Redação Pragmatismo
Compartilhar
Homofobia 15/Jun/2016 às 15:11
7
Comentários

Marco Feliciano faz comentários constrangedores sobre o massacre em Orlando

O deputado e pastor Marco Feliciano (PSC) não consegue silenciar sequer em um momento de dor. Seus comentários sobre a tragédia são uma mistura de tentar negar que houve homofobia, de culpabilização das vítimas e também de relativização do sofrimento

marco feliciano tragédia orlando

O massacre de Orlando, nos Estados Unidos, é uma mistura de ódio e não aceitação às diferenças e fácil acesso às armas.

Além de um ataque terrorista, perpetrado por um atirador que conhecemos como um “lobo solitário”, o atentado em Orlando, ocorrido na madrugada do último domingo (12) foi um ato de homofobia – fomentado por ideias extremistas.

Se Donald Trump errou mais uma vez ao querer provar que estava certo em relação aos ataques, por aqui não foi muito diferente.

O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) usou sua conta no Twitter para comentar o caso. Feliciano condena os ataques e diz que vai orar pelas famílias das vítimas, mas comete alguns erros, como generalizações e simplificações que num momento como este não ajudam.

VEJA TAMBÉM: A explicação de Marco Feliciano para o massacre em Paris

As alegações são uma mistura de tentar negar que houve homofobia, de culpabilização das vítimas e também de relativização da dor.

1. Culpando as vítimas

2. Continua

3. Ilações sem provas do que está falando

4. Usando um momento de dor para dizer que há cristofobia

5. Categorizando a imprensa para justificar seu raciocínio

HuffpostBrasil

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Alair Postado em 15/Jun/2016 às 21:47

    Ou Feliciano, me aponte um cristão no Brasil pelo menos. Tem uns aprendizes que não é o seu caso. vc é apenas um fariseu, pixaim.

    • Rodrigo Postado em 16/Jun/2016 às 11:13

      (Outro Rodrigo) Há vários, Alair - sejam os cristãos pela Fé, sejam aqueles que não professam a fé, pelo devido exercício da liberdade de não ter credo, e que professam valores de caridade e fraternidade. Você os encontrará, pois, dentro e fora de igrejas, templos, bem como dentro de templos encontrará muitos hipócritas, que querem usar a autodeclaração da condição de cristão como meio para alcançar algum poder, tal qual vemos quanto a seguidores desta ou daquela ideologia. Muitas vezes o verdadeiro seguidor de uma ideologia, de um credo, é alguém avesso a holofotes, a "selfies", sendo alguém que faz a caridade sem buscar sua exposição midiática, assim sabendo que o resultado da obra fraterna é sempre maior que si.

  2. Pedro Postado em 16/Jun/2016 às 07:01

    Ele é a Diva dos evangélicos.

  3. enganado Postado em 16/Jun/2016 às 10:05

    Esse é mais um infeliz no mundo, pois espero que na próxima encarnação nasça uma bichona de porta de xadrez, junto com o Boçalnaro & Filhos.

  4. Fernando Postado em 16/Jun/2016 às 10:43

    O que este fariseu de m*rda publica no twitter é o que "pensam" os evanjegues e falsos moralistas em geral. É chocante mas altamente educativo se pensarmos que eles falam de amor e perdão mas seu ódio, inveja, usura, maledicência e empáfia são mais fortes que seu discursinho "religioso" sectário piegas e sem fundamento. É neste momento que eles tiram a máscara e sua verdadeira face se nos é mostrada, sem retoques. O lado positivo disto? Simples: sempre haverá pessoas que prestarão atenção aos sinais deste discursinho mequetrefe e irão rechaçá-lo. Isso é conscientização, tudo o que estes estelionatários da boa e burra fé alheia não querem.

  5. Ricardo Postado em 30/Jun/2016 às 18:46

    Estadão jornal de esquerda... Não posso ter lido isso... Esse cara é muito, muito imbecil.

  6. Ricardo Postado em 30/Jun/2016 às 18:48

    Quanto à degola de cristãos, quem não se lembra da comoção mundial?! Cara, não tem uma afirmação desse besta que se salve.