Redação Pragmatismo
Compartilhar
Religião 30/Jun/2016 às 10:37
22
Comentários

Gregorio Duvivier e Marco Feliciano discutem ao vivo

Gregório Duvivier e Marco Feliciano batem boca ao vivo durante entrevista. Humorista rebateu provocações e chamou o pastor de 'dodói'

Gregorio Duvivier Marco Feliciano
Gregorio Duvivier e Marco Feliciano bateram boca em programa de Rádio

O pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) e o humorista Gregorio Duvivier protagonizaram uma discussão ao vivo durante o programa Pânico, da rádio Jovem Pan, na última terça-feira (vídeo abaixo).

Duvivier estava no programa para divulgar o filme Contrato Vitalício — primeiro longa-metragem do canal de humor Porta dos Fundos, que chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira.

Feliciano ligou para a rádio após comentários de Gregório sobre os três processos movidos pelo pastor contra o grupo humorístico. Eles discutiram por cerca de dez minutos. Antes do telefonema, ele escreveu para a Jovem Pan: “São covardes! usam o poder da mídia para debocharem de pessoas sem dar a elas o direito de resposta”.

Primeiro, o pastor elogiou a inteligência do humorista, para depois atacá-lo. “Ele mente muito. Este rapaz precisava ter um pouco mais de juízo. Quando ele fala, por exemplo, que não é petista. Assume, rapaz. Ele é mais vermelho do que o próprio Fidel Castro. Por que não faz piada com o Islã? Com o Estado Islâmico? Com Maomé? Por que faz só com o cristianismo?”, questionou Feliciano.

“Porque não tem nenhum deputado islâmico que está roubando o meu dinheiro, senhor”, rebateu o humorista.

Quando assume a palavra, Duvivier responde que faz piadas com políticos religiosos “porque tem uma bancada evangélica gigante que impede toda lei progressista de passar no Brasil”.

Durante a discussão, o humorista ainda lembra do vídeo em que o pastor aparece pedindo o cartão de crédito de fiéis durante uma pregação, ao que Feliciano responde que aquilo era “uma brincadeira” e que o vídeo é antigo, mas que hoje não repetiria as palavras.

Gregório também relembrou um vídeo antigo de Feliciano, no qual ele defende que “Jesus Cristo não morreu para ficar em peito de vagabunda”, em crítica ao catolicismo. O pastor, mais uma vez, afirmou ter mudado: “eu era um outro homem, eu tinha um outro pensamento”, justificou-se.

Por fim, Feliciano questionou o apoio público ao filme Contrato vitalício. “Parece que vocês aí estão na mira do Ministério Público com esse filme. Toma cuidado, hein? A Lei Rouanet tá na mira”, disse o deputado federal. “Esse filme não tem Lei Rouanet, estúpido. Ele tem Lei do Audiovisual. Vamos estudar”, afirmou Gregório.

O debate termina com Feliciano admitindo que processou o grupo “para chamar atenção” para a causa cristã e que “quer ser amigo” de Duvivier. O pastor ainda o convida para um debate cara a cara. “Tenho mais o que fazer”, responde Duvivier.

VÍDEO:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Yra doce Postado em 30/Jun/2016 às 10:49

    Esperava mais do Duvivier.

    • Thales Postado em 30/Jun/2016 às 13:14

      Tambem. Achei que pegou leve demais.

  2. Eduardo Ribeiro Postado em 30/Jun/2016 às 12:12

    Feliciano é fraco demais. Falou nada com nada. Puta pombo enxadrista. Um coitado desprovido de recursos. Nitidamente se informa através de memes e se agarra em hoax de WhatsApp e Facebook...desses pastores asquerosos exploradores da fé alheia, Feliciano deve ser o piorzinho. Entristece saber que tem milhões que vão atrás desse traste (e de outros). Faz mal pro Brasil.

    • João Carlos Postado em 30/Jun/2016 às 13:17

      Edurib, vc viu que o temer aumentou o valor do bolsa familia? Mais do que a dilmae tinha falado! Vcs falaram tanto que o programa acabaria com o temer. Até agora nada de artigo aqui no pp sobre isso

      • Eduardo Ribeiro Postado em 30/Jun/2016 às 15:59

        (...) Eu vi, cara. Eu aqui ralando toda noite igual condenado pra um bando de preguiçosos receber meu dinheiro, bolsa-vagabundo...pura irresponsabilidade fiscal.. (...). Não quero ser técnico demais, mas lembro que Dilma trabalhava mais amarrada dentro de uma previsão de déficit fiscal de 100BI. Pai Temer tá com limite maior no cartão de crédito, quase o dobro, foi pra 170BI a previsão de deficit. Tá feliz com o aumento? Não é lá muito significativo, dá cerca de 85 centavos a mais por família mensalmente. Mas 12% é melhor que 9%. Né?

      • João Carlos Postado em 01/Jul/2016 às 01:40

        Não é significativo, mas ainda assim continua maior do que o pretendido pela Dilmãe. P q vc não consegue concordar com nadinha que não venha do PT? Para com esse fanatismo, meu caro! Eu não suporto o Lula e a Dilma, mas não tenho nenhum problema em concordar com alguns programas lançados por eles. Aliás, fui até beneficiado pelo PROUNI! Os programas são do povo e para o povo, e não do governante. Não é porque um determinado programa bem sucedido foi criado por um governante que ele terá aval para fazer o que bem entender a partir daí. Enfim, vamos largar o fanatismo!

