Redação Pragmatismo
Compartilhar
Impeachment 21/Jun/2016 às 17:43
15
Comentários

Paulinho da Força é chamado de “corrupto” e “golpista” em avião

Em voo de São Paulo a Brasília, Paulinho da Força foi chamado de “corrupto”, “golpista” e “Paulinho da Farsa” por passageiros. Líder da Força Sindical não reagiu e ficou de cabeça baixa (vídeo). O deputado Beto Mansur, outro fiel aliado de Cunha, também estava no avião e saiu em defesa do colega

paulinho da força avião golpista
(Imagem: Os deputados Paulinho da Força [esq] e Beto Mansur, ambos aliados de Eduardo Cunha)

Presidente licenciado da Força Sindical, o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP) foi hostilizado em um voo comercial da Gol que saiu de São Paulo para Brasília na noite do último domingo (19).

Conhecido como “Paulinho da Força”, o parlamentar esperava a decolagem do avião quando foi surpreendido por um passageiro que, apresentando aos demais a presença do deputado, iniciou uma onda de xingamentos e protestos, com direito a apelido.

No mesmo voo, o primeiro-secretário da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP), sai em defesa do colega e troca ofensas com os manifestantes (veja nos vídeos abaixo). Ele e Paulinho são dois dos principais articuladores do impeachment da presidente Dilma Rousseff na Casa.

“Este senhor que está aqui sentado, a gente chama de ‘Paulinho da Farsa [Sindical]‘”, provocou o passageiro, de pé no corredor do avião e dirigindo-se ao deputado – que, ao perceber a manifestação, apressou-se em folhear o que parece ser uma revista de bordo. Tão logo o homem iniciou o protesto, ouve-se a adesão de passageiros e gritos como “fora, golpista!”. Em quase dois minutos de vídeo, o parlamentar não esboça reação ou responde aos insultos.

“É um senhor golpista. Queria um coro: fora, golpista! Golpista! Golpista!”, continuou o manifestante, acompanhado por vários passageiros – chama a atenção um rapaz que, sentado ao lado de Paulinho da Força, adere aos poucos aos protestos.

Aliado do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Paulo Pereira foi uma das principais peças no impeachment de Dilma na Câmara. Meses antes de iniciado o processo, em dezembro de 2015, por determinação de Cunha, o deputado já mobilizava militantes da Força Sindical nas dependências e nas cercanias do Congresso, em protestos contra o governo petista em diversas ocasiões. Durante os trabalhos que culminaram, em 17 de abril, na admissão do processo de afastamento, os esforços do grupo se intensificaram.

No voo comercial, Paulo Pereira foi socorrido por Beto Mansur, que também passou a ser alvo de gritos como “corrupto!”, “fascista!” e “golpista!”. Em determinado instante do episódio, Mansur chega a levantar para apertar a mão do colega e retrucar passageiros. “Vocês é que são golpistas! A Dilma é que deu golpe!”, rebateu o deputado, também aliado fiel de Eduardo Cunha, aos gritos e de dedo em riste.

“Beto Mansur, ladrão! Corrupto!”, diz uma passageira. “Gente, deixe ele falar sozinho…”, aconselhou uma aeromoça.

VÍDEOS:

Congresso em Foco

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. João Carlos Postado em 21/Jun/2016 às 18:27

    Não apoio o paulinho da força. Repito para evitar dúvidas: NAO APOIO O PAULINHO DA FORÇA! Mas ele vai de voo comercial. Já a Dilma....será que ela é um ser imortal que merece privilégios?

  2. GabrielG Postado em 21/Jun/2016 às 21:12

    Comparar esse vagabundo ladrão com a presidente da república? Ta de brincadeira né chapa? Isso ai todo mundo sabe que é fachada. Porque não recomenda que o presidente americano também deixe de usurfruir desses tais privilégios? Só ta "errado" se for a Dilma? Sempre aparece alguém pra meter a Dilma no meio né?

    • João Carlos Postado em 22/Jun/2016 às 01:01

      "Porque não recomenda que o presidente americano também deixe de usurfruir desses tais privilégios?" Sempre aparece alguém pra meter os EUA no meio, né? EUA não é modelo de país, pelo menos no meu ponto de vista! E se a conduta do Paulinho for de fachada, espero que todos os políticos comecem a fazer isso de fachada também então.

  3. Eduardo Postado em 21/Jun/2016 às 21:51

    Gabriel falaste tudo, comparar um golpista com uma presidente eleita democraticamente... é coisa de quem não vive no Brasil. UMA PERGUNTA, COM DILMA O FEIJÃO ESTAVA A R$ 4,50 agora chegou a R$ 8,10, porque a diferença, a turma quer ganhar muito, aproveitando que estão ganhando até o poder na mão grande.

    • João Carlos Postado em 22/Jun/2016 às 01:09

      Paulinho da Força foi eleito pelos OVNIS? Assim como a Dilma, ele também foi eleito democraticamente. E ser eleito democraticamente não impede o afastamento de nenhum deles. Eduardo, sério mesmo que depois da cagada que o PT fez vc acha que a economia melhorará do dia para a noite? O Presidente Temer no máximo estagnará a diarreia, e olhe lá! A única pessoa que talvez consiga melhorar o Brasil já estão tentando tirar de cena por meio de um processo judicial cômico.

