ele e a presidente Dilma Rousseff, em março, são indícios de que a operação é parte de uma “trama” para tirar o PT do poder no Brasil.

“Por que não investigam como todos os partidos políticos arrecadam fundos?”, questionou o ex-presidente sobre as investigações sobre o financiamento de campanhas de políticos do PT. “Da maneira como tem sido feito, fica a impressão de que todo o dinheiro para o PT é sujo e que todo o dinheiro para o PSDB é limpo.”

A matéria, intitulada “‘Não há crime’: ex-presidente brasileiro mantém fé em partido e sistema judiciário”, começa com o relato de Lula sobre a sessão da Câmara dos Deputados de 17 de abril, que decidiu em prol do seguimento do processo de impeachment contra Dilma Rousseff. “Foi muito triste. Sofri muito”, declarou Lula, que disse ter visto “o projeto de transformar esse país desmoronando”.

O texto lembra que, ao deixar a presidência em 2010, Lula era “o presidente mais popular do mundo, uma figura representativa carismática de um mundo em desenvolvimento recém confiante”. Além disso, classifica Lula como “o arquiteto de um projeto democrático da centro-esquerda para reduzir a desigualdade no Brasil”.

De acordo com a matéria, desde a saída de Lula do cargo, a economia “se deteriorou”, os ventos políticos globais mudaram sua direção da “cooperação” para “competição” e uma investigação “massiva” contra  corrupção atingiu várias figuras políticas, incluindo aliados de Lula.

Ao The Guardian, Lula disse acreditar que a “ênfase” do PT nas camadas mais pobres, as políticas de distribuição de renda e o aumento de gastos com educação pública e saúde “incomodaram muita gente”.

“Agora há mais [pessoas da nova classe média] nas ruas, nos teatros, nos aeroportos. Parte da elite não quer dividir”, declarou.

Segundo ele, as investigações da Operação Lava Jato são parte de uma “trama” para tirar o Partido dos Trabalhadores do poder e evitar que Lula concorra novamente às eleições presidenciais em 2018.

“Acredito que há uma combinação entre algumas partes da mídia, da promotoria e da polícia para destruir minha imagem”, disse o ex-presidente. “É tudo com um objetivo: condenar Lula”.

Ele criticou também os setores de direita que, segundo ele, não respeitam o direito de escolha da população.

“Eu perdi três eleições, mas respeitei a escolha das pessoas sobre o vencedor [do pleito], disse. “Mas a direita não quer esperar”, disse em referência ao processo de impeachment contra Dilma.

Segundo o artigo, Lula segue acreditando que Dilma será absolvida pelo Senado no dia 17 de agosto e voltará a exercer a Presidência. Para tanto, será necessário convencer seis senadores a mudarem seus votos, o que demandará “uma enorme quantidade de convencimento”.

Apesar de críticas, Lula disse não ter quaisquer arrependimentos a respeito da nomeação de Dilma como candidata sucessora ao Planalto. “Tenho orgulho de ter indicado Dilma e de ela ter sido eleita”, diz.

De acordo com o artigo, muitas pessoas têm esperança de que Lula se candidate novamente à Presidência, mas ele diz que a decisão ficará a cargo do PT.

“Deixei [a presidência] com 87% de aprovação. Fui o melhor presidente da história do Brasil. É uma missão quase impossível tentar repetir aquela performance. Eu teria que competir comigo mesmo”, disse.

Lula rebateu também as acusações de que seria o “chefe” de um suposto esquema de corrupção na Petrobras.

“Há uma teoria de que ‘o chefe sempre sabe’ ou que nós somos culpados de incompetência [por não saber]. Mas não há crime”, declarou.

“Não há ninguém no Brasil tão tranquilo quanto eu”, disse. “Se eu enfrentar um julgamento, nós saberemos se [as acusações contra mim] são verdadeiras ou não”.

A matéria lembra também dificuldades do líder petista ao longo de sua vida – como uma infância pobre, três derrotas na disputa presidencial e um tratamento contra o câncer de laringe – e diz que, independente da Espada de Dâmocles sobre ele, “Lula assegurou seu lugar na história”.

“Não pretendo mudar quem eu sou. Eu fui o melhor [presidente] até hoje”, concluiu Lula.

Opera Mundi

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Guilherme Postado em 08/Jul/2016 às 20:50

    falou o coxinha analfabeto político. O recheio da coxinha. Curitiba primeiro tem que prender o governador, seu mané.

