Redação Pragmatismo
Compartilhar
Música 06/Jul/2016 às 11:23
6
Comentários

Janaina Paschoal tieta Supla em lançamento de livro

Em meio à sessão de autógrafos do lançamento do livro de Supla, não se sabe ainda o que causou mais espanto: Janaina Paschoal ser fã de Supla, ou o cantor não saber quem é a advogada. O encontro foi registrado em vídeo e imagem

Supla Janaina Paschoal
(Imagem: Janaina Paschoal e Supla/Rep. Instagram)

O cantor Supla lançou na última semana, na Livraria Leitura do Pátio Brasil, em Brasília, seu livro “Supla: crônicas e fotos do Charada brasileiro”.

Em meio à sessão de autógrafos da obra que conta sua trajetória, uma fã conhecida do atual cenário político brasileiro apareceu: a advogada Janaina Paschoal, uma das responsáveis pelo processo de impeachment de Dilma Rousseff.

O momento em que Janaina pede autógrafo a Supla foi registrado por uma câmera de celular e o vídeo está circulando pelas redes sociais (assista abaixo). Curiosamente, o cantor não reconhece a advogada e, na hora de escrever a dedicatória, pergunta: “Qual é o seu nome?”.

Posteriormente, Supla disse em entrevista à Folha de S.Paulo que reconheceu Janaina como uma figura pública, mas não sabia que ela era a autora do pedido de impeachment.

O cantor rebateu as críticas de que seria ‘alienado’ por não ter reconhecido a advogada. “Era o lançamento do livro e tinha bastante gente. Ela chegou, eu reconheci, mas não me toquei. Quando olhei de lado, ela me lembrou da ex-mulher do [Edgard] Scandurra. Não tem nada de alienado”, conta.

Supla revelou ainda que não tem acompanhado com frequência o noticiário político. “Estou de saco cheio de um bando de gente vir falar de Lava Jato. Cansou pra mim. De um tempo pra cá, encheu tanto o saco de seguir a mídia sobre política no Brasil que eu dei um basta”, disse.

Um dia depois, em seu Instagram, Supla divulgou uma imagem (a foto acima que ilustra este post) ao lado de Janaina Paschoal com a seguinte legenda: “Fiquei honrado com a presença da jurista Janaina Paschoal no lançamento do meu livro. Ela me disse que curtia Garota de Berlim e citou Mão Direita. C’mmon Kids!”.

VÍDEO:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Tags

Recomendados para você

Comentários

  1. Punk das quebradas Postado em 06/Jul/2016 às 12:00

    Ficou "honrado com a presença da jurista"? Supla, mesmo boa gente e filho do Eduardo, não esconde mesmo suas origens de casa grande e a cultura aristocrata da mãe, Marta. E o Brasil e sua cultura de reverência a "doutores", juristas... triste.

  2. Deisi Postado em 06/Jul/2016 às 13:02

    Depois dessa, de uma coisa tenho certeza o Supla não saiu ao pai.

  3. Jonas Schlesinger Postado em 06/Jul/2016 às 14:02

    Vocês são bestas, hein? O cara é filho do Suplicy, mas não é obrigado a tratar mau um fã no lançamento do livro por causa da sua ideologia política. Aliás, o Supla tá nem aí pra política mesmo, não é de se espantar o leigo dele. E se fosse eu no lugar da dona aí tietava outra pessoa, o Supla tem idade pra ser meu pai com mentalidade de adolescente. É só mais um querendo flash.

  4. Eduardo Ribeiro Postado em 06/Jul/2016 às 16:35

    "Coup Girl"

  5. Salomon Postado em 06/Jul/2016 às 19:50

    Essa aí, depois que foi abandonada pelos patrões, quer de volta a fama, que nunca teve como jurista. O fato de o Supla ser filho de um petista e de uma ex petista ajuda, um pouco, a não ser escrachada em aeroportos. Doidivanas como ela é, vai dizer diante das vaias: "olha, eu não sou golpista, fui no lançamento do livro do filho de um petista".

  6. Davi Postado em 06/Jul/2016 às 20:48

    Ha ha!