    • Deisi Postado em 22/Jun/2016 às 07:50

      Eduardo, aqui o feijão está 12"00 reais, mas não sai não PIG, ninguém fala em crise, As pessoas reclamam do preço, mas não citam o Temeroso,. Aqui onde moro, uma afiliada da globo, no jornal local, todo dia tinha uma matéria sobre a crise, um dia fizeram uma matéria sobre o preço do ovo, a repórter foi na granja, quando foi ao supermercado, todos entrevistados, ovo é muito barato. Foi muito engraçado, não teve como editar.

  4. João Carlos Postado em 22/Jun/2016 às 00:55

    A presidente é superior a tudo e todos então? Executivo é superior ao Legislativo? O que torna a presidente tão especial assim? Ambos estão respondendo pela prática de crime! Tudo farinha do mesmo saco! Rapazes, estamos em 2016! A Constituição de 1824 já foi! Então parem de brincar de Poder Moderador!

  5. Eduardo Ribeiro Postado em 22/Jun/2016 às 11:08

    A vida de vidraça é dura, hein...até ontem era uma bela duma pedra, vida fácil demais. Paulinho da Farsa...um dos nomes mais indefensáveis da política brasileira atual. Dificil citar 5 políticos mais dignos de nojo e repúdio. O que fizeram no avião foi pouco. É mais um que merecia uma cusparada na cara. Uma não: várias. Passageiros tinham que fazer a fila da escarrada, um por vez pra não tumultuar. Sem paz para os golpistas. E sem paz para os canalhas que se alinham com os golpistas.

  6. Eduardo Ribeiro Postado em 22/Jun/2016 às 11:12

    """""Vocês é que são golpistas! A Dilma é que deu golpe!""""". ???????? Olha o outro.....é louco, analfabeto ou desonesto?? Dilma foi votada, filhão. 54 milhões de brasileiros decidiram que ela seria a Presidenta. Pode-se chamar o governo de Dilma de qualquer coisa, mas que se tome vergonha na cara, abra um dicionário (se trata claramente de uma pessoa sem a menor intimidade com a lingua materna) e ache lá uma palavra que descreva o governo dela, e use-a. Mas golpe - GOLPE - nós tivemos um, e foi o de Temer. Ninguém vai ficar desvirtuando impunemente o significado das palavras pra transformar a verdade em mentira. Ninguém vai repetir 64, quando chamaram o golpe de "contragolpe" ou "revolução", abusando do direito de distorcer o léxico e a História. GOLPE em 2016 houve um: o de Temer. O resto é balela.

    • José Ferreira Postado em 22/Jun/2016 às 16:08

      Não defendo o Paulinho da Farsa, mas a errada é a Dilma e o PT. O golpe real foi quando a mesma disse que o Brasil estava bem, mas o país estava a ir silenciosamente para o "buraco". Fora as medidas que o PT tomou sem consultar a população, como foi no caso das cotas e dos empréstimos do BNDES à países ditatoriais.

      • Eduardo Ribeiro Postado em 22/Jun/2016 às 16:55

        Porra de "golpe real". Isso que você descreveu você pode chamar de outra coisa. Tenha a decência de procurar uma palavra adequada no dicionário. O léxico é amplo o suficiente. GOLPE é ruptura democrática, SOMENTE E EXCLUSIVAMENTE ruptura democrática. Dilma foi eleita democraticamente via voto. O golpista é Temer. E que porra é essa de "consultar a população sobre cotas"?? As cotas vieram do jeito que tinham que vir: identificada a clara necessidade delas, foram implantadas GOELA ABAIXO dos racistas. Empurradas de atravessado, forçadamente, de cima pra baixo, pra doer, machucar e sangrar quem é contra. Pra dar um primeiro passo pra resolver o problema. Se formos deixar para a população decidir questões fundamentais, estamos todos fudidos. A população é "popular", passional, grosseira. A população hoje não tem preparo, conhecimento, informação e competência para decidir uma questão técnica dessa complexidade.

    • Jonas Schlesinger Postado em 22/Jun/2016 às 16:35

      Edu, fica calmo. Tranquilamente responda a esses desinformados. A Dilma é uma presidente afastada, mas ainda sim uma presidente. Ela tem sim direito de viajar com avião da FAB até por medidas de segurança pois ela pode voltar a exercer o cargo. Já o Paulinho da Força anda de avião de carreira pois no cargo em que ele exerce, não lhe dá o direito de usar a FAB. Pra que discutir?

      • João Carlos Postado em 22/Jun/2016 às 19:15

        Avião da fab serve para o cargo, sempre visando a finalidade pública, e não para uso pessoal e da "comitiva". Faltou falar isso

  7. sandro Postado em 22/Jun/2016 às 15:54

    Tá com peninha do paulinho ,mas é um sem noção mesmo,boçal,trouxinha,leva ele pra casa e da passagem de primeira.

  8. Priscila Postado em 23/Jun/2016 às 01:27

    Que vontade de estar nesse vôo para xingar bastante esses golpistas! kkkkkkk #invejinha