  2. Eduardo Ribeiro Postado em 09/Jul/2016 às 08:05

    O maior presidente da história do meu país deu entrevista pra imprensa internacional e não deu vexame...

    • Mauricio de Souza Matos Postado em 13/Jul/2016 às 14:59

      O FHC calou-se diante do repórter da maior TV do oriente médio, porque não teve argumento para as questões à ele formuladas. Não teve argumentos para justificar o pedido de afastamento da Presidenta Dilma. Ele é intelectual e inteligente somente para as organizações Globo, que repassam para ele as perguntas, para que possa estudá-las e depois responde-las.

  3. sandro Postado em 10/Jul/2016 às 22:54

    É que para os trouxinhas,só os políticos do PT são ladrões.

    • ALFREDO DE VITA Postado em 11/Jul/2016 às 15:30

      SANDRO, SÃO GENTE ODIOSAS.

  4. jacson Postado em 12/Jul/2016 às 15:59

    quem nao deve nao temer kkkk

  5. Denisbaldo Postado em 08/Jul/2016 às 20:33

    Udi gudi gugu dada. Qui bunitinho o coxinha comentando politica.

  6. Galvão Postado em 09/Jul/2016 às 10:24

    É só que a Dilma e Lula e o PT inteiro não tem medo da lavajato. Eles nunca fizeram nada para barrar ela, ao contrário do seu Temer, Jucá, Renam, Cunha e tantos outros, só os coxinhas não enxergam isto. E ficam felizes e batendo palmas pra eles sendo enganados. TROUXINHA!!!

  7. enganado Postado em 11/Jul/2016 às 14:32

    Vou repetir p/vc o que já escrevi do ilibado MORO, ou seja, aquele juiz-ladrão-vagabundo- ... etc, treinado pela CIA e seus procuradores como fazer Justiças no """braZil""" sem prender os ladrões da Direita começando pelo FHC. Qq vagabundo da Direita não precisa justificar nada a ninguém, ainda mais esse pilantra do P$$$DB-PR, Moro. Taí, onde foram parar a propina dos """130 bilhões de Dólares""" da falência do Banestado que esse crápula julgou e escreveu que não havia dolo na remessa destes dólares para os USraHell? Aliás, quem toma conta do crápula é o serviço secreto do tal exército do ""braZil"". Acreditem ou não mas um official do tal exército negou o fato. Alguém acredita no tal exército do P$$$DB? O ex-BRASIL já era! Quem manda são os Patriotas da AIPAC, sediada em N.Y. (USA), Não é general da segurança da RATAZANA? Vc sabe que o general da segurança da RATAZANA adora qdo o çERRA rouba MINHA Pátria.---- Lhe dá respaldo --- não fala NADA! Covarde! Acho que o LULA/DILMA é que são culpados do roubo no ""braZil"""" dos amiguinhos do general.

  8. Eduardo Ribeiro Postado em 10/Jul/2016 às 14:29

    Não, meu papai fala na língua materna dele. Mas FHC poliglota também não falou em inglês. "I proutest!"...."Move a process"....hihihihihihi....

  9. Denisbaldo Postado em 11/Jul/2016 às 11:33

    E desde quando algum político brasileiro fala inglês? Pra coxinha qualquer grunhido que eles não entendem já é inglês.

  10. Denisbaldo Postado em 11/Jul/2016 às 11:32

    E você, pobre de direita, lambendo o saco de quem mesmo? Moro, Aécio, Serra, Bostonaro, entre outros. Compare as conquistas de Lula pelo Brasil e de teus heróis. Você não tem nada pra dizer, nada pra contar. É só mais um palhaço baba ovo de rico. Logo mais estará tão perdido, tão decepcionado com suas escolhas que desaparecerá da mesma maneira que chegou por aqui. Já vimos vários iguais a você por aqui...

  11. Eduardo Ribeiro Postado em 12/Jul/2016 às 10:23

    FELIPE POSTADO EM 07/JUL/2016 ÀS 17:18 Cunha cumpriu com louvor o seu papel.Destruir a quadrilha do PT.Entra para a história como um guerreiro.

  12. Vinis Postado em 13/Jul/2016 às 16:57

    Felipe pego na mentira! Kkkkk bem ao estilo da direita brasileira.