Redação Pragmatismo
Compartilhar
Impeachment 06/Jul/2016 às 17:18
14
Comentários

Diretor da Fiesp é desmoralizado ao tentar defender impeachment na Europa

Depois de FHC, agora é a vez de um diretor da Fiesp ser desmoralizado publicamente ao tentar defender o impeachment lá fora. Thomaz Zanotto, que chegou a relacionar Dilma a Al Capone, não resistiu às perguntas da plateia durante palestra, perdeu a linha e deu vexame internacional

Thomaz Zanotto fiesp golpe impeachment
Thomaz Zanotto

Depois do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) passar vergonha na entrevista à TV Al Jazeera (relembre aqui), mais um brasileiro é alvo de vexame no exterior.

Desta vez foi o chefe do Departamento de Relações Internacionais e Comércio da Fiesp, Thomaz Zanotto. Ele esteve em Viena no dia 27 de junho, palestrando na sede da Câmara de Comércio da Áustria. Foi escalado pela entidade de Paulo Skaf para “vender o Brasil”, mas começou mal, comparando a presidente eleita Dilma Rousseff ao gângster ítalo-americano Al Capone.

“Vocês têm que pensar em Al Capone. Ele não foi preso por causa dos assassinatos e crimes que cometeu, mas por causa de evasão fiscal. É a mesma coisa com Dilma Roussef. O impeachment é por causa de pedaladas fiscais”.

Nas primeiras perguntas de empresários austríacos sobre o golpe parlamentar em curso no Brasil, Zanotto foi ficando nervoso. “Nós estamos seguindo a Constituição”, repetia ele.

Quando uma mulher perguntou a Zanotto “que tipo de garantias ele poderia dar a uma empresa num país que não respeita suas leis”, ele começou a gritar e ofender os Europeus. “Não é golpe! Estamos seguindo a Constituição. A gente não é mais um laboratório de ideologias esquerdistas pra gente como você, sentados na sua cidade maravilhosa, nos seus palácios maravilhosos, para dizer a nós o que fazer!”

Zanotto bradou que o Brasil estava sob o comando de uma ‘teia bolivarianista’ e que a política de esquerda representava um atraso. Mas o diretor da Fiesp ficou ainda mais nervoso ao ser prontamente rebatido por uma jornalista:

“Tudo o que levou o Brasil a se tornar uma potência econômica se deve às políticas adotadas nos últimos 12 anos. 40 milhões de pessoas foram tiradas da pobreza. O que você fala aqui não é verdade; o Brasil inteiro está contra Temer, o Mercosul não reconhece o governo interino; apenas a Fiesp apoia o governo interino (…)”

VÍDEO:

com 247

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Jean Marques Postado em 06/Jul/2016 às 17:33

    É "engraçado" ver isso... As pessoas falavam que a Dilma é que não sabia falar em público...

  2. julia Postado em 06/Jul/2016 às 19:01

    Vergonha internacional! Como diz aqui no nordeste: "Eu acho é pouco"...Foi se aboletar na Europa achando que falaria para um bando de analfabetos funcionais alienados quebrou a cara...levou uma lapada atrás da outra...Pelo vídeo, é possível constatar a semelhança entre o destempero, a arrogância e agressividade de todo coxinha padrão....

  3. Salomon Postado em 06/Jul/2016 às 19:40

    O cara sai da Nazilândia para brigar com os fatos e com os números; e diante de uma plateia que não assiste ao jornal nacional. Lula, sem saber falar inglês, foi agraciado e aplaudido por onde passou. É disso que eles tem inveja. A inveja mata. É um cancro. Corrói por dentro o invejoso. Vão continuar sofrendo, dando piti e vexame.

