Redação Pragmatismo
Compartilhar
Homofobia 06/Jul/2016 às 16:53
10
Comentários

Conservadores ironizam assassinato de estudante gay da UFRJ

Enquanto a polícia afirma que a principal linha de investigação sobre a morte de Diego Machado aponta para assassinato por homofobia, grupo conservador ironiza que morte brutal do estudante da UFRJ tenha motivação homofóbica

conservadores estudante morto ufrj gay
(Imagem: Foto de capa do grupo UFRJ da Opressão)

Enquanto a polícia afirma que a principal linha de investigação sobre a morte de Diego Vieira Machado aponta para assassinato por homofobia, um dos grupos conservadores da UFRJ ironizou e questionou na internet se o homicídio teria essa motivação.

No Facebook, integrantes do “UFRJ da Opressão” chegaram a afirmar que haveria quem tentasse capitalizar em cima do crime.

“O camarada foi achado morto, no Fundão, com sinais de espancamento. Trata-se de um crime, um homicídio […] A escumalha se prendeu só ao fato da vítima ser um gay. Pronta e morbidamente começaram a capitalizar o crime em prol da agenda viadista que defendem”, publicou o grupo no último domingo.

Com uma imagem do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) como sua foto de capa, o grupo descreve que seu objetivo é “promover o direitismo na UFRJ zoando e oprimindo esquerdiotas”.

Em nova publicação ontem, o “UFRJ da Opressão” voltou a questionar a causa da morte de Diego, reproduzindo um tuíte com a mensagem “Morreu um gay: suspeita de homofobia. Morre um negro: suspeita de racismo. Um cara se explode gritando allahu akbar: não vamos nos precipitar”.

Vulnerabilidade

“Todas as minorias estão vulneráveis na UFRJ, especialmente quem estuda à noite e quem mora no alojamento universitário”, disse a professora Georgina Martins, da Faculdade de Letras, onde Machado estudava.

“Os gays são ainda mais vulneráveis, assim como os negros, os cotistas, os pobres e as pessoas de esquerda. O Diego se enquadrava em tudo isso. É como se essas pessoas dissessem: ‘voltem para a senzala, esse lugar não é seu’”. A professora tem um filho homossexual e teme pela sua segurança.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Aluno desde 2012 e morador do alojamento, por não ter residência no Rio e vir de família pobre, o estudante morto é descrito como militante pelos amigos. Posicionava-se abertamente sobre sua orientação sexual e travava embates com quem o discriminava. Mantinha amizades na Escola de Belas Artes, fazia performances, escrevia poesia e participava de atos políticos, como os que tomaram a reitoria da UFRJ ano passado, por melhores condições de ensino e moradia. Os mais próximos o ajudavam com alimentação e roupas.

ENTENDA O CASO:
E-mail ameaçador revela que estudante da UFRJ pode ter sido morto por ser gay

com informações de Agência Estado e O Globo

Recomendados para você

Comentários

  1. vinis Postado em 06/Jul/2016 às 17:30

    “promover o direitismo na UFRJ zoando e oprimindo esquerdiotas”. Meu deus, é muita canalhice e idiotice, o pior é que devem se achar os engraçadoes por sairem por aí insultando todos que não são iguais a eles, parecem crianças de 11 anos.

  2. Salomon Postado em 06/Jul/2016 às 18:56

    Compreendo por que o 'não te estupro porque você não merece' seja menos agredido que a Dilma. Atenção: isso é o fascismo, que sai das entranhas dos imbecilizados. As consequências sociais, todo mundo já conhece: está nos livros de história.

  3. André Nelson Postado em 06/Jul/2016 às 19:47

    "OPRIMINDO esquerdiotas". O que se espera de um grupo com este lema? Diálogo? Só se for entre o porrete deles e os dentes dos interlocutores.

  4. Jonas Schlesinger Postado em 06/Jul/2016 às 19:57

    Bolsonaro tá fodidaço. Falo isso nem por conta dos dois processos, talvez ele se salve, quem sabe. Falo que os extremistas radicais já associam a sua imagem com a imagem do deputado. "Hehe... não houve ditadura, mas período militar constitucional"; "Bando de viados, bichinhad, baitolas, nem se parecem com meu ídolo Freddy Mercury ou Elton John que são verdadeiramente homossexuais"; "Fulana foi estuprada porque era amiga do traficante tal"; "Negro de verdade não vai precisar de cotas pois existe a meritocracia".... PUTA QUE PARIU, deputado. Não adianta falar mansinho perante o STF e ter seguidores extremistas.

    • diana Postado em 06/Jul/2016 às 22:33

      o Bolsonaro não tem nada há ver com isso, só usam a foto dele, e só!

      • Alfa Postado em 07/Jul/2016 às 01:34

        Mesmo, Diana? Às vezes eu gostaria de ter uma cabeça felizinha e otimista assim, incapaz de extrair consequências de discursos como os do Bolsonaro, Olavo etc...

      • Vinis Postado em 07/Jul/2016 às 12:02

        Engraçado que essas pessoas que dizem que os discursos de bolsonaro e outros conservadores não influenciam seus seguidores são as mesmas pessoas que dizem que professores influenciam alunos a serem """esquerdopatas"""

  5. Alan Kevedo Postado em 06/Jul/2016 às 20:53

    ELES SÃO PAIS E ESTÃO ESCARNECENDO, FAZENDO MOFO, MOTEJO, ZOMBARIA DA DOR ATROZ DE OUTRO PAI.

  6. sandro Postado em 07/Jul/2016 às 09:04

    Tudo cria do bostanaro.

  7. Renato Postado em 07/Jul/2016 às 15:07

    É muito ódio no coração