Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 17/Jun/2016 às 11:53
14
Comentários

Alemães agridem jornalistas brasileiros na Eurocopa

"A dor não é física, é moral e psicológica. Parece que o resto da vida vamos ter de nos desculpar por sermos negros e minoria". Jornalista Sônia Blota foi chutada por torcedores da Alemanha e o cinegrafista Fernando de Oliveira, negro, levou um tapa no rosto; agressores ainda proferiram xingamentos racistas

eurocopa racismo sonia blota brasileiros
Repórter Sônia Blota e o cinegrafista Fernando de Oliveira foram agredidos por torcedores alemães na Eurocopa

Uma equipe de reportagem da TV Bandeirantes foi hostilizada e agredida verbal e fisicamente por torcedores da Alemanha em Paris durante a Eurocopa.

Entre ofensas racistas, o cinegrafista Fernando Henrique de Oliveira, 33 anos, foi agredido com um tapa no rosto, enquanto a repórter Sonia Blota, 45, recebeu um chute. Desde o início do torneio, há sete dias, 323 hooligans de várias nacionalidades já foram detidos e 196 foram mantidos em prisões em razão de distúrbios violentos.

O incidente envolvendo a equipe de jornalistas brasileiros aconteceu às 16h30, em frente à estação de trens Gare du Nord, no centro da capital. Lá passam os trens que levam ao Stade de France, e por essa razão havia um grande movimento de torcedores alemães e poloneses, além de franceses que acompanhariam o jogo Alemanha x Polônia, em Saint-Denis.

A equipe tinha a intenção de conversar com torcedores dos dois países para falar da expectativa do jogo, mas foi abordada por um grupo de torcedores alemães.

“Um cara acompanhado de um grupo de cerca de uns 50 torcedores veio e gritou: ‘Get out, niggars!'”, contou o cinegrafista, que é negro. O torcedor tinha um bastão, com o qual empurrou Oliveira, antes de chutar Sonia. “Pedi para que não batessem nela e, quando nós estávamos saindo, ouvi de novo o ‘Get out niggars!’ e levei um tapa na cara”, diz Oliveira. “A dor não é física, é moral e psicológica. Parece que o resto da vida vamos ter de nos desculpar por sermos negros e minoria.”

Os jornalistas brasileiros, que têm imagens dos agressores, prestaram queixa à polícia, que em um primeiro momento se recusou a intervir no caso.

Iniciada na última sexta-feira, a Eurocopa tem sido um sucesso de público, com estádios lotados, mas grupos minoritários de torcedores, em especial ingleses e russos, têm preocupado as autoridades. Segundo dados divulgados nesta quinta pelo Ministério do Interior, 24 pessoas foram conduzidas à fronteira e expulsas do país por participarem de distúrbios.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. João Paulo Postado em 17/Jun/2016 às 14:10

    É Deus escrevendo certo por linhas tortas. Se os capachos da Bandeirantes não apanham pelos crimes contra a pátria; que apanhem por qualquer outro motivo torpe e racista no exterior.

    • Leonardo Postado em 17/Jun/2016 às 23:08

      As vitimas ágoras são os culpados?

    • Isabelle Truda Postado em 18/Jun/2016 às 16:01

      Comentário imbecil!!

      • João Paulo Postado em 18/Jun/2016 às 16:45

        Hipócrita, alienada e idiota.

    • Débora Postado em 19/Jun/2016 às 14:32

      Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa...

  2. DANIEL Postado em 17/Jun/2016 às 14:16

    será que tem algum nazistinha tupiniquim lendo isso?

    • Divina Rocha Corte Postado em 17/Jun/2016 às 16:48

      Sim, DANIEL, por mais incrível que pareça.

  3. Salomon Postado em 17/Jun/2016 às 17:30

    O motivo por trás do apoio da Band ao golpe não é outro senão o ódio à diferença. Que colham lá fora o que plantaram aqui dentro. Olho por olho dente por dente.

    • Pedro Postado em 17/Jun/2016 às 18:11

      Complicada essa leitura do evento. A senhora da Band e o cinegrafista, vitimas pessoais de uma violência anacrônica e vil, podem entrar no avião e nunca mais precisar cruzar com essa estirpe de criminosos. Mas e os refugiados vulneráveis nesses países, que vêem seus centros sendo incendiados, são agredidos diariamente, principalmente em cidades pequenas da antiga alemanha oriental? O problema é mais profundo do que nosso prazer em ver a Band provar um pouco do próprio veneno.

  4. Pedro Postado em 17/Jun/2016 às 17:38

    Eurotrash.

  5. Davi Postado em 17/Jun/2016 às 17:58

    Pra que que as pessoas ainda ficam perdendo tempo com futebol? É racismo e manifestação de ódio o tempo todo, é muito dinheiro sendo gasto em torno de uma GINCANA, jogadores milionários playboys que não estão nem ai pra nada, gente se batendo e apanhando por causa disso. Disso isso: um monte de caras usando roupa colorida e meia até a canela chutando uma bola! Wow, que grande coisa!

    • Débora Postado em 19/Jun/2016 às 14:37

      Quando vejo meu marido chateado porque o time dele perdeu eu sempre pergunto em que isso afeta a nossa vida. Por acaso o time vai pagar as nossas contas? Os jogadores, perdem e estão pouco se lixando, porque estão com os bolsos "milionáriamente" cheios e você fica chateado? Me desculpa quem gosta, mas não consigo entender esse amor por futebol!

      • Rita Postado em 20/Jun/2016 às 16:44

        Também não....

  6. Davi Postado em 18/Jun/2016 às 16:33

    A mídia vai pra manifestação criminalizar movimentos sociais e defender a polícia e apanha da tropa de choque. Vai para a Europa fazer o "nossa como os europeus são civillizados!" e apanham de hooligan. Não comemoro absolutamente nada disso. Antes a sementinha que eles mesmos plantam não desse fruto algum, fosse tão sem consequências quanto eles tentam se enganar que é! Mas a realidade não é essa.