    • Malu Postado em 06/Jul/2016 às 22:45

      👍👍👍👍👍👍👍👏👏👏👏👏👏👏

    • Franziskus Postado em 06/Jul/2016 às 23:32

      Concordo com você. E é realmente muito interessante ver como o Lula, sem falar nada de inglês (se bem que esse sujeito também NÂO fala inglês), foi de fato bem recebido, aplaudido homenageado. Essa gente é medíocre e corroída de inveja. Se o sujeito acha que não foi golpe, que vá. Mas ele foi rude e completamente destemperado, passou muito vexame e só afirmou aquilo que nega: é golpe sim.

  4. Galvão Postado em 06/Jul/2016 às 22:03

    Sabem quando que um bosta desses vai conseguir representar o Brasil lá fora, como o Lula fez, NUNCA. Um governo sem representatividade, sem credibilidade, que só olha para o próprio umbigo e o povo que se foda! Nenhum país sério, nenhuma organização séria vai dar credibilidades a este bandidos usurpadores. A porra da FIESP acha que o mundo é burro, surdo, sem discernimento, que se informa pela mídia brasileira. Coitados, eles tem mais é que tomar no cú, enfiar a viola no saco e se esconder em casa. Cambada de filhos da puta.

  5. neuza Postado em 06/Jul/2016 às 23:39

    Esse povo tem que lembrar que a audiência da Globo é só no Brasil.

  6. Leonardo Araújo Postado em 07/Jul/2016 às 08:57

    Lamento dos coxinhas: "não adianta, toda a imprensa mundial é petista"

  7. Eduardo Ribeiro Postado em 07/Jul/2016 às 10:39

    Olha esse chilique, que coisa mais linda. Mais um parasita vagabundo que teve as pregas arrancadas em público. Essa pitizenta vai ter que procurar FHC e perguntar que pomada ele está usando pra dar uma aliviada. Bando de mimados e mal acostumados com a lambeção de saco da grande mídia nacional. Os dois vexames épicos ensinaram - com muita dor - uma importante lição aos golpistas: conforto, adulação, tratamento VIP e "bolas levantadas pra eles cortarem", é apenas em âmbito nacional. Lá fora, vão cruzar com gente que não tem rabo preso, com jornalistas de verdade, com pessoas que farão perguntas incômodas e duras, que não cairão em falácias pré-primárias, e que vão enfiar não um, mas 3 dedos na ferida. E enquanto eles se expuserem dessa forma amadora, achando que vão abafar lá fora, o vexame será cada vez maior. Porque são criaturas intelectualmente despreparadas, mendigos intelectuais (e que "nem ingreis falam"), tentando defender o indefensável - um GOLPE - diante de pessoas não-propensas a passar a mão na cabeça e nem a aceitar passivamente qualquer resposta evasiva ou flagrantemente mentirosa. Aguardo ansiosamente pela vez de José Serra levar incessantes socos na boca e tapinhas educadores no bumbum.

  8. Denisbaldo Postado em 07/Jul/2016 às 11:10

    Quero ver alavancar a exportações com as costas manchadas pelo golpe. Vocês podem enganar os trouxinhas daqui, quero ver enganar o empresariado mundial.

  9. tatiana reis Postado em 07/Jul/2016 às 13:25

    vergonhoso... e ainda deu ataque de pelanca

  10. Monique Postado em 10/Jul/2016 às 09:53

    Vergonha alheia.

  11. Marcelo Postado em 16/Jul/2016 às 23:14

    Vexame.

  12. Ricardo Postado em 19/Jul/2016 às 22:12

    O pessoal não se dá conta que mesmo economicamente o golpe é inviável - como disse aquele senhor do vídeo, que segurança algum investidor vai ter num país que não respeita as regras do jogo?! E isso olhando do ponto de vista estritamente capitalista... Mas não, a ideologia fala mais alto. Tancredo certa vez disse que o que o Brasil conseguiu foi graças ao povo e apesar das elites (alguma coisa nesse sentido), com o que concordo: o nosso maior problema é que a elite brasileira é extremamente idealista e nada, nada realista (brigadão aí, catolicismo!). Daí dá esse tipo de merda.