Redação Pragmatismo
Compartilhar
Esporte 08/Jun/2016 às 18:30
2
Comentários

As frases mais inspiradoras e espirituosas de Muhammad Ali

Morreu o homem, ficou a lenda. Conhecido por sua língua afiada, Muhammad Ali cativou jornalistas e plateias ao redor do mundo com suas afirmações sobre o esporte e sobre o racismo. Confira as suas frases mais inspiradoras e espirituosas

muhammad ali lenda boxe frases

Morreu o homem, ficou a lenda. Muhammad Ali, considerado por muitos o maior boxeador de todos os tempos, faleceu na noite da última sexta-feira (3), mas deixou um legado imensurável.

Nascido na cidade de Louisville, em Kentucky, nos Estados Unidos, com o nome de Cassius Marcellus Clay Jr, ele deu seus primeiros socos no boxe quando tinha 12 anos de idade, em 1954.

Na época, teve sua bicicleta nova vermelha e branca, presente do pai, roubada. Ao com encontrar o policial Joe Martin, que também era treinador de boxe, disse que daria uma surra no ladrão e ouviu: “Antes disso, é melhor você aprender a boxear”. O garoto Cassius não perdeu tempo, e depois de seis meses treinando com Martin, venceu sua primeira luta de boxe.

Ainda como amador, Cassius Clay conseguiu seu primeiro grande feito aos 18 anos, quando conquistou a medalha de ouro na Olimpíada, na categoria meio-pesado, ao ganhar na final do experiente polonês Zbigniew Pietrzykowski.

Na volta aos EUA, apesar de ter sido recebido com festa por uma multidão em sua cidade-natal, um episódio marcante impulsionou sua batalha pelos direitos dos negros e igualdade racial.

Em sua biografia, ele conta que entrou em um restaurante cheio de brancos e pediu um hambúrguer, mas a funcionário se negou a servi-lo. “Sou Cassius Clay, campeão olímpico”, explicou, mas de nada adiantou. A alegria deu lugar à decepção, e o boxeador acabou jogando a sua medalha olímpica no Rio Ohio.



Já como profissional, na ocasião com 19 vitórias em 19 lutas, Cassius chega para enfrentar o favorito Sonny Liston em 1964, vence no sétimo assalto em Miami, se torna campeão mundial dos pesos-pesados e grita: “Eu sou o maior”.

Pouco depois disso, chegou a se aliar a Malcom X, defensor dos direitos dos negros e militante anti-racismo, e também anunciou ter se convertido à religião islâmica, mudando o seu nome para Muhammad Ali.

Em 1967, uma polêmica fez Ali perder o título mundial e ficar afastado do boxe por três anos no auge de sua carreira. Ele se recusou a servir o exército americano na Guerra do Vietnã e ainda fez críticas ao envio de militares para o conflito com os vietcongues.

Ali ganhou diversos prêmios e condecorações pelos seus feitos e foi eternizado em livros e filmes. O enorme legado que deixou pode ser representado por algumas de suas frases inspiradoras. Confira abaixo:

1. “Campeões não são formados em academias. Campeões se fazem por algo que eles têm dentro deles: um desejo, um sonho, uma visão. Eles têm que ter a estamina do último minuto, eles têm que ser um pouco mais rápidos, eles têm que ter a habilidade e a vontade. Mas a vontade tem que ser maior do que a habilidade.”

2. “Eu sou tão rápido que ontem à noite eu apaguei a luz no meu quarto de hotel e deitei na cama antes do quarto escurecer.”

3. “Cassius Clay é um nome de escravo. Eu não o escolhi e não o quero. Eu sou Muhammad Ali, um nome livre – significa amado por deus, e eu insisto que as pessoas o usem quando falarem comigo e sobre mim.”

4. “Eu sou a América. Eu sou a parte que você não vai reconhecer. Mas pode ir se acostumando comigo. Negro, confiante, arrogante, meu nome, não o seu. Minha religião, não a sua. Meus objetivos, somente meus: vai se acostumando comigo.”

5. “Sei que me dei bem enquanto a maioria das pessoas negras vive um inferno, mas enquanto elas não estiverem livres, eu não estarei livre.”

6. “O homem negro sair por cima iria contra os ensinamentos da América. Eu fui tão bom no boxe que eles tiveram que criar uma imagem como Rocky [filme estrelado por Stallone], uma imagem branca na tela, em contraponto à minha imagem no ringue. Os EUA têm que ter suas imagens brancas, não importa de onde as tire. Jesus, Mulher Maravilha, Tarzan e Rocky.”

7. “O que eu sofri fisicamente [problema de saúde pós-carreira] valeu o que eu consegui na vida. Um homem que não é corajoso o suficiente para correr riscos nunca vai alcançar nada na vida.”

8. “Um homem que vê o mundo aos 50 anos de idade da mesma maneira que via o mundo aos 20 desperdiçou 30 anos de vida.”

9. “Eu não tenho medo de morrer. Eu tenho fé; eu faço tudo o que posso para viver bem minha vida; e eu acredito que morrer vai me aproximar de deus.”

10. “Viva como se cada dia fosse o último, porque um dia você estará certo.”

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Nelson J. Bispo Postado em 08/Jun/2016 às 21:34

    Esse é´o vedadeiro rei, quanta difernça do nosso,tnfelismente.

  2. Eduardo Ribeiro Postado em 09/Jun/2016 às 11:06

    """""""""O Aranha se precipitou em querer brigar com a torcida. O torcedor grita mesmo. No time do Santos, nós éramos negros e éramos xingados de tudo quanto é nome. Nunca houve brigas porque não dávamos atenção. Quanto mais se falar, mais vai ter racismo.""""""""". PELÉ, Rei. Sobre o caso de racismo contra o goleiro Aranha.