      • Eduardo Ribeiro Postado em 01/Jul/2016 às 10:34

        Não só não é significativo como é absolutamente irrisório. Mas eu concordo que aumento é aumento, ué. 12% sempre é melhor que 9%, de pouco em pouco a gente chega lá. Por mim aumentava em 500,00 por família se houvesse a possibilidade. Eu nada tenho contra o BF, eu quero ver meus irmãos bem. Não sou eu que tenho que meter a cara no buraco agora porque até ontem o BF era "esmola que sustentava vagabundo" e agora a contradição caiu feito um meteoro na cabeça dos mongolóides que estão de 4 pro novo presidente que usa mesóclise e que ia "fechar a torneira do desperdício petralha e cortar as mamatas". A coxinhada é que tem que se virar pra sair dessa "tela azul da morte". E eu não tenho compromisso com PT, não seja ingênuo. Meu partido é outro, menino. Só acho que deve-se ater ao contexto para não se bostejar. Considerando a previsão de déficit fiscal, Dilma não tinha a brecha que Temer tem pra fazer essa extensão do aumento de 83 centavos mensais por família. Estou apenas colocando as coisas em seus devidos lugares. Nem quero lembrar que o programa do Temer, a Pinguela pro Passado, prevê cortes severos no numero de famílias atendidas. Então nós temos um aumento "brutal" de 83 centavos/mês/família hoje, mas corte de milhões de famílias Deus sabe quando. Coloque na balança e chore. Quando o afastamento de Dilmãe se confirmar, veremos até onde vai a suposta bondade do Presidente Zero Votos.

  3. Vinícius D'Luca Postado em 30/Jun/2016 às 12:14

    22 anos atrás? tá loko?

  4. Dete Postado em 30/Jun/2016 às 12:18

    O triste e ver esse cara ter muitos minutos gratuitos na midia para fazer propaganda propria, e aumentar seu grupo eleitoral.

  5. Phelipe Postado em 30/Jun/2016 às 12:46

    No dia que estes trastes "religiosos" dominarem a república, o que está ruim fica 10x pior!!!!

  6. Pedro Postado em 30/Jun/2016 às 12:47

    sem argumentos, chamou de dodói

  7. Mike Postado em 30/Jun/2016 às 13:04

    O deputado enrustido Feliciano usa da falácia e vazio linguístico típico dos politicos brasileiros, jorrando - sem darnespaço a debate -absurdos e clichês que doem no ouvido. É tanta bobagem que precisaria zerar tudo e alfabetizar o pastor desde o ensino fundamental.

  8. Slarti Postado em 30/Jun/2016 às 13:07

    Feliciano pistolou ao vivo. hahahaha

  9. Marcio Ronaldo Alves Postado em 30/Jun/2016 às 13:31

    O desnível cognitivo entre o Duvivier e sua turma e o Feliciano é gritante. O pastor é muito fraco. A crítica maior,e não gozação, é sobre o roubo coletivo que existe em nome do céu. Quanto a ser petista,o que me parece é que a fala do Gregório defende simplesmente a democracia e a Constituição. E que Deus o mantenha inspirado.

  10. João Paulo Postado em 30/Jun/2016 às 15:29

    "Porque não tem nenhum deputado islâmico que está roubando o meu dinheiro, senhor" - depois dessa, se eu fosse o Feliciano, desligava o telefone.

    • Carlos Augusto Normann Postado em 30/Jun/2016 às 16:51

      não só desligava o telefone, como também pedia pra sair da Câmara Federal...

  11. Gloria Postado em 30/Jun/2016 às 17:03

    Me questiono se "felicianos" da vida crêem mesmo em Deus...

    • DANIEL Postado em 01/Jul/2016 às 13:56

      GLORIA já fui evangélico por sete anos e afirmo sem medo de errar JESUS é uma farsa. imagina o resto!

  12. DANIEL Postado em 30/Jun/2016 às 17:28

    ...não tem lei Rouanet, esse filme tem lei do áudio visual. estúpido!

  13. Cristina Postado em 30/Jun/2016 às 17:47

    Gente fala pro Feliciano, que se Deus quisesse que falássemos mais e ouvisse menos. Ele nos tinha dado duas boca e um ouvido. O cara não deixa ninguém falar, muito sem educação.

  14. gustavo0 Postado em 01/Jul/2016 às 09:00

    Se no céu estiver Feliciano e seus seguidores, eu não faço questão nenhuma de ir para lá. Aliás, se Cazuza, Renato Russo, Garrincha, Mussum, Meriryn Monroe e Ronald Golias estiverem no andar de baixo, eu faço questão de encontra-los. A maior arma no combate ao fanatismo religioso e a alienação de indivíduos em nossa sociedade é a educação. A informação é a luz que tem o poder de livrar das trevas e da exploração essa parcela vulnerável da papulação, que atualmente é presa fácil de desgraçados vagabundos morais, que se utilizam da fragilidade emocional e intelectual alheia para angariar recursos e poder.

  15. Wanderley Medeiros Postado em 01/Jul/2016 às 12:26

    O Duviver talvez tenha pegado um pouco leve, porque estava em território fascista que é a rádio ku klux pan.