Redação Pragmatismo
Compartilhar
Barbárie 15/Jul/2016 às 16:00
2
Comentários

Desenho de menina estuprada pelo próprio pai assusta até delegada

Desenho revela angústia de menina de 14 anos estuprada pelo próprio pai. Em atendimento psicossocial na Delegacia, até mesmo profissionais se chocaram com os relatos da garota e com o desenho. O agressor, que é advogado, está em prisão temporária e nega as acusações

desenho menina abusada pai
(Imagem: Desenho da menina de 14 anos que foi abusada pelo pai durante cinco anos)

“Deixa o papai pegar aqui”, “Como você é bonita” e “Senta aqui” foram algumas das frases, acompanhadas de desenhos, registradas por uma menina de 14 anos que foi violentada pelo próprio pai durante anos. As imagens com os relatos da menina chocaram não apenas as redes sociais, mas até mesmo profissionais responsáveis por prestar assistência à garota.

A Polícia Judiciária Civil confirmou através de nota a veracidade do desenho, mas informou que ele não foi divulgado pelo órgão. Ainda segundo a assessoria de imprensa, o acusado, identificado pelas iniciais U.R.C, que é advogado, foi ouvido na manhã da última sexta-feira durante quatro horas e negou as acusações. Ele continua em prisão temporária.

“A palavra da vítima demonstra muita segurança e ela fornece riquezas de detalhes. O inquérito policial será finalizado na próxima semana, mantendo o indiciamento do advogado por estupro de vulnerável”, informa a delegada que investiga o caso, que disse ainda que o desenho representa toda a dor acumulada pela garota durante anos.

O caso de abuso veio a público no fim de junho, quando a mãe da adolescente procurou a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) para denunciar o ex-marido.

Ela começou a desconfiar que havia algo errado no início daquele mês. Durante uma conversa com a filha, a menina demonstrou o medo de se relacionar com homens. A mulher, então, encontrou relatos da filha em uma agenda em que ela descrevia os abusos sexuais.

Em atendimento psicossocial na Delegacia, a menina contou que o pai a assediava desde os 9 anos e costumava acariciar as suas partes íntimas. Em muitos casos, os abusos aconteciam quando ela estava dormindo.

informações de Extra e Metrópoles

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. João Paulo Postado em 16/Jul/2016 às 16:19

    Assassino de policiais, delegados corruptos, estupradores e um criminoso-mor da nação: sr. Xuxu (errado mesmo). O PP resolveu reunir os piores criminosos numa tacada só.

  2. ludmila Postado em 09/Sep/2016 às 13:14

    O demônio ainda é advogado